ATIVIDADES PRÁTICAS
SUPERVISIONADAS
Engenharia de Controle e Automação
1ª Série
Desenho Técnico
A Atividade Prática Superv...
Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico
Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire...
Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico
Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire...
Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico
Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire...
Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico
Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire...
Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico
Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire...
Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico
Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire...
Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico
Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

2014 atps desenho técnico

7,093

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
7,093
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
62
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

2014 atps desenho técnico

  1. 1. ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Engenharia de Controle e Automação 1ª Série Desenho Técnico A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de etapas, acompanhadas pelo professor, e que tem por objetivos: Favorecer a autoaprendizagem do aluno. Estimular a corresponsabilidade do aluno pelo seu aprendizado. Promover o estudo, a convivência e o trabalho em grupo. Auxiliar no desenvolvimento das competências requeridas para o exercício profissional. Promover a aplicação da teoria na solução de situações que simulam a realidade. Oferecer diferenciados ambientes de aprendizagem Para atingir estes objetivos, a ATPS propõe um desafio e indica os passos a serem percorridos ao longo do semestre para a sua solução. Aproveite esta oportunidade de estudar e aprender com desafios da vida profissional. AUTORIA: Paulo Luiz da Silva Barros Faculdade Anhanguera de Jundiai Marcos Alberto Carvalho Freire Faculdade Anhanguera de Jundiai
  2. 2. Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire Pág. 2 de 8 COMPETÊNCIAS E HABILIDADES Ao concluir as etapas propostas neste desafio, você terá desenvolvido as competências e habilidades que constam, nas Diretrizes Curriculares Nacionais, descritas a seguir. Projetar, conduzir experimentos e interpretar resultados. Conceber, projetar e analisar sistemas, produtos e processos. Desenvolver e/ou utilizar novas ferramentas e técnicas. Avaliar criticamente a operação e a manutenção de sistemas. Participação Esta atividade será, em parte, desenvolvida individualmente pelo aluno e, em parte, pelo grupo. Para tanto, os alunos deverão: • organizar-se, previamente, em equipes cuja quantidade de participantes será definida pelo professor responsável; • entregar seus nomes, RAs e e-mails ao professor da disciplina e • observar, no decorrer das etapas, as indicações: Individual e Equipe. DESAFIO Nesse desafio o aluno irá efetuar um desenho mecânico completo de um furador de anéis circulares, entendendo os conceitos teóricos relacionados com a prática. O desenho deverá conter uma legenda padronizada com o nome da faculdade, o nome da peça (“Furador de anéis”), nome do aluno, registro acadêmico, diedro desenhado, lista de peças e seus respectivos materiais e dimensões. Figura 1 – Exemplo de peça
  3. 3. Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire Pág. 3 de 8 Objetivo do desafio 1. Desenvolver um desenho técnico de um furador de anéis circulares, apresentado em formato de papel compatível com a escala utilizada, contendo detalhes da peça, projeção ortogonal e cotas. 2. Apresentar os trabalhos parciais realizados para atingir o objetivo final, seguindo as especificações a seguir. • Relatório 1 – Aspectos gerais do desenho técnico • Relatório 2 – Perspectiva • Relatório 3 – Desenho detalhado • Relatório 4 – Projeto final Livro Texto da disciplina: SILVA, Arlindo. Desenho Técnico Moderno. 