Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
SIDIII 1º versão artigo betina lopes
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

SIDIII 1º versão artigo betina lopes

  • 432 views
Published

 

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
432
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
1
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide
  • The research reported here builds on previous work focused on the comprehension of the relationship between PTA and TQP. For the third year of collaboration (2009/ 2010) with the same group of professors, two new dimensions were taken into account, namely: (1) Changes in teachers’ PTA and/or TQP during the research project in the context of undergraduate lectures. The main goal consisted of contrasting data from undergraduate classes of Year 1 (2007/2008) with Year 3 (2009/2010). Considering that data were obtained in two distinct moments, the hypothesis is that the main factor that might have some influence on PTA and TQP is the way teachers integrated their professional experiences, together with the opportunities for innovation and reflection created by the research project. (2) ‘Students’ maturity’ (undergraduate and master level). Since the data were obtained during the same academic year, the hypothesis is that the factor that might cause eventual differences between PTA and TQP was the way in which teachers take into account students’ maturity into their way of conceiving teaching and learning in this specific teaching-learning context.
  • Conclusão 1 – concepções de ensino e aprendizagem parecem ser mais estáveis que práticas. Professores mantêm resultados de ATI, mas os quatro modificaram algumas PQ. A destacar docentes 2. ii) Conceptuais o conceito de Abordagem de ensino de Trigwell parece estar próximo do conceito de ‘orientação’ de Vermunt – uma vez que AEP se revelaram constantes entre contextos;

