Agradecimentos:
Á Deus, pelo dom da vida.
Meu Marido Antonio;
Minha Mãe Maria José e minhas filhas Priscila e Sara
Daiane;...
Sumário.
Prefácio
Eu, Maria de Fátima da Silva de Araujo.
Titulo: Palavras ao Vento.
Parte 1: Poesia da natureza
Amores im...
Prefácio
A amorosidade de que falo em minhas poesias, o sonho pelo
qual brigo e para cuja realização me preparo
permanente...
Capa:
Fátima Araujo
Como esta aqui ok.
Titulo palavras ao vento
Poesias
Aqui uma pena branca caindo como se o vento estive...
Epígrafe
“Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que
lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e
...
Natureza Eu Sou.
A natureza pede socorro na esperança de chegar, quando
governa na sombra queima, a sombra de teu olhar. A...
Um café
Para escrever poesia um café vai tomar menina sentada à
mesa com uma caneta vamos citar e verso dará, porque
poesi...
As rédeas da vida
Tomei as rédeas da vida para ela não me levar, hoje pede a
Deus perdoa os meus pecados os deste mundo, n...
Laços de uma rosa
Sonhar nunca é normal quando se tem um grande amor,
viver este amor sempre é bom, na forma do que passou...
Para você amiga
Você fez este desafio aqui te mostrei quem é. Você amiga é
virtude no despertar de alguém, bate que bate e...
Numa terra sem vida
Numa terra sem vida abandonada por amor, onde possa
esticar uma velha carcaça, até quero descansar, tr...
Meu destino
Sonho triste de uma mulher vê seu caminho com palavras de
incerteza a alegria do seu lar, dá pureza em felicid...
Jardim de rosas
O céu da vida no sol plantou, vestiu a luz da vida torta e
chorosa, refrescando a juventude no adormecer q...
Quando menina
Quando menina brincava com lenço branco na mão,
começava o vai e vem, aqui brincava de boneca, seu doutor
ju...
Árvore da vida
A árvore da vida leva tempo para crescer, ser completa e
aprender, com os erros é comum levar a dor de algu...
O filme que passou
Um filme passou no conflito do seu olhar, amor brilhante
momentos de gloria, purificada com sua pele ma...
Plenitude de um poeta
Nos dias em que vivemos o poeta se transformou, em ser
que tudo ver e se passa a pensar sastifeito n...
Conto de amigo
O amor é uma história no seu próprio ser conquistas que
duram todos os quer ver amor vivido e bem sempre
pr...
Abc do amor
No meu atento amor profundo antes e com tal zelo de
saudade sempre em face de cordeiro que balança o irmão
que...
A voz que seduz
Se a luz for tua alma com beleza de uma voz que seduz no
grito da contra voz quem és tu? Bela voz que a co...
Arquitetura da paz
Na arquitetura da paz se planeja rumo nos sonhos da vida
comprometendo o sonho amor atalho da vida em u...
Brilho de esperança
Minha vida tem esperança no reencontrar da alegria na noite
de saber de um brilho da lua no canto de u...
No ventre
Com a humanidade em declínio dês vencia o orgulho na
crença que nunca o mundo se devaneios com a mãe plena
natur...
Noite fria
Estão frias as horas que não se passa como forma de amor
na esperança do trabalho em busca que nunca encontrou
...
A pureza das palavras
No encontro do meu olhar a pureza foi buscar no fruto do
mar eu vim acalentar minha mãe é natureza a...
Retrato da natureza
Minha vida e seus limites à saúde também tem sabendo que
o tempo passa ninguém desamores tem a vida e ...
Fui paga
Fui paga pra te amar na conquista de seu olhar esperando o
teu viver na natureza de um romper inimigo vão adormec...
Amor de pai e mãe
Amor de pai e mãe esperança de um cristão filho de coração
não importa o torrão momentos de paixão foi g...
Meu beija flor
Caminhos do coração nunca perdem a razão aquele espaço
na manhã que a vida tem a dar meu beija-flor alegra ...
Quem sou eu?
Sou feliz e não sei fico triste sem saber hoje e dia quem sou
eu? Senhor? Vou saber se sou feliz sim senhor? ...
Não sei como sei
Não sei como sei as escrevo só sei que vem assim uma
palavra de alguém vera agora minha sofrer vem tudo q...
Doce encanto da vida
Ao encantamento da vida doce noite de luar canta o sabia ao
longe vem encantar como e bom o que tenho...
Sei quem quero ser.
Eu sou quem quero ser no verso dos inversos busco semear
amor e Paz pra depois colher o bem com Flores...
O poder da natureza
Verão de janeiro Na Praia o mar um dia eu vou Te contar
aqui sou praia meu mar e a minha a tua naturez...
Mulher mais velha
Na Praia eu VI formas contentes mais que bela e ao longe
estava mulher vivida feliz, pois estava com a C...
O que era?
As Artes contentes eu canto o canto da terra brilhante de
longe ela vem com traços predefinidos que encanta ao ...
Para viver
Vivo contente e em mim não me alegram o desespero alheio
e descontente comigo mesmo qual o meu longo fim sente-...
Quem ex tu
Eu sou quem quero ser na esperança de chegar nesta pagina
que surgiste 08 eu vou lá pra amanhã eu vou buscar fl...
Para encantar
Para encantar amigos espero estar em toda parte do planeta
que possa com esperança de encontrar todo o meu a...
Quem sou Eu?
Não sou poeta e nem nada sou quem vive o amor para
contigo retribuir a gentileza a real grandeza a natureza m...
Vida real
Vale apena
Imaginar quanta
Dádiva de Deus
Amor e ser amada.
Realidade ardente
Resta envaidecida
Adoçada alegreme...
Que brilho
Que o brilho do seu olhar... Em todos os anos que trilhar...
Seja intenso a cada dia de sua Vida!... Aos minuto...
Sabor de amizade
Pode ser neste dia que de te venha suplicar com tudo que
você venha no momento de festividade... É uma em...
FELIZ ANO NOVO
Na era da Internet hoje venho te dar, alegria de viver em um
momento vai chegar hoje e o fim de ano o nosso...
Uma Mulher
Uma mulher que estava sonhando com o ano 2008 nisso ela
vira muitas árvores bonitas todas à árvore tinha fotos ...
Criança
Quando era criança bastava o anoitecer Para não querer
viver na sombra do quero mais esperando o espelho e minha
i...
Olhar Vazio
Meu olhar está vazio nesta quem sou eu? Que chora nesta
noite que chove e as magoas rola em lagrimas que teima...
Escuridão da Noite
Na escuridão da noite um amor que dói te faz sofrer e
mesmo assim você é covarde por não ter coragem de...
Sem Alma e Dor
As dores que sentem sem alma nem cor na minem ia da
força que exprime o amor no momento seguinte reflete o
...
Dia Triste
Um dia triste hoje acordei e a vida ficou assim quando tive
fiquei alegre mais agora estou triste com a filha d...
A Essência da Vida
A essência da vida é saber acreditar compreender o que não
se pode, pois a vida nos proporciona o amor ...
Nunca
O Nunca e Mundo que se passou mais talvez sejam assim,
nunca Pode ser feliz como nunca é também não vê nunca
passar ...
Minha Canção favorita
Minha canção favorita e você amor no mais puro refrão me
apaixonar foi lindo como um dia hei de ver ...
Meu Pensamento
Meu pensamento mim distrai, pensando em você não tenho.
Meu pensar em forma de coração. No distrai do pensa...
Meu Refugio
No meu refugio procuro esquecer a dor, o grito o choro a
mãe de luto a perda do filho no relento que afligem a...
Selva de Pedra
Em plena selva de pedra eu vei, mico-leão dourado pássaros
a passear no meio dos estranhos eles vinha canta...
As Fabulas da Vida
As fabulas de areia o meu grito aqui suou na mais pura
alegria assim ficou vem comigo a buscar com cert...
Ola O Sábio Do Espelho
Olá sábio é o ser humano que tem coragem de ir à frente ao
espelho da sua alma para perguntar quais...
Dia
Como é bom saber que o dia está lindo, pois a luz brilhante
do sol resplandece no seio da mulher, mãe, amiga, amante
e...
Meu Querer
Meu querer é mais que querer o amor que se faz com
loucura invade a alma enche meu peito aquece que nos
deixa a...
