Projeto educação para o trânsito

3,066 views
2,935 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,066
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
62
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto educação para o trânsito

  1. 1. PROJETO EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO TEMAEDUCAÇÃO E SEGURANÇA NO TRÂNSITO
  2. 2. PROJETO PEDAGÓGICOEscola E.E.São Sebastião Povoado de São Sebastião da Barra – Zona rural – EsperaEndereço Feliz - MGCEP 36.830-000Diretor(a) da Escola Eliane Lopes CarlosSupervisor(a) Pedagógica Marina de Souza HeitorTelefone fixo da Instituição -Nº de fax -Site Internet - Escola.97721@educacao.mg.gov.brE-mail e.e.saosebastiao@hotmail.comPROJETO PEDAGÓGICO EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITOTEMA: EDUCAÇÃO E SEGURANÇA NO TRÂNSITOPROPOSTA DO PROJETOO projeto tem como proposta motivar os alunos a construírem conhecimentossignificativos baseados em suas dúvidas e certezas sobre o trânsito. O projeto foisistematizado através do trabalho colaborativo de pesquisa literária e de campo; coleta etabulação de dados; entrevistas; tomadas de decisão e formulação de conclusões emgrupo. A ferramenta utilizada para a apresentação dos resultados foi a WEB 2.0,plataforma PBWorks, por constituir-se um ambiente colaborativo que permite váriosusuários interagirem ao mesmo tempo através de comentários, edições e envio dearquivos, oportunizando aprendizagens tecnológicas enquanto são construídasaprendizagens específicas em outros campos do saber.Público Alvo: 4º e 5º ano dos anos iniciais do Ensino FundamentalCaracterizaçãoA Escola não possui problemas relacionados com o trânsito no seu entorno. Osproblemasaparecem na proximidade das casas de alguns alunos, porém, nãoapresentam grande preocupação e não despertam interesse imediato por essarealidade. A maioria dos alunos reside nas imediações da Escola.PERÍODO DE REALIZAÇÃO: outubro a dezembro de 2010.PROFISSIONAIS ENVOLVIDOS: PROFESSORES, ESPECIALISTAS, DIREÇÃO,AGENTES DE TRANSITO, POLICIA RODOVIÁRIA, SECRETARIA MUNICIPAL DEEDUCAÇÃO.
  3. 3. PARCERIAS ESTABELECIDAS: PREFEITURA MUNICIPAL DE ESPERA FELIZ,POLICIA MILITAR E RODOVIÁRIA.JustificativaAo fazer o curso de Capacitação para Educadores de Educação para o Trânsito doSENACNET houve a necessidade de desenvolver um projeto de trabalho paraapresentar como conclusão. Ao sensibilizar as crianças, apareceram muitas perguntas ecuriosidades gerais encaminhando a Arquitetura Pedagógica do trabalho para umProjeto de Aprendizagem. As perguntas e curiosidades dos alunos foram usadas comoproblematização para trabalhar colaborativamente em ambientes de aprendizagem,permitindo a interdisciplinaridade com Informática Educativa e outros campos do saber,abrindo assim a possibilidade de ser realizado em parceria com outras turmas,disciplinas e séries nos próximos anos."Um projeto para aprender vai ser gerado pelos conflitos, pelas perturbaçõesnesse sistema de significações, que constituem o conhecimento particulardo aprendiz. Como poderemos ter acesso a esses sistemas? O próprioaluno não tem consciência dele! Por isso, a escolha das variáveis que vãoser testadas na busca de solução de qualquer problema, precisa sersustentada por um levantamento de questões feitas pelo próprio estudante."(FAGUNDES, MAÇADA e SATO, 2000. p.16.)OBJETIVOS • Promover e incentivar ações educativas dentro da Escola e da Comunidade, atravésdas construções dos alunos em relação ao trânsito para que possa haver resultadosefetivos, criando uma consciência crítica e conseqüentemente mudanças deatitudes; • Transformar novos conhecimentos em novas atitudes e ações concretas para que, despertando a consciência crítica, cada aluno possa ser um multiplicador da Educação para o Trânsito dentro de suas famílias e comunidade; • Reconhecer o ser humano como o elemento mais importante no trânsito, aimportância do pedestre e suas obrigações dentro do trânsito; • Reconhecer a importância da faixa de segurança, semáforos, placas de sinalização, agentes de trânsito e aplicar os conhecimentos no seu cotidiano; • Valorizar a Educação para o Trânsito dentro da vida escolar, com o objetivo demelhorar nossas atitudes evitando acidentes e preservando a vida; • Provocar na comunidade, através das ações dos alunos, a reflexão sobre osdiferentes fatores que interferem no trânsito levando-a a sistematizar informaçõesrelevantes para a compreensão e soluções dos problemas; • Identificar situações de risco e penalidades;EIXOS TEMÁTICOSLíngua Portuguesa; Estudos Sociais; Ciências; Matemática; Arte-Educação; EducaçãoFísica; Ensino Religioso e Informática Educativa.
