Monumentos
de
Luís Oliveira, nº10
Patrícia Pereira, nº14
Big Ben
O Big Ben, ao contrário do que muitos pensam, não é o famoso
relógio do Parlamento Britânico, nem tão pouco a sua ...
Palácio de Buckingham
O Palácio de Buckingham tem servido de residência oficial dos
soberanos Britânicos desde 1837. Tem o...
Bitish Museum
É um dos melhores e mais antigos museus do mundo. Foi inaugurado em 1749, como gabinete de
curiosidades. A c...
1

Eis alguns pontos fundamentais:
•A Pedra de Rosetta1, a chave para a decifração dos hierógifos
• Esculturas do Pártenon...
Tate Modern
É o projecto mais popular dos Projectos do Milénio. Os
arquitectos criaram um ícone imediato ao transformar a
...
Tower Bridge
A Tower Bridge é uma ponte do rio Tamisa inaugurada a 30 de Junho
de 1894 e é um ponto turístico muito visita...
Catedral de S. Paulo
A Catedral de S. Paulo incorpora a vida espiritual e a herança
do Povo Britânico. Actua como um impor...
Ponte do Milénio
A Ponte do Milénio, oficialmente conhecida por Ponte
Pedestre do Milénio e apelidada de “Ponte Wobbly”,
a...
London Eye

Num dia de céu limpo, a partir da maior roda panorâmica do
mundo (135 m de altura), pode-se avistar até 40 km,...
Abadia de Westminster
É um dos locais mais sagrados e simbólicos de Inglaterra. Os reis foram
todos coroados nesta abadia ...
Monumentos de Londres
Monumentos de Londres
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Monumentos de Londres

6,036

Published on

Este é um pequeno trabalho que eu fiz para a disciplina de Tecnologias de Informação e Comunicação no 9º ano sobre os principais monumentos da cidade mais bonita do mundo, Londres. Monumentos como o Big Ben, a London Eye, o Palácio de Buckingham, o Museu Britânico, o Tate Modern, a Tower Bridge, a Catedral de São Paulo, a Ponte do Milénio e a Abadia de Westminster são descritos neste trabalho tendo como por base a o guia sobre esta cidade da Lonely Planet. Espero que gostem e partilhem.

Published in: Travel
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
6,036
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
85
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Monumentos de Londres"

