Países bálticos 2012

1,511 views

Published on

Estudo sobre os Países Bálticos

Published in: Travel
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,511
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
28
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Países bálticos 2012

  1. 1. [email_address] Janeiro 2012
  2. 2. Estônia República da... Letônia República da ,,, Lituânia República da... Capital: Tallin (472 mil hab.) (reside 1/3 da população do país) Capital: Riga (950 mil hab) Capital: Vilnius (590 mil habitantes) Pop: 1,393 milhões hab. Pop: 2,421 milhões hab. Pop: 3,696 milhões hab. Área: 45 mil km2 Área: 64,5 mil km2 Área: 65,2 mil km2 Idiomas: estoniano/ russo Idiomas: letão/ russo Idiomas: lituano/ russo/ polonês Moeda: Coroa estoniana/ 100 senti . Euro (Jan. 2011) Moeda: lats letão/ 100 santimis Euro (jan 2012) Moeda: litas/ 100 centai Euro 1 = LTL 3,45 Mudança para Euro (só em jan 2013) IDH: 36/177 IDH: 50/ 177 IDH: 41/177 1918 – Independência da Alemanha 1991 – Independência da Rússia 2003 – Membro da EU 1918 – Independência da Alemanha 1991 – Independência da Rússia 2004 – Membro da EU 1918 – Independência da Alemanha 1991 – Independência da Rússia 2004 – Membro da EU
  3. 3. <ul><li>Século XIII – A região das atuais repúblicas bálticas foram cristianizadas e passam a integrar a Europa. A Ordem Teutônica (formada básicamente por alemães) passou a dominar a região por 300 anos, até o século XVI. O rei Valdemar II da Dinamarca organiza uma cruzada para cristianizar os povos dos países Bálticos. </li></ul><ul><li>Século XVI – Os lituanos ocupam parte do território na cidade de Memel. </li></ul><ul><li>Século XVII – Os suecos tomam a região norte (Estônia e Livônia) e os polacos ficam com a região sul (Curlândia e Lituânia). O Ducado da Curlândia e Semigália e o Ducado da Livônia eram pequenos estados na época, que foram anexados aos territórios dos atuais países após guerras entre eles. </li></ul><ul><li>Século XVII até 1920 – Os russos também foram ocupando territórios ali, mas as repúblicas com seguiram tornarem-se independentes até 1940, quando aliam-se aos alemães nazistas, assistem à derrota na II Guerra Mundial e são novamente incorporados aos territórios da União Soviética (liderada pela Rússia). </li></ul><ul><li>1940 a 1989 – As 3 repúblicas integraram a União Soviética. O regime comunista soviético agoniza no final dos anos 1980 , levando a extinção do regime soviético. </li></ul><ul><li>1991 - As 3 repúblicas bálticas tornam-se países independentes, conseguem apresentar um bom avanço em sua atividade econômica e paulatinamente buscam esquecer o período comunista soviéticos. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>A Estônia viveu sob o domínio da Suécia no século XVIII, que também controlou a Finlândia por quase 600 anos, depois passou a ser governada pelos russos, como também ocorreu com a Finlândia. </li></ul><ul><li>Tallin, a capital, está distante apenas 85 km de Helsinque pelo Golfo da Finlândia. </li></ul><ul><li>Seu território compreende mais de 1.500 ilhas no mar Báltico. Divide-se desde 1995 em 15 regiões e 227 municípios (34 urbanos e 193 rurais). </li></ul><ul><li>O país é plano e seu solo é encharcado. </li></ul><ul><li>Ponto culminante do país: Suur Muna Magi (318 metros) </li></ul><ul><li>População: 62% estonianos (intimamente ligados aos finlandeses), russos 30% </li></ul><ul><li>Religião majoritária : Luteranismo (pesquisa de 2009 aponta os estonianos como o povo menos religioso do mundo), só 16% deles consideram a religiuão como algo importante em suas vidas) </li></ul><ul><li>Culturalmente, o país tem ligações históricas com a Suécia, Dinamarca e Finlândia. </li></ul><ul><li>O nome Estônia vem do historiador romano Tácito, em seu livro Germania (ano 98DC), quando descreveu o povo Aestii (povo bárbaro distinto dos demais na região), Estia ou Hestia, habitantes da terra do Leste. O nome passou a ser usado no século XIX, quando o país entrou na fase de industrialização e surgiram movimentos nacionalistas. </li></ul><ul><li>Outras cidades: </li></ul><ul><li>Tartu (114 mil hab,) – cidade da primeira universidade do país, criada no século XVIII pelo rei sueco Gustavo II Adolfo. </li></ul><ul><li>Narva (76 mil hab.) – cidade industrial </li></ul><ul><li>Kohtla (54 mil hab.) </li></ul><ul><li>Parnu (52 mil hab.) – cidade balneária </li></ul>
