• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Série Aprendendo com Outros: Liderança e Motivação
 

Série Aprendendo com Outros: Liderança e Motivação

on

  • 807 views

Palestra preparada por Moacir José Sales Medrado com base em resumo de suas leituras visando melhorar sua compreensão sobre relacionamento humano no trabalho e socializá-las com quem tiver ...

Palestra preparada por Moacir José Sales Medrado com base em resumo de suas leituras visando melhorar sua compreensão sobre relacionamento humano no trabalho e socializá-las com quem tiver interesse

Statistics

Views

Total Views
807
Views on SlideShare
807
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Série Aprendendo com Outros: Liderança e Motivação Série Aprendendo com Outros: Liderança e Motivação Presentation Transcript

    • MOTIVAÇÃO PARA O TRABALHO E CLIMAORGANIZACIONALOs Três Tipos Das Mais IntensasMotivações São:- A Necessidade De Realização;- A Necessidade De Exercer Poder;- A Necessidade De Afiliação
    • MOTIVACAO PARA O TRABALHO ECLIMA ORGANIZACIONALO Clima Organizacional Tem Sido ExtremamenteDeterminante Nos Tipos De Motivação Provocados NosEmpregados.Alguns Fatores São Preponderantes, Como:Grau De Restrições E Estrutura Da Empresa;Diferentes Ênfases Dadas Aos Prêmios E Punições;Presença Ou Ausência De Relações De Apoio E DeEncorajamento;Ênfase Na Responsabilidade Do Indivíduo;Percepção Do Padrão De Desempenho Estabelecidos PelaAdministração.
    • Esses Fatores Que Criam O ClimaOrganizacional São AltamenteInfluenciados Pelo Estilo De Liderança.As Percepções E Pretensões Que OsLíderes Têm De Seu Ambiente, AfetarãoCriticamente Suas Ações E,Consequentemente, O Comportamento ETambém O Modo De Vida DessesLiderados.
    • AS PESSOAS CRIAM O AMBIENTESe Um Líder De Equipe Desempenha SeuPapel De Acordo Com As Convicções QueEle Tem A Respeito De Seus Liderados E,Se Por Exemplo, Estas São Do TipoAutoritário, Ele Gera Condições No SeuMeio De Trabalho Que Parecem ConfirmarEssas Crenças, Isto É, Seus DependentesAgem De Forma A Justificar O Tratamento
    • AS PESSOAS CRIAM O AMBIENTEO Comportamento É O Resultado De UmRelacionamento Entre O Indivíduo Com Sua"Personalidade” E O Ambiente No QualVive.Por Exemplo, O ComportamentoAparentemente Explosivo De Um IndivíduoPode Ter Como Causa A SuaPersonalidade, Mas Também A Situação
    • PROBLEMAS DE RELAÇÕESINTERPESSOAISA) DIFICULDADE NAS COMUNICAÇÕESÉ Comum As Pessoas Verem Os OutrosSegundo Suas Percepções E AsPercepções Que Os Outros Têm Delas.Por Exemplo: Se X Não Gosta De Y, Ele Ouvirá A MensagemDe Y Diferentemente Do Que Um Outro Escutaria Se FosseSimpatizante De Y. Problemas De Comunicação Deste TipoFreqüentemente Surgem Devido A Diferenças De :Personalidades; Sexos; Grupos Etários;especialidades;níveis De Prestigio
    • B) COMPETIÇÃO E COOPERAÇÃOProblemas De Cooperação E DeCompetição Provêm Das Dificuldades DeComunicação.Para Trabalhar, Efetivamente, AsEquipes Devem Cooperar, AindaQue Diferenças Individuais DêemOrigem A Competições.A Cooperação De Um Participante Leva AQue Abra Mão Dos Seus Desejos De Poder
    • C) SENTIMENTOSNa Administração Moderna É Importantíssima AParticipação E O Envolvimento Dos Empregados NoTrabalho.É Mais Necessário Os Indivíduos TeremCapacidade De Integração, Do QuePossuírem Habilidades Para Levar A EfeitoUm Conjunto Especifico De Tarefas.
