Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Satkarma - os seis porcessos de purificação
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Satkarma - os seis porcessos de purificação

  • 424 views
Published

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Obrigado!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
424
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
22
Comments
1
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Satkarma - os seis porcessos de purificaçãoEntrevista de Maria Laura Packer para revista PranaYoga (02/05/2007)PYJ: O que são os kriyas e para que eles servem?Kriyas são técnicas de limpeza ou purificação do sistema respiratório, do tubo digestivo, doestômago, dos olhos, do cólon e do cérebro. Também são conhecidos como SHATKARMA -os seis processos de limpeza. Shat (seis), Karma (ação). As seis ações que geram apurificação do corpo, preparando-o assim, para a prática de asanas e pranayamas.São eles: Dhauti , Basti, Neti, Trataka, Nauli e Kapalabhati.Dhautiestá dividido em quatro1. Antar dhauti - limpeza interna2. Danta dhauti - limpeza dos dentes3. Hrid dhauti - limpeza da garganta4. Moola Sodhana - limpeza do reto1. Antar Dhauti está dividido em 4 partes:1.1. purificação com o ar ( plavini)o yogui fecha a epiglote e de uma só vez empurra um certo volume de ar para dentro doestômago. Descansa por um segundo e repete o mesmo processo até que seu estômago fiquecheio de ar. Então, lentamente, deixa o ar sair em arroto com os gases sujos do estômago.Não é um kriya dos mais importantes.1. 2. purificação com água ( kunjar Kriya ou vamana dhauti )Beba de quatro a oito copos de água morna com sal. Faça vigorosos exercícios de UddiyanaBandha. Pressione o abdome com as mãos. Coloque os dedos no fundo da garganta e vomitea água. Pode ser feito uma vez por semana.1. 3. purificação com o fogo ( Agnisara Dhauti )Sente-se ereto com as pernas cruzadas, inspire profundamente. Então com uma expiraçãoforçada, esvazie os pulmões tanto quanto possível. Após a expiração, o diafragma se elevanaturalmente em direção à cavidade torácica, os músculos abdominais são então empurradospara dentro e para fora numa sucessão rápida. 15 a 20 bombadas são dadas em cada volta,quando os pulmões estão vazios.Isto é uma volta. pode-se praticar 10 voltas por dia. Esteexercício também pode ser feito de pé, com os joelhos flexionados, e as mãos descansandosobre os joelhos.1. 4. purificação com o tecido ( vastra dhauti )Pegue um pedaço de gaze fina de 5 a 8 cm de largura e 4,5 metros de comprimento.Coloque-o em água salgada morna. Torça-o, tirando a água e vá engolindo uma ponta deleaos poucos. No primeiro dia, engula apenas cerca de 30 cm do comprimento, retendo-o poralguns minutos, então puxe-o para fora devagar. Assim, aos poucos, depois de um tempo,todo o pano pode ser engolido. Retenha-o no estômago por dois minutos, então retire-o bemlenta e cuidadosamente. Para que o tecido se mova, pode-se beber água junto com ele.Quando o Kriya estiver acabado, beba um copo de água morna lentamente.Este kriya deverá ser feito de manhã cedo em jejum e poderá ser praticado uma vez porsemana.
