A arte de liderar como catequista
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

A arte de liderar como catequista

on

  • 2,063 views

A arte de liderar como catequista.

A arte de liderar como catequista.

Statistics

Views

Total Views
2,063
Views on SlideShare
2,063
Embed Views
0

Actions

Likes
3
Downloads
54
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A arte de liderar como catequista A arte de liderar como catequista Document Transcript

    • A arte de liderar como catequista Autoria de ir. Mary Donzellini, MJC http://marydonzellinimjc.blogspot.com marymjc@uol.com.br A ARTE DE LIDERAR COMO CATEQUISTA Introdução: "Necessitamos de líderes!" Este grito ressoa em diversos campos: social,industrial, político e religioso. Muitas dificuldades, principalmente no campo dacatequese, provêm da falta de liderança, falta de organização e de método detrabalho. A Bíblia nos ajuda a pensar a liderança, aconselhando a fazer o que Jetro,sogro de Moisés, lhe recomendara: Escolha entre o povo homens capazes e temen-l tes a Deus, que sejam segurose inimigos do suborno: estabeleça-os como chefes de mil, de cem, de cinquenta e dedez. l Eles administrarão regularmente a justiça para o povo: os assuntosgra-vês, elestrarão a você; os assuntos simples, eles próprios resolverão. Se você fizer assim e Deuslhe der as instruções, você poderá suportar a tarefa, e o povo voltará para a casa empaz" (Êxodo 18,21-23). A equipe de coordenação da catequese deve fortalecer a liderança de cadacatequista e fazer com que | cada um viva a sua missão à luz da Palavra de Deus. O QUE É LIDERANÇA? Liderança é o processo de, exercendo influência sobre uma pessoa ou umgrupo, conseguir que todos alcancem os objetivos propostos por um plano de açãopessoal ou comunitária. Ao discutir a liderança e as técnicas de coordenar pessoas, devemos ter emmente que a liderança cristã é essencialmente "serviço". Nas grandes empresas e negócios, a palavra "ser-viço"roo é assimcompreendida, porque, nestes campos, a palavra /iderançatem uma conotação depoder, de autoridade, de honra ou de vantagens pessoais. Não devemos confundir as funções da equipe de coordenação da catequesecom as funções de uma diretoria de qualquer empresa ou associação comercial, quemuitas vezes assume tarefas de modo impositivo, desrespeitando o verdadeiroplanejamento participativo. A coordenação é um serviço da Igreja, e que se firmou no Concílio Vaticano II,quando foi definido Igreja: Povo de Deus - comunhão e participação. A coordenação eclesial é um serviço de animação missionária, um serviço deamor, manifestando a unidade da Igreja, que se realiza apesar da diversidade de seusmembros. 1
    • A arte de liderar como catequista Autoria de ir. Mary Donzellini, MJC http://marydonzellinimjc.blogspot.com marymjc@uol.com.br Descubra o LÍDER cristão que está dentro de você O líder é aquele que acredita na sua missão e transmite isto, com entusiasmocontagiante, fazendo com que todos os membros da equipe tenham coragem, ini-ciativa e consigam vencer as dificuldades que se apresentam no dia-a-dia de seurelacionamento com o outro ou ainda na compreensão do objetivo proposto. O líder dá espaço para que todos participem com suas opiniões, facilitando otrabalho do grupo e ajudando as pessoas a se tornarem co-responsáveis. Animar significa dar vida, criar ambiente propício para o crescimento daspessoas e, também, para que a comunidade alcance os seus objetivos. Incentivatambém o crescimento da amizade entre as pessoas do grupo. O líder cristão é aquele que tem visão tanto das necessidades e limitações daspessoas, quanto do mistério da Igreja e do modo como é proposto; abre caminhospara a esperança, sustentando a ação. Para isso, ele deve procurar treinamentos paraa sua crescente formação na arte de ser líder. A liderança de uma equipe de coordenação não é:  ser "poderoso chefão", autoritário;  serviço em busca de interesses pessoais, de vaidade, de poder e de continuar sempre na frente. A liderança de uma equipe de coordenação está:  a serviço das pessoas: acolhe, anima, confia, faz crescer, compartilha a vida, escuta as alegrias e dificuldades, valoriza as pessoas, elimina o medo e é solidária.  a serviço da comunidade: interessa-se, sente-se participante, conhece, articula, preocupa-se com a formação de todos os catequistas, compromete-se, animando a comunidade para que todos aprendam na prática.  a serviço da reunião: prepara, anima, coloca técnicas e dinâmicas de grupo, exige responsabilidade e participação dos catequistas. Portanto:  O liderar é servir, e não dominar; 2
