Your SlideShare is downloading. ×
0
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Meu primeiro beijo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Meu primeiro beijo

519

Published on

Sequência de atividades feita a partir do texto Meu primeiro beijo, de Antonio Barreto.

Sequência de atividades feita a partir do texto Meu primeiro beijo, de Antonio Barreto.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
519
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MEU PRIMEIRO BEIJO(Antônio Barreto)
  • 2. 1º Passo:• Questionar os alunos, através do título, sobrequal o assunto que o texto vai abordar;• Fazer relato de experiência se já vivenciaram oprimeiro beijo;• Levantamento se conhecem alguma músicaou outro texto que fale sobre beijo.
  • 3. Fazer enquete:Onde? Como? Quem foi? Para quemcontou? Foi como imaginava? (só cuidadoprofessor neste momento. Tente ser omais imparcial possível e não querer seaprofundar muito no assunto)
  • 4. Meu primeiro Amor Clip Tradução.wmvApresentar uma música que falesobre beijo
  • 5. Meu Primeiro BeijoAntonio BarretoÉ dificil acreditar, mas meu primeiro beijo foi num ônibus, na volta da escola. E sabem com quem? Com o Cultura Inútil! Pode?Até que foi legal. Nem eu nem ele sabíamos exatamente o que era "o beijo". Só de filme. Estávamos virgens nesse assunto, emorrendo de medo. Mas aprendemos. E foi assim...Não sei se numa aula de Biologia ou de Química, o Culta tinha me mandado um dos seus milhares de bilhetinhos:" Você é a glicose do meu metabolismo.Te amo muito!Paracelso"E assinou com uma letrinha miúda: Paracelso. Paracelso era outro apelido dele. Assinou com letrinha tão minúscula que quasetive dó, tive pena, instinto maternal, coisas de mulher...E também não sei por que: resolvi dar uma chance pra ele, mesmosem saber que tipo de lance ia rolar.No dia seguinte, depois do inglês, pediu pra me acompanhar até em casa. No ônibus, veio com o seguinte papo:- Um beijo pode deixar a gente exausto, sabia? - Fiz cara de desentendida.Mas ele continuou:- Dependendo do beijo, a gente põe em ação 29 músculos, consome cerca de 12 calorias e acelera o coração de 70 para 150batidas por minuto. - Aí ele tomou coragem e pegou na minha mão. Mas continuou salivando seus perdigotos:- A gente também gasta, na saliva, nada menos que 9 mg de água; 0,7 mg de albumina; 0,18 g de substâncias orgânica; 0,711mg de matérias graxas; 0,45 mg de sais e pelo menos 250 bactérias...Aí o bactéria falante aproximou o rosto do meu e, tremendo, tirou seus óculos, tirou os meus, e ficamos nos olhando, depertinho. O bastante para que eu descobrisse que, sem os óculos, seus olhos eram bonitos e expressivos, azuis e brilhantes. Eachei gostoso aquele calorzinho que envolvia o corpo da gente. Ele beijou a pontinha do meu nariz, fechei os olhos e senti suarespiração ofegante. Seus lábios tocaram os meus. Primeiro de leve, depois com mais força, e então nos abraçamos de bocascoladas, por alguns segundos.E de repente o ônibus já havia chegado no ponto final e já tínhamos transposto , juntos, o abismo do primeiro beijo.Desci, cheguei em casa, nos beijamos de novo no portão do prédio, e aí ficamos apaixonados por vária semanas. Até que omundo rolou, as luas vieram e voltaram, o tempo se esqueceu do tempo, as contas de telefone aumentaram, depoisdiminuíram...e foi ficando nisso. Normal. Que nem meu primeiro beijo. Mas foi inesquecível!BARRETO, Antonio. Meu primeiro beijo. Balada do primeiro amor. São Paulo: FTD, 1977. p. 134-6.
  • 6. Lendo e compreendendo o texto:•1º leitura do texto integral;•2º leitura segmentada, grifando as palavras desconhecidas, levantarhipótese sobre o significado dos termos desconhecidos – Perdigotos,Cultura Inútil;•3º Identificar o ambiente e o momento em que as ações sãonarradas;•4º Qual conhecimento o personagem utilizou para descrever sobreos acontecimentos durante um beijo? Conhecimento científico ouconhecimento informativo? (professor, neste momento se quiserpode-se trabalhar com a interdisciplinaridade)
  • 7. Estética do texto•Última leitura para apreciação do texto. (Aleitura desse texto nos remete à alguma outralembrança? Por exemplo: O ônibus te trouxe alembrança de uma viagem que fez com suaavó...).•Refletir sobre as sensações que cada beijo poderepresentar:
  • 8. Beijo...Uma demonstração decarinho!!!
  • 9. Atividade final: Produzir um relato sobreuma experiência vivida que tenhadeixado marcas em você.

×