• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Leis de incentivo a ti
 

Leis de incentivo a ti

on

  • 315 views

 

Statistics

Views

Total Views
315
Views on SlideShare
315
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Leis de incentivo a ti Leis de incentivo a ti Presentation Transcript

    • 1 Clique para editar o estiloTI NA ECONOMIA IMPACTO DO SETOR DE doE NOVA S POLÍTICAS DE GOVERNO PARA O SETOR subtítulo mestre FIP DLM BRASIL TI
    • 2POR QUE INVESTIR EM TI • + 600 MIL EMPREGOS DIRETOS EMPREGO • ATÉ 2020 SERÃO 1.050 MIL, SEGUNDO A ABES DISTRIBUIÇÃO DE • O SALÁRIO MÉDIO DO SETOR DE TI É U$$ 20 MIL RENDA ANUAIS – 2X A RENDA PER CAPTA NACIONAL • <50% das PMEs BRASILEIRAS POSSUEM UM ALTO COMPETITIVIDADE GRAU DE ADOÇÃO DE TI VOCAÇÃO Clique• para editar o estiloMAIOR ENTRE OS ADOÇÃO DE TI NO BRASIL É A BRICS do subtítulo mestre RETORNO • O MERCADO DE TI CRESCE O DOBRO QUE O PIB FINANCEIRO NACIONAL INCENTIVO • LEI DA INFORMÁTICA (2005), LEI DO BEM GOVERNAMENTAL (2005), BRASIL MAIOR (2011)
    • 3POLÍTICAS PÚBLICASO governo brasileiro está lançando políticas de fomento ao setor detecnologia da informação através do programa Brasil Maior. Você sabe doque se trata e quais são os impactos nas empresas de software? 1ª de Janeiro de 2011 – Discurso de Posse “... o mundo vive em um ritmo cada vez mais acelerado de revolução tecnológica”, que se “processa Clique decifração de tanto na para editar o estilo do códigos desvendadores da vida subtítulo mestre quanto na explosão da comunicação e da informática...”
    • 4Leis e Medidas do Brasil Maior que têm impacto no setor de TecnologiaLei da Informática – Lei 11.074/2005Deduções de até 80% da base de cálculo do IPI até 2014 Lei do Bem – Lei 11.196/2005 Deduções de até 180% da base de cálculo do IRPJ e CSLL de dispêndios efetuados em atividades de P&D Clique para editar o estilo do subtítulo mestre Medida Provisória 540/2011 Alteração da base de cálculo de contribuições previdenciárias patronais – Incidência sobre Faturamento 2,5%
    • 5http://www.brasilmaior.mdic.gov.br/noticias/senado-federal-aprova-medidas-provisorias-do-brasil-maior/ Clique para editar o estilo do subtítulo mestre
    • 6IMPACTO DA DESONERAÇÃO PARA EMPRESAS DE SOFTWARE Cenários Ilustração O impacto direto da Desoneração é de Atual MP 540/11 +3 a +13 pontos de margem dependendo Receita Bruta 100 100 do quanto a folha da empresa Deduções -5,65 -8,15 corresponde em relação a sua receita .Novo Imposto - - 2,50 bruta Alíquota 0,0% -2,5% Receita Líquida 94,35 91,85 .Folha -45,0 -45,0 % Receita Bruta -45,0% -45,0% .Encargos -30,2 -18,7Cenários de Ganho de Margem % Salário Bruto 67,2% 41,6% Clique para editar o estilo do 19,11(em pontos percentuais) +12.9% Lucro Bruto 28,12 subtítulo mestre +10.3% % Margem Bruta* 19,1% 28,1% +7.7% Premissas/Cenário Atual Desoneração Tributo Alíq. Adic. Total Alíq. Adic. Total +5.2% Patronal 20% 0,0% 20,00% 0% 0,0% 0,00% +2.6% Acidente 4,90% 0,0% 4,90% 4,90% 0,0% 4,90% Sistema "S" 5,80% 0,0% 5,80% 5,80% 0,0% 5,80% FGTS 8,50% 2,61% 11,11% 8,50% 0,91% 9,41% 20% 30% 40% 50% 60% Férias 11,10% 3,41% 14,51% 11,10% 1,19% 12,29% 13º 8,33% 2,56% 10,89% 8,33% 0,89% 9,23% Folha/Receita Bruta (%) 6 Total 58,6% 8,6% 67,2% 38,6% 3,0% 41,6%