O Que Era?
As Artes contentes eu canto o canto da terra brilhante de
longe ela vem com traços predefinidos que encanta ao ...
Para Viver
Vivo contente e confiante também em mim não me alegram
o desespero alheio e descontente comigo mesmo qual o meu...
Para Encantar
Para encantar amigos espero estar Em toda parte do planeta
que possa com esperança de encontrar todos os meu...
Quem sou Eu?
Não sou poeta e nem nada sou quem vive o amor para
contigo retribuir A gentileza, a real grandeza a natureza ...
“Dor que machuca”
Dor quando vem machuca o coração, a alma, o sentimento,
o corpo machuca a vida assim como você amiga, ir...
Natureza
O ramo que cai e física constante, assim meu.
Carinho também acapacidade da vida na história bacana
achar o reméd...
Chuvinha
Uma chuvinha miúda que cai constante tão triste, tão
constante é triste, que levou um daquelas feias e na ultima
...
Vida
Na vida sagrada do amor se busca viver na estrutura do
poder renascer alegria imperial que se deu os constantes
boato...
Tu ES
Tu ES a Marge?Pergunto-te é o amor da vida que as trago
sou! Venho trazer-te felicidade do que iniciou imaginava-te
...
Fátima
Felicidade que tens, tu deste pra todos agora se precisa viver
além do saber que tem. A proposta da vida agora tem ...
Acróstico
Amor proposta de vida sonhando com dor que busca o
fervor da paixão do amor.
Momentos de esperança que temos na ...
DIA 08 DE MARÇO O SER MULHER É...
Saber dar o perdão necessário, tentar recuperar o
irrecuperável entender o que ninguém m...
Amanhecer lá fora
Esta amanhecendo lá fora de uma noite fria e o cantar dos
pássaros vão alegrar seu dia de em nevoa a nes...
O Tempo
O tempo se faz espaço na estrutura do individuo o ar
primordial no decorrer da vida por este mesmo tempo ele
nos d...
O Poder Da Magia
A magia do pode gerar felicidade adoçar os corações a
magia da sedução transforma vidas o mágico de todas...
Natureza em transformação
Em meus contos agora te conto não seu como encanto, pois
escritora não sou minha natureza que ro...
No vai e vem amigo
Antes que o vai e vem comece vem anunciar com a voz de
infante (masculina) um intelectual o vai e vem a...
Estou só a cantar
Esta tarde soa a cantar fui pelas festas falsas da vida e aos
homens cantar pelo vinho que trago no berç...
Infinito amor
Sob o sol escaldante fico triste apensar vou mirando
horizonte contempla o céu sufoca á sombra através da vi...
BIOGRAFIA
Fátima Araujo, 44 anos é Paraibana nasceu em Sumé
(Paraíba) Casou-se com 38 anos no Rio de Janeiro chegou
há cid...
4ª capa
Nunca desperdice seu tempo de hoje relembrando o que
aconteceu ontem ou imaginando o que vai acontecer
Amanhã. Cad...
Orelha.
“Palavras ao vento” é um nome que é muito sugestivo foi
dado de forma inusitada: Conversava em um coletivo
quando ...
respeitarmos, pois o conhecimento desperta a consciência
para a realidade e a subsistência da espécie.
Natureza eu sou 30 de maio fatima vida atual outubro 2014
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Natureza eu sou 30 de maio fatima vida atual outubro 2014

650 views
518 views

Published on

UM LIVRO DE POESIAS EM FORMATO ADOBE.

Published in: Art & Photos
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
650
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
3
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Natureza eu sou 30 de maio fatima vida atual outubro 2014

  1. 1. Agradecimentos: Á Deus, pelo dom da vida. Meu Marido Antonio; Minha Mãe Maria José e minhas filhas Priscila e Sara Daiane; Meus Amigos; Ao colégio Guadalupe onde os meus primeiro versos foram escrito com o aval da minha querida professora Suely de Língua Portuguesa. Agradecimento especial aos professores: Flavio Sanctum de arte cênica da EAT PAULO FALCÃO. A Professora Patrícia de Oliveira da Penha de Língua portuguesa a revisora. Ao Professor Marcus Vinicius de Matemática. Para todos os admiradores da poesia. A Editora Multifoco que em mim acreditou e meu sonho se realizou.
  2. 2. Sumário. Prefácio Eu, Maria de Fátima da Silva de Araujo. Titulo: Palavras ao Vento. Parte 1: Poesia da natureza Amores impossíveis mais que na realidade e assim que se conduz a pura Felicidade. Universo sim senhor. Em meus contos agora te conto não sei como encanto agora que sou doutor em doutrina do escritor. Parte 2: Poesia Falo também das rosas arvores e flores vida e gratidão poesia com amor e tradição no eixo da emoção. A Natureza eu entrego meus sonhos e que ela vem cobrar a arrogância da ingratidão. O nunca e mundo que se passou. O céu da vida e cor quando o sol plantou a luz da vida é amor encantou. Parte 3: Poesia amor Aqui falo da grandeza da natureza onde de tudo encontramos destruição amor ambição equilíbrio e devoção. A natureza tá triste a espera do cuidar. Verso vai implantar poesias amiga é refrão nos versos da gratidão.
  3. 3. Prefácio A amorosidade de que falo em minhas poesias, o sonho pelo qual brigo e para cuja realização me preparo permanentemente exige de mim a experiência que não tenho no social trago qualidades e coragem de lutar ao lado da coragem o amor não e pela esperança uma cruz de braços a espera mover-me na esperança de luta pela igualdade social que em meu trabalho procuro ter assim conquista não nego a competência por outro lado de certos arrogantes mais lamento neles a ausência de simplicidade que não diminuindo em nada seu saber os faria gente melhor para que possa ser humanizado torna-lo mais sério com brincadeiras da vida sonhando e inviabilizando o amor se a educação sozinha não os transforma a sociedade vai fazer juntos com o sabor da poesia como as que aqui estão mudar a natureza do ser em busca de uma sociedade transparente que possa mudar alguém ou ninguém educa ninguém, mas a si mesmo pelo mundo que vivemos por aqueles que nos faz ser a transparência do amanhã se faz como faz poesia do fazer mais. Como vou contar e um café tomar para escrever poesia a um amigo buscar menina sentada há mesa com uma caneta na mão vou ditar e logo versos citar e aos meus amigos vou clamar em pleno sertão a paisagem vai acabar no canto do sabia meus amigos vamos contar um tributo ao poeta aqui estar.
  4. 4. Capa: Fátima Araujo Como esta aqui ok. Titulo palavras ao vento Poesias Aqui uma pena branca caindo como se o vento estivesse voando ela e na cor de café com leite claro. E a pena bem ao meio desta capa.
  5. 5. Epígrafe “Há homens que lutam um dia e são bons, há outros que lutam um ano e são melhores, há os que lutam muitos anos e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida e estes são imprescindíveis". (Bertolt Brecht)
  6. 6. Natureza Eu Sou. A natureza pede socorro na esperança de chegar, quando governa na sombra queima, a sombra de teu olhar. A natureza nós temos pedido pra cuidar não deixe ela, queimar por quê?Precisa sonhar! A natureza tá triste esperando o seu olhar, pedindo socorro no rio que vai chegar, vem pneus, lixo, vacas vêm cantando a te pedir, me limpa que to chegando ao avanço do seu olhar. Filho cuida de me como cuidas de você, não queima o manto sagrado que natureza eu sou! Vim limpar o pó de teu encantar, para seu olhar, pois ela está chegando e pedindo para plantar uma flor em seu olhar.
  7. 7. Um café Para escrever poesia um café vai tomar menina sentada à mesa com uma caneta vamos citar e verso dará, porque poesias para amiga unir e pintar o gostoso deste lar. Um café quentinho em forma de poesia vai contar-te amigo, meu eterno esplendor no entardecer, compartilhar este dia de fervor, brindar com uma xícara de café amargo, pois só ele é mais pretinho e gostoso, igual a outro não há. Amigo eu nunca te vi mais me deste este refrão, com belos versos te brindo, e poesia escrevo como você está, para ti lhe darei o por do sol, adeus amigo que vieste de tão longe para mim foste um irmão. Sol amigo a Deus te peço proteja sempre os irmãos com saúde , e saudade. Equilibra a estrela em forma de coração para ti ofereço a mais pura prece, em rosas, árvores e plena composição, que a virtude do homem Deus deixou a paixão, com versos e solidão.
