Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Relatório do filme "No quarto da Vanda"
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Relatório do filme "No quarto da Vanda"

  • 511 views
Published

 

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
511
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
4
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Relatório do Filme “No Quarto da Vanda”Data do visionamento do filme: 2 de abril de 2013Local: Santo TirsoRazões do visionamento: O que me levou a visionar este filme foram as boasreferências que pesquisei sobre ele, pois este filme valeu a Pedro Costa o prémioFrance Culture para o Cineasta Estrangeiro do Ano, no Festival de Cannes de 2002. A suaobra é maioritariamente divulgada em eventos especiais, festivais e retrospetivas de váriospaíses.Título do filme: No Quarto da VandaRealizador: Pedro CostaAno de lançamento: 2000Personagens principais: Vanda Duarte, Zita Duarte, Lena DuarteMúsica: Philippe MorelBreve síntese da história: Vanda Duarte é uma jovem toxico-dependente que vive numbairro de lata, ao norte da cidade de Lisboa. É uma pessoa simples e sensível que nãoconsegue superar o problema da droga. Isolada do mundo exterior, fechada no seu quartopobre, vive com mágoa o seu desconforto e o seu desencanto, que partilha com algunsfamiliares e amigos. O bairro das Fontaínhas, onde ela vive, começa gradualmente a serdestruído pelos buldozeres da Câmara de Lisboa e ela inquieta-se em relação ao seu futuro.Momento do filme considerado mais importante: Para mim o momento mais marcante nofilme foi quando Vanda estava no seu quarto a conversar com um amigo de infância cabo-verdiano e vanda diz a ele que “É triste, não é? A vida que a gente quer é essa”. Este foi omomento que mais me marcou pois ela, diz estas palavras depois de o rapaz cabo-verdianodizer que não tem mais nada na vida a não ser a roupa que tem na mochila.Opinião pessoal sobre o filme: Na minha opinião o filme retrata lições de vida para qualquerpessoa. Tal como o plano sombrio sobre a malvadez do “mundo deles”, a violência que sepassa, o vício (droga) deles ou ainda em último plano do filme, em que mostra tudo emruínas. Estas são realidades que servem de lição e mostra-nos a realidade no mundo em quevivemos.