Your SlideShare is downloading. ×
Apresentação dos resultados 4 t10
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Apresentação dos resultados 4 t10

174
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
174
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Teleconferência de Resultados – 4T1025 de março de 2011
  • 2. DestaquesDestaques• Recuperação da economia mundial refletindo nos setores de aço e industrial• Resultados operacionais expressivos em 20102• Adequação financeira significativa com redução do endividamento e do capital de giro• Passos estratégicos importantes rumo ao crescimento
  • 3. 769769769769642642642642768768768768Aço bruto, aço inox e cimentoAço bruto, aço inox e cimentoEm milhões de t781781781781659659659659830830830830Cimento – mundo ex-ChinaAço bruto – mundo ex-ChinaPróximo de20086%abaixo 20082525252526262626313131312008200820082008 2009200920092009 20102010201020102008200820082008 2009200920092009 20102010201020103Fonte: International Stainless Steel, Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC); resultados preliminares2008200820082008 2009200920092009 2010201020102010Cimento - BrasilAço Inox - mundo19%acima 200814%acima 20085252525252525252595959592008200820082008 2009200920092009 2010-E2010-E2010-E2010-E
  • 4. DestaquesDestaques• Recuperação da economia mundial refletindo nos setores de aço e industrial• Resultados operacionais expressivos em 20104• Adequação financeira significativa com redução do endividamento e do capital de giro• Passos estratégicos importantes rumo ao crescimento
  • 5. Resultados expressivosResultados expressivos• Receita líquida de R$ 2,3 bilhões, 18,2% de crescimento, 27% sem efeito de câmbio:- Em dólar cresceu 43,1%- Em euros cresceu 20,4%• 61,9% de crescimento na linha de Serviços, receita de R$ 159,1 milhões agregandoretorno ao capital empregado sem investimento adicional2010• 34,8% de crescimento do setor industrial no 4T10 (versus 4T09), 7,7% durante o ano –aumentando a diversificação fora do aço• R$ 365,2 milhões de fluxo de caixa operacional – quase 3x o de 2009• R$ 92,3 milhões de lucro líquido• R$ 461,8 milhões de EBITDA com crescimento superior a 28% sobre 20095
  • 6. 2.276,4Receita líquida de R$ 2,3 bi com expressivo crescimentoReceita líquida de R$ 2,3 bi com expressivo crescimento+18%Receita líquida totalR$ milhões27% de crescimentosem efeito docâmbio1.926,82009 2010643,1% e 20,4% decrescimento davendas em dólares e euros,respectivamente
  • 7. Restruturação da CompanhiaRestruturação da CompanhiaLíder nacional Consolidação / transição Líder global• Brasil• Estrutura familiar• Multi-região• Novo Mercado• Foco regional• Restruturação• “Truly global”• Foco por linha de negócios• VPs globais por negócio
  • 8. 3 linhas de produtos globais3 linhas de produtos globaisMinerais• Atividades relacionadas a extração de minerais destinados a terceiros tais comomagnesita, dolomita, talco, entre outros,8RefratáriosServiços• Inclui todos os produtos e serviços dentro da cadeia de valor do CPP e devendas convencionais• Atividades relacionadas à instalação e reciclagem de refratários e manutençãomecânica e eletromecânica (com baixo capital empregado)
  • 9. 469,8476,94T09 4T101.703,31.959,32009 201037,768,8125,2158,0+26,2%+82,4%Crescimento em todas as linhas com destaqueCrescimento em todas as linhas com destaquepara serviços e mineraispara serviços e mineraisReceita líquida anualR$ milhõesReceita líquida trimestralR$ milhõesRefratários+15,0% +1,5%Foi criada uma Diretoria de Serviços para crescero negócio e expandir o modelo globalmente98,3159,12009 20104T09 4T102009 20109+61,9%+40,8%MineraisServiços30,242,54T09 4T10Obs: Números ajustados ao padrão IFRS
  • 10. 53,071,5Industrial15,0%Expressivo crescimento no setor industrial no 4T10Expressivo crescimento no setor industrial no 4T10Receita trimestral do setor IndustrialR$ milhões+34,8%100% = R$ 476,9 milhões4T10 No ano, o crescimentono setor foi de 7,7%Segmentação da receita por setor-cliente4T09 4T10Aço 85,0%Industrial15,0%Foi criada uma VP comercial global para o setor industrialpara focar nas oportunidades de crescimento do setor10Obs: Números ajustados ao padrão IFRS
  • 11. 183,3196,2 199,2194,9187,434,1% 34,7% 36,1% 34,2%31,9%20%30%40%50%1501601701801902002104T09 1T10 2T10 3T10 4T10Lucro Bruto (R$ milhões) Margem Bruta (%)626,9777,732,5% 34,2%20%25%30%35%40%45%50%01002003004005006007008009002009 2010Lucro Bruto (R$ milhões) Margem Bruta (%)Lucro bruto e margem brutaR$ milhões, %Lucro bruto e margem brutaR$ milhões, %Recuperação da margem operacional em 2010Recuperação da margem operacional em 2010com queda da margem bruta no 4T10com queda da margem bruta no 4T1011Ebitda e margem ebitdaR$ milhões, %133,9123,1 119,5108,6 110,524,9% 21,8% 21,7% 19,0% 18,8%0%10%20%30%40%50%50607080901001101201301404T09 1T10 2T10 3T10 4T10EBITDA (R$ milhões) Margem EBITDA (%)360,1461,818,7%20,3%10%15%20%25%30%35%40%2002503003504004505005506002009 2010EBITDA (R$ milhões) Margem EBITDA (%)Ebitda e margem ebitdaR$ milhões, %Obs: Números ajustados ao padrão IFRS
