• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Hardware2
 

Hardware2

on

  • 225 views

aula dia 16/02/2013

aula dia 16/02/2013

Statistics

Views

Total Views
225
Views on SlideShare
225
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
3
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Hardware2 Hardware2 Presentation Transcript

    •  Conceitos básicos sobreHardware O primeiro componente de um sistema de computação é oHARDWARE(Ferragem), que corresponde à parte material,aos componentes físicos do sistema; é o computadorpropriamente dito. O hardware é composto por vários tipos de equipamento,caracterizados por sua participação no sistema como umtodo. Uma divisão primária separa o hardware em SISTEMACENTRAL E PERFIFÉRICOS. Tanto os periféricos como osistema central são equipamentos eletrônicos ou elementoseletromecânicos. Hardware = é o equipamento.
    • Componentes básicos interno do Computador (Sistema Central) Processador ComputadorMemória Disco Rígido HD Placa Mãe
    • MEMÓRIA• Memória são todos os dispositivos que permitem a um computador guardar dados, temporariamente ou permanentemente.• Basicamente existem 2 tipos de memórias: Memória RAM (Volátil) e ROM (Não Volátil)
    • Memória RAM- Volátil• A memória de trabalho de um computador é constituída por RAM (Random Access Memory), ou memória de acesso aleatório . Os módulos de memória são plaquetinhas onde os circuitos integrados já vem soldados, bastando ao usuário, somente encaixar esses módulos de memória na placa mãe do micro.• É nesta memória que são carregados os programas em execução . Uma vez que se trata de memória volátil, os seus dados são perdidos quando o computador é desligado. Para evitar perdas de dados, é necessário salvar a informação para um suporte não volátil (por ex. disco rígido).• Modelos de memória mais usado: usado Módulos de memória DIMM Módulos de memória DDR Dica: A capacidade de uma memória é medida em MB 64/128/256/512 (Mega bytes) ou (Giga bytes) 1/2/4GB.
    • MEMÓRIA ROM- não Volátil• A memória ROM ( Read - Only Memory) é um tipo de memória (chip semicondutor) que permite apenas a leitura, ou seja, as suas informações são gravadas pelo fabricante uma única vez e após isso não podem ser alteradas ou apagadas, somente acessadas. Em outras palavras, são memórias cujo conteúdo é gravado permanentemente, é nela que está contida as rotinas que os computadores fazem, sempre que são inicializados. Outro programa que é inicializado pela Memória ROM é a BIOS.
    • MEMÓRIA ROM- não Volátil• A BIOS é a sigla para Basic Input/Output System (Sistema Básico de Entrada/Saída) é o primeiro programa executado pelo computador ao ser inicializado. Sua função primária é preparar a máquina para que outros programas, que podem estar armazenados em diversos tipos de dispositivos (discos rígidos, disquetes, CDs, etc) possam ser executados. A BIOS é armazenada num chip ROM (Read-Only Memory, Memória de Somente Leitura) localizado na placa-mãe, chamado ROM BIOS.
    • PROCESSADOR• O processador é a parte mais fundamental para o funcionamento de um computador. Processadores são circuitos digitais que realizam operações como: cópia de dados, acesso a memórias e operações lógicas e matemáticas.• Existem vários tipos de processados , o mais utilizado é o Microprocessador — São utilizados nos computadores pessoais, onde são chamadas de Unidade Central de Processamento (CPU) .• Dica > O metódo de calculo no processador é feito em Ghz
    • DISCO RIGIDO - HD• Disco rígido, ou conhecido como HD (do inglês Hard Disk) é a parte do computador onde são armazenadas as informações, ou seja, é a "memória permanente" propriamente dita (não confundir com "memória RAM"). Caracterizado como memória física, não-volátil, que é aquela na qual as informações não são perdidas quando o computador é desligado.• Este sistema é necessário porque o conteúdo da memória RAM é apagado quando o computador é desligado. Desta forma, temos um meio de executar novamente programas e carregar arquivos contendo os dados da próxima vez em que o computador for ligado. O disco rígido é também chamado de memória de massa ou ainda de memória secundária.• Quando o HD é instalado, por padrão ele é configurado e representado pela letra C no sistema.Dica: A capacidade de um HD é medida em GB (Giga bytes) ,atualmente disponível no mercado para uso doméstico/comercial varia de 40 a 500 GB,