  4. 4. DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES PROPOSTAS 1. Leitura do Texto os Meios de Transporte e atividades - Introdução do assunto;levantamento sobre o que são os tipos de transporte e veículos usados. 2. LEVANTAMENTO - Perguntas sobre o que gostariam de saber a respeito dosmeios de transporte e trânsito para a construção de um projeto de aprendizagens emEducação para o Trânsito e no Trânsito.Seleção das Perguntas:1. POR QUE INVENTARAM OS SINAIS DE COMUNICAÇÃO NO TRÂNSITO?2. POR QUE EXISTEM AS PLACAS DE TRÂNSITO? QUEM INVENTOU?3. QUEM INVENTOU A FAIXA PARA PEDESTRES?4. QUEM ESTIPULOU QUE VERDE É PRA PASSAR E VERMELHO PARA PARAR?5. QUEM ESCOLHE ONDE COLOCAR AS SINALEIRAS?6. PARA QUE SERVE E O QUE FAZ O POLICIAL QUE CUIDA DO TRÂNSITO?7. QUEM É MAIS IMPORTANTE NO TRÂNSITO, AS PESSOAS OU OS VEÍCULOS?8. QUEM TEM PREFERÊNCIA PARA PASSAR PRIMEIRO, OS CARROS OU ASPESSOAS?9. QUEM TEM PRIORIDADE OS CARROS OU AS PESSOAS?10. EXISTEM MAIS PESSOAS OU MAIS VEÍCULOS?11. POR QUE NÃO SÃO CONSTRUÍDAS ESTRADAS EXCLUSIVAS PARABICICLETAS (CICLOVIAS) NA NOSSA CIDADE?12. O QUE SIGNIFICA A PALAVRA PEDESTRE, DE ONDE ELA VEM?13. O QUE CAUSA MAIS DISTRAÇÃO AOS MOTORISTAS?14. POR QUE OS PEDESTRES PRESTAM MAIS ATENÇÃO NO TRÂNSITO DO QUEOS MOTORISTAS?15. QUEM É MAIS ATENTO NO TRÂNSITO, AS MENINAS OU OS MENINOS?16. POR QUE PRECISAMOS TER CUIDADO COM OS VEÍCULOS AO ATRAVESSARMESMO COM O SINAL FECHADO?17. O QUE DEVEMOS FAZER QUANDO ESTAMOS ATRAVESSANDO A RUA NONOSSO SINAL E VEM UM CARRO CORRENDO?18. O QUE PODE ACONTECER COM A PESSOA SE ATRAVESSAR A RUADISTRAÍDA SEM OLHAR PARA OS LADOS?19. O QUE PROVOCA MAIS ACIDENTE DE TRÂNSITO?20. AS PESSOAS QUE ATROPELAM TÊM QUE PAGAR O HOSPITAL PARA OATROPELADO?21. SE UMA PESSOA ATROPELADA MORRE, O QUE ACONTECE COM OMOTORISTA?22. O QUE ACONTECE COM AS PESSOAS QUE ATROPELAM AS OUTRAS?23. QUAL SERÁ O SENTIMENTO DE UMA FAMÍLIA QUE TEM UMA PESSOA DAFAMÍLA ATROPELADA?24. O QUE ACONTECE COM OS MOTORISTAS QUE NÃO RESPEITAM OS SINAIS?25. O QUE ACONTECE COM OS VEÍCULOS QUE ANDAM MUITO RÁPIDO ONDENÃO PODE?26. POR QUE PRECISA DE SINALEIRA PARA PEDESTRES PASSAR?27. POR QUE AS PESSOAS QUE DIRIGEM NÃO OBEDECEM AS LEIS DETRÂNSITO?28. O MOTORISTA QUE FAZ COISA ERRADA SÓ LEVA MULTA?29. É SÓ MOTORISTA QUE FAZ COISA ERRADA NO TRÂNSITO?30. É SÓ MOTORISTA QUE PROVOCA ACIDENTE?