    • 7 IMPACTO DA LEI DO BEM PARA EMPRESAS DE SOFTWARE O impacto direto da Lei do Bem pode Cenários Ilustração chegar a até +12 pontos de margem Atual Lei do Bem dependendo do quanto a folha e Receita Bruta 100 100 encargos de P&D da empresa Deduções -5,65 -5,65 correspondam em relação a sua receita Receita Líquida 94,35 94,35 bruta .Folha e Encargos -75,2 -72,5 % Receita Bruta -75,2% -72,5% .Folha de P&D -10,0 -10,0 % Receita Bruta -10,0% -10,0%Cenários de Ganho de Margem .Benefício fiscal 0,0 2,7(em pontos percentuais) Clique para editar ooperacional do +5.4% .Folha estilo % Receita Bruta 0,0% -65,2 2,7% -65,2 +4.8% +3.4% +4.1%subtítulo mestre % Receita Bruta -20,0% -20,0% Lucro Bruto 19,11 21,83 +2.7% +2.0% % Margem Bruta* 19,1% 21,8% +1.4% +0.7% (*) Racional da Lei do Bem é que a empresa pode usar até 180% dos dispêndios de folha e encargos registrados como P&D para redução da base de 2.5% 5.0% 7.5% 10.0% 12.5% 15.0% 17.5% 20.0% cálculo de IR e CSLL. Folha e Encargos com P&D/Receita Bruta (%)
    • 8IMPACTO TOTAL PARA EMPRESAS DE SOFTWAREConsiderando uma empresa de Software com i) folhabruta (sem encargos) correspondente a 45% da receitabruta e ii) folha e encargos com P&D de 10% da Os benefícios do Brasil Maiorreceita bruta – o impacto total seria superior a 11,7 p. gerarão impactos como:p. de margem:Margem Bruta +11,7 pontos + Investimento em Inovação de margem 30,8% +2,7% +9,0% Clique para editar o estilode Empregos qualificados Geração do c/ boa remuneração 19,1% subtítulo mestre Aumento da capacidade de investimento Popularização do acesso a tecnologia Hoje Desoneração Lei do Bem Brasil Maior 8
    • 9OPORTUNIDADE: As medidas do Brasil Maiorpassam a ter eficácia, na totalidade, a partir de 2012.IMPORTANTE: O impacto positivo do Brasil Maiorsomente será sentido por empresas que já adotam oregime de contratação da CLT. Clique para editar o estilo doPara empresas com informalidade (PJ) subtítulo mestre o BrasilMaior, principalmente a MP 540/11, adicionará custotributário de no mínimo 2,5% sobre Receita.
    • 10 RETORNO: SETOR HORIZONTAL (CHAVE) VOCÊ CONSEGUE Evolução TI vs. PIB 14,0% 12,8% 12,0% 10,0% IMAGINAR ALGUM 8,2% 7,5% 8,0% 6,5% 6,0% 5,2% 4,1% 4,5% DESSES SETORES 4,0% 2,0% 0,0% SEM O USO DE TI? -2,0% -0,7% 2008 2009 2010 2011 PIB (%G) TI (%G) Clique para editar o estilo doSistema Bancário Saúde subtítulo mestre Indústria Supply chain Varejo Infraestrutura Óleo e Gás Telecom Distribuição Logística Tributação Educação