1ª ed. Rio de Janeiro: LCT, 2009. ETAPA 1 (tempo para realização: 5 horas) Aula-tema: Introdução ao desenho técnico. Aspectos gerais do desenho técnico. Essa atividade é importante para você distinguir o desenho técnico do desenho artístico; reconhecer a necessidade de aprender desenho como forma de comunicação; escolher adequadamente o formato e orientação da folha de papel; dobrar corretamente os desenhos e identificar um desenho através da legenda; utilizar a escrita e os tipos de linhas adequadas para cada tipo de aresta do desenho. Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos. PASSOS Passo 1 (Individual) Ler o capítulo um do livro texto da disciplina e discutir os principais tópicos com seu grupo. Passo 2 (Equipe) Responder às seguintes questões relacionadas à disciplina de desenho técnico. a) Definir qual é a principal característica do desenho técnico em relação ao desenho artístico. b) Descrever quais são os modos de representação dos desenhos técnicos mais utilizados. c) Para que o desenho técnico seja universalmente entendido sem ambiguidades, é necessário obedecer a determinadas regras e convenções, de forma que todos os implicados no processo de desenho "falem a mesma Língua". Especificar qual é a norma ou órgão que serve como referência para maioria das normas individuais de cada país.
  4. 4. Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire Pág. 4 de 8 Passo 3 (Equipe) Ler o capítulo três do livro texto e responder aos questionamentos pertinentes a esse capítulo. a) Descrever qual é o principal objetivo da utilização da escrita normalizada em desenho técnico. b) A norma ISO 128:1982 define 10 tipos de linhas e respectivas espessuras. Especificar quais são os tipos de linhas que utilizamos para representar as arestas de contorno visível e invisível. c) A utilização crescente de programas de CAD 3D (Computer Aided Design 3 Dimencions) e das suas interfaces com equipamentos de produção e fabricação, leva a uma utilização cada vez menor de desenhos em papel. Contudo, a impressão e reprodução de desenhos continuam a desempenhar uma função importante na documentação técnica do produto. Justificar por que o uso do desenho em papel ainda não foi abolido. d) Sempre que possível, as peças devem ser representadas nos desenhos em escala real, ou seja, escala 1:1. Na prática, verifica-se que, para a maioria das peças, isso não é possível. Explicar quando devemos utilizar escalas de ampliação e redução normalizadas nos desenhos técnicos. Passo 4 (Equipe) 1. Utilizar o formato A4 em branco para traçar as margens e legenda conforme as normas estudadas e, dentro desse formato, traçar todos os tipos de linhas utilizadas em desenho técnico, colocando um exemplo do tipo de linha e onde se aplica. 2. Apresentar os resultados dessa etapa no Relatório 1 – Aspectos gerais do desenho técnico. ETAPA 2 (tempo para realização: 5 horas) Aula-tema: Perspectivas. Essa atividade é importante para poder entender a importância do conhecimento de desenho linear geométrico; aplicar os conceitos de desenho geométrico na construção de desenho técnico; utilizar ferramentas como régua, esquadros e compasso na construção geométrica. Essa atividade também é importante para poder representar planos inclinados e círculos em perspectivas isométricas; desenhar a perspectiva de um objeto, partindo da sua representação em vistas múltiplas; esboçar a mão livre a perspectiva de um objeto. Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos. PASSOS Passo 1 (Individual) Ler o capítulo do livro texto ou da bibliografia complementar da disciplina que explica sobre perspectiva. Passo 2 (Equipe) Reproduzir o desenho apresentado na figura 2 em um formato A4 com as devidas margens e em escala 1:1.
  5. 5. Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire Pág. 5 de 8 Figura 2 – Desenho Passo 3 (Equipe) Copiar o desenho que está em perspectiva cavaleira, passando-o para perspectiva isométrica, utilizando como referência o pontilhado da folha. Observar que no exercício, o mesmo desenho deverá ser feito duas vezes, mudando a referência dos eixos. Figura 3 – Desenho mecânico. Passo 4 (Equipe) Tendo em vista os desenhos realizados e o estudo efetuado no passo1, escrever sobre os principais aspectos de perspectivas e apresentar os demais resultados dessa etapa no Relatório 2 – Perspectiva.
