0
Escola Secundária de CamarateDrogasÁrea de ProjectoMariah Monteiro nº14Daniela Mendes nº5Zileida Lopes nº27Jussara Vieira ...
<ul><li>Introdução……………………………………………………………………………………………1
O que são as drogas.……………………………………………………………………………..2
Quais as consequências………………..………………………………………………………3
Vários tipos existentes de drogas………………………………………………………….4
O que é o vício de drogas………………………………………….............................5
Perigo da droga…………………………………………………………………………………….6
Como identificar um jovem usuário………………………………………………………7
Como tratar ouso de drogas………………………………………………………………….8
Fases de dependência de abuso de álcool e de drogas – Reabilitação……9
Fases de dependência de abuso de álcool e de drogas – Prevenção de recaídas………………………………………………………………………………………………10
Drogas Leves e Droga Pesadas…………………………………………………………….11
Imagens………………………………………………………………………………………………12
Conclusão…………………………………………………………………………………………..13
Bibliografia………………………………………………………………………………………….14</li></ul>Índice<br />
Neste trabalho vamos falar sobre as drogas.<br />Vamos dar a conhecer:<br /><ul><li>O que são as drogas;
As consequências que as drogas podem provocar;
Os vários tipos existentes de drogas;
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Drogas - Pesquisa em Área de Projecto

6,754

Published on

Pesquisa efectuada por um grupo de alunos do 7.º Ano de escolaridade -2010-2011.

0 Comments
8 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
6,754
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
201
Comments
0
Likes
8
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Drogas - Pesquisa em Área de Projecto"