  8. 8. As rédeas da vida Tomei as rédeas da vida para ela não me levar, hoje pede a Deus perdoa os meus pecados os deste mundo, nunca vi bondade de alguém, mas que agora vosmecê me deste em pedaços de viés. Mas quando as tenho não sei o que fazer preste bem atenção nos viés, pois para trás não se anda, o perdão da vida nunca tem sentido sem o amor de Deus, Deus perdoa o coração. Quando do mundo partir nada levo, mas meus planos agora é ver-te juntado as rédeas da tua vida, pois da minha alguém tomou, Deus quis que assim fosse abandonar a certeza do seu bem. Adotou esta atitude por falta do bem, se você amigo fez à infelicidade de alguém, tudo agora é sua vaidade também, porque esta é a sua virtude de alguém no colo do bem.
  9. 9. Laços de uma rosa Sonhar nunca é normal quando se tem um grande amor, viver este amor sempre é bom, na forma do que passou,foi à saudade do sonhar daquele alguém. Laço e nó que se desfaz, amor como o seu também, menina rompe e conquista a amizade, que sonhou no nó que se perdeu a harmonia da saudade do sonho de alguém. Rosas rimam com saudades de amor perdido por alguém, foi o romper da madrugada do laço de uma rosa também, a lua chora saudade do sonho de rosas vermelhas, em nó que se desfaz na pureza de alguém.
  10. 10. Para você amiga Você fez este desafio aqui te mostrei quem é. Você amiga é virtude no despertar de alguém, bate que bate e fofoca de você também. Venho com força e raça, buscando o meu também, um realce logo avistei, o olhar triste no vento me fez bem na floresta da vida você brilha também. Quando busco a brisa, para refrescar o meu bem, vem você amiga estranha reclamar do vento que o inverno traz. Faço agora, pois a brisa fresca também. Em outro momento você pede chuva, que não vem, reclama da má sorte, só porque não cai alegria, na festa do seu bem, será amigo o vento só sopra nos braços de alguém?
  11. 11. Numa terra sem vida Numa terra sem vida abandonada por amor, onde possa esticar uma velha carcaça, até quero descansar, tranquila onde a vida me fez o bem, pois no mundo estava esquecida no desabafo de alguém. Odeio o abandono que minha terra tem, desprezo os cordeiros, pois nem de esmola viveu, o vaga-lume que antes quisera ver a minha carcaça na caatinga esmorecer. Sem pena percorrei a terra, que um dia morei, hoje penso e fico triste só de imaginar, que há crianças vivendo lá, e nela meus pais vivem por lá. Procuro alegrar outras terras, onde descobri para morar, passo dia descansando no meu lar, pois mirraste em meu chegar para passar tranquila sem medo de ficar.
  12. 12. Meu destino Sonho triste de uma mulher vê seu caminho com palavras de incerteza a alegria do seu lar, dá pureza em felicidade na realidade que há. O teu pensar compreendi e até prestei atenção, apaixonada está? Com carinho vim implicar que menina danada o amor foi conquistar. Porque mulher de ti espera o segredo, o jeito de escorregar, no medo da origem da vida em virtude do olhar e agora me dá o destino da mulher que há.
  13. 13. Jardim de rosas O céu da vida no sol plantou, vestiu a luz da vida torta e chorosa, refrescando a juventude no adormecer que há, pois formada em um jardim, rosas Transformou. Também perfuma a vida no jardim do amor, a árvore mais bonita não exerceu valor, caem folhas de amor, o inverno chegou e logo encantou. Recebeu amor adormecido, graças ao perfume que no jardim brotou, em plena mocidade cantou no mundo do amor tua idade não importou se faz a chama em flores, pois milagre o corpo ofertou.
  14. 14. Quando menina Quando menina brincava com lenço branco na mão, começava o vai e vem, aqui brincava de boneca, seu doutor junto com as amigas e a brincadeira continuava, brincar de cozinha a mamãe e o papai chamavam meninas venham cá que a comida chegou... No quarto nós brincávamos, vamos agora cantar, uma canção de ninar, pois mamãe vai cantar uma canção de amor, e a papai vai dedicar, porque seu doutor agora vai contar cresci e hoje sou mulher no acumular da história, as brincadeiras passaram mãe agora sou, e ai seu doutor quanto vale o amor? Como vai o vai e vem do amor. Minhas amigas se foram, aqui fiquei na esperança de que serei doutora, e amor para cuidar, meus pais que no jogo do amor fazem parte do que começou, no encaminhar, viveu feliz até a separação seu doutor, e hoje na confraternização, amor em branco e solidão, logo seu doutor a ingratidão apareceu no amor, e em solidão se transformou a canção de amor.
  15. 15. Árvore da vida A árvore da vida leva tempo para crescer, ser completa e aprender, com os erros é comum levar a dor de alguém, desta vida lhe dará uma lição, no coração que sofre de amor. Como conseguir da vida um tempo que não basta você crê em Deus e no equilíbrio, amar as flores, sugere harmonia, onde não há contraste, nas raízes que vem do amor. Quantos séculos a árvore da vida leva, para construir alguém, as experiências da alma que perdoa a dor, demonstrando esportividade a falar de amor. Demoraste em aprender, com o sossego da flor amada e dizer que há esperança, onde fica o tempo para alguém que desconhece o amor? Ser completo com a vida, ou o que dela se retirar, para conviver com alguém, na árvore do amor, e sempre completar o ardor, da flor em teu amor.
  16. 16. O filme que passou Um filme passou no conflito do seu olhar, amor brilhante momentos de gloria, purificada com sua pele macia em nome do amor, pois viveu momentos na profundeza como pétala em flor, como a rosa no ágio caiu e aprofundou o amor. Assim como as rosas em clima de plenitude do amor no ventre glorificou, vai sorrindo cantar, no balanço da flor a fertilidade do amor. A dor que se foi no refletir da luz, uma pele macia com forma de nu, o filme passou e o conflito ficou o amor em rosas balançou com o orvalho a força justificou e o amor transformou.
  17. 17. Plenitude de um poeta Nos dias em que vivemos o poeta se transformou, em ser que tudo ver e se passa a pensar sastifeito nas formas de escrever seu pensar de amor. Por mais que se pesa nunca e demais vamos nos conscientizar ou a natureza morre e você verá que a ganância do homem com o poeta acabou. Em forma de motor no que se viu foi você produtor em vês de acreditar e a natureza salvar com o moto serra cortou o seu manto o matou. Na plenitude da vida o poeta acreditou e aos seus amigos gritou em forma de seu protesto ele escreveu um verso de agonia ele viveu meu amigo cresceu e logo depois morreu. Porque eles com o moto serra cortaram e a mata o desmatou em sua vida o desastre o transformou em carbono sua ganância a natureza ele matou. Em forma de poesia eu te escrevi e ao mesmo tempo me perecer porque assim peso cuida mais do me querer a natureza desfaz na agonia de um viver minha plenitude é ver a natureza crescer.
  18. 18. Conto de amigo O amor é uma história no seu próprio ser conquistas que duram todos os quer ver amor vivido e bem sempre programado cabe a todos nós viver compaixão amiga meu. Programa sua atenção vida com aspiração informa de coração para que nunca te falem com tristeza e aflição sempre afeta a solidão não dedem o cristão. Canção para amor nunca é um trovão fica esperando meu irmão em forma de coração fica nesta alegria até programar esta canção para compensar a solidão. Para que vivas uma história no seu vivido zelo da razão louve sempre meu irmão Deus no coração em forma de tardes mil espalha esta canção.
  19. 19. Abc do amor No meu atento amor profundo antes e com tal zelo de saudade sempre em face de cordeiro que balança o irmão que encanto se encanta seu pensamento de chão. Quero vive só cada momento em seu livro de louvor hei de espalhar meu canto e riso em derramar meu pranto no, entanto eu canto o abc do amor. Quando me procuro tão tarde quem amor sabe o canto a morte vem cantando angustia de quem vive sabe a solidão e o fim de quem ama e sorri. Que tudo possa dizer do amor (que tive): que não seja imortal ponto que é chamar, mas que seja infinito este amor (que vivi) enquanto agora que (vivi e dure).