    • Placa Mãe• Placa-mãe, também denominada mainboard ou motherboard, é uma placa de circuito impresso eletrônico. É considerado o elemento mais importante de um computador, pois tem como função permitir que o processador se comunique com todos os periféricos instalados. Na placa- mãe encontramos não só o processador, mas também a memória RAM, os circuitos de apoio, as placas controladoras, os conectores do barramento PCI e os chipset, que são os principais circuitos integrados da placa-mãe e são responsáveis pelas comunicações entre o processador e os demais componentes.• A placa-mãe é responsável pela interconexão de todas as peças que formam o computador. O HD, a memória, o teclado, o mouse, a placa de vídeo, o processador, em fim, praticamente todos os dispositivos precisam ser ligados à placa-mãe para formar o computador.
    • Placa Mãe• On-board: como o próprio nome diz, o componente on-board vem diretamente conectado aos circuitos da placa mãe, funcionando em sincronia e usando capacidade do [processador e memória RAM quando se trata de vídeo, som, modem e rede. Tem como maior objetivo diminuir o preço das placas ou componentes, mas, em caso de defeito o dispositivo não será recuperável.• Off-board: são os componentes ou circuitos que funcionam independentemente da placa mãe e por isso, são separados, tendo sua própria forma de trabalhar e não usando o processador, geralmente, quando vídeo, som, modem ou rede, o dipositivo é "ligado" a placa-mãe usando os slots de expansão pra isso, têm um preço mais elevado que os dispositivos on-board, sendo quase que totalmente o contrário em todos os aspectos do tipo on-board, ou seja, praticamente todo o processamento é realizado pelo próprio chipset encontrado na placa do dispositivo.
    • 3.1.4 Periféricos/dispositivos de Entrada e de Saída. PERIFÉRICOS, INTERFACES e ACESSÓRIOS Chamamos de Periféricos, Interfaces e Acessórios a todo equipamento utilizado pelo computador para se comunicar com seu usuário ou com outros computadores. O monitor, teclado, modem, fax, impressora, mouse, dentre outros, são periféricos de nosso computador, pois é através deles que ele se comunica. Quando uma mensagem é exibida na tela de seu monitor, por exemplo, o computador está se comunicando com você. Por outro lado, quando digitamos algo no teclado, estamos nos comunicando com ele.
    • 3.1.4 Periféricos/dispositivos de Entrada e de Saída. DISPOSITIVOS DE ENTRADA E SAÍDA DE DADOS Esses Periféricos são classificados também de acordo com sua finalidade: se servem para entrar dados ou enviar dados para o usuário ou para o computador. Chamamos esses periféricos de Dispositivos de entrada e saída de dados, conforme esta disposição. Aos periféricos usados para transmitirmos informações ao computador chamamos de Dispositivos de entrada de dados; aos periféricos usados para o computador se comunicar conosco enviando dados chamamos de Dispositivos de saída de dados; e aos que servem tanto para entrada quanto para saída de dados chamamos de Dispositivos de entrada e saída de dados. Esses dispositivos de entrada e saída de dados são fundamentais para o correto funcionamento de nosso computador. Sem eles, de nada serviria nosso computador, pois não haveria meios de nos comunicarmos com ele.
    • DISPOSITIVOS DE ENTRADATodo componente que faz parte do sistema e tem por finalidade efetuar aENTRADA de dados no computador.Exemplos: teclado mouse joystick scanner TRACKBALL
    • UNIDADE III ‑ NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES DISPOSITIVOS DE SAÍDA Todo componente que faz parte do sistema e tem por finalidade efetuar a SAÍDA de dados. DeskJet Exemplos: Jato de Tinta impressora monitor de vídeo matricial
    • UNIDADE III ‑ NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES DISPOSITIVOS DE ENTRADA / SAÍDA Todo componente que faz parte do sistema e tem por finalidade efetuar tanto a ENTRADA como a SAÍDA de dados. Exemplos: floppy disk (disquete) disco rígido (HD) CD/RW ou DVD/RW Pen drive
