Programa Bloco Salvaterra de Magos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Programa Bloco Salvaterra de Magos

on

  • 2,739 views

Programa do Bloco de Esquerda de Salvaterra de Magos. Autárquicas 2009

Programa do Bloco de Esquerda de Salvaterra de Magos. Autárquicas 2009

Statistics

Views

Total Views
2,739
Views on SlideShare
2,739
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
8
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Programa Bloco Salvaterra de Magos Programa Bloco Salvaterra de Magos Document Transcript

  • ANITA Ana Cristina Ribeiro PEDRO CHOY Candidato à Assembleia Municipal AFIRMAR O CONCELHO Esta candidatura é a expressão do sentir de uma comunidade quanto ao seu futuro, em especial, das novas gerações. É um projecto colectivo que incorpora as aspirações, os anseios e a esperança de cidadãos que acreditam num futuro melhor para os que habitam e trabalham no município de Salvaterra de Magos, para os que nascem e crescem no concelho, para os que escolheram esta terra para viver. A esta comunidade, atribui-se a responsabi- terra de Magos, que iremos cumprir pontual O caminho até aqui não foi fácil. Mas tem lidade de ter uma palavra a dizer sobre o seu e escrupulosamente. sido muito gratificante por ter proporcionado futuro. Continuar a obra comum, fazendo do Neste período em que a conjuntura não é a todos nós a experiência fantástica da trans- concelho de Salvaterra de Magos, um muni- favorável a praticamente ninguém asse- formação e da renovação. Em qualquer ponto cípio de respeito pelo ambiente, da qualidade guramo-vos que a Câmara Municipal irá con- que estejamos das nossas freguesias, perce- da prestação de serviços e do desenvolvi- tinuar a desempenhar as suas funções en- bemos que muito mudou, apesar de termos mento social integrado. quanto entidade que está ao lado dos conseguido manter a nossa identidade. E esse Esta candidatura pretende mais e melhor em- munícipes. Podem contar com o nosso apoio, é o enorme desafio que temos pela frente: prego, maior capacidade de criação de riqueza, da mesma forma que acreditamos que tam- garantir a preservação da nossa identidade melhor ambiente rural e urbano, com mais se- bém esta equipa pode continuar a contar cultural e territorial, toda a qualidade urbana gurança, mais e melhor educação, uma vivência com a vossa cooperação e o vosso carinho. e ambiental, ao mesmo tempo que o conce- mais saudável e mais solidária. O que nos anima com grande determinação lho se moderniza e integra nesta região onde O programa que se apresenta é para nós um é a defesa intransigente do interesse público surgirá uma das maiores infra-estruturas contrato com o povo do concelho de Salva- e o futuro das pessoas deste concelho. aeroportuárias da Península Ibérica. Bloco de Esquerda B.E.
  • Desenvolvimento económico e emprego regionais e nacionais de turismo para que se • Separação da rede de esgotos (domésticos e • Beneficiação da rede de água do Cocharro, O fortalecimento do tecido empresarial, das potencie um conjunto de estratégias e pluviais) em Muge e Salvaterra de Magos; actividades de inovação e desenvolvimento e do iniciativas junto ao mercado distribuidor bem-estar económico em geral, favorece o nacional e internacional, colocando desta com utilização do furo de abastecimento de • Apostar na regeneração urbana, dando especial combate ao desemprego, munindo o Concelho de forma o concelho de Salvaterra de Magos no água, já construído. • Potenciar um conjunto de infra-estruturas, infra-estruturas tecnológicas, estruturando-se na mapa dos destinos turísticos. • Programa de reabilitação e salvaguarda dos área da produção de serviços, de forma a atenção aos imóveis devolutos: responder às necessidades criadas pelo Novo nomeadamente na área do património Aeroporto de Lisboa. histórico, percursos cicláveis no Concelho centros históricos de Salvaterra de Magos e • Infra-estruturação do terreno adquirido pela • Propor junto da Assembleia da República, a (bicicletas, pedestre e equestre), Centro de Muge; Investigação do Mesolítico em Muge, Mata • Na Defesa de um Sistema de Acessibilidades, Câmara Municipal, na freguesia de Muge, para Nacional do Escaroupim, Gastronomia, Toiros e elevação de Foros de Salvaterra a Vila. • Promover a criação da Agência de • Promover visitas guiadas às Freguesias, com a nova zona industrial; Cavalos. de forma a combater as assimetrias, entre os • Renovar