    • D) LIDERANÇAAs Equipes Normalmente Elegem Um Líder E EstePermanece No Posto Pelo Tempo Que Ela Assim, ODesejar, Ou Até Quando Ele Conseguir Impor-seComo Tal.Diferentes Situações Exigem Diferentes Lideres E,Por Isso, Ocorrem Problemas Quando Torna-seNecessário Substituir O Líder.Nos Grupos Competitivos, Isto Comumente Torna-seFonte De Tensões, Pois O Líder Substituído Torna-se Um "Perdedor".
    • A Teoria De Liderança SituacionalPresupõe a Adoção De QuatroEstilos Que Combinam OrientaçãoVoltada À Tarefa E OrientaçãoVoltada a Relações E QueNorteiam O Comportamento DoGerente, Em Relação a CadaAtividade Que O FuncionárioDeverá Realizar.
    • ESTILO AÇÃO COMPORTAMENTO DO LÍDEREstilo 1 dirigir muita ênfase em tarefa e pouca emrelaçõesEstilo 2 treinar muita ênfase em tarefa e relaçõesEstilo 3 compartilhar pouca ênfase em tarefa e muita emrelaçõesEstilo 4 delegar pouca ênfase em tarefa e em relações
    • LIDERANÇAÉ POSSÍVEL MUDAR O ESTILO DELIDERANÇA DE ALGUÉM?É POSSÍVEL FORMAR UM LÍDER OU ACAPACIDADE DE LIDERAR É NATA?TUDO DEPENDE DASCIRCUNSTÂNCIAS E DO INDIVÍDUO.
    • Que Influência As Qualidades E AptidõesCom Que Se Nasce, Bem Como AquelasAdquiridas Desde Cedo Na Vida, PodemDar Às Tentativas De Liderar?Ter Grande Inteligência, Fluência Ao FalarE Ser Decidido, São QualidadesConsideradas Como Úteis; Porém Não SãoAs Únicas Para Caracterizar Um LíderEficiente.
    • LIDERANÇAPara Muitos A Mudança De ComportamentoÉ Difícil E, Em Certos Casos, Impossível.Para Alguns, Pequenas Alterações NaSensibilidade Para Com Os Outros, NaCapacidade De Comunicar E Em SuaReceptividade À Idéias Alheias,Podem Ser Possíveis.
    • LIDERANÇAHá Casos Em Que O Padrão Atual DeComportamento Incorpora-se À Auto-imagem,Tornando A Mudança Quase Impossível,Particularmente Se O Indivíduo Está No MeioOu Fim Da Vida. Neste Caso, QualquerTentativa De Treinar Habilidades Sociais,Relacionamentos Interpessoais E DeLiderança, Deve Ser Olhada Como Simplória,Pois Está Ignorando A Influência Do AmbienteE Do Aprendizado Repetido Por Muitos Anos
    • Nos Últimos 50 Anos Centenas De EstudosCompararam Características Físicas,Intelectuais E Personalidade De LideresBem Sucedidos. Apenas 5% DasCaracterísticas Encontradas ForamListadas Conjuntamente Em Quatro OuMais Líderes.Ao Contrário, Uma Variedade De PessoasCom Diversas Personalidades, Educação EProvindas De Diferentes Ambientes, Foram
    • Estas Qualidades Estáticas Não Auxiliam ACompreensão Do Processo De Liderança ENem Em Qual Dimensão As DiferentesSituações Exigem Diferentes Qualidades EDiferentes "Estilos".Estilos Diferentes, Autocráticos OuConsultivos, Devem Ser Vistos Às VezesComo Bons E Às Vezes Como MausDependendo Da Natureza Da Situação EDas Tarefas A Serem Coordenadas.
    • A LIDERANÇA ENVOLVE O USO DA AUTORIDADE (PODERLEGITIMADO), AO TOMAR DECISÕES.O Poder Legitimado Apoia-se, Normalmente NaBase Da:A) Capacidade Como Uma Competência TécnicaB) Função Oficial - Recompensas E SançõesC) Qualidades Pessoais - Persuasão,Comunicação, Posição E Prestigio Obtidos Fora DoGrupo, Etc.D) Maneira Pela Qual A Autoridade É Exercida.