    • A arte de liderar como catequista Autoria de ir. Mary Donzellini, MJC http://marydonzellinimjc.blogspot.com marymjc@uol.com.br  O liderar é buscar os eixos comuns em função da unidade, incentivando a participação de todos; O liderar é articular pessoas, estruturas e ativi-  dades; O liderar é administrar os conflitos e as tensões  normais às pessoas ou temas propostos. A liderança de uma equipe de coordenação da catequese deve ter: Organização: descobrir o objetivo comum do grupo e animar para que todoscontribuam no planejamento participativo. Interação: promover bom relacionamento entre as pessoas para que todascaminhem de mãos unidas. Valorizar as experiências pessoais e grupais, promovendo,pela participação de todos, novos líderes, que devem liderar outras pessoas ougrupos. Criatividade: ter amor criativo para fortalecer a catequese comunitária. "Se você continuar fazendo sempre o que faz, você continuará a colher os mesmos resultados." (Roger Merrei) A ESPIRITUALIDADE DO LÍDER Os líderes devem: - ref letir, rezar e agir segundo a palavra de Jesus: "Aqueleque quer |ser o primeiro entre vocês, deverá ser um servidor, porque o Filho do Homemnão veio para ser servido, senão para servir e dar a sua vida como em resgate em favorde muitos" (Mt 20,27-28);  viver o Projeto de Deus;  ter uma atitude de amor misericordioso, compreensivo e serviçal;  ter entusiasmo e nunca desanimar. Esta atitude anima sempre o grupo;  ter devoção a Maria, Rainha da Evangelização;  ter o sentido de "diocese"; amor à Igreja particular;  ter zelo pelo mundo, numa abertura missionária.  FORMANDO LIDERANÇAS Algumas pessoas nascem líderes, outras aprendem a liderar ao longo da vida.Podemos adquirir as habilidades essenciais da liderança por meio de treinamento eda análise das mais diversas situações. Os líderes devem fazer sempre reciclagens, encontros de formação paraaprimorar as suas habilidades. 3
    • A arte de liderar como catequista Autoria de ir. Mary Donzellini, MJC http://marydonzellinimjc.blogspot.com marymjc@uol.com.br As qualidades e técnicas essenciais à liderança, se desenvolvem por meio detreinamentos e de experiências, porque um líder eficiente não "cai do céu". E tarefa importante conhecer as diversas pastorais que se desenvolvem naparóquia ou na comunidade e como todas elas se encontram por um objetivocomum na "Pastoral de Conjunto". A capacitação, a corresponsabilidade, a criatividade, a comunicação e o bomhumor são características de um bom líder, que às vezes precisa ser treinado. É importante formar outros líderes para que eles possam ampliar e realizar asua missão, organizando e motivando equipes, porque toda liderança é tambémresponsável pela busca de novos líderes. O ESPÍRITO DE EQUIPE Montar a equipe de coordenação é -tarefa básica do líder. O grupo deve terpropostas claras e recursos suficientes para atingir as metas desejadas. O trabalho em equipe não funcionará se o líder tiver o hábito de expor suasideias antes que o grupo tenha tido a oportunidade de falar. No método clássico japonês, o líder escuta primeiro em silêncio todos aquelesque desejam expressar a sua opinião, mostrando que cada membro da equipe pensade forma diferente. Por isso, é importante no trabalho em equipe que o líder tenha sempreconfiança nos membros. Esse sentimento deve ser percebido por todos, desde cedo,para que o grupo possa crescer. À medida que se conhecem melhor, aumentam os laços de amizade, e aspessoas relaxam e começam a se sentir à vontade na equipe. Isso favorece o sensode fidelidade, de confiança e de coesão entre os membros. COMO LIDERAR REUNIÕES Tornar as reuniões da equipe produtivas e eficientes é um dos maiores testesda capacidade de liderança. Para isso, o líder deve:  definir sempre o objetivo das reuniões;  distribuir a pauta com antecedência para dar a todos tempo para se prepararem;  incentivar a participação de todos os membros e;  evitar que aconteçam comportamentos emocionais no grupo. 4
    • A arte de liderar como catequista Autoria de ir. Mary Donzellini, MJC http://marydonzellinimjc.blogspot.com marymjc@uol.com.brREFLETIR E COMENTAR NO GRUPO:1. Estamos dispostos a fazer grandes coisas por Deus e seu Projeto de amor?2. Qual seria a prática de vida que levaria, sem dúvida, à transformação da realidade?3. Como você se sente como coordenador-líder na catequese? Autoria de ir. Mary Donzellini,mjc Osasco - SP 5