a presença institucional do município Desenvolvimento Empresarial. roteiros culturais (Património Monumental, vários centros populacionais, num claro • Criação de condições para a modernização da • Elaboração do Plano Rodoviário Municipal; Artístico e Histórico) e gastronómicos. combate à exclusão social. Assim propomos: • Construção da alternativa à EN118 (IC3); na Internet, melhorando a acessibilidade, • Construção de rotunda no cruzamento de conteúdos, aplicações e serviços, criando valor actividade agrícola, a par do estabelecimento • Criação de um gabinete de apoio às micro e acrescentado para o munícipe; de parcerias com o sector público e • Construção de rotunda no cruzamento de empresarial, com vista à criação e Coruche, da EN 118 com EN 114-3; PME e consolidar o programa FINICIA. desenvolvimento de pólos tecnológicos que • Construção de rotunda no cruzamento do permitam a fixação dos recursos humanos Marinhais, da EN 118 com EN 367; Desenvolvimento do turismo, do lazer, formados, com ligações ao concelho. • Criação de Transporte Público Colectivo do património cultural e histórico Cartaxeiro, na EN 118; O turismo, o lazer, o património cultural e Ordenamento territorial sustentado histórico deverão constituir vertentes Defendemos um ordenamento territorial para o complementar à Rede Escolar e introdução de • Valorização do espaço público como espaço de estratégicas de um desenvolvimento baseado no concelho, através da estruturação do sistema ligações ao caminho-de-ferro. recurso concelhio e fortemente marcada pela urbano, segundo critérios de sustentabilidade e identidade histórica, cultural e paisagística. implantando as infra-estruturas e equipamentos mobilidade, contribuindo para um aumento da • Dar continuidade aos projectos, Equimagos, necessários ao seu bom funcionamento. qualidade de vida dos cidadãos, sem barreiras • Conclusão da Revisão do PDM: à luz dos • Campanhas que incentivem o uso de arquitectónicas. • O Tejo como vertente estruturante para Mês da Enguia e Temporada das Artes; princípios da Agenda 21 Local, uma revisão transportes públicos e bicicleta e instalação actividades de turismo e lazer – dando participada, com expressão da de suportes de estacionamento de bicicletas • Colocação de passadeiras elevadas e continuidade à requalificação das margens, responsabilidade cívica dos cidadãos, das em todas as Freguesias; • Estruturação do sistema urbano, através da zonas ribeirinhas e Barragem de Magos – associações e empresas. • Implementação do projecto do Centro de equipamentos de apoio e lazer; rebaixamento de passeios, para as principais • Dar continuidade ao investimento em infra- • Plano Concelhio de Ciclovias; elaboração de Planos de Urbanização. artérias do Concelho; • Potenciar actividades de turismo em espaço • Regeneração do Porto Sabugueiro, com Investigação e Pesquisa do Mesolítico; estruturas básicas (rede de águas, • Execução da rede de esgotos do Granho, com rural ou turismo cinegético em pavimentação e saneamento básico). recuperação das margens para espaço de lazer, • Reabilitação do Rossio de Muge, com complementaridade com outras actividades Parque Infantil e Rampa de Cais para Barcos; • Conclusão da rede de esgotos de Salvaterra de ligadas ao espaço rural, com um parque construção de ETAR; • Criar condições para a criação de “Turismo de temático – quinta biológica; recuperação do rio Mugem e construção de • Execução de esgotos e ETAR no Granho Novo • Requalificação da entrada de Salvaterra de Magos, Marinhais e Foros de Salvaterra; percursos cicláveis; • Construção da ETAR, na Várzea Fresca, com Saúde”, na área específica das medicinas alternativas, através de uma Feira Anual de Magos, junto da EN 114-3, desde o inicio da • Criar a Agência Desenvolvimento de Turismo • Construção do depósito elevado, em • Continuação da requalificação na Estrada Medicinas Alternativas; funcionamento da rede de esgotos; Vila até ao cruzamento de Coruche; com a articulação necessária junto dos órgãos Marinhais; Nacional Nº 367. Complexo Desportivo de Marinhais Falcoaria do Palácio Real em Salvaterra de Magos Depósito elevado de águas no Granho