    • De Acordo Como A Tarefa Pode VariarA Validade Atribuída A Cada Uma DasFontes. Assim Torna-se Importante NaApreciação Do ComportamentoGerencial, O Conhecimento DessasQuatro Fontes E A Compreensão DeComo Usá-las.
    • ESTILO DE LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO DOLIDERADODouglas Mc Gregor, No Trabalho “O LadoHumano Da Empresa”, Argumenta Que OEstilo De Gerência Adotado Por Um Líder,É Função De Como Ele Vê Seus Liderados.
    • Teoria XTeoria Y1. O Trabalho É Desagradável Para A Maioria Das Pessoas.Se As Condições Forem Favoráveis, O Trabalho É TãoNatural Quanto Um Jogo.2. A Maioria Das Pessoas Não É Ambiciosa, Tem PoucoDesejo De Responsabilidade E Prefere Ser Dirigida.Auto-controle É, Na Maioria Das Vezes, Indispensável ParaAlcançar As Metas Organizacionais.3. A Maioria Das Pessoas Tem Pouca Capacidade CriativaPara Solucionar Problemas Organizacionais.A Capacidade Criativa Na Solução De ProblemasOrganizacionais Está Amplamente Presente Nas Pessoas.
    • Teoria XTeoria Y4. Motivação Ocorre Apenas Para Satisfações Nos NíveisFisiológicos E De Segurança.Motivação Ocorre Tanto Nos Níveis De Afiliação, Estima EAuto-realização, Quanto Nos Fisiológicos E De Segurança.5. A Maioria Das Pessoas Deve Ser CerradamenteControlada E Comumente Coagida Para Que SejamAlcançados Os Objetivos Organizacionais.Se Adequadamente Motivadas, As Pessoas Podem SeAutodirigir E Serem Criativas No Trabalho
    • As Pessoas Preferem Ser Dirigidas, NãoDesejam Responsabilidades E, Acima DeTudo, Querem Segurança. SeuDesempenho É Determinado Pelo Dinheiro,Vantagens Adicionais E Medo De Punições.As Pessoas São Autodiretivas, Criadoras,Responsáveis. O Emprego Não RepresentaUm Inferno Necessário E As RecompensasQue As Levam A Elevada Performance NoTrabalho, São Derivadas Da Afiliação,Auto-estima, Prestigio E Auto-realização.
    • 1. O Líder Toma A Decisão E AAnuncia2. O Líder "Vende” Decisões3. O Líder Apresenta Idéias ESolicita Perguntas4. O Líder Apresenta Uma TentativaDe Decisão, Porém Sujeita ÀModificações
    • 5. O Líder Apresenta O Problema,Obtém Sugestões E Toma A Decisão6. O Líder Define Os Limites E PedeAo Grupo Que Tome A Decisão7. O Líder Permite Que SeusLiderados Trabalhem LivrementeDentro Dos Limites Definidos Por Ele.
    • A ORGANIZACAO HUMANIZADARENSIS LIKERT FEZ AS SEGUINTESPERGUNTAS PARA 200 EMPRESASQual A Liberdade Que Você Sente AoFalar Com O Superior Sobre O SeuTrabalho?Onde É Sentida A Responsabilidade ParaAtingir As Metas Da Organização?Como É Aceita A Comunicação No SentidoLiderança Para Liderados?
    • A ORGANIZACAO HUMANIZADAO Quanto Estão Os Lideres A Par DosProblemas De Seus Liderados?Os Liderados Estão Envolvidos Nas DecisõesRelativas Ao Seu Trabalho?Como As Metas Organizacionais SãoEstabelecidas?Quais São As Informações Utilizadas Para OsControles De Custos, Produtividade E OutrasMais?A PARTIR DAS RESPOSTAS DESENVOLVEU UMMODELO DE QUATRO TIPOS DE ORGANIZAÇÃO
    • SISTEMA 1 SISTEMA 2 SISTEMA 3SISTEMA 4EXPLORADORA BENEVOLENTE CONSULTIVAPARTICIPATIVAAUTORITÁRIA AUTORITÁRIA GRUPALO Sistema 4 Foi O Sistema Administrativo MaisEficaz, Por Englobar Os Princípios DeRelacionamento Como Mútuo Apoio, Métodos DeSupervisão Grupal, Envolvimento Nas DecisõesRelativas Às Tarefas E Delegações DeResponsabilidade.Um Líder Deve Ter Muito Cuidado Com A SuaForma De Ação, Pois Ela Restringe, Em Graus
    • Independente Da CapacidadeAdministrativa De Um Líder,Existirão Problemas De Liderança,Se A Tarefa Do Liderado ForIntrinsecamente Frustrante EAborrecida.