  • 2. Bastilimpeza do intestino grossoO processo de limpeza é feito pela criação de vácuo nos instestinos pelo qual a água épuxada para o cólon. O vácuo é criado pelo uso de Nauli Kriya, através da manipulaçãocentral dos músculos abdominais. Praticar Nauli sentado numa banheira com água cria ovácuo pelo qual a água é puxada para o intestino grosso. Para manter os músculos doesfíncter abertos, insira um pequeno tudo no reto, cerca de 10 cm de comprimento. Tão logoa água seja puxada para dentro o tubo deve ser removido. Então, com o Nauli Kriya, a águaé expelida do intestino grosso. Esta prática tem o efeito de fortalecer os músculosabdominais, curar desordens urinárias e digestivas e constipação crônica.Netilimpeza das fossas nasaisO Neti pode ser de dois tipos : Sutra Neti ( com um barbante ou um cateter ) ou Jala Neti( com água salgada).1. Sutra Neti - com cateterPrimeiro esterelize o cateter, que deve então ser colocado em água morna antes de serinserido. Insira o cateter na narina direita por alguns centimetros, retire-o lenta ecuidadosamente; então insira-o na narina esquerda. Depois de alguns dias de prática, ocateter estará passando até a língua, quando então, pode se retirado pela boca usando oindicador e o polegar. O cateter é assim retirado lentamente pela boca. Isso poderá serpraticado uma vez por semana. Poderá ser agente contra os males respiratórios, elimando omuco das fossas nasais e auxiliando no processo de cura da renite.2. Jala Neti - com águaOutro método fácil de lavar as narinas é adicionar uma colher de chá de sal em um copo deágua morna e mexer bem. Usando um lota ( ducha nasal ), derrame a água numa narinadireita, mantendo a cabeça levemente inclinada para o lado esquerdo. A água sairá pelanarina esquerda. Então, repetir o processo com a narina esquerda, o qual a água sairá pelanarina direita.Não respirar pelas narinas enquando se esta fazendo a lavagem. Respirar pela boca. Pode serfeito este Kriya diarimente para evitar males respiratórios, de renite e sinusite.Tratakafixar o olharTrataka é fitar firmemente um ponto particular ou objeto sem piscar. Pode ser usado a chamade uma vela, que deverá ficar na mesma altura dos olhos. Olhe para a chama por um minutosem piscar. Depois de um minuto, feche os olhos, relaxe os músculos dos olhos e visualize achama entre as sobrancelhas por um minuto. repita esta prática por 5 a 6 minutos.Gradualmente vá aumentando o tempo de permanência do olhar fixo até 3 minutos, usando omesmo tempo para relaxar os olhos. Este exercício fortalece os olhos, desenvolve aconcentração e estimula os centros nervosos.Nauli Kriyamanipulação dos músculos abdominaisSomente após estar apto a fazer o Uddiyana Bandha com perfeição, é possível praticar esteexercício. De pé, pratique primeiro a contração abdominal Uddiyana Bandha; nesta posiçãodeixe o centro do abdome livre, contraindo os lados direito e esquerdo do abdome. Issocoloca os músculos abdominais numa linha vertical ( Madhyama Nauli ou contação central ).Após dominar o Nauli central, o próximo passo é conseguir o controle sobre os músculos do
  • 3. lado esquerdo ou do lado direito ( Vama ou Dakshina Nauli ). A técnica é a mesma do NauliCentral, exceto que é preciso aplicar mais pressão nas coxas com as mãos. Se o ladoesquerdo for contraído, então a mão esquerda pressiona a coxa, o tronco pendendolevemente para a frente e para a esquerda; o oposto se aplica ao lado direito. Todos estesprocessos de Nauli central, esquerdo e direito são chamados de rotação dos músculosabdominais. O nauli é praticado para fortalecer os músculos abdominais e para remover apreguiça do estômago, do intestino e do fígado. Os músculos das paredes abdominais ( seispares) protegem as visceras abdominais e ajudam a regular a pressão toráxica na respiração.KapalabhatiA palavra sânscrita KAPĀLA significa crânio e BHĀTI significa brilhante (Kapalabhati =crânio brilhante). Portanto, este é um Kriya de purificação do crânio; não é propriamente umpranayama, mas uma técnica de purificação (Kriya). Em Kapalabhati a expiração é ativa edinâmica e a inalação é passiva e natural. Para realizar o Kapalabhati a coluna necessita estarereta, confortável. O tórax deve permanecer estático e a tendência natural de expandir eelevar o peito deve ser evitada porque anula o efeito do exercício.A cada expiração, contraia a parte alta e média do abdome que é a mais importante para quea expiração se faça corretamente, juntamente com a r elevação do assoalho pélvico - Mulabandha. Concentrar-se no plexo solar e após a expiração, as paredes abdominais sãodescontraídas, permitindo automaticamente a entrada de ar nos pulmões. Deve-se iniciarapenas com três voltas no início de 20 