Calendário Maçônico !!!

4,724 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
4,724
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3,337
Actions
Shares
0
Downloads
30
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Calendário Maçônico !!!

  1. 1. Ligue o Som
  2. 3. E  V  ? V  L  ?
  3. 5. O Sol é o centro do Sistema Planetário no qual vivemos sendo conseqüentemente o nosso Oriente Maior. A Cada complementação de um novo ciclo na relação Terra-Sol, por ele determina o Ano . Tem aí a humanidade, a marca conhecida do misterioso tempo na sua relatividade. O homem pela impossibilidade de dar uma explicação científica ao nascimento do Universo, do qual é parte integrante, criou as chamadas Cosmogonias, forma inteligente porém hipotética de se contar o tempo e dentro dele tentar explicar a origem do Mundo. Estas Cosmogonias, são elaboradas quase sempre sob o prisma de dogmas religiosos.
  4. 6. A Arte Real, herdeira de antiqüíssimas tradições, gerou uma alegoria Cosmogônica através do Ano da Verdadeira Luz. Dentro da concepção original dessa Cosmogonia, estaria ela, particularizada no Brasil ao Rito Adonhiramita. No entanto, essa menção, não é feito no livro “Recordações Preciosas da Maçonaria Adonhiramita”. Tem o Ano Maçônico como seu primeiro dia a data de 21 de Março, sendo lhe acrescentado 4000 anos somados ao Vulgar. Coincidente, esta data, (21 de Março) é cientificamente denominada, Ponto Gama, e marca o início do Ano Solar e do Ano Astrológico. Sua leitura é feita da seguinte maneira;
  5. 7. A Independência do Brasil deu-se, no 18° dia da 3ª semana do 6° mês do ano de 5822 da Verdadeira Luz, (conta-se 11 dias de Agosto, 21 a 31 + 07 dias de Setembro = 18 dias, as semanas contidas no espaço de 18 dias e os meses a partir de 21 de Março = 6°, 5922 V  L  ).
  6. 8. Exemplo: 21/03 a 21/04 = 30 dias = 1° mês 21/04 a 20/05 = 30 dias = 2° mês 21/05 a 20/06 = 30 dias = 4° mês 21/07 até 09/09 = 9 de Setembro = 6° mês Esta seria a data que no GOB, Gonçalves Ledo fez seu famoso pronunciamento. A Independência já havia sido proclamada.
  7. 9. Portanto seus colaboradores ao criá-lo, sabiam o que estavam fazendo. Os franceses do Rito Moderno, a seu critério, mudaram o primeiro dia do ano maçônico, do dia 21 de Março para o dia 1° do mesmo mês. Os ingleses acrescentaram 4004 ao Ano Vulgar a começar do 1° de Janeiro. Quanto ao R  E  A  A  , sabe-se por Alec Melor em seu Dicionário a pág’s. 80 e 81, que o uso do Calendário Hebraico é dotado tão somente pelo Supremo Conselho abrangendo unicamente os graus filosóficos do 4° ao 33°.
  8. 10. Portanto não seria certo colocar 4000 no Ano Vulgar por um lado, misturados a meses Hebraicos por outro, pois não resultaria nem numa coisa e nem ne outra, visto que o Ano Judaico remonta a 3760 anos A.C. e nem tem coincidência de início na mesma data do Ano Vulgar, a não ser de 19 em 19 anos. O começo do Ano da Verdadeira Luz, sempre foi intermitentemente no dia 21 de Março , o que não acontece com o Ano Hebraico, Lunar-Solar, cujo início comparado ao nosso sofre variação de ano para ano, demorando conforme já falamos, 19 anos para simultaneamente ter o mesmo começo junto ao Ano Solar.
  9. 11. Por que 21 de Março, e os 4000 anos? Seria a muito natural pergunta buscadora de lógica. Talvez a resposta mais próxima da verdade, fosse estar esses 4000 A.C., bem perto do início do questionário pelo Homem do “Que Somos, De Onde Viemos e para Onde Vamos?”. Em se buscando na História Oficial, o princípio desse filosofar, perpetua-se os antigos livros sagrados dos Upanishades, que datam de aproximadamente 1500 A.C. como fonte racional demarcadora da 1ª. Linha do pensamento humano caminhando na direção dessas especulações.
  10. 12. Indo-se além desses 1500 anos, se penetra nas nebulosas alegorias (no que está por traz das alegorias) das diversas Mitologias inclusive anteriores a Grega. Quem sabe, não esteja aí o princípio titubeante das primeiras buscas filosóficas que nunca mais deixaram de existir na sua continuidade, por não terem encontrado respostas ao procurado. Dessas especulações resultam, o encadeamento das diversas escolas de pensamento humano, formando uma corrente geradora de teses, antíteses e sínteses. As teses nascidas especificamente na busca da nossa razão de ser, mostra que até agora seu fim último não foi encontrado.
  11. 13. Essa data, 4000 pode nos tentar levar a dedução dela se situar bem próxima dos primórdios reais dos questionamentos do Homem. No entanto não é essa data de sua origem com registro oficial na história. Dependerá de um ponto geométrico, por um lado e uma distância bem mais longínqua por outro. Seja qual for o ano e local, onde tenha isso acontecido, dando ao Homem consciência para especular em si e por si, foi esse sim o início do Ano de Verdadeira Luz. Num tratado Cosmológico, o ano científico inicia-se no chamado Ponto Gama, e acontece a cada dia 21 de Março, anualmente, com variações de horários e acréscimos de um dia quadrianualmente, devido a sobra de seis horas por ano.
  12. 14. Estas, somada, perfazem um dia, colocado no chamado Ano Bissexto numa correção científica do ciclo solar. O mesmo não acontece com o Ano Hebraico, que sendo Luni-Solar, e, tendo seu início numa data coincidente com o Ano Solar, (21/03) levará 19 anos para coincidir novamente com essa mesma data de início de Ano. A aparente caminhada do Sol pelo Equador da Terra, dita um seu deslocamento em relação a essa linha pelo chamado Movimento de Precessão dos Equinócios. Sua primeira caminhada Austral, é uma nova etapa, quando, indo e vindo, atinge o Ponto Libra, no signo da Balança. (Libra) Ali, tudo está em equilíbrio, pois o Sol, se caminhou a metade do percurso, está faltando a outra metade.
  13. 15. Se deu a Luz e Calor para todo um hemisfério e frio e escuridão para outro, esta compensação será efetuada no caminho faltante. Por este equilíbrio é que resulta o seu nome, “Balança”. Uma vez reiniciada a etapa final, agora Borealmente, em sentido contrário, o Sol alcançará novamente o Ponto Gama, fim e princípio científico do Ano Solar. Portanto o Sol em sua caminhada anual, por duas vezes cruza a Terra em sua Linha do Equador, apenas que em sentido contrário. A Foto da capa mostra um desses únicos dois dias. 21 de Março ou, 22 de Setembro.
  14. 17. Texto: Lapela do Livro: Uma Luz Nos Mistérios Maçônicos Ir  Oswaldo Ortega Editado pela G  L  E  S  P  Música: Ir  Wolfgang Amadeus Mozart Concerto para Piano e Orquestra. Orquestra Sinfônica da Rádio de Berlim. Regente: Albert von Cammus. Imagens: Diversos Internet Formatação dos Slides: William Vaccarelli M  M  - [email_address] A  R  L  S  Academia dos Esquecidos Millennium 536 - Emulação Ritual E  L  P  Átilla de Mello Cheriff IV ABETA – Associação Brasil Transparente – www.abeta,org.br Or  de São Paulo, Abril de 2009 da E  V 

×