  20. 20. A voz que seduz Se a luz for tua alma com beleza de uma voz que seduz no grito da contra voz quem és tu? Bela voz que a conduz na forma que contra luz a felicidade seduz. A luz voz que envolve na conta luz amor se presa aos perfis da voz da luz que refugia na vida e ampara ou o seduz na fortaleza que a conduz. Aos caminhos que serve angustia da voz que quem seduz a luz melhor e mulher que encanta a voz cativando a luz cantando o que seduz de quem caça a luz. E a voz para ser luz amordaça mais vive seduz o amor com a luz na sedução da voz no coração do caçador de quem a presa seduz o amor quem vem da luz.
  21. 21. Arquitetura da paz Na arquitetura da paz se planeja rumo nos sonhos da vida comprometendo o sonho amor atalho da vida em uma lasca da paz foi deitar na esperança da arquitetura de paz. Na vida busca a paz o amor foi prevaricado no atalho da arquitetura planejou o sonho no rumo amanhã a paz se refaz em esperança de paz. Quando a transparência da vida for plena valer, mãe não derramar lagrimas e pai ter pena um dia quando a arquitetura de paz busca o horror do cais. A paz não se arquiteta na busca de um ser conquista bem sucedida no conforto atalho que se quebrou a vida se planejou no rumo do amor em um amanhecer.
  22. 22. Brilho de esperança Minha vida tem esperança no reencontrar da alegria na noite de saber de um brilho da lua no canto de um alguém que para viver este se fez a esperança de ninguém. Sua vida foi dita esperança uma palavra doce que brilha a alma do fiel amor divino esperando o amor também parte dele busca contente o olhar de alguém. Esperança que se vive nos braços de um amor no jogo da juventude a conquista dos homens também, pois fortalecem o ouro e prata, pois o bronze desfaz o sonho que compartilha o brilho por você também. Homens que conquista ávida nos braços de um querer bem mais que atleta eles são, pois logo no pódio se trilhar a natureza de alguém que espera no brilho de alguém.
  23. 23. No ventre Com a humanidade em declínio dês vencia o orgulho na crença que nunca o mundo se devaneios com a mãe plena natureza conduz o ambiente também dos ambientes talvez a mãe natureza seduza. Se um dia precisar do ar para respirar não vou ter onde encontrar ou respiro da natureza mais como se não tenho em poluição as transformei os ricos rios e mar pra não falar nos pobres sem repiar o amor. A natureza te dar mais logo ela vem cobra reclama quem tem culpa a caminho nunca vai encontra luto por ela também, mas quem é pra dar o ar também. Esta no rio da razão no ventre aqui ficou, pois ela não te cobrou porque você fala de amor com respeito que perdura a confraternização do amor.
  24. 24. Noite fria Estão frias as horas que não se passa como forma de amor na esperança do trabalho em busca que nunca encontrou estudo do criador na pele do esplendor. E note este frio meu amor vai este sonho que ate aflita venho cuidar do amor para o criador em canção ela transformou para tu vim me ouça em forma de amor. Sabes hoje comemoramos o dia do trabalho mais eu nunca achei que estudando o amor foste encontrar a mais pura forma do criador. Não sei está frio e ao leite irei deitar para te encontrar neste frio amor juntos você meu querer vai fazer neste momento sonhar na sombra do amor te encontrei e sonhando bosque.
  25. 25. A pureza das palavras No encontro do meu olhar a pureza foi buscar no fruto do mar eu vim acalentar minha mãe é natureza aqui vou chamar natureza como você veio te cuidar. O seu olhar você a pular de alegria te encontrar em vez de querer enquanto mais me conduz a natureza seduz com amor ela produz a esperteza da luz. Sou linda exuberante sou alegria de muitos mesmo assim sou mar da natureza vim cuidar lavar a alma da mãe vida e humanidade que sou o ar dos corais estrelas do mar sou eu a dona dos mares sou a baleia a rainha do mar.
  26. 26. Retrato da natureza Minha vida e seus limites à saúde também tem sabendo que o tempo passa ninguém desamores tem a vida e seus dias longos como a vida os tem. Nos retratos a natureza que vida tem intrigante tem flores para o caminho conquistar se alguém nunca falou em seu coração de flor meu nome é amor. Nesta vida longa e triste na conquista de sabores sou senhora do meu destino mãe do amor nunca diz para o sonhador senhora do meu sabor retrata a natureza na vida do longo amor.
  27. 27. Fui paga Fui paga pra te amar na conquista de seu olhar esperando o teu viver na natureza de um romper inimigo vão adormecer no retrato do seu viver esperança te diz paixão pecado no coração fogo que arde e queima este coração. A esperança de um ser quando a paixão humilha queima a fonte do saber humilde ardente hás de ser que nunca verá você no retrato do bem querer a menina foi buscar. Foi feliz no compreender e ser das paginas da solidão de uma vida amor e rosas em paixão na esperança do teu coração teu ser e ser pecado na certidão.
  28. 28. Amor de pai e mãe Amor de pai e mãe esperança de um cristão filho de coração não importa o torrão momentos de paixão foi grande a emoção de pai mãe e filho no despertar do coração. Emoção do filho para com seus pais coração orgulhoso ser feliz caráter e compreensão vive esperando o perdão que pediu ao seu torrão em nome da paixão. Razão que não explica de onde vem este torrão pensou em encontrar neste chão hoje vivo esperando á voltar a este torrão em nome de um coração.
  29. 29. Meu beija flor Caminhos do coração nunca perdem a razão aquele espaço na manhã que a vida tem a dar meu beija-flor alegra a mãe natureza com seu amor que bate de flor em flor. Viva ávida do amor com alegria do beija flor fervor em seu espaço no coração de flor preenchendo cada beijo o beija flor vai beijando flor a flor. Na estrada que a vida tem nunca perca a sabedoria com ela se chega ao beija flor pela estrada da vida e dor como quer o beija-flor que de flor em flor alegria se multiplicou e se transformou.
  30. 30. Quem sou eu? Sou feliz e não sei fico triste sem saber hoje e dia quem sou eu? Senhor? Vou saber se sou feliz sim senhor? Como sei que sou feliz se não sei quem sou eu senhor? Universo sim senhor sou eu o único louco de amor quem sou eu meu senhor? Que vive de encontrar o amor na esperança do senhor quem sou si, senhor? Momentos felizes eu tive hoje talvez não saiba lembrei com saudades de uma grande paixão sim senhor saudades que se foi na esperança que passou. Elegante já foi senhor mandar flores para aquele grande amor vai dizer bem baixinho hoje perdoai meu amor sou feliz mesmo assim por viver desse amor.
  31. 31. Não sei como sei Não sei como sei as escrevo só sei que vem assim uma palavra de alguém vera agora minha sofrer vem tudo que um dia quero como ser alguém. Uma mulher fala da vida não e justa como ser mais alguém que nunca tem o amor de um rapaz vem se não sei com amor por este rapaz com palavra de quero mais. Outra fala que nada tem como se fosse o doce amor de alguém o que e justo hoje na vida se não sei como sabe minha causa foi cortada na fabula por alguém. Hoje vive de esperança como forma de martírio aquele que me deu amais pura que escrevo não sei como faço para ser este alguém com palavras que seduz. Foi um dia que não sei como e bom ser alguém na vida tudo que temos foi abençoado por Deus homem ou mulher não sabe como escrevo também não sei.
  32. 32. Doce encanto da vida Ao encantamento da vida doce noite de luar canta o sabia ao longe vem encantar como e bom o que tenho na sabedoria de alguém. Em completa plenitude vem cantar meus caminhos com perfume e o aroma de uma noite doce no olhar um de luar canta o sabia longa vida eis de cantar. Chora e canta vida louca desponta o dia vem, pois uma noite linda voa longe para em cantar o bem vem vindo o meu sabia na forma do meu bem. Cantando a vida no encanto de alguém na porção de um doce sonho pela sutileza sonora longe voa e canta meu bem com o caminho de seu doce vem voar pra longe do se mar.
