Parte1a
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Parte1a

on

  • 190 views

 

Statistics

Views

Total Views
190
Views on SlideShare
190
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as OpenOffice

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Parte1a Parte1a Presentation Transcript

    • Sistemas Operacionais Introdução
    • Sistema Computacional HW+SW+usuários
      Hardware
      Operating
      System
      User Programs
  • Uma ou mais CPUs, controladores de I/O e memórias conectados através de um barramento comum
      Organização de um Sistema Computacional
  • 1) Um alocador de recursos Gerencia recursos. Gerencia conflitos nas requisições de recursos. 2) Um programa de controle Controla a execução de programas: proteção, segurança, tratamento de falhas.
      O que é um SO?
    • Em lote ( batch )
    • Multiprogramação (em lote)
    • Tempo compartilhado
    • Interativos
    • Paralelos (CPUs fortemente acopladas)
    • Distribuídos (CPUs fracamente acopladas: LAN, WAN, MAN)
    • Agrupados ( cluster )
    • Tempo real: não-críticos ( soft ), críticos ( hard )
      Tipos de Sistemas (SO)
  • SOs são dirigidos por interrupções Vetor de interrupção -> intHandler void intHandler (void) { }
      Interrupções
    • Exemplo do uso de syscall pela biblioteca C padrão
  • Proteção -> syscall ( trap para o núcleo)
      Operação em modo dual (HW e SW)
    • Qualquer sistema de processamento de informações que tem que
    • responder a estímulos de entrada gerados externamente dentro de
    • um período finito e especificado
      • A correção depende não apenas do resultado lógico mas também
      • do tempo em que é entregue
      • A falha em responder no tempo correto é tão ruim quanto a resposta
      • errada
      O que é um sistema de tempo real?
    • Críticos ( hard real-time )
    • é absolutamente imperativo que a resposta ocorra dentro do prazo
    • especificado ( deadline ), e.g. sistema de controle de vôo, sistema
    • de missil teleguiado, indústria automotiva : ABS, frenagem, aceleração
    • ( drive by wire ), suspensão ativa
    • Não-críticos ( soft real-time )
    • sistemas onde os deadlines são importantes mas que funcionarão
    • corretamente se aqueles forem perdidos ocasionalmente, e.g. tocador
    • de vídeo (mpeg, avi), telecomunicações: VOIP, televisão digital, vídeo
    • conferência
      Sistemas de Tempo Real
    • [1] Real-Time Systems and Programming Languages . Burns A., Wellings A.
        2nd edition
      [2] Análise de Sistemas Operacionais de Tempo Real Para Applicações de
        Robótica e Automação. Aroca R. V. Dissertação de Mestrado.
      [3] Operating System Concepts . Silberschatz, Galvin, Gagne. 8 th edition [4] Sistemas Operacionais Modernos. Tanenbaum 2a edição
      Bibliografia