• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Horticultura e educação ambiental
 

Horticultura e educação ambiental

on

  • 819 views

Palestra na Semana do Meio Ambiente em Dourados, MS, 2012.

Palestra na Semana do Meio Ambiente em Dourados, MS, 2012.

Statistics

Views

Total Views
819
Views on SlideShare
809
Embed Views
10

Actions

Likes
0
Downloads
29
Comments
0

3 Embeds 10

https://cursosrapidosonline.com.br 6
https://www.cursosonlinecursos.com.br 2
https://www.xn--cursosonlinedaeducao-7yb1g.com.br 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Horticultura e educação ambiental Horticultura e educação ambiental Presentation Transcript

    • Prof. Marcelo Rigotti
    • • A horticultura é educativa e desenvolve novas competências, tais como: – Responsabilidade – através do cuidado com as plantas.
    • – Entendimento – o que elas podem aprender sobre causa e efeito (por exemplo, as plantas morrem sem água, competem com plantas invasoras, etc.).
    • – Autoconfiança - ao atingir os seus objetivos e aproveitar os alimentos que têm cultivado.
    • – Amor à natureza - oportunidade para aprender mais sobre o ambiente ao ar livre em um lugar seguro e agradável.
    • –Raciocínio e descoberta - como eles aprendem sobre ciência, botânica, nutrição e projetos simples.
    • –Atividade física - que é divertida e produtiva.
    • – Cooperação - desempenhar atividade e trabalho em equipe.
    • – Criatividade - encontrar novas e estimulantes maneiras de manipular os alimentos.
    • – Nutrição - conhecendo as fontes de alimentos.
    • • 1) OS BENEFÍCIOS EDUCACIONAIS• experiências e oportunidades de aprendizagem em uma ampla gama de disciplinas, incluindo as ciências naturais e sociais, matemática, linguagem (diário de jardim), artes visuais (projeto de paisagismo) e nutrição.
    • • Há indícios crescentes de que os estudantes que participam de jardinagem da escola alcançaram pontuação significativamente maior em testes padronizados de Ciências (Klemmer, et.al. 2005).
    • • 2) PROTEÇÃO AMBIENTAL E CONEXÃO COM A NATUREZA• A estreita ligação com a natureza pode ter ação terapêutica para tratar transtornos de déficit de atenção e outros problemas enfrentados por muitas crianças hoje.
    • • "Ao aprofundar sentido das crianças de conexão com a natureza, a horticultura pode inspirar a preocupação ambiental.”
    • • Quando as crianças aprendem sobre os ciclos de água e energia, a cadeia alimentar e as necessidades peculiares de cada espécie, e quando eles sentem um senso de conexão com uma determinada espécie de planta ou individuo, eles têm uma razão para se preocupar com todas as forças que podem impactar no futuro.
    • • A horticultura pode oferecer muitas ocasiões para sensibilizar sobre o impacto a longo prazo da atividade humana sobre o ambiente natural. A partir da escassez da água, o uso de pesticidas, as crianças que se dedicam a horticultura tem a oportunidade de observar a importância da conservação e utilização inteligente dos recursos.
    • • 3) ESTILO DE VIDA E NUTRIÇÃO• Com a nutrição das crianças sob ataque de fast food e indústrias de alimentos pobres em nutrientes, e com a falta de habito em comer quantidades recomendadas de frutas e vegetais, não é de admirar que quase um terço das crianças estão acima do peso ou em risco de sobrepeso.
    • • A horticultura oferece às crianças oportunidades de exercício físico ao ar livre enquanto adquirem uma habilidade útil. Jardins contendo frutas e vegetais também podem ajudar a rever atitudes sobre determinados alimentos
    • • Há evidências crescentes de que a aprendizagem ativa em pequenos espaços como hortas é mais provável para transformar as atitudes das crianças e hábitos alimentares, e que hortas escolares, especialmente quando combinado com um programa de alimentação saudável ou educação nutricional, incentiva escolhas alimentares mais saudáveis.
    • • Os alunos são mais propensos a tentar comer vegetais produzidos por eles mesmos.
    • • 4) A APRENDIZAGEM ATIVA E ENVOLVIMENTO DO ALUNO• Atividades de horticultura podem ajudar a envolver os alunos na aprendizagem de uma forma mais fácil que na sala de aula.