  33. 33. Sei quem quero ser. Eu sou quem quero ser no verso dos inversos busco semear amor e Paz pra depois colher o bem com Flores quero ser cordialidade na semeadura dos aflitos e aos amigos. Quem semeia inveja Amim enoja, o invejoso que se limita a está capacidade agradece os meus sonhos, pois eles mim abraçou vemos a arte da superação com o individualismo. Mais Como escrevo versos serei eu aqui estou Na caverna de Platão buscando a vida, pois há vida daqueles que eram loucos a mim ficou o onipotente. Com a força da sabedoria que no passado mim foi potente hoje quero a esperança que pra mim ficou no presente e agora não volta mais. Assim dito Estes versos em forma de meus protestos querem mais sabedoria e respectividade, pois aqui quem os ama foi virtualidade saber que sou a forma da naturalidade.
  34. 34. O poder da natureza Verão de janeiro Na Praia o mar um dia eu vou Te contar aqui sou praia meu mar e a minha a tua natureza que vem desfrutar. O sol mais que quente há brilhar nas ondas deste mar. Na areia eu estava escutando contente o barulho do mar agitado eu via, porém trilhava nas ondas que quebrava na areia do mar. que alegre Te deixa no calor escaldante pra você refrescar. Está fria ou quente a noite que cai com chuva a brisa e logo refresca inspira-te que conto em verso, poema talvez mais assim tu ex-calor de verão. Ela clamou e eu a pensar Como é Linda vivente a natureza contente que encanta ao vento e canta o canto da chuva, o vento, o amante encanta confessa ao vento. Que a lagrima que CAI anuncia a chuva que CAI e da vida ao relâmpago.
  35. 35. Mulher mais velha Na Praia eu VI formas contentes mais que bela e ao longe estava mulher vivida feliz, pois estava com a Cara que tinha enquanto a outra buscava palavra para ela contar e a mais bela sabia que vida vivida eras contente por que sabia o que o outro não via era a beleza nas areia da Praia concorda e assovia, pois a mais bela não sabe que ao longe estava o amante daquela mulher vivida feliz, pois era o amante da mais bela contente.
  36. 36. O que era? As Artes contentes eu canto o canto da terra brilhante de longe ela vem com traços predefinidos que encanta ao conto é arte feliz, pois ela cedeu com brilhos e brilho nos pince procuro o encanto. Que o cedemos feliz e contente, pois aqui estava às artes do faz de conta o que eras tu no passado contente agora! Eu estou, pois na face da velha desfaça com traços que trilha na jovem. Não precisa mais quem é a bela que fica contente sorrindo que é a velha senhora que fica mais bela que a vida da jovem senhora que canta o canto da vida. Mas que era da vida feliz, contente no brilho das artes com traços marcantes da procura e na hora marcada vai embora esta jovem senhora.
  37. 37. Para viver Vivo contente e em mim não me alegram o desespero alheio e descontente comigo mesmo qual o meu longo fim sente- me repulsivo pelos próprios meios que aqui venho. E o teu nome é feito de água pai amada eu sou levarei comigo bem guardado como é doce lembrança de todos os que conhecem você e que pra mim responde mais. Para que Deus com sua bondade mim perdoe por caridade sou poeta da velocidade natureza e bem amado sou feliz como sou o teu nome e feito de amor. Só mesmo o brilho do passado da humanidade com tua força recomeçaram à moral mim confundiu o pai também semelhante é igual que triste destino o meu. Tão bom um afago a todos nós dedico o meu alento com amor à bondade assim eu prego: não nasci Para vive no sofrimento das maldades que os reprime a humanidade eu renego. Vou vive Para em cantar com poesia transformar que Deus abençoe a humanidade com amor eu irei reger meu canto a felicidade á Deus com amou.
  38. 38. Quem ex tu Eu sou quem quero ser na esperança de chegar nesta pagina que surgiste 08 eu vou lá pra amanhã eu vou buscar flores e margaridas E em meu jardim vou colocar plantas e quero mais. A natureza eu vou amar sem saber se cantarei agora meu amigo quem ex tu? Eu vou falar e Virtude que te responde sem pensar em que pagina está hoje vi tanta alegria em canção transformarei suou com amor viverei pra responder cuidando de nossas águas pra manhã não faltar Mais hoje tive fome de amor só que a natureza vem-me pedir socorro aqui vim pra trazer sua resposta cuida mais do seu solo para saber Agora quem ex tu?Quem sabe eu quero mais se falar quem ex vós te respondo e logo estarei na pagina oito vou está te esperando meu amor.
  39. 39. Para encantar Para encantar amigos espero estar em toda parte do planeta que possa com esperança de encontrar todo o meu amigo para a terra festeja. A vocês que mim visita aqui lhe retribuo com carinho e amizade e em todo o encanto mil gentileza venho e te peço venha aqui que a terra expressa um sentimento com saudades talvez mais
  40. 40. Quem sou Eu? Não sou poeta e nem nada sou quem vive o amor para contigo retribuir a gentileza a real grandeza a natureza mim deu uma força que não tive agora te agradeço sou poeta baronil.
  41. 41. Vida real Vale apena Imaginar quanta Dádiva de Deus Amor e ser amada. Realidade ardente Resta envaidecida Adoçada alegremente Lutando por toda vida.
  42. 42. Que brilho Que o brilho do seu olhar... Em todos os anos que trilhar... Seja intenso a cada dia de sua Vida!... Aos minutos... Que te dou... O que vale é a intensidade do fervor com que se vive este amor... Seja sempre você mesma! Que todos os seus momentos sejam repletos de amor e que todos sejam alcançados... E o amor seja realizado... Com o brilho de seus Olhos... Pessoas como você... Sempre colhem a grandeza quando a safra de amor logo vem à amizade com você amor profundo aborda do seu brilho... E felicidade... Você que não gosta de ser lembrando por seu feito e amizade aceite este refrão de uma... Grande amiga com sabor de liberdade...
  43. 43. Sabor de amizade Pode ser neste dia que de te venha suplicar com tudo que você venha no momento de festividade... É uma emoção está tal felicidade! Que Deus amigo lhe dê tudo com sabor de amizade hoje te venho dizer seja você a mais pura felicidade... Neste dia tão significante venho desejar que cada segundo de amizade venhamos a sua vida alegrar... Como hoje é esplêndido não posso dar-te todos os diamantes, mas que o Criador te der todas as maravilhas do mundo em forma de amizade e a cada instante você seja recompensado...
  44. 44. FELIZ ANO NOVO Na era da Internet hoje venho te dar, alegria de viver em um momento vai chegar hoje e o fim de ano o nosso amor é perfeito e agora os meus sonhos. Logo o novo ano vai chegar-te desejo amor e paz na esperança de alcançar assim como se abre uma rosa que desabrocha o ano novo vamos comemorar. Para aqueles que sonham uma virada na vida com os amores que há de vim com a esperança de ano novo feliz. Hoje com a Internet te desejo aquele abraço e um feliz 2009 com amor e fraternidade amiga está aqui para alegrar o seu dia 31 e vamos comemorar feliz ano novo.
  45. 45. Uma Mulher Uma mulher que estava sonhando com o ano 2008 nisso ela vira muitas árvores bonitas todas à árvore tinha fotos dos amigos que perdeu MÂE, PAI e AMIGOS em um belo momento pisaram. Numa lama e viu seu inimigo em pessoa que não gostava de começar o ANO 2009 esqueçam as magoas e o aborrecimento que Vai te fazer FELIZ e VOCÊ vai vencer o Ano que vai chegar feliz 2009 para todos não pense nos inimigos que a vida possa te dar pense nos momentos felizes que eles podem prorpocionar. Feliz ano novo este é meu desejo com saúde, amor e paz.
  46. 46. Criança Quando era criança bastava o anoitecer Para não querer viver na sombra do quero mais esperando o espelho e minha imagem refletir mais. Por que Deus nesta angustia infinita sabedoria Deus sua imagem a semelhas na sombra do quero mais. Uma criança acredita em tudo que a história conta-lhe: carochinha que cantava até tu tem medo quanto mais às criancinhas que logo a noite vem. Não importa como se conta mais sei que Deus só tem mesmo assim quero viver na sombra do quero mais, pois um sorriso vale o pranto do coração de criança aquela que beija mais.
  47. 47. Olhar Vazio Meu olhar está vazio nesta quem sou eu? Que chora nesta noite que chove e as magoas rola em lagrimas que teima em minha face rolar neste vazio do meu quarto está só a cantar. Uma canção de ninar para meu filho que vai chegar não sabe quando meu Deus deveria ser só alegria eu estou a sofre com a força que ainda mim resta sem o poder das flores que me aqueci para dormir. Eu te peço Senhor ajudo a viver com este amor eu sei que no pecado eu fiquei mais agora aqui estou vim pensar assim mais perdoa um coração magoado. Com esta forma de amor pesado de sofrer aqui estou a pedir vem a mim Senhor com amor eu estou em um coração que não sabe amar.
