Gestão de conteúdo em social media e portais

259
-1

Published on

Aula montada para um curso básico sobre conteúdo em social media e portais.

Published in: Social Media
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
259
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gestão de conteúdo em social media e portais

  1. 1. ‘Gestão de conteúdo em Social Media e Portais’ Mariana Costa @MARICOSTANIT BR.LINKEDIN.COM/IN/MARIMCOSTA
  2. 2. O que é conteúdo? Texto? Informação?
  3. 3. O que é conteúdo? Imagem?
  4. 4. O que é conteúdo? Vídeo?
  5. 5. O que é conteúdo? Conteúdo é todo e qualquer texto, informação, imagem e/ou vídeo que, inserido num meio, contribui para dar sentido a um contexto específico. E também a uma estratégia já traçada.
  6. 6. Conteúdo Social Media
  7. 7. Conteúdo Social Media Social Media (Mídia Social) X Mídia Digital Mídia Social é o conteúdo resultante de tudo aquilo que é gerado nas redes sociais (ferramentas pelas quais as pessoas se comunicam, como o Facebook, Twitter, Google+ e outras), por uma pessoa física ou jurídica, ou em um site que sirva como plataforma para tal.
  8. 8. Conteúdo Social Media Social Media (Mídia Social) X Mídia Digital Mídia Digital é toda informação que está diretamente relacionada com elementos tecnológicos, como plataformas de jogos online, banners eletrônicos e a versão online de um jornal impresso, por exemplo.
  9. 9. Conteúdo Social Media Vamos manter o foco em apenas três redes sociais: Facebook, Twitter e Instagram.
  10. 10. Conteúdo Social Media
  11. 11. Conteúdo Social Media  Mídia/ imprensa  Corporativo  Pessoa física
  12. 12. Conteúdo Social Media Conteúdo é o que vem entre o planejamento e o monitoramento e o que interessa nas mídias sociais é fazer o seu conteúdo repercutir, para isso é preciso conseguir engajamento do público/ seguidores. Uma coisa é certa: é preciso ouvir o cliente e entender seu público.
  13. 13. Conteúdo Social Media – 1ª etapa  Antes de se pensar em conteúdo é preciso conversar com o cliente, ter acesso à identidade da marca, ver sua “vida online pregressa”, analisar o briefing (já preenchido), assim como o questionário específico para mídias sociais;  É nesse encontro, ainda, onde serão fechados o tempo de trabalho, a frequência das próximas reuniões, a curadoria, a linha editorial, os objetivos da comunicação etc.
  14. 14. Conteúdo Social Media – 1ª etapa Alguns profissionais não se incomodam em colocar o cliente a par das senhas das redes sociais, o que não é ideal. A presença do cliente é essencial durante todo o processo de planejamento; e ao sinal de qualquer novidade da empresa, relacionada ao MKT ou não, ele (ou seu porta-voz) deve informar imediatamente à agência.
  15. 15. Conteúdo Social Media – Briefing Palavra inglesa que significa ‘resumo’ em português. Em comunicação significa coleta de dados para o desenvolvimento de um trabalho; um documento contendo a descrição da situação de uma marca ou empresa, seus problemas, oportunidades, objetivos e recursos.
  16. 16. Conteúdo Social Media – Briefing  Informações gerais e caracterização do cliente;  Posicionamento da marca;  Valores associados e relevantes;  Objetivos;  Stakeholders (público-alvo, concorrentes etc);  Efeito/ resultados esperados;  Quem são os envolvidos no projeto (de ambos os lados);  Orçamento disponível;  Mídia (onde trabalhar);  Estratégias de comunicação;  Limitações (posicionamento, R$ etc).
  17. 17. Conteúdo Social Media – Planejamento
  18. 18. Conteúdo Social Media – Planejamento Tentar adivinhar o que dizer nas redes sociais é uma decisão arriscada. Um bom modo para saber o que falar é fazer uma pesquisa com palavras-chaves (#hashtags) relacionadas às oportunidades de atuação da empresa e verificar os resultados nos buscadores. Tendo essa lista em mãos, identifique onde acontecem as discussões sobre os assuntos relacionados e, uma vez identificado onde seu público está, analise qual o perfil dele para definir com quem compartilhar e consumir conteúdo. Feito isso, encontre os principais influenciadores do seu setor.