  • www.afirmaroconcelho.blogspot.com • Dar continuidade ao projecto Centro Local de Estratégia ambiental condições de vida e do trabalho, fomentando a Bem-Estar Social; Utilização racional dos recursos naturais, arte e a criatividade. Sem descurar a qualificação • Dar continuidade ao projecto Cartão Magos retirando partido dos seus serviços e benefícios, dos adultos activos, o nosso propósito central é o Apoio à Integração de Imigrantes (CLAII); respeitando o meio ambiente. de investir na qualificação das novas gerações, a • Elaboração do Plano Concelhio de Ambiente de • Dar continuidade ao projecto Loja Social; começar nas crianças em idade pré-escolar. Sénior 65; • Criação de um centro documental do • Dar continuidade ao projecto, Universidade • Adopção de programas de poupança de energia Salvaterra de Magos: • Reforço do acervo da Biblioteca Municipal com • Dar continuidade ao Projecto Banco Local de Município; Sénior; • Promover o adequado ordenamento agrícola e e utilização de energias alternativas; • Construção do pavilhão desportivo dos Foros de documentação referente ao Concelho; Voluntariado de Salvaterra de Magos – Magos • Dar continuidade ao Banco Local de Ajudas florestal do território e preservar os solos Solidário; • Construção do Polidesportivo e campo futebol agrícolas, que são os mais produtivos do país, Salvaterra; • Dar continuidade ao projecto Teleassistência, nomeadamente das pressões de urbanização e Técnicas; • Construção do Pavilhão Multiusos, para de valorizações especulativas, preservando e 11, na Várzea Fresca; definindo uma estratégia para as áreas de REN nomeadamente no alargamento do apoio • Sensibilização para o uso de uma segunda rede e RAN. utilização de todas as colectividades, em domiciliário 7 dias, em todas as freguesias e • Construção de equipamentos desportivos no • Criação do Conselho Municipal do Idoso, órgão Glória do Ribatejo; montagem de um sistema Concelhio; de abastecimento, designadamente, as águas • Dar continuidade no apoio às colectividades e • Fomentar e incentivar o trabalho desenvolvido do banho e das lavagens de loiça, em novas Granho; consultivo e de representação dos idosos; • “Os lençóis freáticos da Lezíria do Tejo são dos habitações. • Implementação do Polo da Biblioteca nos Foros • Dar continuidade à Rede Nacional de Cuidados associações do Concelho; pela Rede Social; maiores da Península Ibérica”, assim, deve • Construção do Polo da Biblioteca da Marinhais; • Apoio financeiro, à construção do lar terceira garantir-se água de boa qualidade com de Salvaterra, Granho e Muge; Continuados; • Promover uma feira intitulada, “Arte e utilização sustentável, equilibrada e equitativa, prevenindo a poluição agrícola nos níveis idade, em Marinhais, no projecto já • Conclusão da elaboração de mapa de ruído; • Apoio à formação de uma escola de música; freáticos. artesanato na Rua”; apresentado pelo Centro de Bem Estar Social • Melhorar a recolha de lixo doméstico e • Promover a diversidade cultural, em áreas de Marinhais, ao Programa Operacional do • Investimento na Protecção Civil, Potencial Humano – POPH; • Construção, no terreno adquirido em Marinhais, selectiva em todo concelho; menos acessíveis ao público. nomeadamente na reestruturação do Gabinete de um eco-centro municipal para recolha de Saúde e acção social da Protecção Civil, de forma a responder às • Implementação de infra-estruturas que • Dar continuidade à parceria com os Bombeiros resíduos sólidos seleccionados; A comunidade e a sua autarquia têm um novas competências; contributo precioso a dar, no sentido de • Dar continuidade à Acção Social Escolar; permitam a recolha de óleos usados; para proporcionar melhores oportunidades de prevenir, Voluntários de Salvaterra de Magos; • Aumentar a distribuição de ecopontos e • Dar continuidade ao trabalho desenvolvido, na utilização em viaturas da Câmara Municipal; antes de mais, e de facilitar o acesso aos cuidados primários de saúde como todo o apoio • Construção do Canil Municipal. periodicidade da recolha; aos mais necessitados. construção de novos fogos, de Habitação • Construção do Centro de Convívio, em • Reforço da Acção Social; social; • Continuação no apoio aos Idosos e reformados • Reconversão das escolas para ATL’s, Governabilidade local Salvaterra de Magos; O aumento da boa governabilidade local e da do concelho, envolvendo as Juntas de • Continuar a exigir do governo a construção do capacidade de participação activa e informada da colectividades e centros de convívios; Freguesia, os Lares e os Centro de Bem Estar população na vida da comunidade, através da Social, nomeadamente na área desportiva • Continuar a reivindicar junto das entidades • Dar continuidade ao projecto