  5. 6. <ul><li>Tallin é cidade da EU com maior percentagem de estrangeiros residentes. Cerca de 30% dos habitantes da cidade são russos, que emigraram para o país ainda no tempo em que a Estônia era parte das repúblicas socialistas soviéticas até 1994. Até hoje, essa população não recebeu cidadania automática, embora residam legalmente no país. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>A influência da aruitetura escandinávia e da arquitetura germânica é bem acentuada nos antigos prédios de Tallin. </li></ul>Estônia – Tallin Praça da Prefeitura
  7. 9. <ul><li>O território da atual Letônia já era habitado há mais de 8 mil anos AC, e tribos bálticas ali chegaram por volta do ano 3.000 AC, antecedendo o povo Letão. </li></ul><ul><li>No século VII, os povos eslavos começaram a ocupar territórios dos Letões. A região era um importante cruzamento de rotas de comércio entre os vikings escandinávos e a Grécia. Durante os séculos IX e XII, suecos, alemães e russos forma também tomando territórios da Letônia. </li></ul><ul><li>Até o século XIII, o país era conhecido com o nome de Livônia, sob o domínio de monges alemães da Ordem Tetônica. E no século XV passou a integrar o território do reino da Polônia e da Lituânia. Nos séculos XVIII e XIX, são os russos que passam a ocupar o país. </li></ul><ul><li>O movimento nacionalista Letão inicia-se em 1817, após a abolição da servidão. Os letões passam a reinvindicar a propriedade de terras, até então um privilégio dos aristocratas alemães. </li></ul><ul><li>A Letônia passa a país independente em 18 de novembro de 1918, quando ao final da I Guerra Mundial, a Rússia estava devastada e o recentemente implantado regime soviético ainda não se consolidara. Porém em 17 de junho de 1940, após o começo da II Guerra Mundial, os soviéticos acabam anexando a Letônia, num acordo entre russos e germânicos. Mesmo assim, por um curto espaço de tempo, a Letônia também foi invadida por tropas nazistas alemães. </li></ul><ul><li>Em 1952, milhares de camponeses letões são dizimados pelos soviéticos que iniciam uma política de imigração de russos para ocupar as terras da Letônia. O país tem 60% de letões e 26% de russos. Com a queda do regime soviético, o país torna-se novamente independente em 21 de agosto de 1991, e em 1 de maio de 2004 passou a integrar a Comunidade Européia. </li></ul>
  8. 10. <ul><li>Riga, a capital da Letônia, é também a maior cidade entre os países Bálticos, com a população alcançando quase 1 milhão de habitantes. Até 1900, era considerada a 3ª. maior cidade russa. É banhada pelos rios Daugava (um dos mais importantes do país) e Ridzene (ou Riga), que deu nome à cidade. </li></ul><ul><li>No século XII, monges alemães estabeleceram a cidade como posto comercial para os países Bálticos, que era o caminho natural para as rotas comerciais para a Grécia e Rússia. </li></ul><ul><li>Em 1201, ali desembarcaram 23 navios com mais de 1.500 cruzados da Ordem dos Irmãos Livônios da Espada (posteriormente tornaram-se um ramo da Ordem dos Cavaleiros Teutônicos). A Livônia e Prússia também ficaram sob o comando do Sacro Império Romano Germânico. </li></ul><ul><li>Em 1282, Riga tornou-se uma das cidades chaves da Liga Hanseática (Hansa), organização mercantil alemã que controlou boa parte do comércio do norte da Europa na Idade Média. </li></ul>
  9. 11. <ul><li>É o mais populoso entre os 3 países Bálticos, com 3,369 milhões de habitantes. </li></ul><ul><li>Sua população é 80% católica, formada por 83,5% de lituanos étnicos (que falam a língua lituana), 7% de polacos, 5% de russos, 1,5% de bielo-russos. </li></ul><ul><li>Vilnus, a capital do páis, é também a cidade que está no centro geográfico da Europa. </li></ul><ul><li>Seu território é dividido em 10 condados. </li></ul><ul><li>Histórico: </li></ul><ul><li>14/02/1009 – A Lituânia é mencionada pela primeira vez em documentos. </li></ul><ul><li>6/07/1253 - Com a coroação do rei Mindaugas , constitiu-se o estado da Lituânia. </li></ul><ul><li>1569 – Polônia e Lituânia formam a comunidade polaco-lituana. </li></ul><ul><li>Século XV – Período do apogeu territorial dos Polacos-lituanos, que ocupam terras do Leste da Europa do Mar Báltico ao Mar Negro. </li></ul><ul><li>1795 – a Lituânia é anexada a Rússia. </li></ul><ul><li>16/02/1918 – Após a I Guerra Mundial, torna-se país independente. </li></ul><ul><li>1940 – Com a II Guerra Mundial, volta a ser anexada à Rússia. </li></ul><ul><li>11/03/1990 – Torna-se a primeira ex-república soviética a obter novamente a independência da Rússia. </li></ul><ul><li>1/05/2004 – Torna-se país membro da EU. </li></ul>

×