  19. 19. Conteúdo Social Media – Planejamento  O planejamento pode ser feito semanalmente e é nesta fase onde também serão definidas quais redes sociais serão trabalhadas e os números de posts diários, por exemplo;  Aconselha-se a não participar de muitas redes ao mesmo tempo. Foque na necessidade do cliente naquele momento;  É nesta etapa quando se emprega uma linguagem para a marca e também quando é avaliado se vale a pena ou se é necessário criar uma persona que fale pela marca.
  20. 20. Conteúdo Social Media – Case Toddy apostou em duas personas para falar em nome de sua marca no facebook e não há qualquer fan page específica da marca, a não ser as de países como Argentina. E cada uma dessas personas fala para um tipo de público, o que é bastante arriscado se a sua marca não for tradicional.
  21. 21. Conteúdo Social Media – Case Case presente em quase todos os congressos de social media, o Pinguim do Ponto Frio ainda vale ser mencionado. Divertida, antenada e única, essa persona conseguiu dissociar a imagem da marca offline da online.
  22. 22. Conteúdo Social Media – Atividade Escolha uma marca e trace um planejamento pra ela nas redes sociais, seguindo o roteiro abaixo. Por que escolheu essa marca? Por que usou essas redes sociais, especificamente? Qual seu público-alvo? Quais seus concorrentes diretos? Escreva um post com uma linguagem adequada para cada rede social escolhida; Que outra ação (online) você aconselharia para seu cliente?
  23. 23. Conteúdo Social Media – Linha editorial  Depois de ouvir o público, definir a linguagem e perceber quais são os concorrentes, estabeleça metas, objetivos da comunicação (que pode ser gerar buzz, aumentar número de seguidores, engajar etc);  Defina uma linha editorial e use a pesquisa de palavras-chaves para ver qual a melhor estratégia e, assim, começar a produção;  Uma sugestão é fazer um inventário de todo o conteúdo atual que a sua empresa possui, visando melhor direcionar o uso dele, assim como identificar carências.
  24. 24. Conteúdo Social Media – Linha editorial  Qual o conteúdo que vai gerar buzz, muitas vezes é descoberto na base da tentativa e erro, o que pode levar algum tempo;  Nas redes sociais você deve oferecer algo de valor. Muitas empresas ficam se autopromovendo esperando atrair novos clientes, mas isso não funciona bem.
  25. 25. Conteúdo Social Media – Linha editorial  Estimule a participação e as discussões. É bom fazer com que seu público sinta-se integrado;  Estabeleça relacionamentos de longo prazo, identificando e comunicando oportunidades que tenham atenção constante, como promoções de produtos, sorteios etc;  Contribua com conteúdo que gere significância (!), ou seja, não adianta falar sobre como chocolate é gostoso para um público fitness.
  26. 26. Conteúdo Social Media – Case  Sorteios
  27. 27. Conteúdo Social Media – Case  Nike no Insta
  28. 28. Conteúdo Social Media – Linha editorial  É recomendável que uma só pessoa cuide do conteúdo das redes sociais daquela determinada conta. Isso cria laços com o cliente e dá maior know how ao profissional envolvido;  Com relação a social media é esse profissional, designado para essa conta, que fica a cargo de responder qualquer pergunta, crítica ou sugestão por parte do público. Por isso faz-se essencial que ele conheça bem a empresa e que esteja atualizado sobre suas ações. Caso não saiba o que responder, procure uma resposta o mais rápido possível;  Para não haver qualquer tipo de crise, em tempos de redes sociais prevalece a transparência, a rapidez de resposta e a educação. ‘Conter e isolar’ pode funcionar somente com as forças armadas.