    • UNIDADE III ‑ NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES3.1.4 Periféricos/dispositivos de Entrada e de Saída. UNIDADES DE ENTRADA As unidades de entrada do computador, têm como função ler e transmitir dados. Os dispositivos de entrada são: TECLADO: Para entrada de dados através da digitação. O teclado é dividido em 3 partes: (1) teclado alfanumérico (semelhante ao de uma máquina de escrever), (2) teclado numérico (semelhante à uma calculadora) e (3) teclado de controle (formado por um grupo de teclas, que isoladamente ou em conjunto com outras teclas, executam comandos ou funções específicas, como as teclas <Shift>, <Ctrl>, <Alt>, entre outras...)
    • UNIDADE III ‑ NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES3.1.4 Periféricos/dispositivos de Entrada e de Saída. UNIDADES DE ENTRADA TECLADO:
    • UNIDADE III ‑ NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES3.1.4 Periféricos/dispositivos de Entrada e de Saída. UNIDADE DE SAÍDA DE DADOS Monitor de Vídeo: O Monitor é o principal meio de exibição de dados. São fabricados por tubos de emissão de raios catódicos, que criam feixes de elétrons que são disparados até a tela revestida de fósforo. A vibração destes feixes é que faz produzir as centenas de cores existentes em nosso monitor. O número de cores disponível para exibição em um monitor depende de sua Placa de Vídeo e da quantidade de memória desta placa. Com ela você poderá ter monitores que exibam 16, 256 ou 16 milhões de cores.
    • UNIDADE III ‑ NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES3.1.4 Periféricos/dispositivos de Entrada e de Saída. UNIDADE DE SAÍDA DE DADOS Monitor de Vídeo: O mesmo acontece com a resolução gráfica, ou o número de Pixels existente em seu monitor. Um Pixel (Picture Elements) é a menor resolução de cor ou ponto de luz que sua tela pode projetar. A depender de sua Placa de Vídeo, seu monitor pode também ser configurado para reduzir os pontos de emissão de luz, dando uma maior resolução de tela. Através de seu Sistema Operacional é possível esta resolução aumentar de 640 x 480 pixels, 800 x 600 e 1024 x 768 por tela e até mais... As Placas de Vídeo com alta resolução são imprescindíveis se você deseja trabalhar com programas que lidem com cores ou desenhos, e jogos que necessitem exibir muitas telas em tempo muito rápido.
    • UNIDADE III ‑ NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES3.1.4 Periféricos/dispositivos de Entrada e de Saída. UNIDADE DE ENTRADA/SAÍDA DE DADOS Dispositivos de Armazenamento – CD-ROM: São periféricos de leitura e gravação que permitem armazenar grandes quantidades de dados, utilizando uma tecnologia semelhante á dos CDs (Compact Disk – musicais). Os sistemas a laser possuem duas vantagens: Elevada capacidade de armazenar grande quantidade de dados (em torno de 700 MBytes) Facilidade de transporte e a segurança na guarda das informações
    • UNIDADE III ‑ NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES3.1.4 Periféricos/dispositivos de Entrada e de Saída. UNIDADE DE ENTRADA/SAÍDA DE DADOS Dispositivos de Armazenamento: Os principais são: disquetes e discos rígidos, cujo processo de armazenamento é similar. Todo disco deve ser formatado, antes de sua utilização. A formatação consiste em criar um mapa, dividindo-o em trilhas (circulos concêntricos) e setores (fatias). É exatamente o número de trilhas e setores que a capacidade de armazenamento do disco.
    • UNIDADE III ‑ NOÇÕES DE ORGANIZAÇÃO DE COMPUTADORES3.1.4 Periféricos/dispositivos de Entrada e de Saída.DISPOSITIVOS DE ENTRADA E SAÍDA DE DADOS DISPOSITIVO TIPO DE COMUNICAÇÃO DE DADOS faxmodem entrada e saída de dados monitor ou vídeo saída de dados impressora saída de dados teclado entrada de dados scanner entrada de dados mouse entrada de dados microfone para multimídia entrada de dados
    • Unidade de Capacidade Periférico Unidade de Capacidade• HD GB (atualmente)• Disquete MB• Memória RAM MB e GB• Fax-Modem KBPS• Impressora DPI• CD-ROM MB• DVD-ROM GB• Processador MHZ (até 1000) acima: GHZ Legenda:• MB = Mega-Bytes• GB = Giga-Bytes• Kbps = Kilo Bits por segundo• DPI = Pontos por Polegada• MHZ = Mega Hertz• GHZ = Giga Hertz