Transcript

  • 1. Apresentação do artigo “ The relationship between teaching and learning conceptions, preferred teaching approaches and questioning practices” Partilha de um percurso de escrita Programa Doutoral Didática e Formação - Seminário de Investigação III Doutoranda: Betina da Silva Lopes Orientadora: Prof. Doutora M.Helena Pedrosa-de-Jesus Co-orientador: Prof. Doutor Fernando Gonçalves
  • 2. Onde está publicado o artigo?
    • Research Papers in Education
    • Público-alvo: “ (…) educational researchers, educational policy-makers and planners (…).”
    • Tópicos: “ (…) articles in the fields of educational policy and practice, and research that links the two (…).”
    • ‘ Visibilidade’ do artigo:
    • - 2010 Impact Factor 0.816;
    • - Ranking: 70/177 (Education & Educational Research) © Thomson Reuters, Journal Citation Reports 2010.
    Maria Helena Pedrosa‐de‐Jesus & Betina da Silva Lopes ( 2011 ): The relationship between teaching and learning conceptions, referred teaching approaches and questioning practices, Research Papers in Education , 26:2, 223-243 http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/02671522.2011.561980
  • 3. Contextualização do artigo no projeto de doutoramento
    • Objetivos gerais do projeto de doutoramento:
    • - Contribuir para a promoção de um questionamento de qualidade a nível do ensino superior de biologia;
    • - Aprofundar a descrição e compreensão da relação entre práticas de questionamento e conceções de ensino-aprendizagem de docentes do ensino superior.
    • Objeto de estudo do projeto de doutoramento:
    • - Conceções e práticas de ensino (com particular enfoque no questionamento) de um grupo de quatro docentes do Departamento de Biologia da Universidade de Aveiro .
    • Paradigma metodológico, métodos e técnicas de recolha de dados
    • - Estudo qualitativo, naturalista;
    • - Observação participante e não participante dos docentes em diversos contextos (aulas TP, sessões de trabalho, …);
    • - Entrevistas (semi-estruturadas; ‘baseadas numa tarefa’); documentos escritos (reflexões).
  • 4. Contextualização do artigo no projeto de doutoramento
  • 5. Estrutura geral do artigo Research questions: 1) Can we identify any difference in each teacher’s PTA and TQP over time, when they teach at undergraduate level, by observing them in two distinct academic years? (2007/2008 e 2009/2010) 2) Do teachers, when working at masters level, reveal PTA and TQP distinct from what is adopted in their undergraduate classes? Abstract Key-words preferential teaching approaches; teaching and learning conceptions; questioning; higher education; biology; dialogic interaction Introduction The present research
    • Study I: changes of PTA and TQP along the three years of collaboration within undergraduates
    • Study II: influence of the contextual factor ‘student development’ (undergraduates vs. master) on teachers’ PTA and TQP
    Final comments
    • Teacher questioning
    • Research on teaching in higher education
    • Relationship between preferential teaching approaches (PTAs) and teacher questioning practices (TQP) – findings from previous research
    • Aim and research questions
    • Methodology
    • Results and discussion
    1) Can we identify any d Acknowledgements References
  • 6. The present research: Methodology
    • Ano 2009/2010 (1º ano do doutoramento)
    • Preenchimento de um exemplar da versão traduzida (português) e validada da do ATI pelos docentes para cada contexto (mestrado vs. 1º ano universitário);
    • Observação não participante de aulas TP (2h) de cada docente nos dois contextos (mestrado – 2 aulas e 1º ano universitário – 4 aulas);
    • Entrevistas semi-estruturadas no início e fim do semestre;
    • Transcrição Integral das aulas – Análise das PQ.
    • frequência das questões do professor;
    • O modo como o professor reage à ausência de resposta;
    • O modo como o professor reage à intervenção de um aluno (pergunta ou resposta)
    Dados recolhidos em 2007-2009 * Proposta de artigo: Investigating Teachers’ questioning practices during biology lectures – proposal of an analytical model
  • 7. The present research: Results and discussion ITTF – Information Transmission Teacher Focused CCSF – Conceptual Change Student Focused (Trigwell, Prosser & Ginns, 2005)
  • 8. The present research: Results and discussion
  • 9. The present research: Final Comments
    • “ The main purpose of this study was to deepen our understandings of the nature of the relationship between PTA and TQP. (…) a research strategy was designed in order to verify if the same relationship was maintained after three years of collaboration, in the context of either undergraduate lectures (study I) or masters students (study II)”;
    • Principais conclusões:
      • i) Aproximação do conceito AEP (Trigwell) do conceito “orientação para o ensino” (Vermunt);
      • ii) AEP e respetivas Conceções de ensino-aprendizagem mantiveram-se constantes entre os contextos, mas houve algumas modificações (positivas) nas PQ;
      • iii) Adaptação das práticas de ensino (questionamento) a fatores externos podem conduzir a incoerências entre a ‘teoria’ e a ‘acção’:
    • Propostas de estratégias ‘investigativas/interventivas’ de desenvolvimento profissional de docentes universitários (CPD – continuing professional development strategies)
    • [Limitations]
  • 10. Balanço do processo de escrita do artigo Proposta de Comunicação para uma conferência (versão pessoal) Proposta de Comunicação para uma conferência (versão orientadores) ‘ Full paper’ para actas da Conferência (versão orientadores) ‘ Full paper’ para submissão revista (com alterações propostas pela comissão responsável pela selecção de revistas) ‘ Full paper’ para submissão revista (com alterações propostas pelo editor antes de passar aos referees) ‘ Full paper’ para submissão revista (com alterações referees) ‘ Full paper’ para submissão revista (com alterações referees) Fevereiro 2010 Julho 2010 Setembro 2010 Dezembro 2010 Abril 2011 ‘ Full paper’ para actas da Conferência
  • 11. Balanço do processo de escrita do artigo
    • “ Slice the cake” – impossível integrar todo o projeto de doutorameto num artigo;
    • “ keep it simple” – é preferível usar dois a três conceitos-chave, definir bem os mesmos e usá-los bem na discussão;
    • Quem avalia o artigo contacta com o estudo pela 1ª vez – evitar ideias ‘implícitas’;
    • Valorizar a crítica, os elogios não nos levam mais além.
  • 12. Introduction Teacher questioning
    • Ideias Chave
    • As questões enquanto ferramenta de ensino -aprendizagem;
    • O domínio de perguntas do professor nos diversos níveis de ensino;
    • A baixa frequência de perguntas de elevado nível cognitivos nos diversos níveis de ensino;
    • A forma como o professor questiona parece estar relacionado com a forma como ele ‘pensa’;
    • Autores Chave
    • - C. Chin, J. Osborne; M. Gunel; J. Dillon; Barak & Shakman
    Research on teaching in higher education
    • Ideias Chave
    • - (In)coerência entre teoria (conceções) e prática;
    • Maioria dos estudos sobre práticas de ensino de professores universitários recorrem a dados indiretos (entrevistas);
    • Exploração exaustiva da teoria de Abordagens de Ensino Preferenciais de Trigwell e colaboradores;
    • Descrição do Inventário (ATI).
    • Autores Chave
    • S. Kane, L. Postareff; K. Kember; K. Trigwell, G. Vermunt; D. Devlin, …)
    Relationship PTAs and TQP – findings from previous research
    • Ideias Chave
    • Descrição do processo de tradução e validação do Inventário;
    • Identificação das Abordagem de ensino preferenciais de cada um dos 4 docentes; colaboradores (MCFA ou TIFP);
    • Descrição das práticas de questionamento de cada docente (por exemplo: frequência e nível cognitivo das perguntas).
    • Publicações referentes ao projeto