    • CONTEÚDO DO TRABALHO EMOTIVACAOA MOTIVAÇÃO E O TRABALHO, SÃOCLARAMENTE O NÚCLEO DE QUALQUERDISCUSSÃO SOBRE LIDERANÇA.Um Líder Eficiente Além De Motivar AEquipe Para Obtenção Dos Resultados,Cooperativamente, Facilitando O BomRelacionamento Entre Os Membros DaEquipe, Deve Também Facilitar O BomRelacionamento Entre O Liderado E Seu
    • LIDERANCA CONTINUADAA Liderança Será Sempre A Atividade CujoFim Essencial É Alcançar Metas, E É ParaIsso Que A Equipe Existe.Para O Alcance Das Metas Ações DevemSer Empreendidas. Algumas Pelos MembrosDo Grupo Enquanto Que, Outras, Para OGrupo.
    • NÃO É SUFICIENTE, PARA O INDIVÍDUO,DESEMPENHAR UNICAMENTE TAREFASORIENTADAS PARA METAS.Ocorrerão Frustrações, Caso Só AlgunsMembros Do Grupo Atinjam A MetaPretendida, Ou Se Esta For Alcançada ÀCusta Da Desintegração Da Equipe.
    • NÃO É SUFICIENTE, PARA O INDIVÍDUO,DESEMPENHAR UNICAMENTE TAREFASORIENTADAS PARA METAS.Deve-se Criar, Na Equipe, Um Clima NoQual Os Interesses Dos Membros E SuasCapacidades, Identifiquem-se Com AEquipe E Sejam Utilizadas Para Ela.Afinal, Os Membros De Uma EquipePossuem, Como Pessoas, As MesmasNecessidades Da Equipe.
    • Algumas Das Necessidades Pessoais TêmComo Fonte De Satisfação A ExpressãoSocial Dentro Da Equipe, Incluindo-se:Obtenção De Prestigio, Participação,Aprovações, Etc. As Outras NecessidadesDizem Respeito Ao Trabalho Em Si, ComoPor Exemplo, Tomar Decisões, AceitarResponsabilidade, Desenvolver-se, Etc.
    • O Trabalho Da Liderança ÉFacilitar, A Expressão E ASatisfação Das NecessidadesIndividuais Dentro Da Equipe,Compatibilizando-as Com AsNecessidades De Outros Membros,Para A Manutenção Da Equipe E A
    • PORTANTO, DEVE-SE PROVER FUNÇÕES QUEFAÇAM COM QUE AS EQUIPES SE MANTENHAMCOMO ENTIDADES SOCIAIS, TAIS COMO:Participação Nas DecisõesAceitação (Ou Pelo Menos Tolerância) DasOpiniões AlheiasIntegração Das Idéias Dos Membros E MediaçãoNos ConflitosTransformação Das Ações Individuais,Potencialmente Destruidoras, Em EsforçosConstrutivosFacilitação Dos Processos De ComunicaçãoDesenvolvimento Da Confiança Evitando ASonegação De Informações
    • HABILIDADES PARA LIDERARNo Geral, Um Líder Deve Ter HabilidadesTécnicas E Administrativas, PrincipalmenteNas Áreas De Diagnose, Solução DeProblemas E, Programação.Deve Ser Capaz De Organizar E DistribuirO Trabalho, Estabelecer Controles EAvaliar Objetivos E Métodos.
