• Save
Estudo comparativo entre tesauros museológicos internacionais disponíveis online
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Estudo comparativo entre tesauros museológicos internacionais disponíveis online

on

  • 1,320 views

Apresentação de Trabalho de Conclusão de Curso, realizada em junho de 2012. Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Santa Catarina. ...

Apresentação de Trabalho de Conclusão de Curso, realizada em junho de 2012. Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal de Santa Catarina.
O estudo analisa tesauros internacionais existentes na área de museus de arte disponíveis online, adotando as recomendações das Normas ISO 2788-1974 e ANSI/NISO Z39.19-2005, motivado pelo interesse crescente na área museológica e pelas relações que são possíveis estabelecer entre esta e a Ciência da Informação. Com abordagem qualitativa e caráter exploratório, envolvendo procedimentos técnicos de pesquisa documental, o corpus analisado constitui-se de três tesauros internacionais disponíveis online, e foi submetido à análise por meio de um roteiro baseado nas características necessárias à elaboração de tesauros identificadas na literatura e nas Normas citadas acima. Os resultados indicam que os tesauros internacionais na área de museus de arte analisados cumprem com a maioria das normas que determinam a elaboração desta ferramenta. Deste modo, conclui-se que estes podem servir de exemplo para a construção e implementação de tesauros nesta área do conhecimento no Brasil.

Statistics

Views

Total Views
1,320
Views on SlideShare
1,320
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Estudo comparativo entre tesauros museológicos internacionais disponíveis online Presentation Transcript