  48. 48. Escuridão da Noite Na escuridão da noite um amor que dói te faz sofrer e mesmo assim você é covarde por não ter coragem de abandonar a magoa corrói teu coração sem te dar trégua minha aflição e de não poder ser o que desejaria ser mulher mãe amada aqui eu em minha cama vazia mim despeço deste amor que só mim faz chorar. Minhas lagrimas rola em meu rosto pálido de dor no coração que mais uma vez só mim faz sofrer. Eu aqui nesta escuridão do meu quarto negro nesta noite chuvosa e as águas que rola no calçamento não leva o meu sofrer que amor é este que tens para viver assim em uma noite triste na escuridão do quarto.
  49. 49. Sem Alma e Dor As dores que sentem sem alma nem cor na minem ia da força que exprime o amor no momento seguinte reflete o branco com alma de cor quem sabe a dor que sentes não passe no cair do amor. Quem sente a dor vive a conte a face restrita com traços inquietantes, pois ela consome alegria da vida seu traço refina no ataque da dor sem alma e nem cor. Se a dor o confunde que pra sofrer amais importante a alma que sofre no recanto da cor mais que cor se não se ver, pois a vida Nunca teve cor o fenômeno da dor abala estremece o chão que pisa em forma de amor.
  50. 50. Dia Triste Um dia triste hoje acordei e a vida ficou assim quando tive fiquei alegre mais agora estou triste com a filha do irmão na curva da estrada foi encontra na desgraça em solidão. Porque tão logo fique triste como no desespero da vida alegria que tive foi logo ao nasceu daquele dia que passou o motorista chamado Jesus, pois agora estou triste. Com o que aconteceu tive filho que nunca tive mais um dia que tive um lindo momento na estrada que a vida logo desapontou hoje alegria passou e a tristeza aqui ficou. Conta um irmão que daquele lugar se chamava amor o sucesso glorificou e um lindo dia chegou e o momento acabou com dor que no coração ficou. Na esperança que tudo passa hoje acordei querido que no colo ele viesse em meu refugio com sucesso irmão uma mãe já não sei merece um filho que há. Ela deu uma curva turva na estrada o coração tão logo fechou pra vida Pois a ingratidão do filho que veio na Estrada do mundo a humilhação hoje tem sucesso e o filho do coração.
  51. 51. A Essência da Vida A essência da vida é saber acreditar compreender o que não se pode, pois a vida nos proporciona o amor Viva bem como ninguém. Viva a paz do mundo todo sejas como nunca você mesmo ponderado pois somente assim saberás colher o bem. O fruto da sabedoria você vai saber colher mais se não compreender viva a vida querendo o bem, pois a essência dela é o esplendor do meu bem. Acreditar na sabedoria humana logo vai aprender como fica a vida inteira para colher o bem na proporção do amor também.
  52. 52. Nunca O Nunca e Mundo que se passou mais talvez sejam assim, nunca Pode ser feliz como nunca é também não vê nunca passar Como também não te viu. Hoje está aqui amanhã já não sei mais mim diz como é o nunca que é terra de ninguém nunca ouvi falar que nunca fosse de alguém, porém, mas sei que nunca foi de você também mesmo assim como é o nunca, pois eu nunca vi o nunca de ninguém
  53. 53. Minha Canção favorita Minha canção favorita e você amor no mais puro refrão me apaixonar foi lindo como um dia hei de ver meus olhos nos seus e o coração bater juntos de emoção. Sabes nunca te vi e não posso falar como é A forma de amar, pois e como o vento que vem de mansinho, vem chegando bem baixinho e aos poucos vai devastando tudo que possa imaginar já que o vento não se ver e sim se sente o amor é assim você não ver mais sente te arrasando no fundo da alma vai nascer o tal amor profundo de dois ser se encontrando em Uma vida que passou e agora resplandeceu de novo amor.
  54. 54. Meu Pensamento Meu pensamento mim distrai, pensando em você não tenho. Meu pensar em forma de coração. No distrai do pensamento fico vivendo a ilusão de um dia você comigo ficar sem falar neste amor. Ficar pensando em você enche meu coração de tristeza e dor por não me querer na mais pura forma de amor. Não pensa querida que eu vá morrer hoje estou feliz porque vi você na mais pura razão de ser. Se o meu quere é brega de canção vai vive este amor sem refrão em meu coração.
  55. 55. Meu Refugio No meu refugio procuro esquecer a dor, o grito o choro a mãe de luto a perda do filho no relento que afligem a morte. No leito vem a magoa que chora a dor da vida da morte o grito de mãe no anseio o sofrer vem à sombra e acolher a flor na hora de chuva que cai e vare a dor. No chão o sangue derramado do filho e a mãe que chora de dor Em planto que grita quem foram? Por que fez a lágrima cair e ralar na face sublime de perde no refugia do Amor. Vem Maria e José vem todos as mães. A sofrer a perda da dor do filho o sangue derramar, querido que chore e grita a vida tirou com um tiro que alvejou o filho de todos Maria é José aqui pergunta?Para que logo se sabia quem foi o causador da morte daquela Maria Amou.
  56. 56. Selva de Pedra Em plena selva de pedra eu vei, mico-leão dourado pássaros a passear no meio dos estranhos eles vinha cantar para alegrar o dia daqueles que ali está as visitantes deste lindo habitar. No meio das árvores os micos a passear e logo ver seu habitar tomado por uma espécie estranha e chama seu companheiro para ajudar a espantar os seres invasores do de sua harmonia do lar. Logo vem o dia raiar e o Sol brilhar com um lindo raio chamando os bichos para cantar na aurora do clarear e eles felizes vem pular para se anunciar com seus amigos micos os pássaros a gralhar e ligo vai assobiar vai cantar e de suas penas nas arvores logo vai brilhar com os raios do Sol eles iram triunfar com seu preto e dourado seu mico amigo que bom o dia aqui se anunciou a gritar. Esta é a nossa selva de pedra que um dia aqui cheguei e encontrei os meus amiguinhos bichos para te estou a brilhar agora eu sou seu mais, puro raia do Sol com este brilho lhes dou o mais puro dourado de um dia que chegou.
  57. 57. As Fabulas da Vida As fabulas de areia o meu grito aqui suou na mais pura alegria assim ficou vem comigo a buscar com certeza no caminhar de que logo vou alcançar. Busco nas minhas calmarias o poder para meditar nas palavras que não se ver no falar que não as ouso vem logo pra fraquejá no compasso de meu caminhar. Vim buscar o que perdi no dia que aqui cai, pois agora quero encontrar logo o meu caminho na alegria de te ouvir te dou logo Esperança de falar e de ouvir as fabula da vida grita o meu sofre não escuto o teu cantar vem pra eu falar sei que meu grito é caminhar.
  58. 58. Ola O Sábio Do Espelho Olá sábio é o ser humano que tem coragem de ir à frente ao espelho da sua alma para perguntar quais são os meus erros na vida e depois reconhecemos e utilizá-los para que logo mais implante as sementes puras e inteligentes, pois as surpresas da Vida logo que você amado traga a mais bela semente qual e o Terreno mais fértil duque sua inteligência do sábio querido que Deus nos deu ele disse assim seja muito mais feliz com aquilo que voz te deu a plenitude do seu. Meu pensamento é felicidade e acordar pela manhã e ver o sol brilhar que lindo e as maravilhas de o mundo no desenhar a areia. Com felicidade eu abraço meu amigo apareceu o meu Par que pra ele ofereço rosas com chuva de amor nos raios do sol nascente. Ah!Que felicidade amiga e hora de dançar este na rima de cantar sem desafinar assim sejas, pois vou ganhar de alguém que nos foi dado e agora. Acreditar na felicidade é uma vitoria da vida folheada de ouro com o raio de sol no amanhecer do dia que canta a minha própria história. Há vida um recomeço com o mais valioso raio do lindo dia de sol que logo traz um laço de todas as cores que até parece um lindo arco-íris. Cada dia e um milagre na manhã de um novo dia a semente que trago agora vale mais que a pena, pois agente envolve a vida simplesmente no quero mais.
