Your SlideShare is downloading. ×
0
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
KNX Automatica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

KNX Automatica

1,505

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,505
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
61
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. KNX Automatica Plataforma Móvel de Visualização e Gestão para um Sistema Domótico Baseado na Norma KNX 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 03/06/2011 Orientador: Prof. Doutor Tiago Camilo Pedro Pinto Co-Orientador: Prof. Mestre Fernando Melo ppinto (at) ipg.pt@2011 Instituto Politécnico da Guarda
  • 2. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Agenda  Domótica  Arquitecturas de gestão técnica/domótica  Protocolo KNX  Plataforma KNX Automatica  Trabalho Futuro@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 2
  • 3. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Domótica  Domótica – “domus”: palavra latina que significa casa – robótica: associado ao controlo automatizado  Funcionalidades – Conforto e Comodidade – Eficiência Energética – Segurança – Comunicações@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 3
  • 4. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Arquitecturas de gestão técnica/domótica  Arquitectura centralizada  Cablagem até controlador  Ponto de falha único  Arquitectura descentralizada X  Ultrapassa problema do único ponto de falha  Necessidade de BUS de comunicação@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 4
  • 5. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Arquitecturas de gestão técnica (2)  Arquitectura distribuída  Necessidade de BUS de comunicação  Comportamento idêntico ao das instalações tradicionais@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 5
  • 6. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Tecnologias Domóticas@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 6
  • 7. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Protocolo KNX@2011 Instituto Politécnico da Guarda 7
  • 8. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Protocolo KNX  Fusão de três protocolos europeus – European Instalation Bus (EIB) – European Home System (EHS) – Batibus  Propriedade da Associação Konnex – Certificação dos produtos – Formação – Normalização da protocolo  Sistema aberto – Qualquer fabricante pode desenvolver produtos KNX@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 8
  • 9. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Modelo KNX  Arquitectura do sistema KNX@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 9
  • 10. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Estrutura de uma rede KNX  Segmento de Linha – Máximo de 64 dispositivos  Linha – Até 256 dispositivos  Área – Agrega até 15 linhas – Linha principal  Domínio – Agrega até 15 áreas – Linha de área ou backbone@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 10
  • 11. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Endereçamento KNX  Endereços individuais – Endereço (físico): Identifica univocamente um dispositivo no bus (ex. 1.2.30)  Endereços de grupo – Endereço (lógico): Ligação de objectos de comunicação dos dispositivos (ex. 1/1 ou 1/2/1) Endereço de grupo (nível 2) Endereço de grupo (nível 3)@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 11
  • 12. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Comunicação  Acesso ao meio de forma livre  Tecnologia de acesso ao meio – CSMA/CA  Telegrama  Tipos de dados (DPT)@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 12
  • 13. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 KNX - Meio de transmissão  Par entrançado – Duas versões TP0 e TP1 – Comunicação assíncrona, half-duplex – Usa tecnologia CSMA/CA – Taxa de transmissão de 9600 bits/s (TP1)  PowerLine – Duas versões PL-110 e PL-132 – Comunicação assíncrona, half-duplex – Modelação transmissão em 110kHz e 132kHz respectivamente – Taxa de transmissão de 1200 bits/s (PL-110) e 2400 bits/s (PL- 132)@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 13
  • 14. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 KNX - Meio de transmissão (2)  Rádio frequência – Desenvolvido especificamente para o standard KNX – Frequência de uso livre 868.3 MHz – Taxa de transmissão de 16 kbits/s  Tecnologia Ethernet (IP) – Especificação no meio físico KNXnet/IP – Encapsulamento dos telegramas em pacotes UDP@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 14
  • 15. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Engineering Tool Software (ETS)  Ferramenta que permite planificar, projectar e configurar instalações baseadas na norma KNX@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 15
  • 16. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Plataforma KNX Automatica@2011 Instituto Politécnico da Guarda 16
  • 17. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Plataforma KNX Automatica Objectivo: Integrar e simplificar um conjunto de serviços Modelo de Comunicação@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 17
  • 18. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Plataforma KNX Automatica - Testbed@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 18
  • 19. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Plataforma KNX Automatica Interface Lights Interface Shutters@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 19
  • 20. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 Trabalho Futuro  Desenvolvimento para outras plataformas móveis (iOS, Wphone,…)  Módulo para monitorização e alertas  Sistema centralizado para visualização e análise de resultados@2011 IPG | 1º Simpósio do Mestrado em Computação Móvel 20
  • 21. KNX Automatica | Pedro Pinto@2011 QUESTÕES?@2011 Instituto Politécnico da Guarda 21

×