expirações cada volta. Ir aumentando gradualmente onúmero de expirações por volta, chegando a 27, 54, 81 e 108.Entre uma volta e outra fazer uma respiração completa com retenção.A exalação forçada em Kapalabhati, produz efeitos diferentes no cérebro, é um fenômenofisiológico que durante a inalação normal, o fluído ao redor do cérebro é comprimido e entãoo cérebro contrai levemente. Com a exalação este fluído cerebro-espinhal é descomprimido eo cérebro expande levemente.Esta é a influência mecânica do ciclo respiratório na estrutura do cérebro.A respiração comum faz o volume do cérebro variar cerca de 18 vezes por minuto, porémem Kapalabhati devido o efeito da exalação forçada aumenta a massagem no cérebro peloaumento da descompressão e este volume modifica para 120 vezes por minuto. Nainspiração o cérebro contrai. Na expiração o cérebro expande.Como resultado há uma massagem geral no cérebro e uma verdadeira torrente sanguínea éinjetada no cérebro, irrigando-o, vivificando todos os capilares e células. As glândulasendócrinas situadas no cérebro (hipófise e a pineal) atingem o seu apogeu. A práticadisciplinada de Kapalabhati ativa as correntes prânicas e percebe-se a presença e a açãodessas correntes, na região frontal, estimulando o cérebro e ele se purifica tanto no planoorgânico como no sutil e o sistema nervoso se espiritualiza.Efeitos:- Limpa e fortalece os pulmões e condutos respiratórios- Ajuda a desobstruir as artérias- Estimula o Sistema Nervoso- Clareia a mente- Vitaliza o corpo- Carrega o plexo solar- Purifica os nadis- É preventivo contra a tuberculose
  • 4. - Tonifica os músculos abdominais e automassageia o fígado, rins, pâncreas, baço eestômago- Aumenta a elasticidade dos pulmões- Ajuda a drenagem dos sinos- Beneficia os olhos- Ativa a mente- Aumenta a eliminação de dióxido de carbonoContra-indicação: Portadores de hipertensão, tonturas, hérnias.PYJ: Quais os tipos de desintoxicação que podem ser feitos pelos kriyas?Tenho praticado por anos consecutivos com meus alunos um retiro de silêncio e meditação,que nos 3 dias que antecedem o retiro, realizamos os kriyas de desintoxicação :o basti ( lavagem intestinal ), o vamana dhauti ( o vômito ), o jala neti ( lavagem dasnarinas ) e durante o retiro realizamos o nauli ou uddiyana bandha, trataka e kapalabhati.PYJ: Quais os kriyas mais simples que podemos explicar na matéria e seus benefícios?Os Kriyas mais simples são: o nauli ou uddiyana bandha, trataka e kapalabhati.NauliO nauli é praticado para fortalecer os músculos abdominais e para remover a preguiça doestômago, do intestino e do fígado. Os músculos das paredes abdominais ( seis pares)protegem as visceras abdominais e ajudam a regular a pressão toráxica na respiração.KapalabhatiA prática disciplinada de Kapalabhati ativa as correntes prânicas e percebe-se a presença e aação dessas correntes, na região frontal, estimulando o cérebro e ele se purifica tanto noplano orgânico como no sutil e o Sistema Nervoso se espiritualiza. Limpa e fortalece ospulmões e condutos respiratório. Ajuda a desobstruir as artérias. Estimula o SistemaNervoso. Clareia a mente. Vitaliza o corpo. Carrega o plexo solar. Purifica os nadis. Épreventivo contra a tuberculose. Tonifica os músculos abdominais e auto-massageia ofígado, rins, pâncreas, baço e estômago. Aumenta a elasticidade dos pulmões. Ajuda adrenagem dos sinos. Beneficia os olhos. Ativa a mente. Aumenta a eliminação de dióxido decarbono.TratakaEste exercício fortalece os olhos, desenvolve a concentração e estimula os centros nervosos.PYJ: Quais outros podemos citar?Acredito que todos os kriyas poderão ser explicados na matéria, já que compõem umaprática preparatória tanto a nível físico quanto psíquico para a realização da prática de yoga.O Swami Satyananda, coloca que antes de toda prática de asana, deveria preceder os kriyasde purificação. Desta forma, muitos males seriam expulsos do corpo e da mente.PYJ: Existem pranayamas de desintoxicação? Quais?O Kapalabhati não é um pranayama, é um kriya , porém é usado imensamente nas práticasde pranayama, por ser ele um excelente purificador dos nadis, dos centros cerebrais epulmões. O Nadi Sodhana ( respiração alternada ) é um grande pranayama de purificaçãodas correntes nervosas e psiquicas, sendo que os nadis ida e pingala sofrem uma profundalimpeza, quando este pranayama é realizado perfeitamente. Realizamos a limpeza dos nadisquando alternamos o fluxo respiratório, ajudando a revolver os obstáculos que impedem que
  • 5. o prana flua livremente.Maria Laura Garcia Packer é professora de Yoga há 20 anos, fundadora da Casa de YogaShanti Om e autora do livro Vegetarianismo Sustentando a Vida (Ed. Letra d ´Água). Eyoga02/05/2007