  59. 59. Dia Como é bom saber que o dia está lindo, pois a luz brilhante do sol resplandece no seio da mulher, mãe, amiga, amante emocionante vivente mulher neste dia de sol que brilho seus olhos traz a luz do amor da vida, da paz. Esperança no mirante da contrapartida você está. À vezes pensamos que nossas saudades são feitas para machucar mulheres, mas nos dias que se passam Percebemos que ela é a maneira mais certa e claro de sabermos o quanto gostamos de alguém. As pequenas flores são aquelas que darão fragrâncias maravilhosas mais alguns gestos pequenos Ou seja, será melhor duque o perfume das rosas o amor renasce em uma mulher. Um dia especial é a única flor que brota e cresce no meio dos espinhos sem ajuda. Que permaneça sempre cheio se rosas o jardim desta linda mulher em um dia de esperança pra ti.
  60. 60. Meu Querer Meu querer é mais que querer o amor que se faz com loucura invade a alma enche meu peito aquece que nos deixa assim deste jeito moleque. Sensação que e mais emoção mim deixando na contramão do amor de ti nos fazendo amantes irmãos no meio de tanta sedução. Que mim faz sussurrar os mais puros sentimentos e tocar nossa alma com suas mãos atrevidas que faz eu perder o fôlego.Que vibra de amor os corpos,espíritos e almas entrelaçados em busca da redenção tudo pela integração da vida Porque entre nós ocorre assim em alta frequência este amor sem contemplação meu querer.
  61. 61. O Que Era? As Artes contentes eu canto o canto da terra brilhante de longe ela vem com traços predefinidos que encanta ao conto é arte feliz, pois ela cedeu com brilhos e brilho nos pince procuro o encanto. Que o cedemos feliz e contente, pois aqui estava às artes do faz de conta o que eras tu no passado contente agora! Eu estou, pois na face da velha desfaça com traços que trilha na jovem. Não precisa mais quem é a bela que fica contente sorrindo que é a velha senhora que fica mais bela que a vida da jovem senhora que canta o canto da vida. Mas que era da vida feliz, contente no brilho das. Arte com traços marcantes da procura e na hora marcada vai embora esta jovem senhora.
  62. 62. Para Viver Vivo contente e confiante também em mim não me alegram o desespero alheio e descontente comigo mesmo qual o meu longo fim sente-me repulsivo pelos próprios meios que aqui venho. E o teu nome é feito água, pai, amada eu sou levarei comigo bem guardado como é doce à lembrança de todos os que conhecem você e que pra mim responde mais. Para que Deus com sua bondade mim perdoe por caridade sou poeta da velocidade, natureza e bem amado, sou feliz como sou o teu nome e feito de amor. Só mesmo o brilho do passado da humanidade com tua força Recomeçaram à moral mim confundiu o pai, também semelhante é igual que triste destino o meu. Tão bom eu me ufano a todos nós o dedico o meu alento com amor à bondade assim eu prego: não nasci para viver no sofrimento das maldades que os reprime a humanidade eu renego. Vou viver para em cantar com poesia transformar que Deus abençoe a humanidade com amor eu irei reger meu canto a felicidade á Deus com amou.
  63. 63. Para Encantar Para encantar amigos espero estar Em toda parte do planeta que possa com esperança de encontrar todos os meus amigos para a terra festeja. A vocês que mim visita aqui lhe retribuo com carinho e amizade e em todo o encanto mil gentileza venho e te peço venha aqui que a terra expressa um sentimento com saudades talvez mais
  64. 64. Quem sou Eu? Não sou poeta e nem nada sou quem vive o amor para contigo retribuir A gentileza, a real grandeza a natureza mim deu uma força que não tive agora te agradeço sou poeta baronil.
  65. 65. “Dor que machuca” Dor quando vem machuca o coração, a alma, o sentimento, o corpo machuca a vida assim como você amiga, irmão a dor te faz sofrer no ventre fadiga o meu corpo no tropeço nos meus sonhos de amor. Outono frio, já não há rosas nos jardins e a dor da vida continua fechando as fronteiras dos sentimentos as promessas me acavernam!Na fronteira estou febril ainda que parto em uma madrugada de dor. Redes de aventuras num fundo de incertezas quando dói um sonho que poderia ser compreendido, mas a dor os que entornam a alma no planeta do amor os sentimentos das sombras verdes e turvas na hora da dor.
  66. 66. Natureza O ramo que cai e física constante, assim meu. Carinho também acapacidade da vida na história bacana achar o remédio divide na providência de Deus. A natureza reclama do ar que poluem a vida contrai e destrói por falta de nós que na história que contas constantes, pois bem acapacidade que tinha de vida destruiu. Aganançia do homem destrói a vida que toca com a natureza é pior constrói a esperança de uma vida e logo o amor que tinha ele perdeu. O homem queimou as matas pra criar o pasto da vida esqueceu-se do Ar que respira e agora ele morreu sem ar e assim ele não pode ver o perdão de um viver que destrói.
  67. 67. Chuvinha Uma chuvinha miúda que cai constante tão triste, tão constante é triste, que levou um daquelas feias e na ultima hora intercalou esta triste vergonha do feio e a chuvinha tão triste percorre a beira da rua do cais. Sobre mim caia esta chuvinha triste que iria longe cair e levar os presentes nos destroços da tarde que cai chuvinha tão triste na beira do cais. O que é a vida? Mais precisamente que cai a chuvinha tão triste no entardecer do cais a rua de traz já estava triste de medo da triste chuvinha que cai na beira do cais. Por sua vez possuía umas cartas tão tristes que suas lembranças acompanhavam as verdades daquela chuvinha tão triste do cais que caia e levava suas tristezas da rua de traz que tinha no cais.
  68. 68. Vida Na vida sagrada do amor se busca viver na estrutura do poder renascer alegria imperial que se deu os constantes boatos que desceu. Que a vida chamou os bárbaros do amor e selvagem afirmarem que na historia do amor só alegria viveu. Um pai deu a seu filho amor e saber logo ele também vai crescer e afirmar seus votos da historia de Deus. Quem de fato mandava na vida era graças a Deus o pai constante na vida de Deus buscando no amor a estrutura no poder que renasceu, pois o bárbaro selvagem agora morreu.
  69. 69. Tu ES Tu ES a Marge?Pergunto-te é o amor da vida que as trago sou! Venho trazer-te felicidade do que iniciou imaginava-te feio meu anjo da vida. Pensava em ti com temor... É mesmo a vida?Ela insiste – Sim, torna-me anjo, A vida sou mestre que jamais engana, a tua amiga melhor. E o anjo foi-se aproximando, a vida tocou com infinita doçura as fortes mãos lhe curou... Era o carinho da vida de quem a vida o criou. Era a doçura da amada que amará com amor. A vida que tens alegra-se com amor, pois aqueles que têm jamais os julgaram. Sou filha do pai,do vento também sou eu que a vida tem a Marge do anjo que tem.
  70. 70. Fátima Felicidade que tens, tu deste pra todos agora se precisa viver além do saber que tem. A proposta da vida agora tem como vai saber se cabe a você só com palavra não ditas que tem de fazer à felicidade de quem. Tudo na vida se busca com amor e verdade não importa pra quem se sabe tão pouco o amor que tem. Irreverência tu tem só basta saber Agora somente te dito a natureza parece dizer-te agora que saudades De vós. Mente que busca a felicidade conquista saber agora no discurso da vida e tristeza constante uma chuvinha tão triste e medonha. Algum tempo só basta pra você que chegou agora mais na profunda Cartinha da vida que busco com louvor a natureza salvar com Determinado valor de agora.
  71. 71. Acróstico Amor proposta de vida sonhando com dor que busca o fervor da paixão do amor. Momentos de esperança que temos na vida amor, pois a Natureza sonhou com uma vida de amor. O tempo passou e a alegria Voltou com a esperança sem dor na busca de um sonhador, pois um dia ficou o amor. Rastreando a vida na esperança de preencher este amor com alegria e temor, pois a natureza que um dia o conquistou o homem queimou e destruiu o amor.