  5. 5. 31. É SÓ MOTORISTA QUE LEVA MULTA?32. POR QUE OS VEÍCULOS NÃO ESPERAM QUE O SINAL ABRA PARA ELES,PARA PODER ARRANCAR?33. POR QUE AS PESSOAS QUE DIRIGEM AVANÇAM O SINAL VERMELHOQUANDO É PARA OS PEDESTRES PASSAREM?34. PARA QUE EXISTEM AS SINALEIRAS PARA AS PESSOAS A PÉ SE OS CARROSNÃO RESPEITAM?35. OS CARROS TÊM QUE RESPEITAR OS PEDESTRES E OS PEDESTRES OTRÂNSITO, POR QUE TODOS NÃO SE RESPEITAM?36. POR QUE ÔNIBUS E CARROS NÃO RESPEITAM OS SINAIS PARA OSPEDESTRES?37. O QUE É TRÂNSITO?38. POR QUE OS PEDESTRES PRECISAM ATRAVESSAR NA FAIXA DESEGURANÇA?39. POR QUE OS MOTORISTAS ACHAM QUE O TRÂNSITO NÃO PODE PARAR?40. POR QUE PARAR NO SINAL DE NOITE É PERIGOSO?41. PARA DOBRAR É NECESSÁRIO LIGAR O PISQUE DO CARRO? POR QUÊ?42. POR QUE AS AMBULÂNCIAS E OS BOMBEIROS PASSAM CORRENDO COM OSINAL FECHADO? 3. Leituras e Interpretações; Estudo de Textos, reportagens e outros materiais informativos; Vídeos e Power Points; Jogos na Informática e Passa-tempos em papel.Textos: Porto Alegre Ontem e Hoje (livro didático); A História de Antigamente (PoA);Porto Alegre: Trânsito, Profissões e História; O Trânsito na Zona Urbana e na ZonaRural; Os sinais de Trânsito; A Organização do Trânsito na Cidade.Passa-Tempos: Cruzadinhas, Caça-palavras, Sopas, Criptogramas; Brincadeira com asimulação de um cruzamento movimentado (dois grupos representando pedestres eveículos).Informática: Vídeo do Pateta (Disney); Power Points da EPTC (modificados eencurtados)História de Porto Alegre, a Evolução do Trânsito e O que é Trânsito? Jogos Interativosem objeto flash, Forca, Memória e Kiss – Teste-trânsito. 4. Organização das perguntas; discussão e levantamento sobre o que já sabemos e o que ainda não sabemos; modificação e adição de novas perguntas para a organização de dois quadros.Respostas e confecção de desenhos que representam às perguntas quesabemos para a criação de um Painel. 5. Entra em funcionamento a Internet da Escola. 6. Criação do PBWorks Educacional. 7. Criação de 31 Contas para os alunos entrarem no PBWorks:educacaotrânsitoturma32ano2008Sugestões de estratégias e ações que respondam as perguntas que não sabemos:Entrevistas; Observação de um cruzamento e anotações; Enquetes; Pesquisas naInternet; Visita à EPTC; Palestras; Telefonemas; Trabalho em equipe.Definição de enquete para responder a questão número 9. Substituir meninos e meninaspor Homens e Mulheres.Construção de texto coletivo sobre o que sabemos para a montagem do Painel.Digitação e postagem.
