• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Mypel2012 juliatomaz
 

Mypel2012 juliatomaz

on

  • 868 views

Apresentação no Painel de Mestres do myMPeL2012 por Julia Tomaz

Apresentação no Painel de Mestres do myMPeL2012 por Julia Tomaz

Statistics

Views

Total Views
868
Views on SlideShare
503
Embed Views
365

Actions

Likes
1
Downloads
4
Comments
0

2 Embeds 365

http://www.scoop.it 301
http://mympel2012.crowdvine.com 64

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial-ShareAlike LicenseCC Attribution-NonCommercial-ShareAlike LicenseCC Attribution-NonCommercial-ShareAlike License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Mypel2012 juliatomaz Mypel2012 juliatomaz Presentation Transcript

    • 3ª Conferência do Mestrado em Pedagogia do eLearning9 de novembro myMPeL 2012 Interatividade num objeto de aprendizagem online Júlia Tomaz
    • EFEITOS DO NÍVEL DE INTERACTIVIDADENUM RECURSO EDUCATIVO DIGITALDIFERENÇAS NA SATISFAÇÃO E NA APRENDIZAGEM
    • Enquadramento A interactividade surge relacionada com os atributos tecnológicos que promovem trocas entre homem-sistema “interactividade é uma característica inerente a um media, que permite aos utilizadores experimentar um conjunto de trocas por meio da tecnologia”. Sutton (2001, p.225)
    • Enquadramento Em que medida diferentes níveis de interatividade de um recurso educativo digital produzem efeitos na satisfação do aprendente e nos resultados da sua aprendizagem. Reflexão sobre o contributo da interatividade, integrado nas tecnologias digitais com finalidade educativa, na promoção de uma aprendizagem mais rica e interessante.
    • Aprendizagem Ambiente digital interactivo por si só não é suficiente para construção de uma aprendizagem significativa
    • Níveis de interatividade -Sims 1) Interatividade por objeto 2) Interatividade linear 3) Interatividade hierárquica 4) Interatividade de suporte 5) Interatividade de atualização 6) Interatividade por construção 7) Interatividade reflexiva 8) Interatividade por simulação 9) Interatividade por hiperligação 10) Interatividade contextual não-imersiva 11) Interatividade virtual imersiva
    • 4 Níveis de interatividadeGilham 1º Nível: Passivo Aprendente • receptor de informação • Navegação dos conteúdos linear • Participação e controlo do aprendente é mínimo (sequencial) 2º Nível: Participação limitada • 1º nível de interacção efectivo • Aprendente: reage embora respondendo a questões simples. Utilização de componentes de flash com elementos de arrastamento (drag and drop) que permitem algum feedback mas que são ou não sensíveis ao contexto.
    • 4 Níveis de interatividadeGilham 3º Nível: Participação complexa • integra os dois níveis anteriores + capacidade de controlo por parte do aprendente nos mecanismos de interacção. • técnicas incluem simulações complexas • acrescentam-se alguns elementos de interacção entre pares 4º nível: Interacção em tempo real • nível mais complexo de interactividade. • engloba os níveis anteriores + ligação ao ambiente real com suporte a respostas, pistas e dados síncronos. • A comunicação estabelece com o tutor online e entre pares permitindo a aprendizagem e à avaliação dos conhecimentos adquiridos de forma síncrona.
    • Pergunta de partida Em que medida a interactividade dos conteúdos educativos digitais se relaciona com a satisfação obtida e com os resultados da aprendizagem alcançados?
    • Hipóteses Os efeitos na Aprendizagem - O nível de interatividade com o recurso educativo influencia significativamente os resultados da aprendizagem. Os efeitos na Satisfação - O nível de interatividade do recurso educativo digital influencia significativamente o grau de interesse sentido pelo aprendente na aprendizagem. - O nível de interatividade do recurso educativo digital influencia significativamente a qualidade sentida pelo aprendente na aprendizagem.
    • Hipóteses O nível de utilização das TIC e a Satisfação - O nível de utilização das tecnologias de informação influencia significativamente o grau de interesse sentido do aprendente na aprendizagem. - O nível de utilização das tecnologias de informação influencia significativamente a qualidade sentida pelo aprendente na aprendizagem. O nível de utilização das TIC e a Aprendizagem - O nível de utilização das tecnologias de informação influencia significativamente os resultados da aprendizagem