na área da Agenda XXI Local e preconizada pelo Orçamento Centro de Saúde dos Foros de Salvaterra; (Desporto Sénior) e cultural (Arte Sénior); Participativo. competentes, e em conjunto com as Juntas de toxicodependência, nomeadamente no início Desporto, cultura e tempos livres Freguesia, e elaborar parcerias com o das consultas de dependência e alargamento Pela defesa do bem-estar social, da equidade e Ministério da Saúde na melhoria da prestação de parcerias com entidades que prestam apoio • Continuação do Apoio aos Lares e Centros de da integração multicultural, apoiando os mais dos cuidados de saúde; e tratamento e acompanhamento da desprotegidos, promovendo a melhoria das toxicodependência. Parque de Jogos e Lazer de Foros de Salvaterra Relvado sintético no Campo dos Carvalhos, Glória do Ribatejo Recuperação da Ponte Romana de Muge
  • • Continuação do apoio do município a projectos Educação e juventude em Muge, Granho e Glória do Ribatejo; ensino superior, incentivando o acesso ao • Promover políticas de fixação de jovens no Educação, formação e cultura, terão de orientar- ensino superior para todos; se pelo desenvolvimento de sinergias e por curriculares e à implementação de actividades • Criação do Gabinete Municipal da Juventude; práticas de cooperação. Qualificar as pessoas, extra-curriculares, constitui um contributo Concelho; • Criar o Conselho Municipal da Juventude; facilitar o acesso ao conhecimento e à cultura, importante de trabalho de professores e • Continuação da educação musical nos jardins- • Dar continuidade ao projecto Juvemagos – mas, acima de tudo, desenvolver competências e funcionários, nas escolas; capacidades que permitam ganhar os desafios • Continuação da Animação sócio-educativa e • Iniciar um plano de implementação de uma do futuro. de-infância da rede pública; Semana da Juventude; • Construção dos Centros Escolares, nos Foros • Construção do jardim infância do Granho; • Criação do Cartão Jovem Municipal; circuitos pedagógicos nos jardins-de-infância; Casa da Juventude; • Construção do jardim infância de Muge; • Dar continuidade da proximidade directa com de Salvaterra, Marinhais e Salvaterra de • Melhoramento das infra-estruturas escolares • Dar continuidade às bolsas de estudo ao Magos; as colectividades. CÂMARA MUNICIPAL DE SALVATERRA DE MAGOS Isabel Maria Almeida, Engenheira Civil Manuel Júlio Duarte, Assistente Operacional Ana Cristina Ribeiro, Actual Presidente da Câmara João Pereira Lopes, Motorista Rosa Maria Silva, Empregada Fabril César Manuel Pereira Peixe, Engenheiro Sérgio Augusto Filipe, Mecânico Bernardino Monteiro, Reformado Maria Margarida Estrela Rodrigues Pombeiro, Professora Patrícia Cachulo Pote, Estudante João Joaquim Monteiro, Soldador Luís Artur Ribeiro Gomes, Sociólogo Jorge Alberto Roberto, Bancário Florbela Pratas Pereira, Doméstica Manuel António Marques Neves, Instrutor de Condução Ana Cristina Roque, Engenheira do Ambiente António Gomes Martingil, Motorista Mónica Isabel Monteiro dos Santos, Professora Marco Oliveira Domingos, Técnico de Comunicação David Constantino Marujo, Pedreiro António dos Santos Oliveira, Empresário Inês Maria Hipólito, Assistente de Bordo Helena Caneira Modesto, Auxiliar de Acção Educativa Gilberto Félix, Motorista António Manuel Quintas, Reformado Vitor Lopes Pereira, Motorista Catarina Coelho, Psicóloga Manuel Tomás Nunes, Gestor de Hotelaria e Turismo Custódio Jesus Migões, Serralheiro José Silvestre, Motorista Sandra Marina Caçoila, Arquitecta Francília Gomes dos Santos, doméstica Manuel António Feteira, Operário Fabril Ana Paula Guedes, Esteticista Paulo Jorge Carvalho, Carpinteiro Carlos Manuel Jesus, Soldador António José Nunes, Desempregado ASSEMBLEIA MUNICIPAL David Ferreira Barreto, Operário Fabril Eulália Morgado dos Santos, Operadora de Produção DE SALVATERRA DE MAGOS Joana Filipa Patrício, Desempregada Joel Gonzaga Rodrigues, Operário de Máquinas Agrícolas Pedro Choy, Médico de Medicina Chinesa Gonçalo Manuel Constantino, Oper. Assistência em Escala Custódio Marques, Reformado João António Abrantes, Electricista Pedro Manuel Carvalho, Mecânico Carminda Neves dos Santos, Funcionária Pública Cláudia Isabel Ferreira, Gestora Unidade Negócio Maria João Caneira, Assistente Operacional Jerónimo dos Reis Lopes, Reformado Manuel António Silva, Professor Fernanda Maria Malheiro, Empregada de Escritório João Almeida Raimundo, Reformado Bloco de Esquerda B.E.