O processo contabilístico

  • 6,757 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
6,757
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. 25-01-2011 Documentos Suporte das OperaçõesOrganização da EscritaContabilística No processo contabilístico, o departamento de contabilidade recebe os documentos susceptíveis de serem contabilizados: Facturas e documentos equivalentes emitidas; Verbetes de lançamento; Facturas e documentos equivalentes recebidas; Folhas de processamento de ordenados e salários; Outros documentos. 2Organização da EscritaContabilística Os documentos base depois de analisados, são registados (lançados), por ordem cronológica, no livro “Diário”, que pode encontrar-se dividido em diários auxiliares, por categorias e por natureza de operações. A nomenclatura dos diários auxiliares pode ser diferente de entidade para entidade, assim pode ter-se: Diário de caixa; Diário de bancos; Diário de clientes; Diário de fornecedores; Diário de operações diversas; Diário de operações com o pessoal. 3 1
  • 2. 25-01-2011Escrituração (lançamentos) noDiário A escrituração no diário consiste em registar, cronologicamente, as operações contabilísticas. Cada lançamento é objecto de um duplo (ou múltiplo) registo em 2 (ou mais) contas: Uma entrada de valores numa (ou em mais) conta; e Uma saída dos mesmos valores de uma (ou de mais) conta(s). 4Escrituração (lançamentos) noDiário O layout do diário não está normalizado, podendo adoptar- se formas diversas. Em qualquer formato, por cada registo, devem sempre existir as seguintes indicações: Data do diário, que em muitas das aplicações aparece no cabeçalho; Código da conta a movimentar a débito ou a crédito; Histórico (ou descrição sumária da operação); Montante do débito ou do crédito; Cada lançamento deve permitir encontrar os documentos originais, que constituem a prova jurídica da transacção. 5Escrituração (lançamentos) noDiário Layout das linhas do diário:Data Operação (Histórico) Conta Débito Crédito 6 2
  • 3. 25-01-2011O Razão Geral e os RazõesAuxiliares O razão geral é o livro que representa a totalidade das contas da empresa. Os razões auxiliares, são os livros das contas divisionárias do grau de que a empresa necessite de informação. 7O Razão Geral e os RazõesAuxiliares Quando os registos são feitos no diário são listados no “razão geral”, os movimentos contabilísticos são apresentados por ordem sistemática de conta. Por isso, o “razão” também é conhecido pelo livro das contas, incluindo-as todas. 8O Razão Geral e os RazõesAuxiliares Nos razões auxiliares (extracto de conta), são apresentados os movimentos contabilísticos apenas de uma conta, qualquer que seja o seu grau de desenvolvimento. 9 3
  • 4. 25-01-2011O Razão Geral e os RazõesAuxiliares O layout de cada extracto pode ser diverso, no entanto, em qualquer formato, apresenta pelo menos, os seguintes elementos: A data a que diz respeito o extracto; A data de cada movimento na conta; O valor e a natureza de cada movimento; No final do extracto é apresentado o total do valor dos movimentos a débito e o total do valor dos movimentos a crédito com o saldo da conta. 10Escrituração (lançamentos) noDiário Layout das linhas de extracto de conta: Conta (Identificada com o Código e Título) Movimentos SaldoData Indicação da Operação A Débito A Crédito D/C 11O Balancete É um quadro resumo dos movimentos acumulados e do saldo das contas. É elaborado, normalmente no final de cada período (mês, trimestre, ano). Quando a informação contabilística é tratada por meios informáticos, podem ser obtidos a todo o momento que seja necessário. 12 4
  • 5. 25-01-2011 Escrituração (lançamentos) no Diário Layout de linhas de balancete: Movimentos Acumulados SaldosCódigo de Título da Conta Contas A Débito A Crédito Devedores Credores 13 Registo Contabilístico: A Partida Dobrada A partida dobrada é o método contabilístico utilizado pelas entidades que relatam a sua informação financeira. 14 Registo Contabilístico: A Partida Dobrada A técnica da partida dobrada, tem por pressuposto a evidência de que todo o facto patrimonial ocorrido na entidade se traduz por um fluxo de valores entre 2 ou mais elementos do património, ou seja: A partida dobrada é um traço de união entre 2 (ou mais) elementos do património em que o ponto de partida é marcado por um débito numa (ou mais contas) e o ponto de chegada é estabelecido por um crédito, de igual montante, numa (ou mais) contas; Por descrever cada facto através de 2 elementos, ao método chama-se partida dobrada ou digrafia. 15 5
  • 6. 25-01-2011Lançamento Contabilístico Chama-se lançamento (ou assento) contabilístico , o registo de qualquer facto patrimonial nos livros de contabilidade. Elementos que constituem um lançamento contabilístico: A data; O histórico; Contas movimentadas; Valor a inscrever na conta. 16Lançamento Contabilístico Classificação dos lançamentos segundo a natureza dos movimentos nas contas: De abertura; Correntes; De estorno; De regularização; De transferência ou de apuramento de resultados; De encerramento ou fecho; De reabertura. 17Lançamento Contabilístico Classificação dos lançamentos segundo a natureza dos movimentos nas contas: De abertura; Correntes; De estorno; De regularização; De transferência ou de apuramento de resultados; De encerramento ou fecho; De reabertura. 18 6
  • 7. 25-01-2011Lançamento Contabilístico Lançamentos de abertura: Respeitam ao registo dos valores iniciais das contas no início da escrita. Lançamentos correntes: Respeitam ao registo das operações realizadas durante o exercício económico. Lançamentos de estorno: Têm por finalidade rectificar as omissões, duplicações e erros cometidos nos lançamentos efectuados. 19Lançamento Contabilístico Lançamentos de regularização: Visam rectificar o saldo das contas que não correspondam à realidade. Lançamentos de apuramento de resultados: Têm por finalidade transferir os saldos das contas de gastos e de rendimentos para as contas de resultados. Lançamentos de encerramento ou fecho: São efectuados depois do apuramento dos resultados e da elaboração do balanço e permitem fechar as contas. Lançamentos de reabertura: Registam, no início de cada exercício, os valores inicias das contas, os mesmos com que as contas fecharam. 20Classificação dos lançamentos segundoo número de contas envolvidas 1ª fórmula – um débito e um crédito 2ª fórmula – um débito e vários créditos 3ª fórmula – vários débitos e um crédito 3ª fórmula – vários débitos e vários créditos 21 7