I história da fotografia

5,419 views
4,973 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,419
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
307
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

I história da fotografia

  1. 2. FOTOGRAFIA LUZ ESCREVER
  2. 3. <ul><li>A espécie humana sempre desejou registrar as imagens vistas por ela. Os desenhos feitos pelo homem das cavernas são a constatação mais verdadeira dessa afirmativa. </li></ul>ALTAMIRA - ESPANHA LASCAUX - FRANÇA
  3. 4. O PRINCÍPIO FÍSICO DA FOTOGRAFIA <ul><li>Câmera escura (ou obscura) – ambiente totalmente vedado à entrada da luz, onde esta irá penetrar por um pequeno orifício, projetando para o interior uma imagem invertida. </li></ul>
  4. 5. O fenômeno físico-óptico de inversão da imagem se deve ao fato da luz (energia eletromagnética) se propagar em linha reta. <ul><li>Os raios de luz que são refletidos pela flor </li></ul><ul><li>passam pelo orifício e continuam sua </li></ul><ul><li>trajetória descendo de forma linear até a parte inferior da parede da câmara escura e vice-versa. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>As câmaras escuras eram utilizadas na antiguidade para observação de eclipses. O desenho mostra câmera utilizada pelo médico e matemático holandês Reinerus Gemma-Frisius </li></ul>
  6. 7. No século XVII o uso das câmaras obscuras ganharam utilizações diversas tais como: Utilizava uma câmara escura em Johanes forma de tenda, com lente bicon- Kepler vexa para fazer desenhos topogr á (astrônomo - 1620) ficos Athanasius Criou uma câmara em forma de li- Kircher teira que permitia ao artista se desl o- (jesuíta – 1646) car de uma cidade a outra ou andar pelo campo para desenhar ou pintar Antonio Autor de telas de Veneza (Itália) Canaletto criou uma câmera para produzir (pintor – 1665) desenhos com vistas panorâmicas de cidades mais fiéis à realidade
  7. 8. Câmera escura em forma de tenda para desenhos topográficos
  8. 9. No final da Idade Média, o renascimento das artes na Europa, vai criar nova função para as câmaras escuras: instrumento especial para desenhistas (utilizadas por 150 anos antes da invenção da fotografia
  9. 11. CÂMARA ESCURA EM FORMA DE MESA COM LENTE BICONVEXA UTILIZADA POR ARTISTA – 1769
  10. 13. <ul><li>Os avanços feitos nos séculos anteriores desenvolveram bem a parte ótica e mecânica do processo fotográfico. O processo de construção da máquina fotográfica estava maduro. </li></ul><ul><li>Porém ainda não havia sido inventada uma forma de fixar a imagem obtida pelas câmaras escuras. Iria entrar em cena as pesquisas envolvendo os componentes químicos. </li></ul>
  11. 14. O PRINCÍPIO QUÍMICO DA FOTOGRAFIA <ul><li>Em 1602 o cientista italiano Angelo Sala descobriu que alguns componentes de prata (nitrato de prata), escureciam quando expostos à ação da luz. </li></ul><ul><li>Ele chegou a fazer reproduzir algumas imagens com o nitrato de prata , que no entanto desapareciam com o tempo. </li></ul><ul><li>Com outros experimentos em que foram utilizados componentes de prata o problema foi o mesmo, ou seja, não se conseguia fixar a imagem. </li></ul><ul><li>Cento e vinte anos mais tarde um professor de medicina alemão chamado Johann Heinrich Shulze também descobriu as propriedades do nitrato de prata. </li></ul><ul><li>Em 1802 o inglês Thomas Wedgwood realizou experimentos colocando folhas de árvores e asas de insetos sobre papel e couro branco sensibilizados com prata, expondo-os ao sol. Obteve silhuetas em negativos, mas não conseguiu fixar estas imagens. </li></ul>
  12. 15. <ul><li>O francês Joseph Nicéphore Niépce , dono de gráfica e autor de experiências variadas com reprodução mecânica de imagens (heliogravura), utilizou uma emulsão de betume da Judéia (um tipo de asfalto) numa chapa metálica colocando-a dentro de uma câmara escura. Obteve uma imagem rudimentar dos telhados vistos da janela de sua gráfica. </li></ul>
  13. 16. Está é considerada a primeira fotografia da história se levarmos em conta que foi produzida utilizando meios mecânicos e uma uma emulsão sensível à luz – Joseph Nicéphore Niépce Chalons-sur-Saône - França 1826
  14. 17. <ul><li>Ao tomar conhecimento </li></ul><ul><li>das experiências de </li></ul><ul><li>Niépce, um outro francês, </li></ul><ul><li>Louis Jaques Mandé </li></ul><ul><li>Daguerre , que também </li></ul><ul><li>fazia pesquisas ligadas </li></ul><ul><li>à obtenção de imagens, </li></ul><ul><li>vai se associar a ele, e </li></ul><ul><li>juntos irão trocar experi- </li></ul><ul><li>ências conseguindo al- </li></ul><ul><li>guns progressos. </li></ul>
  15. 18. Porém esta sociedade não conseguiu produzir avanços substanciais nas experiências e em 1833 Niépce morreu, pobre e sem reconhecimento pelas suas descobertas. Grande parte da fortuna da família foi consumida com essas experiências. <ul><li>Enquanto esteve associado a Niépce, Daguerre </li></ul><ul><li>avançou em suas pesquisas com reações </li></ul><ul><li>químicas que envolviam o uso dos haletos de </li></ul><ul><li>prata em contato com a luz. </li></ul><ul><li>Em 1837 Daguerre conseguiu reproduzir com </li></ul><ul><li>fidelidade uma cena de seu estúdio parisiense. </li></ul>
  16. 19. Imagem obtida por Daguerre – uma lenda conta que a imagem teria sido obtida acidentalmente, após a imagem exposta ter sido deixada num armário e aparecer misteriosamente fixada na chapa de cobre. Um termômetro quebrado teria produzido vapores de mercúrio, que teria sido responsável pela revelação.
  17. 20. Daguerre apresentou, mais tarde os avanços desta sua descoberta à Academia de Ciências da França numa sessão especial, que se realizou em 19 de agosto de 1839, data que passou a ser considerada como o dia em que a fotografia foi descoberta.
  18. 21. Sátira à febre da fotografia. Espertamente Daguerre criou um kit de fabricação com tradução em oito línguas e dois meses após a apresentação do invento à Academia os daguerreótipos eram largamente comercializados em sete países da Europa e nos EUA.
  19. 22. <ul><li>Assim que o anúncio da de s </li></ul><ul><li>coberta de Daguerre chegou </li></ul><ul><li>ao Brasil, os jornais do Rio e </li></ul><ul><li>São Paulo começaram a pu- </li></ul><ul><li>blicar artigos de um francês </li></ul><ul><li>radicado em São Paulo, rei- </li></ul><ul><li>vindicando o descobrimento </li></ul><ul><li>de um método para reprodu- </li></ul><ul><li>zir imagens mecanicamente, </li></ul><ul><li>criado por ele seis anos an- </li></ul><ul><li>tes. Trata-se de Hércules </li></ul><ul><li>Florence. </li></ul>
  20. 23. A EVOLUÇÃO DA CÂMERA FOTOGRÁFICA 1939 1840 1851 1888/1900 1930 Tamanho Ajustável Placa úmida Kodak/Brownie Leica 31x36x51 cm
  21. 24. KODAK - 1888
  22. 25. GEORGE EASTMAN – 1890 – USA SUA KODAK A BORDO DE NAVIO

×