  6. 6. 8. Confecção de desenhos para a montagem do Painel. “O Que Nós Já Sabemos”. Decisão em grupo para cada um entrevistar cinco pessoas em resposta a enquete. 9. DISTRIBUIÇÃO DA ENQUETE DIGITADA. 10. Entrada de todos os alunos no PBWorks para inserir comentários, conhecer o ambiente, se inteirar das postagens da primeira etapa do projeto de aprendizagem e começarem a contribuir com as novas postagens. 11. Levantamento e tabulação das descobertas; confecção de gráficos e explicação dos resultados.Os alunos presentes realizarão o levantamento dos dados na aula de Matemática efizeram a tabulação dos dados na aula de Informática Educativa. 12. Na sala de aula: Discussão das novas estratégias para as pesquisas que responderão às dez perguntas restantes. Trabalho com gráficos de tabelas com valores alfanumérico. 13. Levantamento das informações coletadas durante a semana anterior e fim de semana para responder as perguntas 3, 4 e 6; Construção de mapas conceituais para sintetizar as informações; construção de textos coletivos a partir dos mapas e resposta parcial para a pergunta 6 com consulta ao dicionário. 14. Definição dos alunos que fariam as entrevistas com vítimas de acidentes de trânsito e com militares a fim de responder as perguntas número 10 e 11. 15. Postagens das entrevistas na página Resultados e Conclusões. 16. Levantamento das informações trazidas pela professora sobre "Ciclovias na Cidade". 17. Construção de textos individuais sobre a viabilização das ciclovias, transformação em texto colaborativo em sala de aula para postagem no PBWorks a fim de responder a questão 5. Colaboração da professora com a informação da origem do termo pedestre. Em resposta a questão nº 6. 18. Reunião espontânea, sem consulta a professora para definirem estratégias para responder as questões 7 e 8 do questionário. 19. Acesso aos Power Points sobre o funcionamento do cérebro e sobre drogas que afetam a atenção e o comportamento no trânsito. Acesso aos joguinhos que ainda não foram acessados e aos vídeos que não foram visualizados. 20. Levantamento dos fatores que distraem as pessoas que conduzem veículos,
  7. 7. para responder a questão número 7 do 2º quadro, após Power Points sobre diferençasno cérebro 11 feminino e masculino, fatores de atenção e efeitos de drogas sobre aspessoas que dirigem vistos no dia anterior. Redução do número de fatores paraelaboração de uma enquete para saber a opinião dos adultos sobre o que causadesatenção aos motoristas. As enquetes serão produzidas em meias folhas de ofício, àmão e aplicadas no final de semana. 21. Levantamento e tabulação dos dados da enquete em sala de aula; construçãodos gráficos para a enquete no Excel, Laboratório de Informática; edição no PBWorksdos gráficos pelos próprios alunos.Convite de um Agente de Trânsito aos alunos das turmas para serem Agentes Mirins. 22. Com base nos dados trazidos pelas opiniões dos adultos ao responder a questão 7, os alunos responderam em aula a questão 8. 23. Pesquisa em vários sites para elaboração das respostas para as questões denúmero 1 e 2.CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO Esse projeto será desenvolvido todos os dias no decorrer das aulas com duração de 50 minutos no turno matutino, podendo o professor regente de turma, distribuir partes do projeto nas disciplinas que constam na grade curricular da escola.RECURSOS NECESSÁRIOS - Sala de informática;Jornais; Revistas; Isopor; Tinta guache; Régua; Caneta; Lápis; Cola; Tesoura; Cartolina; Lápis de cor; Giz de cera;AVALIAÇÃO CONTINUA Acontecerá no decorrer da realização do projeto, através de observações relacionada a postura, transformações de opiniões, liberdade de expressões, atitudes éticas e morais, envolvendo a importância do trânsito em nossas vidas.DESCRIÇÃO DOS RECURSOS (humanos, financeiros, materiais e equipamentos). Humanos – Agente de trânsito da policia militar. Financeiro – Recursos da própria escola e prefeitura municipal de Espera Feliz/ MG. Materiais – Adquiridos da própria escola e com a ajuda de doações feitas pela prefeitura. Equipamentos – Data-show, computadores, telão, som, etc.