  • 12. ~3x fluxo de caixa operacional e mais de R$90 milhões~3x fluxo de caixa operacional e mais de R$90 milhõesde lucro líquidode lucro líquidoFluxo de caixa operacional1R$ milhões~2,8 xResultado líquidoR$ milhões92,36080100131,2365,2121 Fluxo de caixa operacional calculado a partir do último dia de cada ano-32,5-60-40-20020402009 2010Fluxo de caixa operacionalquase o triplo de 2009Lucro líquido deR$ 92,3 milhõesFluxo decaixaoperacional(%)7% 16%131,22009 2010Obs: Números ajustados ao padrão IFRS
  • 13. DestaquesDestaques• Recuperação da economia mundial refletindo nos setores de aço e industrial• Resultados operacionais expressivos em 201013• Adequação financeira significativa com redução do endividamento e do capital de giro• Passos estratégicos importantes rumo ao crescimento
  • 14. 773,5802,5880,9934,1832,6161 159184 187153131 131156 14912143 45 49 39 4573 73 77 77 77Capital de GiroCapital de GiroConversão de caixa1DiasCapital de giro1R$ milhões4T09 1T10 2T10 3T10 4T104T09 1T10 2T10 3T10 4T10Ciclo Financeiro Estoques Pagamentos Recebimentos1434 dias de reduçãono ciclo deconversão de caixa1 Conversão de caixa e capital de giro calculados a partir do último dia de cada anoMais de R$ 100 milhões deredução do capital de girono 4T10
  • 15. Reorganização da estrutura de capitalReorganização da estrutura de capital5,6 xNet Debt/EBITDA3,9 xR$ 350,0 M emoferta de ações(out ’09)US$ 400,0 M ememissão de títulos(mar ’10)R$ 340,0 M(oferta de ações +Pico da criseRedução de juros +alongamento de prazo15Dez/09 Mar/10 Dez/10 (Pro-forma)3,2 x2,1 x(oferta de ações +ganho judicial)Jun/09DívidaLíquidaCapitalde giro1.414,8 1.413,6 962,91.918,6R$ milhões826,6 773,5 802,5 832,6Dívida líquida ~=capitall de giro
  • 16. 285,7412,1657,9EndividamentoEndividamentoCronograma de amortização da dívida pro-formaR$ milhõesEndividamento pro-formaR$ milhões1.302,6(669,5)124,922,5148,7285,72,2 2,22011 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 202016124,9962,61.847,2(669,5)(340,0)DívidaBrutaCaixa DívidaLíquidaRecursos DívidaLíquida(pro-forma)
  • 17. DestaquesDestaques• Recuperação da economia mundial refletindo nos setores de aço e industrial• Resultados operacionais expressivos em 2010 pela Magnesita17• Adequação financeira significativa com redução endividamento e do capital de giro• Passos estratégicos importantes rumo ao crescimento
  • 18. Estratégia de criação de valorEstratégia de criação de valorAumento na verticalização (de 70% para 90%)Maximizar o valor das reservas minerais18Expandir globalmente o modelo de negócio baseado em soluções (CPP)Buscar oportunidades globais de crescimento
  • 19. No 4T10, os preços das matériasNo 4T10, os preços das matérias--primas continuaram a subirprimas continuaram a subirEvolução dos preços das matérias-primasIBF (Mar/09 = 100)233303200250300350IBF(mar/09=100)191281551001501T09 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 4T10IBF(mar/09=100)Grafita cristalina 90% Alumina branca fundidaMagnésia eletrofundida 98% Zircônia fundida
  • 20. R$ 300R$ 300 milhõesmilhões emem verticalizaçãoverticalização –– rumorumo a 90% dea 90% deverticalizaçãoverticalizaçãoInvestimento: R$ 220,0 milhões em 2 anosFinanciamento: 80% a pequenas taxas (bancos defomento)Produção: aumento da capacidade em 120 mil tpaInvestimento: R$ 80,0 milhões em 2 anosFinanciamento: 80% a taxas mais atrativas (bancos defomento)Produção : capacidade de 40 mil tpa̶ 20 tpa para garantir 100% de autossuficiênciaMagnesita (Brumado/BA) Grafita (Almenara/MG)20Racional:̶ Assegurar autossuficiência em sínter M-30̶ Mudanças estruturais na dinâmica dos preçosdo sínter̶ Preocupações ambientais e energéticas(China diminuiu em 10,7% as cotas deexportações)̶ 20 tpa para garantir 100% de autossuficiência̶ 20 tpa para vender a outros mercadosRacional:̶ Atingir autossuficiência em grafita̶ Mudanças estruturais na dinâmica dos preçosda grafita (+30% em 3 meses, +14% p.a.)̶ Nova demanda (e.g. baterias de carroselétricos)(1) According to Industrial MineralsOs dois projetos seguemdentro do cronograma
  • 21. 21417Antes de20082008 2009 2010 Total17 novos contratos de CPP no mundo em 201017 novos contratos de CPP no mundo em 20102457Novos contratos de CPPNº de contratos24 26 27 31 3640 42 47 52 57Antesde20082008 1T09 2T09 3T09 4T09 1T10 2T10 3T10 4T10Evolução dos contratos de CPPNº de contratosReceita de refratários da siderurgia21Região 2010 TotalAmérica do Norte 5 13Europa 6 7Ásia 4 4América do Sul 2 33TOTAL 17 57• Ano recorde em novos contratos CPP – 17• 34% das receitas em CPP (rumo à meta de 65%)• Crescente tração na Europa• Contratos na Ásia pela primeira vez25,0% 27,7% 34,2%75,0% 72,3% 65,8%2008 2009 2010VolumeCPPReceita de refratários da siderurgia%