    • HABILIDADES PARA LIDERARQUANTO ÀS EXIGÊNCIAS DA EQUIPEO Líder Deverá Ter Habilidade DeComunicação, Alèm De: Capacidade DeDiagnosticar Os Processos Que Ocorram NaEquipe, Facilitar O Relacionamento ECooperação Intra-equipe, Mediar Conflitos,Canalizar Os Esforços Da Equipe E EntrosarO Relacionamento Das Pessoas Com As
    • HABILIDADES PARA LIDERARQUANTO ÀS EXIGÊNCIASINDIVIDUAISDeve Ser Capaz De Identificar AsNecessidades Dos Liderados Dentro DaEquipe, Identificar Habilidades Particulares,Auxiliar No Processo De Aprendizado,Promover Comportamentos De ApoioMútuo, Avaliar Desempenhos E RelacionarAs Pessoas Tanto Com A Tarefa Quanto
    • O QUE O LÍDER TEM DE FAZER COM A EQUIPEDE VEZ EM QUANDO, É PEGAR UM LIMPA-VIDROS, BORRIFÁ-LO NO PARA-BRISA EREMOVER A LAMA. E SÓ FAZEMOS ISSO QUANDOFALAMOS E MOSTRAMOS PARA ONDE ESTAMOSINDO. AÍ, TUDO SE TORNA CLARO COMOCRISTAL.
    • LIDERANÇA EM SI É UM COMPORTAMENTO, ECOMPORTAMENTO É UMA FUNÇÃO DAPERSONALIDADE E DA SITUAÇÃO.Muitos Treinamentos De Liderança São TentativasDe Mudar Os Aspectos Relativamente PeriféricosDa Personalidade, Conhecimento, Atitudes EConcepções. Todavia Para Prover Uma LiderançaNo Estilo Mais Democrático/participativo, SeráPreciso Ter Na Organização Uma Estrutura OuSeja, Um Quadro De Referência Da Autoridade EDos Controles, A Qual Reforce Esta Forma DeLiderar.
    • LIDERANÇA EM SI É UM COMPORTAMENTO, ECOMPORTAMENTO É UMA FUNÇÃO DAPERSONALIDADE E DA SITUAÇÃO.Não Conseguir Isso, Constitui Uma FalhaQue Tem Criado Em Muitas Organizações,Especialmente, Naquelas Que Pregam OEstilo De Liderança Democrática EParticipativa, Um Fosso Entre Palavras EAção, Entre O Enunciado Como Ideal E ASua Realidade.
    • Às Vezes Há Lideranças Que Conhecem ANecessidade De Agir Diferentemente, MasNão Colocam Isto Como Um "ImperativoInterno".Na Área Crítica De Relacionamentos ComIndivíduos Que Têm Mecanismos DeDefesa, Atitudes Enraizadas Em RelaçãoAos Outros, Às Punições Ou ÀsRecompensas, A Mudança Não É Fácil,Nem Deve Ser Tentada Levianamente.
    • Muitas Organizações Quando BuscamUm Líder Procuram Um Indivíduo QueTenha Habilidades Relacionadas ComA Tarefa.Na Maioria Das Vezes A Necessidade RealDe Liderança Para Aquele Caso, SugeririaA Exigência De Outras Habilidades, SejaNa Área De Formação E Gerência DeGrupos, Seja Na Detecção EGerenciamento De Necessidades
    • QUAL O PAPEL DO LÍDER DE HOJE?QUE POSTURA TERÁ QUE ADOTAR NO FUTURO?RESPOSTAS.
    • “A liderança positiva está focada noestímulo de trabalho construtivo,baseado em valores, possibilitandoo crescimento sustentado daorganização em que atua e odesenvolvimento das pessoas.”“A negativa está centrada namanipulação da estrutura emproveito próprio, visando a projeçãodo líder e resultados a curto prazo,desvinculados aos valores éticos emorais.“
    • “Em Qualquer Situação O Líder DeveSer Flexível O Bastante Para ExercerUma Liderança Diferenciada, DeAcordo Com a Maturidade De CadaUm Dos Componentes De Seu Grupo,Nunca Se Esquecendo De TratarTodos Com Muito Respeito".
    • “O líder positivo é aquele queconsegue resultados de sua equipede uma forma adequada eparticipativa com visão de time detrabalho e respeita às opiniõescontrárias, ao contrário do lídernegativo que deixa no caminho"mortos e feridos" ao atingir suasmetas”
    • ”O importante é que haja umacoordenação legítima, que utilize aliderança no local adequado, evitando queos potenciais de liderança da empresasejam canalizados para disputas internasao invés de somar em benefício daempresa e das pessoas”.