  8. 8. PROCESSO DE AVALIAÇÃO Através de observações feitas pelo grupo docente da escola, envolvendo asmudanças de postura, atitudes éticas e morais e o interesse pelo tema abordado eindividualmente buscando entender a opinião de cada um, Levando-o a refletirsobre as regras e normas que devemos ter com as leis de trânsito respeitando-as esendo solidários com o próximo.SUGESTÕES DE SITES A SEREM PESQUISADOS NO DIA:Micro 02 -http://www.sinaldetrânsito.com.br/curiosidades_foto.php?IDcuriosidade=28&alt=http://www.sinaldetrânsito.com.br/curiosidades_foto.php?IDcuriosidade=38&alt=Micro 03 -http://super.abril.com.br/superarquivo/1999/conteudo_117290.shtmlhttp://www.fotoplus.com/dph/info13/i-manu.htmMicro 04 -http://www.iabrj.org.br/iabrj/historia/http://www.anacletobasso.com.br/sites/category/11.htmlMicro 05 -http://www.ptPBWorkspedia.org/eiki/faixa_de_pedestreshttp://dftv.globo.com/Jornalismo/DFTV/0,,MUL456075-10044-0,00-A+FAIXA+DE+PEDESTRE+PEGOU+OU+NAO+PEGOU.htmlMicro 06 -http://www.jornaldedebates.ig.com.br/debate/por-que-as-faixas-pedestres-nao-saorespeitadashttp://www.pedestre.org.br/pedestre/no-brasil-e-no-mundo/noticia1Micro 07 -http://www.detran.rs.gov.br/http://www.tvcanal1.com.br/tvcanal1/v2/conteudo/noticias.asp?id_materia=858Micro 08 -http://www.educacaotrânsito.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=49http://pt.PBWorkspedia.org/PBWorks/Companhia_Carris_Porto-AlegrenseMicro 09 -http://www.sinaldetrânsito.com.br/curiosidades_foto.php?IDcuriosidade=28&alt=http://www.sinaldetrânsito.com.br/curiosidades_foto.php?IDcuriosidade=38&alt=Micro 11 -http://super.abril.com.br/superarquivo/1999/conteudo_117290.shtmlhttp://www.fotoplus.com/dph/info13/i-manu.htmMicro 12 -http://www.iabrj.org.br/iabrj/historia/http://www.anacletobasso.com.br/sites/category/11.html
  9. 9. 24. Elaboração provisória de respostas para as duas questões; respostas para o convite do Agente de trânsito através do espaço para os comentários no Ambiente; criação da página “Agentes Mirins” para colocar os resultados da campanha de conscientização para o Trânsito Seguro durante as Festas de Fim de Ano; novo convite para as turmas elaborarem um Slogan para a Campanha de Final de Ano. 25. Conclusões para a resposta das questões 1 e 2. 26. Criação dos slogans, em sala de aula e levantamento das ações como agentes mirins. 27. Aula de Informática pela manhã para postar os slogans, as ações e a fichatécnica dos agentes. 28. Finalização dos depoimentos na ficha técnica; das ações e das postagens dos slogans. Leitura de todas as páginas, pelos alunos, para ver se estava ok e se não precisavam alterar nada.REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:FAGUNDES, L. da C. & MAÇADA, D. L. & SATO, L. S. Aprendizes do futuro: asinovações começaram!. Brasília: Estação Palavra, 2000.GADOTTI, Moacir; ROMÃO, José E. (Orgs.) Educação de jovens e adultos: teoria,prática e proposta. São Paulo: Cortez, Instituto Paulo Freire, 2000.GREGIO, Bernardete Maria Andreazza. A INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO: AsRepresentações Sociais e o Grande Desafio do Professor Frente ao Novo ParadigmaEducacional - Revista Digital da CVA-Ricesu ISSN 1519-8529.Mestranda / Programa deMestrado em Educação/UCDB.GUIMARÃES Jr., Mário José Lopes. A Cibercultura e o Surgimento de Novas Formasde Sociabilidade. Trabalho apresentado no GT "Nuevos mapas culturales: Cyber espacioy tecnologia de la virtualidad", na II Reunión de Antropologia del Mercosur, Piriápolis,Uruguai, de 11 a 14 de novembro de 1997.HEIDE, Ann, Guia do Professor para a Internet: completo e fácil / Ann Heide e LindaStilborne; trad. Edson Furmankiewz.-2.ed.-Porto Alegre: Artes Médicas sul, 2000.MANTOVANI, Ana Margô. Interação, colaboração e cooperação em ambiente daaprendizagem computacional – UFRGS – Programa de Pós-Graduação em Informáticana Educação – Oficinas Virtuais de Aprendizagem II - OFICINA DE BLOGSPEDAGÓGICOS.MARCELO, C. Formación y Nuevas Tecnologías: posibilidades y condiciones de lateleformación como espacio de aprendizaje, 1999.TEXTOS DE APOIO