    • Recurso EducativoDigital(RED) Produtos de software com finalidade educativa e detentores de uma identidade autónoma • Construído para efeitos desta investigação • Tema especifico • Desenhado para três situações distintas, com níveis específicos de interatividade, mas mantendo o mesmo conteúdo informacional representado por textos e imagens.
    • Recurso EducativoDigital(RED) Temática ambiental - impacto que as nossas actividades quotidianas produzem no meio ambiente e consequentes alterações climáticas “Pegada de carbono” - que mede a quantidade de dióxido de carbono (CO2) que cada um de nós produz no dia-a-dia
    • Metodologia Testar, em situação experimental, os efeitos provocados pela manipulação dos níveis de interactividade no recurso educativo digital. Variável independente – Interactividade Variáveis dependentes - Satisfação e Aprendizagem
    • V. Independente:Interatividade Nível 1 - Nível mais básico de interatividade. - Navegação dos conteúdos: Linear, ecrã a ecrã. - O aprendente é um mero recetor de conteúdos, com texto e imagens, disponibilizados de forma sequencial. Não controla a estrutura e o conteúdo. Nível construindo com base no 1º nível de interatividade de Gillham e na interatividade linear descrita por Sims.
    • V. Independente:Interatividade Introdução ao tema, seguido dos quatro subtemas e informações adicionais (sabia que…), visionados de forma sequencial. Formato: Ficheiro em Portable Document Format (PDF).
    • V. Independente:Interatividade Nível 2 - Conjunto predefinido de opções a partir das quais é possível selecionar um caminho específico para aceder a diferentes conteúdos. - Permite algum controlo sobre a navegação dos conteúdos, podendo começar pelo tema que desejar, e realizar diferentes percursos em conteúdos com sequências pré-definidas. Nível construindo com base na descrição na Interatividade Hierárquica (Hierarchical interactivity) de Sims.
    • V. Independente:Interatividade Introdução ao tema ambiental 4 Subtemas Subtema: Subtema: TRANSPORTE Subtema: TRABALHO Subtema: CASA CLIMATIZAÇÃOO Sabia que… Sabia que… Sabia que… Sabia que… Formato: slideshow
    • V. Independente:Interatividade Nível 3 - Após o enquadramento da temática, o aprendente pode selecionar um dos 4 subtemas, através de um sistema de separadores, e aceder aos diferentes conteúdos técnicos. Apresenta um 5º separador, designado por “teste os seus conhecimentos”, com um conjunto de exercícios práticos de consolidação dos conhecimentos adquiridos. O aprendente tem controlo sobre a estrutura de navegação e possibilidade de aceder a atividades que implicam reflexão ativa. Nível construindo com base na descrição na Interatividade de atualização (update interactivity) de Sims.
    • V. Independente:Interatividade Introdução ao tema ambiental Subtema: Subtema: Subtema: Subtema: Teste os seus CASA TRANSPORTE TRABALHO CLIMATIZAÇAO conhecimentos Sabia que… Sabia que… Sabia que… Sabia que… Exercícios Exercícios Exercícios Exercícios Casa Transporte Trabalho Climatização Formato: website com conteúdos organizados em separadores, subordinados aos quatro subtemas do tema principal. Cada subtema com um exercício associado (Programa Hot Potatoes), com opções de verificação e pontuação dos resultados e ajudas às respostas certas.
    • V. dependentes: Satisfação eaprendizagem Construídos dois questionários no Google Docs, disponibilizados através um link. 1) Medir a aprendizagem dos sujeitos Questionário de avaliação dos conhecimentos (Questionário A), sendo constituído por duas questões abertas e oito questões fechadas.
    • V. dependentes: Satisfação eaprendizagem 2) Medir a satisfação sentida pelos dos sujeitos Questionário (Questionário B) - escala de Diferencial Semântico (escala de Osgood, 1957) Questionário com duas escalas: - uma escala com 10 adjetivos Grau de interesse sentido do aprendente. - uma segunda escala com 5 adjetivos Avaliação da qualidade sentida na aprendizagem.
