Your SlideShare is downloading. ×
0
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
O caminho da cruz
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

O caminho da cruz

1,279

Published on

Published in: Spiritual
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,279
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
45
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. O Caminho da Cruz
  • 2. A Liturgia convida os seguidores do Senhor a descobrirem a "loucura da CRUZ" e apresenta dois exemplos: JEREMIAS e PEDRO. Na 1ª Leitura , JEREMIAS descreve sua experiência de Cruz. (Jr 20,7-9) "Seduzido" pelo Senhor, colocou toda a sua vida a serviço de Deus. Nesse caminho conheceu o sofrimento, a solidão, a perseguição. Teve a tentação de largar tudo, mas não desistiu:
  • 3. "Senti dentro de mim um fogo ardente a me penetrar!..." É o grito humano de um coração dolorido, marcado pela incompreensão e pelo aparente fracasso na Missão... Diante do sofrimento desanima, mas logo se reanima, movido por uma grande paixão por Deus. É a experiência de todos os que acolhem a Palavra do Senhor e vivem em coerência com os valores de Deus.
  • 4. Na 2ª Leitura , Paulo convida os cristãos a oferecerem a própria vida a Deus. Esse é o verdadeiro culto que agrada a Deus. (Rm 12,1-2) No Evangelho , Jesus anuncia aos discípulos a sua Paixão e Cruz e avisa que o caminho dos discípulos é semelhante. (Mt 16,21-27)
  • 5. - PEDRO não concorda e começa a "repreendê-lo". - Jesus rejeita fortemente as insinuações de Pedro e diz: "Afasta-se de mim, Satanás... não pensas as coisas de Deus...” E acrescenta: "Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua CRUZ e me siga". * Nós temos facilidade em aceitar a Cruz de Jesus, mas temos dificuldade, mesmo com fé, em aceitar a nossa cruz no nosso dia a dia.
  • 6. Como Jeremias e Pedro, eles se deixam "seduzir" por Deus e aceitam cumprir essa grande missão. São inevitáveis as dificuldades, os sofrimentos e as perseguições. Não obstante tudo isso, no final estão convencidos que valeu a pena. + A Experiência dos CATEQUISTAS
  • 7.  
  • 8. No DIA DO CATEQUISTA , gostaria de aprofundar um tema atual: - Como devem ser os CATEQUISTAS HOJE? O grande desafio é conseguir chegar até o coração das crianças e dos jovens do mundo atual, que não dizem mais amém a tudo. + UMA NOVA CATEQUESE Nos últimos anos, a Igreja está "buscando" novos rumos e novos métodos... para responder aos desafios do mundo presente .
  • 9. Não pode ser "escola" para receber o diploma de um Sacramento. Não pode se reduzir ao estudo de um "livro" (em vários volumes), mas um processo sistemático e progressivo da fé e da vida cristã. "Cristianismo consiste em reconhecer a pessoa de Jesus Cristo e vivê-lo" . Para isso, "é condição indispensável o conhecimento profundo da Palavra de Deus" (DA 244 e DA 247). Deve ser um Caminho para o Discipulado, na formação da Fé cristã na Família e na Comunidade eclesial.
  • 10. + Daí a importância da FORMAÇÃO dos catequistas. Precisa haver atenção maior na formação de catequistas, tanto da paróquia em oferecer meios atualizados e locais adequados, tanto dos catequistas em buscar métodos novos e mais eficientes de catequizar. Não basta treinar. Deve ser um processo progressivo e permanente de formação.
  • 11. + E a INCULTURAÇÃO deve estar presente na Catequese, descobrindo o modo de pensar e de agir da criança e do jovem de hoje. É a porta de entrada para um começo de conversa... + A presença da FAMÍLIA na Catequese é fundamental. Falou-se muito sobre a catequese familiar... seria o ideal... Mas as crianças que não têm família como ficaria? E as que têm, será que todas estariam dispostas ou em condições nesse trabalho?
  • 12.  
  • 13. Os catequistas não devem substituir os pais, mas complementar... Catequese, sem apoio dos pais, fica profundamente prejudicado... A melhor lição de catequese é dada pela alegria e pelo entusiasmo, com que os pais vivem os valores da fé e os ensinamentos de Cristo e a profunda experiência de Deus dos catequistas. + E a COMUNIDADE deve ser um lugar privilegiado dessa experiência, sobretudo na Celebração Dominical da Eucaristia.
  • 14.  
  • 15. vocês percebem como são importantes num mundo onde todos estão meio angustiados, até mesmo as crianças. Devem ser um sinal de salvação, que é uma coisa acolhedora. Salvação não é um código de leis, mas um ato de amor de Deus, que abraça as pessoas. E o catequista deve ter essa cara de salvação. O mundo precisa disso e o catequista é uma pessoa fantástica, já que faz essa coisa rara no mundo de hoje: ele é "gratuito". Não é gratuito só porque não cobra pelo seu trabalho, mas porque GOSTA de se dar. + Catequistas,
  • 16. Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS- 28.08.2011 Deve ser feliz por ser o que é, e ajudar a própria Igreja a perceber o quanto ela também tem que ser assim. Catequista, obrigado, porque você também se deixou "SEDUZIR" pelo Senhor... O Autor sagrado lhe garante: "Felizes os pés que andam para anunciar boas novas".
  • 17. MEU DOMINGO Com a Palavra de Deus Meditada por : Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS Ilustração: Nelso Geraldo Ferronatto Música: Catequese Caminho para o discipulado CD: Catequese, caminho para o discipulado Flávio Porto Paulinas COMEP Acesse o Endereço: http://www.buscandonovasaguas.com

×