  10. 10. Projeto? O que é? Como se faz?Como acompanhar Projetos de AprendizagemAprendizes do Futuro: As Inovações Já Começaram!Educação a Distância e Internet em Sala de AulaBlog, PBWorks e mapas conceituais digitais no desenvolvimento de Projetos deAprendizagem com alunos do Ensino FundamentalPor que avaliar? Alguns "comos" para se chegar aos porquêsProjeto Amora 2000Perguntas Inteligentes? O que é isso?Qual é a questão?Conhecimento PrévioO trabalho por equipes na EscolaComo inserir na prática o tema trânsito nos projetos da Escola?SITES PESQUISADOSObjeto de aprendizagem sobre Projetos:http://homer.nuted.edu.ufrgs.br/instrumentalizacao_em_ead/trabalho_com_projetos/SITE TECNOLOGIA EDUCATIVA. Aprendizagem Colaborativa Assistida porComputador (CSCL - Computer Supported Collaborative Learning)http://www.minerva.uevora.pt/cscl/CONCEPÇÃO, DESENVOLVIMENTO E IMPLANTAÇÃO DE NOVA METODOLOGIADE ENSINOAPRENDIZAGEM APOIADA EM RECURSOS TECNOLÓGICOS: UMESTUDO DE CASOhttp://www.abed.org.br/congresso2008/tc/59200860133PM.pdfEducação para o Trânsito e Mobilidade Inteligentehttp://www.brasilia.unesco.org/noticias/opiniao/artigow/2003/educ_transCOMUNIDADE AGENTES SOLIDÁRIOS DO MARTINS - ORKUThttp://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=35072644VÍDEOSPateta no Trânsito (Disney)http://br.youtube.com/watch?v=RMZ3bsrtJZ0Os Dez Mandamentos do Trânsitohttp://br.youtube.com/watch?v=G0f6wMldaxYTinoni aconselha: Olha o semáforohttp://www.youtube.com/watch?v=oA8_dtY_rFs Sinais de Trânsitohttp://www.youtube.com/watch?v=vcaNvn6_l1M&feature=relatedMinuto Animado Educação no Trânsitohttp://www.youtube.com/watch?v=MTZqgpogYDY&feature=relate
  11. 11. Transitando com Segurança " O Passeio de Bruna"http://www.youtube.com/watch?v=PpuGtUrCh-Y&feature=related2007 - Álcool e Trânsitohttp://www.youtube.com/watch?v=agKD7iHjFR4&feature=relatedANIMAÇÕES EM FLASH (Joguinhos)Um dia no trânsitohttp://www.ufrgs.br/GPECT/RP_01/_objeto_swf.asp?id=36&ext=swfO Trânsito não parahttp://www.ufrgs.br/GPECT/RP_01/_objeto_swf.asp?id=37&ext=swfFaixa de Segurançahttp://www.ufrgs.br/GPECT/RP_01/_objeto_swf.asp?id=38&ext=swfCruzamentohttp://www.ufrgs.br/GPECT/RP_01/_objeto_swf.asp?id=40&ext=swfMonte o Azulitohttp://www.ufrgs.br/GPECT/RP_01/_objeto_swf.asp?id=35&ext=swfJogo da Memóriahttp://www.ufrgs.br/GPECT/RP_01/_objeto_swf.asp?id=39&ext=swfQuebra-Cabeçahttp://www.ufrgs.br/GPECT/RP_01/_objeto_swf.asp?id=51&ext=swfFonfom Móvelhttp://www.detran.pe.gov.br/educacao/fom_fom/jogos/Fomfom_movel.swfTeste de Memóriahttp://www.detran.pe.gov.br/educacao/fom_fom/jogos/memoria.swfTrânsito Limpohttp://www.detran.pe.gov.br/educacao/fom_fom/jogos/Tabuleiro_2_Players.swfMúsicas e Revistashttp://www.detran.pe.gov.br/educa_download.shtmlJogo da Forcahttp://www.detran.ce.gov.br/site/flash/jogos/JogoForca.exeJogo da Memóriahttp://www.detran.ce.gov.br/site/flash/jogos/JogoMemoria.exeTeste de Trânsito
  12. 12. http://www.detran.ce.gov.br/site/flash/jogos/TestesTrânsito.exeOUTRAS INFORMAÇÕESRua Vivahttp://www.ruaviva.org.br/trânsito/index.htmlDetran RShttp://www.detran.rs.gov.br/Política Nacional de Trânsitohttp://www.cetran.go.gov.br/PNT.pdfNova Escola - Educação para o trânsito: mais que aprender regrashttp://revistaescola.abril.com.br/online/reportagem/repsemanal_219902.shtmlRevista Superinteressantehttp://super.abril.com.br/superarquivo/2003/conteudo_123959.shtmlOrigem da Palavrahttp://www.origemdapalavra.com.br/WIKCIONÁRIOhttp://pt.wiktionary.org/?title=pedestreORGANIZAÇÃO:MARINA DE SOUZA HEITOR – MASP. 1042508-9

×