Desenvolvimento do site da disciplina
<ul><li>Nosso grupo desenvolveu um site institucional para a disciplina de Arquiteturas de Computadores </li></ul><ul><li>...
<ul><li>Ajudar todos os atuais e futuros alunos e professores desta disciplina, com um site que seja simples, moderno e fá...
<ul><li>Dividimos o trabalho em partes, onde cada participante do grupo ficou responsável por uma ou mais tarefas </li></u...
<ul><li>O trabalho foi divido em algumas partes: </li></ul><ul><ul><li>Elaboração dos slides e do conteúdo para o site </l...
<ul><li>O conteúdo do site e dos slides foi retirado de três lugares: </li></ul><ul><ul><li>Explicações feitas na sala de ...
<ul><li>Para a realização dos slides adotamos uma abordagem simples, dinâmica e jovial </li></ul><ul><ul><li>Utilização de...
<ul><li>Dividimos o conteúdo dos slides em 12 partes: </li></ul>
<ul><li>Vamos mostrar um pequeno exemplo de parte da matéria de processadores e microprogramação (inclusão do MAR e MBR na...
DES LA LB Barramento A Barramento B Barramento C PC IR AC R1 R2 . . . R3
<ul><li>É preciso adicionar, então, MAR e MBR. O MAR controla apenas informações (endereços) que vão do processador para a...
<ul><li>Em nossa arquitetura, o MAR poderá ser carregado a partir do latch B </li></ul><ul><li>É interessante possibilitar...
<ul><li>Porém, repare que o MBR estará conectado à ULA, junto com o latch A. Há um conflito visível nessa configuração </l...
DES LA LB MAR MBR Barramento A Barramento B Barramento C conflito PC IR AC R1 R2 . . . R3 ULA
DES LA LB MAR MBR Barramento A Barramento B Barramento C conflito Sem pânico! A solução é simples! PC IR AC R1 R2 . . . R3...
DES LA LB MAR MBR AMUX Barramento A Barramento B Barramento C <ul><li>Basta adicionar um multiplexador, que chamaremos de ...
<ul><li>Como dito anteriormente, o site foi desenvolvido em Ruby on Rails </li></ul>
<ul><li>O que é? </li></ul><ul><ul><li>“ Ruby on Rails  é um framework livre que promete aumentar velocidade e facilidade ...
<ul><li>Porque Ruby? </li></ul><ul><ul><li>Linguagem que alguns já conheciam </li></ul></ul><ul><ul><li>É open source </li...
<ul><li>O layout do site foi desenvolvido utilizando as ferramentas Photoshop e Dreamweaver da Adobe </li></ul><ul><li>Foi...
 
<ul><li>Como dito anteriormente o site foi desenvolvido utilizando o CMS Refinery </li></ul>
<ul><li>O que é? </li></ul><ul><ul><li>É um dos CMS mais populares do Ruby on Rails  </li></ul></ul><ul><ul><li>Ele é perf...
<ul><li>Porque esse CMS? </li></ul><ul><ul><li>Permite a inserção, edição e remoção dos conteúdos presentes no site de uma...
 
<ul><li>O servidor está instalado em uma máquina virtual Linux usando a distribuição CentrOS </li></ul><ul><li>O tipo de s...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação

377 views
311 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
377
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
27
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação

  1. 1. Desenvolvimento do site da disciplina
  2. 2. <ul><li>Nosso grupo desenvolveu um site institucional para a disciplina de Arquiteturas de Computadores </li></ul><ul><li>O site foi desenvolvido em Ruby on Rails e construído em cima de um CMS chamado Refinery - fácil e simples de utilizar </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Ajudar todos os atuais e futuros alunos e professores desta disciplina, com um site que seja simples, moderno e fácil de utilizar </li></ul><ul><li>Fazer do site um local onde os alunos, professores e monitores possam interagir entre si </li></ul><ul><li>Tornar possível o acesso a diversos materiais sobre a disciplina, como slides e vídeos </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Dividimos o trabalho em partes, onde cada participante do grupo ficou responsável por uma ou mais tarefas </li></ul><ul><li>Fizemos um cronograma de agosto a dezembro, com as partes das tarefas que deveriam ser realizadas a cada mês </li></ul>
  5. 5. <ul><li>O trabalho foi divido em algumas partes: </li></ul><ul><ul><li>Elaboração dos slides e do conteúdo para o site </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenvolvimento do site (programação) </li></ul></ul><ul><ul><li>Elaboração do layout </li></ul></ul><ul><ul><li>Integração com o CMS – Refinery </li></ul></ul><ul><ul><li>Instalação do servidor na máquina virtual </li></ul></ul>
  6. 6. <ul><li>O conteúdo do site e dos slides foi retirado de três lugares: </li></ul><ul><ul><li>Explicações feitas na sala de aula </li></ul></ul><ul><ul><li>Livro do Tanenbaum </li></ul></ul><ul><ul><li>Site antigo da disciplina </li></ul></ul>
  7. 7. <ul><li>Para a realização dos slides adotamos uma abordagem simples, dinâmica e jovial </li></ul><ul><ul><li>Utilização de animações </li></ul></ul><ul><ul><li>Muitas imagens </li></ul></ul><ul><ul><li>Uma linguagem informal </li></ul></ul>
  8. 8. <ul><li>Dividimos o conteúdo dos slides em 12 partes: </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Vamos mostrar um pequeno exemplo de parte da matéria de processadores e microprogramação (inclusão do MAR e MBR na arquitetura) feitas nos slides </li></ul>
  10. 10. DES LA LB Barramento A Barramento B Barramento C PC IR AC R1 R2 . . . R3
  11. 11. <ul><li>É preciso adicionar, então, MAR e MBR. O MAR controla apenas informações (endereços) que vão do processador para a memória, mas o MBR controla o fluxo de dados de toda a interação, incluindo os dados de saída do deslocador, dados de entrada para a ULA e dados que serão lidos ou escritos na memória </li></ul>MAR MBR
  12. 12. <ul><li>Em nossa arquitetura, o MAR poderá ser carregado a partir do latch B </li></ul><ul><li>É interessante possibilitar o processamento de dados direto do MBR para a ULA, poupando assim o tempo de selecionar o registrador (entre 16 deles!) desejado para armazenar o resultado da operação, e depois selecionar o mesmo novamente para buscar os bits e processá-los </li></ul>
  13. 13. <ul><li>Porém, repare que o MBR estará conectado à ULA, junto com o latch A. Há um conflito visível nessa configuração </li></ul><ul><li>Lembre-se de que a ULA é apenas um circuito combinatório. Os bits de controle que recebe são apenas para especificar a operação a ser feita, o que significa que está sempre recebendo dados </li></ul>MBR ULA Latch A
  14. 14. DES LA LB MAR MBR Barramento A Barramento B Barramento C conflito PC IR AC R1 R2 . . . R3 ULA
  15. 15. DES LA LB MAR MBR Barramento A Barramento B Barramento C conflito Sem pânico! A solução é simples! PC IR AC R1 R2 . . . R3 ULA
  16. 16. DES LA LB MAR MBR AMUX Barramento A Barramento B Barramento C <ul><li>Basta adicionar um multiplexador, que chamaremos de AMUX (multiplexador A): </li></ul>ULA PC IR AC R1 R2 . . . R3
  17. 17. <ul><li>Como dito anteriormente, o site foi desenvolvido em Ruby on Rails </li></ul>
  18. 18. <ul><li>O que é? </li></ul><ul><ul><li>“ Ruby on Rails é um framework livre que promete aumentar velocidade e facilidade no desenvolvimento de sites orientados a banco de dados. É um projeto de código aberto escrito na linguagem de programação Ruby. As aplicações criadas utilizando o framework Rails são desenvolvidas com base no padrão de projeto MVC.” - Wikipédia </li></ul></ul>
  19. 19. <ul><li>Porque Ruby? </li></ul><ul><ul><li>Linguagem que alguns já conheciam </li></ul></ul><ul><ul><li>É open source </li></ul></ul><ul><ul><li>Permite um desenvolvimento rápido </li></ul></ul><ul><ul><li>Possui uma curva de aprendizado curta </li></ul></ul>
  20. 20. <ul><li>O layout do site foi desenvolvido utilizando as ferramentas Photoshop e Dreamweaver da Adobe </li></ul><ul><li>Foi utilizado XHTML 4 e CSS3 na criação do design </li></ul>
  21. 22. <ul><li>Como dito anteriormente o site foi desenvolvido utilizando o CMS Refinery </li></ul>
  22. 23. <ul><li>O que é? </li></ul><ul><ul><li>É um dos CMS mais populares do Ruby on Rails </li></ul></ul><ul><ul><li>Ele é perfeito para criar sites de conteúdo personalizado gerenciável </li></ul></ul><ul><ul><li>Utiliza “The Rails way&quot; sempre que possível, para que tenhamos que tem que aprender o mínimo possível para começar </li></ul></ul>
  23. 24. <ul><li>Porque esse CMS? </li></ul><ul><ul><li>Permite a inserção, edição e remoção dos conteúdos presentes no site de uma maneira simples e fácil de usar </li></ul></ul><ul><ul><li>100% open source </li></ul></ul><ul><ul><li>Suporta Rails 3 </li></ul></ul><ul><ul><li>Possui flexibilidade para criação do design </li></ul></ul>
  24. 26. <ul><li>O servidor está instalado em uma máquina virtual Linux usando a distribuição CentrOS </li></ul><ul><li>O tipo de servidor escolhido foi o Apache, um sofware opensource que já foi bastante testado </li></ul><ul><li>Instalamos também o mod_rails, que é uma aplicação usada para facilitar o deploy de projetos em rails </li></ul>

×