    • Amostra Amostra por conveniência, enquadrada numa amostragem não-probabilística. Configura uma pesquisa exploratória, onde não existe a pretensão de generalizar os seus resultados para além da amostra. Critérios: Adultos disponíveis, entre os 18 e os 50 anos, que utilizam a internet com fonte de informação e/ou aprendizagem em diferentes atividades profissionais.
    • METODOLOGIAEXPERIMENTAL Comparar 3 grupos independentes de sujeitos, submetidos a condições distintas: Cada grupo visionou um recurso educativo digital com um específico nível de interatividade. Após visionamento os sujeitos respondiam a dois questionários online, visando obter dados relativos ao sucesso da aprendizagem e à satisfação sentida
    • Procedimento e recolha dedados Administrada de modo directo, em presença dos sujeitos, de forma individual. Solicitado num primeiro momento o visionamento da Unidade de Aprendizagem, seguido das respostas aos dois questionários online, disponibilizado através de link.
    • Resultados Decorrente dos procedimentos estatísticos efetuados, verificou-se que os resultados obtidos confirmam parcialmente as hipóteses de investigação formuladas.
    • Resultados As diferenças estatisticamente significativas demonstram que os níveis de interatividade presentes nos recursos educativos influenciam os resultados obtidos na Aprendizagem dos conteúdos apresentados. O grupo de sujeitos que visionaram o recurso educativo com maior nível de interatividade foi aquele que obteve melhores resultados no teste de conhecimentos, ou seja, um maior número de respostas certas.
    • Resultados O nível de interatividade do recurso educativo influencia significativamente o grau de interesse e qualidade sentida. Verificaram-se algumas diferenças significativas.
    • Resultados Grau de interesse na aprendizagem: Diferenças significativas no adjetivo bipolar Aborrecida/Divertida, entre os sujeitos do grupo com o nível 2 e os do grupo do nível 1, sendo que os primeiros consideram o recurso significativamente mais divertido. Qualidade sentida na aprendizagem: Diferenças significativas nos adjetivos bipolares: Ineficiente/Eficiente e Difícil/Fácil, entre os sujeitos do grupo 2 e os do grupo 1, sendo que os primeiros consideram o recurso significativamente mais eficiente e mais fácil.
    • Resultados Variável satisfação Não foram encontradas diferenças relativamente ao grupo com o nível mais elevado de interatividade (nível 3), por comparação aos outros dois grupos. Poderá estar relacionado com o facto de o conteúdo técnico ter sido, integrado num website, formato mais usual para disseminar informação do que para fins educativos.
    • Resultados Hipóteses que apontavam para uma influência na utilização das tecnologias de informação e do Conhecimento (TIC) na Aprendizagem e na Satisfação. Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas.
    • Resultados Os indivíduos que interagiram com o conteúdo com maior nível de interactividade obtiveram resultados de aprendizagem significativamente melhores do que os outros dois grupos. Relativamente à satisfação, verificou-se que o grupo com o segundo nível de interactividade considerou a situação de aprendizagem como mais divertida, mais fácil e eficiente.
    • Limitações • Desenho do recurso educativo digital Utilização de media estáticos (textos imagens). O recurso a media dinâmicos (áudio, vídeo e animação) poderia demonstrar uma influência mais marcante nas variáveis em estudo. • Escolha da temática e conteúdos Para evitar a ambiguidade na verificação da aquisição de conhecimento - conteúdos com dados mais quantitativos do que qualitativos apelando à memorização.
    • Estudos Futuros - Criar uma nova situação experimental semelhante mas com recursos educativos construídos sobre a mesma aplicação. - Recursos educativos digitais integrados em três ações educativas independentes num mesmo ambiente de aprendizagem virtual para se criar uma configuração similar a uma situação de ensino a distância.
    • Conclusão Importante explorar novas estratégias de integração de elementos interativos nos recursos educativos digitais, para que os aprendentes possam posicionar-se de forma mais ativa em relação aos conteúdos, tornando a aprendizagem mais significativa e promovendo igualmente um maior índice de atratividade e satisfação.