    • A MOLDURA DE COMPETÊNCIAEMOCIONAL
    • A MOLDURA DECOMPETÊNCIAEMOCIONAL
    • COMPETÊNCIAPESSOALCOMPETÊNCIAS QUEDETERMINAM COMO LIDAMOSCONOSCO
    • AUTOPERCEPÇÃOCONHECER OS PRÓPRIOS ESTADOSINTERIORES, PREFERÊNCIAS, RECURSOS EINTUIÇÕES
    • PERCEPÇÃO EMOCIONALReconher as próprias emoçõesAUTO-AVALIAÇÃO PRECISAConhecer os próprios pontos fortes e FracosAUTO-CONFIANÇACerteza do próprio valor e capacidade
    • AUTO-REGULAÇÃOLIDAR COM OS PRÓPRIOSESTADOS INTERIORES, IMPULSOSE RECURSOS
    • AUTOCONTROLELidar com emoções perturbadoras e impulsosMERECER CONFIANÇAManter padrões de honestidade e integridadeSER CONSCIENCIOSOAssumir a responsabilidade pelo desempenhopessoalADAPTABILIDADEFlexibilidade para lidar com as mudançasINOVAÇÕESSentir-se à vontade e aberto diante de novasidéias, enfoques e novas informações
    • MOTIVAÇÃOTENDÊNCIAS EMOCIONAIS QUE GUIAMOU FACILITAM O ALCANCE DE METAS
    • VONTADE DE REALIZAÇÃOEsforçar-se ara melhorar ou satisfazer um padrãode excelênciaDEDICAÇÃOAlinhar-se com as metas da equipe ou organizaçãoINICIATIVAEstar pronto para agir diante das oportunidadesOTIMISMOPersistência na perseguição das metas a despeitode obstáculos e reveses
    • COMPETÊNCIA SOCIALCOMPETÊNCIAS QUEDETERMINAM COMO LIDAMOSCOM RELACIONAMENTOS
    • EMPATIAPERCEPÇÃO DOS SENTIMENTOS,NECESSIDADES EPREOCUPAÇÕES DOS DEMAIS
    • COMPREENDER OS OUTROSPresentir os sentimentos e perspectivas dos outros eassumir um interesse ativo por suas preocupaçõesORIENTAÇÃO PARA O SERVIÇOAntever, reconhecer e satisfazer as necessidades dosclientesDESENVOLVER OS OUTROSPresentir as necessidades de desenovolvimento dos outros emelhorar sua habilitaçãoALAVANCAMENTO DA DIVERSIDADECultivar oportunidades através de diferentes tipos depessoasPERCEPÇÃO POLÍTICALer as correntes emocionais e os relacionamentos de poderde um grupo
    • APTIDÕES SOCIAISAPTIDÃO NATURAL PARA INDUZIRNOS OUTROS AS RESPOSTASDESEJÁVEIS
    • INFLUÊNCIAImplementar táticas eficazes de persuasãoCOMUNICAÇÃOEmitir mensagens claras e convincentesLIDERANÇAInspirar grupos e guiar grupos e pessoasCATALISADOR DE MUDANÇASIniciar ou administrar as mudançasGERENCIAMENTO DE CONFLITOSNegociar e solucionar desacordos
    • FORMAÇÃO DE VÍNCULOSEstimular os relacionamentos produtivosCOLABORAÇÃO E COOPERAÇÃOTrabalhar com outros, rumo a metas compartilhadasCAPACIDADE DE EQUIPECriar uma sinergia de grupo, buscando atingir metascoletivas
    • "Se As Pessoas Têm Que Trabalhar Juntas,Particularmente, Na Busca De SoluçõesComplexas, Devem Saber Apreciar E UsarA Sua Interdependência, A Fim De AlcançarA Eficácia Em Termos Tanto Da Tarefa,Quanto Da Auto-realização.Cada Um Deverá Conhecer E Aceitar AsForças E Fraquezas Do Outro, Bem ComoAprender As Maneiras De Lidar ComCaracterísticas Grupais, Tais ComoAutoridade E Conflito. Quando Uma EquipeConsegue Tal Nível De AberturaInterpessoal, Ela Poderá Tratar Da TarefaCom Muito Mais Eficácia.