  6. 6. Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire Pág. 6 de 8 ETAPA 3 (tempo para realização: 5 horas) Aula-tema: Projeções ortogonais. Cortes e secções. Cotagem. Essa atividade é importante para poder distinguir os sistemas de representações existentes; efetuar representação gráfica, usando projeções ortogonais; detalhar objetos tridimensionais - com todos os seus detalhes construtivos - a partir de desenhos bidimensionais (planificados). Essa atividade também é importante para poder usar a cotagem a fim de indicar a forma e a localização dos elementos de uma peça; selecionar criteriosamente as cotas a serem inscritas no desenho; escolher adequadamente a vista onde a cota deve ser inscrita; cotar desenhos com representações e aplicar sobre a necessidade de recorrer a cortes ou seções para representar completamente uma peça em projeções ortogonais; selecionar o corte mais adequado. Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos. PASSOS Passo 1 (Equipe) Começar o preparo dos desenhos para a conclusão do desafio proposto inicialmente. Executar os detalhes das peças em separado, formato A4, com as devidas margens e a legenda. O desenho deverá conter apenas as projeções. As cotas serão colocadas em outra etapa. Figura 4 – Desenho da peça
  7. 7. Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire Pág. 7 de 8 Passo 2 (Equipe) 1. Estudar o capítulo 7 do livro texto, que trata de todas as nuanças do modo como se corta um desenho. 2. Resumir com suas palavras, quando se faz necessário o uso do corte no desenho técnico. 3. Explicar o corte por planos paralelos ou concorrentes. Passo 3 (Equipe) Treinar o desenho do conjunto montado com todos os itens e em corte, onde será possível visualizar todos os detalhes da montagem. Desenhar em um formato A4 o conjunto em escala compatível para treinar a execução do trabalho final que será em um formato maior e que contenha todas as informações necessárias para uma perfeita interpretação do conjunto. Passo 4 (Equipe) Tendo em vista os desenhos realizados e o estudo efetuado no passo2, apresentar os resultados dessa etapa no Relatório 3 – Desenho detalhado. ETAPA 4 (tempo para realização: 5 horas) Aula-tema: Ferramentas computacionais de auxilio ao desenho em 2D. Essa atividade é importante para poder ler e interpretar desenhos técnicos e visualizar todos os detalhes dos seus componentes; executar desenhos, utilizando equipamentos técnicos. Utilizar ferramenta computacional para a execução de desenho técnico. Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos. PASSOS Passo 1 (Equipe) Executar o desenho do conjunto e seus detalhes em formato padronizado, contendo todos os detalhes para que o produto possa ser construído. Passo 2 (Equipe) 1. Pesquisar sobre ferramentas computacionais de auxilio ao desenho em 2D. 2. Estudar sobre a ferramenta computacional disponível no laboratório de computação. 3. Utilizar a ferramenta computacional disponível para desenhar a mesma peça. Passo 3 (Equipe) 1. Escrever sobre os aspectos mais importantes sobre a ferramenta computacional utilizada, justificando sua escolha para o desenvolvimento do desenho. 2. Apresentar os resultados obtidos nessa etapa no Relatório 4 – Projeto final.
  8. 8. Engenharia de Controle e Automação – 1ª Série – Desenho Técnico Paulo Luiz da Silva Barros, Marcos Alberto Carvalho Freire Pág. 8 de 8 Padronização O material escrito solicitado nesta atividade deve ser produzido de acordo com as normas da ABNT, com o seguinte padrão (exceto para produções finais não textuais): • em papel branco, formato A4; • com margens esquerda e superior de 3cm, direita e inferior de 2cm; • fonte Times New Roman tamanho 12, cor preta; • espaçamento de 1,5 entre linhas; • se houver citações com mais de três linhas, devem ser em fonte tamanho 10, com um recuo de 4cm da margem esquerda e espaçamento simples entre linhas; • com capa, contendo: • nome de sua Unidade de Ensino, Curso e Disciplina; • nome e RA de cada participante; • título da atividade; • nome do professor da disciplina; • cidade e data da entrega, apresentação ou publicação. Para consulta completa das normas ABNT, acesse a Normalização de Trabalhos Acadêmicos Anhanguera. Disponível em: <http://issuu.com/normalizacao/docs/normaliza__o_para_trabalhos_acad_micos?e=8070144/2211159 >. Acesso em: 29 jan. 2014.

×