Power point de psicologia do desenvolvimento

3,276 views
3,049 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,276
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
30
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Power point de psicologia do desenvolvimento

  1. 1. Psicologia do DesenvolvimentoMarlene Mateus , nº de aluna 800780, turma 7<br />A importância de saber lidar com a velhice<br />
  2. 2. A velhice é uma fase do ciclo de desenvolvimento humano, em que se poderá considerar como um período de crescimento pessoal, onde os idosos realizam retrospectivas da vida, demonstram oportunidades para a resolução de possíveis conflitos existentes , elaboram um restabelecimento do significado da vida e ao mesmo tempo possíveis redescobertas sobre eles próprios.<br />
  3. 3. Quando chegamos à velhice, deparamo-nos com mudanças sociais, em que se encontram baseadas principalmente na altura da reforma e na orientação da vida social e familiar.<br />Na altura da reforma, os idosos deparam-se com mais uma adaptação, pois em muitos casos o valor monetário da reforma é baixo, o que em muitas pessoas acaba por provocar uma despromoção social, e causando em alguns casos um isolamento social.<br />
  4. 4. Para algumas pessoas poderá ser o oposto, a altura da reforma poderá ser um momento muito esperado, pois o valor monetário poderá ser satisfatório, pois poderão realizar projectos que se encontravam planeados durante a sua vida, que enquanto profissionais activos não os conseguiram realizar. <br />
  5. 5. Na velhice existem três principais características de desenvolvimento:<br />Físicas - mudanças significativas a nível de músculos, sentidos, os ossos, a mobilidade, os órgãos internos começam a modificar-se, entre muitos outros.<br />Cognitivo – a velhice não implica o declínio das capacidades intelectuais, pois ganharam sabedoria suficiente para compensarmos eventuais perdas.<br />Psicossocial – onde existe uma profunda reflexão sobre o que aconteceu anteriormente.<br />
  6. 6. No caso dos idosos as ideias que a sociedade de um modo geral detêm deles, contribui para a imagem que estes muitas vezes têm de si próprios. Para a sociedade o fenómeno de envelhecimento é sinónimo preconceituoso de menor utilidade por existir uma menor capacidade funcional, inactividade, fraca saúde ou de um modo geral são considerados simplesmente como inúteis.<br />
  7. 7. O ciclo da vida humana e de desenvolvimento é irreversível, caminhando-se inevitavelmente para a deterioração sobretudo a física, a nível mental poderá ser desenvolvida e até mesmo revertida, pressupõem novas abordagens e estratégias, porque na realidade as capacidades cognitivas estão seriamente relacionadas com o tipo de experiências anteriores e do modo como foram vividas (estilos de vida, acidentes, doenças, entre muitos outros), podendo ser factores que aceleram o processo de envelhecimento.<br />
  8. 8. Vivemos hoje numa sociedade onde o interesse onde o prazer de ter “novidades”, é um sinonimo de valorização perante os outros, removendo valores de solidariedade e práticas de cidadania. Importante seria combater mentalidades e comportamentos na família, escolas, nas instituições, de forma a encontrar modos de contribuição dos idosos, não só no que diz respeito à produtividade económica, mas sim também na produtividade social, como por exemplo o trabalho voluntário apoiando os mais necessitados ou apoiando a sua valorização académica.<br />

×