  72. 72. DIA 08 DE MARÇO O SER MULHER É... Saber dar o perdão necessário, tentar recuperar o irrecuperável entender o que ninguém mais vai conseguir desvendar da vida. Ser mulher é não ter vergonha de chorar, caminhar e sofrer por amor saber à hora certa do fim e esperar sempre por um Recomeçam. Mulher é ter arrogância de viver para pensar nos dissabores das desilusões, traições e decepções de uma vida de Mãe, esposa, amante... Feliz sempre. Ser mulher é cicatrizar feridas abertas pelas inúmeras vezes que deixou de viver suas próprias desilusões no amor por medo das feridas sangrando de dor ser mulher é ser sempre uma princesa não importa onde for ser imperatriz da vida mesmo que tenha dor para a vida toda seja como for, feliz oito de março dia internacional da Mulher.
  73. 73. Amanhecer lá fora Esta amanhecendo lá fora de uma noite fria e o cantar dos pássaros vão alegrar seu dia de em nevoa a neste sol que esta a brilhar. Quando no rio cheguei minha vida despertei para o mundo nas ondas do mar eu vim a brilhar como os raios de sol que vem chegar. No despertar de um novo dia menina dançante alegre vem mi dar beijos de amor e ramos de flor pra mostrar o seu viver. Vida contente caminhos que passa em espinhos na vida tudo há más você meu amigo logo vai trilhar no caminho da vida agora vai passar. Feliz está triste também menina sapeca que caminha a saltitar com alegria no peito cantando ela está. Na chuva que cai teimosa como ela não há sempre caindo e suas lagrima vão rolar no chão a brilhar na face da alma vem gritar tu és minha vida que a chuva alegre tá nos caminhos da vida cantante está. A nevoa branquinha que cai lá fora ela veio no dia como está ser ver o branco da nevoa onde tá no veio da noiva menina chorosa vem brilhar em caminhos de flores fortuna vai mostrar.
  74. 74. O Tempo O tempo se faz espaço na estrutura do individuo o ar primordial no decorrer da vida por este mesmo tempo ele nos dar a contrariedade de tudo pra que serve o tempo? O tempo nos faz pensa como somos autoritários e no espaço do tempo no Sentido do deslocamento do corpo e da alma à experiência contida nos instrumentos fundamentais para a vida em sociedade. O tempo é prioritário na organização do espaço a maquina que busca a cura em uma grande concepção, pois logo se ver o irmão na síntese da sustentação.
  75. 75. O Poder Da Magia A magia do pode gerar felicidade adoçar os corações a magia da sedução transforma vidas o mágico de todas as mágicas pode compartilhar com o seu irmão. O poder da magia com sabor de arrependimento Pelo que fiz ao meu irmão na hora da aflição olha a magia do perdão para que a transformação Venha acariciar mais um coração. A sedução do poder na forma da adoção em forma de compreensão na magia do coração que pula de emoção saltitante na hora de sua transformação com seu irmão.
  76. 76. Natureza em transformação Em meus contos agora te conto não seu como encanto, pois escritora não sou minha natureza que roga porem na hora do bem querer mãe e ser tão natural que na transformação de sua natureza. Relampeia no sertão o galo-campina canta, mas a coruja pia e o filhote gorjeia em suas plumas de amazonas que canta seus mares espanta o xique-xique que brota com as chuvas que vai caindo logo chega à primavera com seus coloridos a mil agora que se transforma a natureza gentil e em meus contos da mãe menina que ver junto à natureza a Esperança do Brasil.
  77. 77. No vai e vem amigo Antes que o vai e vem comece vem anunciar com a voz de infante (masculina) um intelectual o vai e vem ardente foi estabelecido no compasso que não sei que gente está que faz não sei que no vai e vem do dia. Com o entra e sai não sei como sei o vai e vem foi estabelecido no cantar da voz que está á falar com tanto compasso quem és amigo anjo que vai e vem á cantar no requinte da voz. Canta no vai e vem da alegria do compasso está vai amiga há soltar a voz no vai e vem do amor em um flagelo cantante quem ex que vai e vem. Que passa sem pensar que vai sem ver vai sem querer vem sem saber e no seu tempo vai e vem também sem contar á que veio.
  78. 78. Estou só a cantar Esta tarde soa a cantar fui pelas festas falsas da vida e aos homens cantar pelo vinho que trago no berço teu penar pela alegria recanto do mar e estou soa a cantar. A vida tarda o silencia tão grande solidão profunda dentro da alma e eu amamos-te como só pode olhar quem dar alegrias no reencontro de fogo. Esta tarde eu podia cantar pelas mais belas festas da vida amargas estranhas vinho bebeu que aos homens foi este abandonada. Eu amo-te vai perde-me momento de encontros foi de repente que resta uma perna esperança que tarda atiro o brilho mulher brancura do mar eu estou só a cantar alegria do amor.
  79. 79. Infinito amor Sob o sol escaldante fico triste apensar vou mirando horizonte contempla o céu sufoca á sombra através da vida na mira espera. No sono infinito vou sentindo uma brisa tão forte que sobre o peito no corpo dos raios do sol ficou amor gentil que queima escultural. Inclinando ela viu cintila os olhos no infinito horizonte sobre amor profundo vivendo ao longe no sol escaldante que sobre o corpo um raio ficou. Feliz quem pode dormir sem medo pensar sozinha e admirar o sol primeiro no meu caminho enfeita a vida que dela relança infundada inicia o medo que queima da vida.
  80. 80. BIOGRAFIA Fátima Araujo, 44 anos é Paraibana nasceu em Sumé (Paraíba) Casou-se com 38 anos no Rio de Janeiro chegou há cidade em 1996 onde moras até nos dias de hoje. Filha de agricultor e de uma dona de casa desde pequena trabalhou muito para estudar persistindo em seu crescimento intelectual que por acaso começa escrever quando ainda esta no ensino médio e desde então não parou trabalha na EAT onde estudou a arte de maquiar é formada em maquiagem artística não esquece á vida que levam felizes e contentes Tem duas filhas lindas um marido perfeito.
  81. 81. 4ª capa Nunca desperdice seu tempo de hoje relembrando o que aconteceu ontem ou imaginando o que vai acontecer Amanhã. Cada minuto da vida é único seja bom ou ruim jamais haverá outro igual por isso nunca pense naquilo que acabou mais sim naquilo que valeu enquanto durou que a árvore da vida te envolva na poesia no romance constante que atrevida tu sejas mais que nunca perca a natureza da vida. Sabei que o segredo das artes é corrigir a natureza humana no principio de igualdade irrefutável para ser irresistível há colo ele é! E será. A ideologia do pensamento é cada vez que pensamos refletimos no dia de amanhã ver Os instintos da diversidade humana no conceito do evoluir para á liberdade continua. Como pensamos? Basicamente na realidade Da vida no in tanto a ideologia responsável e nossa no sentir das coisas diante do existir humano na inquietação dos pensamentos moralmente como paradigma da linguagem da vida.
  82. 82. Orelha. “Palavras ao vento” é um nome que é muito sugestivo foi dado de forma inusitada: Conversava em um coletivo quando ouvi das pessoas que lá estavam, falando da vida que tinha e que ao mesmo, tempo gritavam e reclamavam que as ruas, ficavam sujas que ninguém as limpa, mas como? Tem tanta gente que trabalha da um duro danado para que, as ruas de nossa cidade fiquem, limpas e as pessoas são mal educadas jogam lixos na rua emporcalham tudo, quando chove vemos o resultado e de nada adianta falar-lhes, são com palavras ao vento e eis ai o título ao livro. E o seu conteúdo, tem tudo haver com o título, pois nele descrevo aquilo que desejo ou sinto da natureza seus alertas quanto á tudo que prejudica e fazemos a ela e consequentemente a nós mesmos ai se dar palavras ao vento. Para que nosso ato não venha ter consequência maior cuidemos melhor da nossa natureza e em meus pensamentos busquei manifestar os meus sonhos e anseios que me invade de esperança perante os efeitos que venhamos ter da Natureza porque quero habitar além dos meus sonhos “Desejos” que á poético com versos escrevia o que houve na madrugada acordava em pensamentos que as palavras ao vento que se jogam elas não voltam à utilização insistente em palavras se damos para que possamos refletir em nossas consequências e nos alerta que a natureza nos passa, vejamos de forma positiva sincera os resultados de não
  83. 83. respeitarmos, pois o conhecimento desperta a consciência para a realidade e a subsistência da espécie.

×