  1. 1. Escola Secundária de CamarateDrogasÁrea de ProjectoMariah Monteiro nº14Daniela Mendes nº5Zileida Lopes nº27Jussara Vieira nº122010/2011<br />
  2. 2. <ul><li>Introdução……………………………………………………………………………………………1
  3. 3. O que são as drogas.……………………………………………………………………………..2
  4. 4. Quais as consequências………………..………………………………………………………3
  5. 5. Vários tipos existentes de drogas………………………………………………………….4
  6. 6. O que é o vício de drogas………………………………………….............................5
  7. 7. Perigo da droga…………………………………………………………………………………….6
  8. 8. Como identificar um jovem usuário………………………………………………………7
  9. 9. Como tratar ouso de drogas………………………………………………………………….8
  10. 10. Fases de dependência de abuso de álcool e de drogas – Reabilitação……9
  11. 11. Fases de dependência de abuso de álcool e de drogas – Prevenção de recaídas………………………………………………………………………………………………10
  12. 12. Drogas Leves e Droga Pesadas…………………………………………………………….11
  13. 13. Imagens………………………………………………………………………………………………12
  14. 14. Conclusão…………………………………………………………………………………………..13
  15. 15. Bibliografia………………………………………………………………………………………….14</li></ul>Índice<br />
  16. 16. Neste trabalho vamos falar sobre as drogas.<br />Vamos dar a conhecer:<br /><ul><li>O que são as drogas;
  17. 17. As consequências que as drogas podem provocar;
  18. 18. Os vários tipos existentes de drogas;
  19. 19. O que é vício de drogas;
  20. 20. Observaremos algumas imagens de consequências de drogas.</li></ul>Introdução<br />
  21. 21. As drogas são produtos químicos que se usam no tratamento ou prevenção de doenças ou deficiências dos seres vivos.<br />Já em linguagem médica, droga é quase sinónimo de medicamento. O termo droga teve origem na palavra droog (holandês antigo) que significa folha seca , isto porque antigamente quase todos os medicamentos eram feitos à base de vegetais. Actualmente, a medicina define droga como sendo: qualquer substância que é capaz de modificar a função dos organismos vivos, resultando em mudanças fisiológicas ou de comportamento.<br />O que são as drogas?<br />
  22. 22. <ul><li>Afecta o raciocínioe a memória;
  23. 23. Doenças mentais;
  24. 24. Danos no fígado, pâncreas, estômago, nervos e outros órgãos;</li></ul>- Causa dependência sociais:<br /><ul><li>Diminui a produtividade do trabalho;
  25. 25. Causa mau desempenho escolar;
  26. 26. Cria marginalização social;
  27. 27. Acidentes de trânsito (motorista bêbado)</li></ul>- Durante tratamento médico, o álcool altera ou anula o efeito dos remédios (Ex.: o antibiótico);Provoca a morte por intoxicação ao deprimir o centro do cérebro que controla a respiração e os movimentos cardíacos;<br /><ul><li>No caso da mulher grávida afecta o desenvolvimento do feto;
  28. 28. O álcool é responsável por problemas de esterilidade e impotência.</li></ul>Consequências das Drogas<br />
  29. 29. Drogas estimulantes<br />As drogas estimulantes mais conhecidas são as anfetaminas, a cocaína, e seus derivados.<br />Drogas depressoras<br />No conjunto das drogas depressoras, as mais conhecidas são o álcool, os soníferos, a heroína, a morfina, a cola de sapateiro, etc.<br />Alucinogénia<br />As drogas alucinogénias mais comuns são a maconha, o haxixe, o LSD, os cogumelos e o ecstasy. <br />Tipos de drogas<br />
  30. 30. Drogas Estimulantes - Anfetaminas <br />Drogas Depressoras – Cocaína<br />Alucinogénia - LSD<br />
  31. 31. Vício de drogas é uma dependência obsessiva em uma droga legal ou ilegal. Drogas podem incluir medicamentos de receita, drogas ilegais e álcool. Apesar de um viciado poder usar mais de uma droga, geralmente tem uma “drogade preferência” – seu vício mais forte para vencer. <br />O que é vício de drogas<br />
  32. 32. Dependência:<br />- É o impulso que leva a pessoa a usar a droga de forma contínua (sempre) ou periódica (frequentemente) para obter prazer. Alguns indivíduos podem também fazer uso constante de uma droga para aliviar tensões, ansiedades, medos, sensações físicas desagradáveis, etc. O dependente caracteriza-se por não conseguir controlar o consumo de drogas, agindo de forma impulsiva e repetitiva.<br />Perigo da Droga<br />
  33. 33. <ul><li>Mudança brusca no comportamento;
  34. 34. Irritabilidade sem motivo aparente e explosões nervosas;
  35. 35. Inquietação motora. O jovem apresenta – se impaciente, inquieto, irritado, agressivo e violento;
  36. 36. Depressões, estado de angústia sem motivo aparente;
  37. 37. Queda no aproveitamento escolar ou desistência dos estudos;
  38. 38. Insónia rebeldia;
  39. 39. Isolamento. O jovem recusa-se a sair de seu quarto, evitando contacto com amigos e familiares;
  40. 40. Mudança de hábitos. O jovem passa a dormir de dia e ficar acordado à noite.