    • • A interação com o ambiente permite observações incomuns em uma sala de aula como insetos voando nos arredores, interação entre as plantas com doenças ou insetos, ou quando o tempo surpreende e rompe o plano para o dia.
    • • Essas surpresas mostram que a natureza está no controle e eles dão aos estudantes razões imediatas e pessoais para querer saber as respostas para questões prementes.
    • • 2) A ATENÇÃO DOS ALUNOS• Devido à natureza envolvente das hortas de aprendizagem, os alunos com déficit de atenção e outros distúrbios, muitas vezes se adaptam melhor aos seus estilos de aprendizagem.
    • • Os professores relatam menos problemas de disciplina, quando a ciência é ensinada neste tipo de forma experimental.• Os Professores desenvolvem conceitos úteis, tais como "muros invisíveis", para criar um senso de limites quando se aprende no jardim.
    • • 3) OS PROFESSORES COMO JARDINEIROS• Os próprios professores também aprendem habilidades de jardinagem quando incorporam a horticultura nos seus planos de aula.• Essas habilidades podem ser utilizadas para suas próprias casas e redes sociais, beneficiando assim a sua própria saúde e a saúde de suas famílias.
    • • 4) LIGAÇÃO À HISTÓRIA E À COMUNIDADE• A horticultura amarra os alunos a história social da terra. Horticultores da comunidade podem ser trazidos para demonstrar técnicas horticulturais, tradicionais e os usos tradicionais de algumas plantas particulares.• Oferece ainda oportunidades para conectar-se com a história local através da incorporação de plantas nativas e plantas cultivadas durante épocas históricas específicas.
    • • 5) TEMOS ORGULHO DA ESCOLA• A horta escolar pode oferecer um locus simbólico do orgulho da escola e do espírito.• Oferece uma forma de ajudar as crianças a se identificar com sua escola e sentir-se orgulhosos de sua contribuição individual.• As crianças sabem que as plantas que eles ajudaram a crescer, e sentem-se orgulhosos deles. Isso pode melhorar o espírito e as atitudes das crianças para a escola.
    • • 6) COMO DESPERTAR O INTERESSE DAS CRIANÇAS• Para a implantação de um jardim de ervas ou hortaliças, este deve ser o mais simples possível, em espaço próprio para as crianças, pode começar em recipientes ou em garrafas descartáveis.
    • • Podem-se envolver os mais velhos no planejamento e na concepção do jardim. Devem-se usar ferramentas e equipamentos leves e fáceis de manusear e que não ofereçam perigo.
    • • Incentivar as crianças a brincar com a terra. Cultivar plantas interessantes como girassol, milho, abóboras, tomates e morangos.• Criar minhocas para produção de húmus, visitar jardins, parques, explorando suas plantas e o design.
    • • 7) SELEÇÃO DAS PLANTAS• Uma horta deve conter flores, ervas, sementes, frutos e plantas que se pode usar na alimentação. As crianças apreciam flores e legumes coloridos e vistosos que crescem rapidamente.
    • • Plantas como girassol, milho e abóboras são mais adequados. Também devem ser cultivadas plantas que tenham qualidades sensoriais e texturais.• Plantas sensoriais com qualidades aromáticas, sabor agradável, que tenham textura ao toque e para visão.
    • • 8) SEGURANÇA NO JARDIM• • Não se devem utilizar ferramentas afiadas, é necessário selecionar o tamanho correto da ferramenta;• • Manter os agroquímicos e fertilizantes fora do alcance deve ser implantado jardim orgânico sempre que possível;• • Não utilizar agrotóxicos;
    • • • Fornecer equipamentos e ferramentas de armazenamento seguro;• • Portões e cercas seguras;• • Não deixar as crianças expostas ao sol por muito tempo;• • Incentivar as crianças a usar chapéu, protetor solar, roupas adequadas e botas de borracha;• • Cuidado com recipientes grandes com água em torno de crianças pequenas.
    • • 9) ATIVIDADES NA HORTA• As atividades devem ser adequadas à idade da criança.• • Preparar o solo com adubo orgânico.• • Plantar legumes, frutas e flores na época correta.• • Irrigar o jardim.• • Retirar as plantas invasoras.