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CURSO DE GRADUAÇÃO EM BIBLIOTECONOMIALuciana Stábile MonteblancoEstudo comparativo entre tesauros museológicos internacionais disponíveis online. Orientador: Dra. Lígia Mª Arruda Café
  • 2. Sumário1 Introdução2 Questão de Pesquisa3 Objetivos4 Revisão de Literatura5 Metodologia6 Etapas da Pesquisa7 Resultados8 ConclusãoReferências
  • 3. 1 Introdução• Tesauro + padronização terminológica e conceitual = facilita a recuperação da informação• Há de se estudar a aplicação de tesauros na área de Museus de Arte, pois neste campo a organização e classificação dos objetos/documentos, para posterior recuperação das informações, se faz necessária.
  • 4. • “[...] na medida em que os acervos museológicos não são vistos como fontes de informação, os museus brasileiros encontram muitas dificuldades em se organizar como sistemas que devem ser, de informação, isto é, intermediários entre documentos/objetos e usuários. Também não chegam a ser um espaço onde, com frequência, aflorem preocupações com o desenvolvimento de metodologias e instrumentos que visem a permitir, como acima foi dito, uma recuperação de informação mais eficiente.” (FERREZ; BIANCHINI, 1987, p.16).
  • 5. • Interesse crescente pela área museológica e pelas relações que são possíveis estabelecer entre esta e a Biblioteconomia/Ciência da Informação.• Estatuto dos Museus – Lei Federal 11.904/09, que estabelece a elaboração, implementação e avaliação permanente do Plano Museológico, como dever de todos os museus do país.• Estudo norteado pelas Normas Internacionais ISO 2788-1974 e ANSI/NISO Z 39.19-2005
  • 6. 2 Questão de Pesquisa• Quais os tesauros internacionais existentes na área de Museus de Arte e de que forma os mesmos estão estruturados?
  • 7. 3 ObjetivosObjetivo Geral:• Analisar os tesauros internacionais existentes na área de Museus de Arte disponíveis online, adotando as recomendações das Normas ISO 2788-1974 e ANSI/NISO Z39.19-2005.
  • 8. Objetivos Específicos:• a) Levantar e selecionar tesauros internacionais existentes na área de Museus de Arte disponíveis online;• b) identificar e selecionar as recomendações referentes a estrutura dos tesauros;• c) converter as recomendações em critérios para análise;• d) aplicar os critérios nos tesauros escolhidos como objetos de estudo;• e) avaliar e sintetizar as características identificadas nos tesauros.
  • 9. 4 Revisão de Literatura• Organização do conhecimento (sistemas de organização do conhecimento e tesauros);• Museus e sua importância na sociedade;• Normalização técnica na produção científica.
  • 10. 5 MetodologiaQuanto ao seu propósito:• caráter exploratórioQuanto à sua abordagem:• qualitativa
  • 11. • Procedimentos técnicos de pesquisa documentalCorpus da pesquisa:1) Art & Architecture Thesaurus, do The Jean Paul Getty Museum, Estados Unidos;2) Lista de Términos Museológicos de Arte, do Catálogo Coletivo Acceder, do Governo da Cidade de Buenos Aires, Argentina;3) Materials Thesaurus, do British Museum, Inglaterra.
  • 12. 6 Etapas da Pesquisa• Estudo das normas internacionais e de diversos trabalhos da área.• Selecionaram-se as recomendações referentes à estrutura dos tesauros.• As recomendações selecionadas referem-se aos aspectos gerais da estrutura dos tesauros, aos aspectos terminológicos e aos aspectos referentes às relações existentes entre os termos.• Como instrumento de análise do corpus, elaborou-se um roteiro, composto de três (3) quadros, tomando como referência o trabalho de Debiazi (2009), que realizou um estudo comparativo desta semelhança para área de Direito.
  • 13. Os quadros dividem as variáveis em:• aspectos gerais (introdução, formatos de saída, vinculação a uma base de dados, possibilidade de propor novos termos);• aspectos terminológicos (forma substantivada, adoção do singular, qualificadores, identificadores, modificadores, notas explicativas);• os aspectos referentes ás relações existentes entre os termos (equivalência, hierárquica, direta, indireta e associativa).
  • 14. 7 ResultadosAspectos Tesauro 1 Tesauro 2 Tesauro 3GeraisPossui X _____________ Xintrodução?Formatos de X X XsaídaapresentadosEstá vinculado a X X Xuma base dedados?Há possibilidade _____________ _____________ Xde propor novostermos?
  • 15. Aspectos Tesauro 1 Tesauro 2 Tesauro 3TerminológicosTermos na forma X X Xsubstantivada?Adoção do X X Xsingular?Qualificadores? X ___________ ____________Lista de _____________ X ____________Identificadores?Lista de _____________ ____________ ____________Especificadores/Modificadores?Notas X X XExplicativas?Função das Notas X X XExplicativas?
  • 16. *relação existente, mas com ressalvas. Aspectos sobre Tesauro 1 Tesauro 2 Tesauro 3 a relação entre conceitos Relação de X X* X equivalência e símbolo Relação X X X hierárquica e símbolo Relação direta X X X Relação indireta X X X Relação X X X associativa, símbolo e natureza
  • 17. • Identifica-se como tesauro 1 o Art & Architecture Thesaurus; tesauro 2 a Lista de Términos Museológicos de Arte, e tesauro 3 o Materials Thesaurus.• AAT e o MT são os tesauros mais completos. A LTMA fica logo atrás, com uma variável a menos que os demais.Aspectos gerais• Introdução: presente em dois dos tesauros analisados (AAT e MT).• Formatos de saída: o sistemático e o alfabético-estruturado são os mais adotados. No caso específico do AAT, o formato é sistemático, mas encontra-se organizado hierarquicamente por facetas e não de forma alfabética.• Vinculação a uma base de dados: todos os tesauros encontram-se vinculados a base de dados da instituição as quais pertencem.• Possibilidade de propor novos termos: somente um tesauro ofereceu esta possibilidade (MT).
  • 18. Aspectos terminológicos• Termos na forma substantivada e adoção do singular: presentes em todos os tesauros analisados.• Qualificadores: apenas em um dos tesauros (AAT).• Identificadores: somente em um dos tesauros (LTMA).• Listas de termos especificadores/modificadores não foram encontradas em nenhum dos tesauros analisados.• Notas explicativas: presentes em todos os tesauros.
  • 19. Aspectos sobre as relações entre os conceitos• Relação de equivalência (símbolos USE/UP): Em nenhum dos tesauros analisados os dois símbolos foram utilizados juntos.• Relações hierárquicas (símbolos TG e TE): um dos tesauros analisados não apresentou os dois símbolos (AAT).• As relações direta e indireta acontecem em todos os tesauros.• Relações associativas: acontecem em todos os tesauros analisados. O que difere é a natureza das mesmas, podendo ser encontradas naturezas do tipo matéria/técnica; matéria/processo; objeto/disciplina de estudo; instrumento/processo; todo/parte e produto/matéria, indicando a infinidade de tipos de natureza passíveis de existência dentro de um tesauro.
  • 20. 8 Conclusão• Visão aprofundada e crítica relacionada à área da Biblioteconomia e da Museologia.• Ganho de conhecimento nestas áreas, especificamente na área de organização do conhecimento e SOC.• Dentro do contexto no qual estão inseridos, os tesauros analisados desempenham um papel adequado na organização e recuperação da informação.
  • 21. • Alguns tesauros possuem algumas características diferenciadas.• É no trabalho diário que é possível observar a funcionalidade das ferramentas, e o quanto estas auxiliam realmente o usuário, ou não.• No campo dos Museus de Arte, o Brasil não conta com ferramentas que auxiliem na organização e recuperação adequadas da informação.• A implementação de tesauros nesta área no país seria de grande valia.
  • 22. Referências• AMERICAN NATIONAL STANDARDS INSTITUTE. ANSI/NISOZ39.19-2005. Guidelines for the Construction, Format, and Management of Monolingual Controlled Vocabularies. 2005. 184 p.• Art & Architectur Thesaurus Online. The Getty Research Institute. Disponível em: <http://www.getty.edu/research/tools/vocabularies/aat/index.html> Acesso em : 17 jun. 2012.• FERREZ, H. D.; BIANCHINI, M. H. S. FUNDAÇÃO NACIONAL PRO-MEMÓRIA (BRASIL) Coordenadoria de Acervos Museológicos. Thesaurus para acervos museológicos. Rio de Janeiro: Fundação Nacional Pro-Memória, Coordenadoria Geral de Acervos Museológicos, 1987. 2v. 482p.
  • 23. • INTERNATIONAL STANDARDS ORGANIZATION. Information transfer. In: ______. ISO/R 2788-1974: Documentation– Guidelines for the establishment and development of monolingual thesauri. Genebra, 1982, p. 120-134.• Lista de Términos Museológicos de Arte del Catálogo Colectivo Acceder. Disponível em: <http://www.buenosaires.gov.ar/areas/cultura/dgmcultura/?setLang= es> Acesso em: 17 jun. 2012.• Materials Thesaurus. British Museum. Disponível em: <http://www.collectionslink.org.uk/assets/thesaurus_bmm/matintro.h tm> Acesso em: 17 jun. 2012.
  • 24. Obrigada! Museu de Arte de Santa Catarina - MASC