  41. 41. Desaparecimento de objectos de valor, de dinheiro ou, ainda, incessantes pedidos de dinheiro. O jovem precisa, e cada dia mais de dinheiro, a fim de atender às exigências e exploração de traficantes, para aquisição de produtos que lhe determinaram a dependência;
  42. 42. Más companhias. Os que se iniciaram no vício passam a fazer parte da vida no seu dia-a-dia;</li></ul>Como identificar um jovem consumidor?<br />
  43. 43. Se alguém de sua família está a consumirdrogas: <br /><ul><li>Procure informação e, se possível, ajuda especializada.
  44. 44. Não permita que a pessoa use drogas dentro de casa, a fim de manter o controle. Essa atitude, além de proibida por lei, não diminui os riscos.
  45. 45. Se o indivíduoestá renitente e não quer ouvir, procure alguém que ele respeite, como um parente ou amigo da família.
  46. 46. Procure um psicólogo ou psiquiatra especializado. Além de mostrar que está prejudicando a própria vida, a terapia pode ajudar nas questões que levaram a buscar a droga. É importante que o profissional tenha experiência na área.
  47. 47. Participe de grupos de ajuda mútua, dirigida para familiares de dependentes.
  48. 48. Lembre - se que, pagando dívidas que o dependente fez com traficantes, você poderá estar a darinício a um ciclo vicioso.</li></ul>O que fazer para se livrar do uso de drogas<br />
  49. 49. Reabilitação:<br />É a fase do tratamento em que o paciente aprende como modificar seu comportamento para manter a abstinência. Inúmeras modalidades terapêuticas podem (e devem) ser utilizadas para esta finalidade – aconselhamento individual e familiar, aprendizagem sobre dependência e sobre as substâncias que consome, psicoterapia individual e familiar, medicações contra as vontades de consumo que o indivíduo apresenta, ternamente social e vocacional, e outros processos são integrantes desta fase. Grupos de mútua-ajuda devem sempre ser incluídos no processo de reabilitação.<br /> Cuidados continuados<br />Fases da dependência de abuso de álcool e de drogas<br />
  50. 50. Prevenção de recaídas:<br />Estratégias que podem ser aplicadas conjuntamente ou logo após o tratamento primário (desintoxicação ou reabilitação). Em geral estas estratégias têm o objectivo de antecipar (e lidar) com as situações em que os pacientes terão possibilidade de recair, ajudando-os a adquirir instrumentos eficazes para evitar uma recaída, também modificando o seu estilo de vida.<br />Fases da dependência de abuso de álcool e de drogas<br />
  51. 51. <ul><li>Esta é uma questão que sempre causou controvérsias e, por isso, há mais de uma posição a este respeito. Do ponto de vista da lei, não há diferença entre drogas leves e pesadas, mas apenas entre drogas legais e ilegais (ou lícitas e ilícitas). Fumar maconha ou injectar cocaína, por exemplo: as duas atitudes infringem igualmente a lei. Na prática, porém, o uso de maconha raramente chega a ter as mesmas consequências perigosas à saúde que o de cocaína.
  52. 52. Além disso, sabemos que os riscos relacionados ao consumo de drogas dependem mais da maneira e das circunstâncias em que elas são usadas do que do tipo de droga utilizado. Mesmo para os dependentes, os perigos dependem do grau de dependência e não da natureza da droga e de ela ser lícita ou ilícita. A morfina, substância legalizada, cujos efeitos são muito semelhantes aos da heroína, poderia ser considerada uma droga pesada, e, apesar disso, ela é receitada para pacientes com cancro, sem que necessariamente eles se tornem dependentes.
  53. 53. Na verdade, não deveríamos falar em drogas leves e pesadas, mas sim em uso leve e uso pesado de drogas. Em relação ao álcool, por exemplo, existem dependentes que nunca conseguem beber moderadamente; ao mesmo tempo, existem consumidores ocasionais, que jamais se tornarão dependentes de álcool. Para os primeiros, o álcool é uma droga extremamente perigosa (droga pesada), enquanto para os últimos o álcool é um produto inofensivo (droga leve).</li></ul>Drogas Leves e Drogas Pesadas<br />
  54. 54. Drogas Leves<br />Drogas Pesadas<br />
  55. 55. Imagens<br />
  56. 56. Neste trabalho concluímos:<br /><ul><li>O que são as drogas;
  57. 57. Quais as consequências;
  58. 58. Os vários tipos existentes de drogas;
  59. 59. O que é o vício de drogas;
  60. 60. Perigo da droga;
  61. 61. Como identificar um jovem consumidor;
  62. 62. Como tratar o dependentede drogas;
  63. 63. Fases da dependência de abuso de álcool e de drogas - Reabilitação;
  64. 64. Fases de dependência de abuso de álcool e de drogas - Prevenção de recaídas;
  65. 65. Drogas Leves e Drogas Pesadas;
  66. 66. Observámos algumas imagens.</li></ul>Conclusão<br />
  67. 67. www.google.com<br />www.wikipedia.pt<br />Bibliografia<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×