    • • • Recolher as sementes e folhas secas.• • Replantio e envasamento.• • Compostagem, reciclagem e cobertura do solo com folhas secas.• • Atividades de colheita das sementes, plantas e flores.• • Escolher legumes e frutos quando eles estão prontos para comer.• • Preparar os alimentos.• • Artesanato com folhas, flores e galhos.• • Cozinhar, fazer saladas e almoços.
    • Educação Ambiental• A finalidade fundamental da educação ambiental é mostrar que tanto os indivíduos como as sociedades devem compreender a natureza complexa do meio ambiente, resultante das interações de seus diferentes aspectos: físicos, biológicos, sociais, culturais, econômico s, etc., e adquirir os conhecimentos, os valores e as habilidades práticas para participar responsável e eficazmente na prevenção e solução dos problemas ambientais e na gestão da qualidade do meio ambiente.
    • Referências• Significantly increase science achievement scores.• - Klemmer, C. D., T. M. Waliczek, and J. M. Zajicek. 2005. Growing minds: The effect of a school gardening program on the science achievement of elementary students. HortTechnology 15(3):448- 452.• - Smith, L. L., and C. E. Motsenbocker. 2005. Impact of hands-on science through school gardening in Louisiana public elementary schools. HortTechnology 15(3):439-443.• Improve social skills and behavior. - DeMarco, L., P. D. Relf, and A. McDaniel. 1999. Integrating gardening into the elementary school curriculum. HortTechnology 9(2):276-281.• Improve environmental attitudes, especially in younger students. - Skelly, S. M., and J. M. Zajicek. 1998. The effect of an interdisciplinary garden program on the environmental attitudes of elementary school students. HortTechnology 8(4):579- 583.• Instill appreciation and respect for nature that lasts into adulthood. - Lohr, V.I. and C.H. Pearson-Mims. 2005. Children’s active and passive interactions with plants influence their attitudes and actions toward trees and gardening as adults. HortTechnology. 15(3): 472-476.• Improve life skills, including working with groups and self-understanding. - Robinson, C.W., and J. M. Zajicek. 2005. Growing minds: the effects of a one-year school garden program on six constructs of life skills of elementary school children. HortTechnology 15(3):453- 457.• Increase interest in eating fruits and vegetables and improve attitude toward fruits and vegetables. - Pothukuchi, K. 2004. Hortaliza: A Youth “Nutrition Garden” in Southwest Detroit. Children, Youth and Environments 14(2):124-155.
    • Referências• Improve attitude toward vegetables and toward fruit and vegetable snacks - Lineberger, S. E., and J. M. Zajicek. 1999. School gardens: Can a hands-on teaching tool affect students’ attitudes and behaviors regarding fruits and vegetables? HortTechnology 10(3):593-597.• Improve nutrition knowledge and vegetable preferences. - Morris, JL and Zidenberg-Cherr, S. 2002. Garden-based nutrition curriculum improves fourth-grade school childrens knowledge of nutrition and preferences for some vegetables. Journal of the American Dietetic Association 102(1): 91-93.• Increase children’s knowledge about the benefits of eating fruit and vegetables and participants reported eating healthier snacks. - Koch, S., T. M. Waliczek, and J.M. Zajicek. 2006. The Effect of Summer Garden Program on the Nutritional Knowledge, Attitudes and Behaviors of Children. HortTechnology 16 (4): 620-625.• Increase fruit and vegetable consumption in adolescents. - McAleese, J.D., and L.L. Rankin. 2007. Garden-Based Nutrition Education Affects Fruit and Vegetable Consumption in Sixth-Grade Adolescents. Journal of the American Dietetic Association.107 (4): 662-665.• Contribute to communication of knowledge and emotions, while developing skills that will help them be more successful in school. - Miller, D. L. The Seeds of Learning: Young Children Develop Important Skills Through Their Gardening Activities at a Midwestern Early Education Program. Applied Environmental Education & Communication 6(1):49-66.• Have a positive impact on student achievement and behavior. - Blair, D. (2009). The child in the garden: an evaluative review of the benefits of school gardening. Journal of Environmental Education 40(2), 15-38.
    • rigottims@yahoo.com.br