  29. 29. Conteúdo Social Media – Linha editorial Quando se fala em conteúdo, o bom senso deve imperar!
  30. 30. Conteúdo Social Media – Atendimento Geralmente quem fica responsável por responder o público nas redes sociais é o analista de mídias sociais ou o gestor de conteúdo, por isso faz-se imprescindível uma boa dose de educação, bom senso e, claro, ter propriedade ao responder. Caso não tenha autonomia para isso ou não saiba informar, mantenha um contato direto com quem tenha a resposta, mas quem responde é o profissional de comunicação. Sempre.
  31. 31. Conteúdo Social Media – Atendimento Em julho de 2012, o atendimento da empresa Visou chocou ao responder de forma grosseira uma consumidora.
  32. 32. Conteúdo Social Media – Atendimento Já a Etna se revoltou e disse que só quer elogios. Hoje em dia, ela desistiu de responder as reclamações dos clientes, que não são poucas.
  33. 33. Conteúdo Social Media – Atendimento  Atendimento em redes sociais é diferente de SAC;  Muitas vezes esses atendimentos é muito mais rápido e eficiente do que entrar em contato com o SAC da empresa. Quem nunca reclamou no twitter sobre algum serviço?
  34. 34. Conteúdo Social Media – Provocação Conteúdo é ‘essa coca-cola toda’?
  35. 35. Conteúdo Social Media – Análise  Existem ferramentas com as quais se pode verificar os horários de pico de determinada fan page, por exemplo, posts que mais geraram buzz etc;  Quem leu seu conteúdo? Onde e como eles estão vindo? Quantos visitantes estão interagindo com seu conteúdo? Algumas variáveis são importantes nesse processo de medição, como tráfego de conteúdo compartilhado, influência e popularidade;  Nessa última etapa também são definidas melhorias na estratégia e quais serão as novas ações, de acordo com as necessidades de comunicação e o impacto esperado;  Lembre-se: para fazer a estratégia de redes sociais nas empresas valer à pena é preciso estar sempre atualizado.
  36. 36. Conteúdo Social Media O que não fazer
  37. 37. Conteúdo Social Media O que fazer (por favor!)
  38. 38. Portais Portal é um site que funciona como centro aglomerador e distribuidor de conteúdo para uma série de outros sites ou subsites dentro, mas também fora, do domínio ou subdomínio da empresa gestora do portal. Os corporativos, por exemplo, deixaram de apenas divulgar informações para passar a interagir com os clientes e públicos existentes. Hoje, permitem maximizar o lucro das empresas, oferecendo canais de comunicação e vendas para o cliente; fornecem informações e históricos de atendimento, recebem pesquisas de opinião do consumidor, registram números de série e garantia de produtos, oferecem catálogos dos produtos da empresa, direcionam contatos a representantes etc. (fonte Wikipédia)
  39. 39. Portais Exemplos Portal de Órgão Público Portal Corporativo Portal de Notícias
  40. 40. Portais Conteúdo  Corporativos: conteúdo produzido de acordo com a proposta da empresa e com a linguagem (pré-estabelecida) da marca, tendo sempre como foco atingir o público-alvo e os stakeholders (todos aqueles que trabalham direta ou indiretamente com a empresa ou um projeto específico, desde funcionários até possíveis embaixadores da marca). Conversão de cliques em lucro, o que ocorre quando um usuário realiza uma ação que a empresa considera valiosa, como uma compra, o download de um arquivo ou a solicitação de informações adicionais;  Notícias: conteúdo factual ou ‘de gaveta’ (matéria produzida), mas também depende da linguagem empregada pelo veículo e do que interessa ou não ser publicado e com qual destaque.
  41. 41. #Obrigada MARIANA COSTA @MARICOSTANIT BR.LINKEDIN.COM/IN/MARIMCOSTA
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×