  1. 1. Monumentos de Luís Oliveira, nº10 Patrícia Pereira, nº14
  2. 2. Big Ben O Big Ben, ao contrário do que muitos pensam, não é o famoso relógio do Parlamento Britânico, nem tão pouco a sua torre. É o nome do sino, que pesa 13 toneladas e que foi instalado no Palácio de Westminster em 1859. O Palácio de Westminster foi destruído pelo fogo de 1834 e nas novas construções decidiram construir uma torre de relógio. Todos os dias, a rádio BBC transmite as badaladas do sino. O sino mede quase 3 metros de diâmetro e pesava 13,5 toneladas. É o ex-libris de Londres pelos seus detalhes e tem dado as badaladas na passagem de ano, pois é o relógio mais exacto do mundo.
  3. 3. Palácio de Buckingham O Palácio de Buckingham tem servido de residência oficial dos soberanos Britânicos desde 1837. Tem o maior jardim privado de Londres. Apesar de ser utilizado para eventos oficiais, o palácio é visitado por mais de 50 mil pessoas por ano em banquetes, almoços, jantares, etc., e está aberto a turistas de Agosto a Setembro, mas não é considerado um museu. Tem 775 quartos fazendo parte dele um salão de baile, com 37 m de comprimento e 14 de altura sendo a maior sala, galeria Oeste e a Sala de Jantar Estatal. Quatro bebés da realeza (como o Príncipe William) foram baptizados na Sala de Música de Canterbury.
  4. 4. Bitish Museum É um dos melhores e mais antigos museus do mundo. Foi inaugurado em 1749, como gabinete de curiosidades. A colecção actual compreende cerca de 7 milhões de objectos. Foi ampliada ao longo dos anos através de aquisições e de um controverso saque. É o local mais visitado de Londres pois atrai em média 5 milhões de visitantes por ano. O grande pátio interior, fechado ao público por mais de 150 anos, foi inaugurado em 2000, sendo assim a maior praça coberta da Europa. Um tão assombroso design dá acesso ao labirinto que é o museu e, graças a ele, uma colecção extraordinária torna-se mais acessívela visita de galerias dedicadas ao Egipto, Ásia Ocidental, Grécia, Oriente, África, Itália, Britânia pré-histórica e romana ou à Idade Média.
  5. 5. 1 Eis alguns pontos fundamentais: •A Pedra de Rosetta1, a chave para a decifração dos hierógifos • Esculturas do Pártenon2 que antigamente ornamentavam as paredes do Pártenon na Acrópole de Atenas • O barco funerário de Sutton Hoo • O Homem de Lindow3 é um homem que foi golpeado na cabeça com um machado e cujos restos mortais estiveram guardados num pântano até que uma escavadora o cortou ao meio. •O tesouro de Oxus 3 2 No centro do Grande Pátio (o coração do museu) está a mundialmente famosa Sala de Leitura, a antiga Biblioteca Britânica, onde estudaram e procuraram inspiração nomes como Mahatma Gandhi, Oscar Wilde. A restaurada King’s Library, uma jóia arquitectónica de 1820, que antigamente albergava a biblioteca de Jorge III é agora especializada na evolução dos museus.
  6. 6. Tate Modern É o projecto mais popular dos Projectos do Milénio. Os arquitectos criaram um ícone imediato ao transformar a estação eléctrica de Bankside, até então vazia, mantendo a chaminé central. Não é de estranhar que tenha atraído 5,2 milhões de visitantes no primeiro ano, tornando-a a segunda atracção mais importante de Londres. Alberga muitas obras importantes, entre elas, o Concert for Anarchy ou a Mulher em Camisa e pinturas de Matisse e Andy Warhol. As cafetarias o bar são famosos pelas fabulosas vistas da cidade.
  7. 7. Tower Bridge A Tower Bridge é uma ponte do rio Tamisa inaugurada a 30 de Junho de 1894 e é um ponto turístico muito visitado em Londres e uma das pontes mais famosas do mundo. Localizada ao lado da Torre de Londres, já foi cenário de vários filmes como o ”Sherlock Holmes” e “007” sendo em 2002 escolhida pela BBC como um dos melhores edifícios do Reino Unido e demorou 8 anos a ser construída por 432 trabalhadores. Tem 244 m de comprimento e 42 de altura máxima. Tirar fotografias é uma das actividades turísticas favoritas mas também se pode visitá-la por dentro onde se encontra uma exposição em que os visitantes podem aprender acerca da história através de fotos, filmes e outros tipos de média.
  8. 8. Catedral de S. Paulo A Catedral de S. Paulo incorpora a vida espiritual e a herança do Povo Britânico. Actua como um importante lugar de reunião de pessoas e ideias, como um centro artístico e de aprendizagem. É a Catedral da Diocese de Londres. A Catedral é dedicada ao Apóstolo Paulo e situa-se em Ludgate Hill, o ponto mais alto de Londres. Foi construída no século XVII segundo o estilo Barroco Inglês e desenhada por Sir Christopher Wren e é a segunda igreja com maior área do Reino Unido. Serviços importantes tiveram lá lugar incluindo o funeral do Duque de Wellington e de Winston Churchill, o casamento de Princesa Diana com Príncipe de Gales, e o aniversário da Rainha Elisabete II.
  9. 9. Ponte do Milénio A Ponte do Milénio, oficialmente conhecida por Ponte Pedestre do Milénio e apelidada de “Ponte Wobbly”, atravessa o rio Tâmega e foi inaugurada a 10 de Junho de 2000. A ponte tem 370 m total de comprimento e 4 m de altura e os 8 cabos de suspensão suportam 2 mil toneladas. É um dos Projectos do Milénio e faz a conecção entre a Catedral de S. Paulo e o Tate Modern.
  10. 10. London Eye Num dia de céu limpo, a partir da maior roda panorâmica do mundo (135 m de altura), pode-se avistar até 40 km, em todas as direcções. As suas 32 cabinas de vidro deslizam lentamente durante os 30 minutos, permitindo que os passageiros (até 25 por cabine) tenham tempo para usufruir da paisagem. Construída para celebrar a chegada do novo milénio, o início do seu funcionamento sofreu atrasos e não ficou pronta para festejar a noite de Fim de Ano de 1999. Hoje em dia, é difícil imaginar os Jubilee Gardens e a margem sul do Tamisa sem este ícone. Em vez de ser desmontada em 2005, como era previsto, permanecerá meste local pelo menos até 2028.
  11. 11. Abadia de Westminster É um dos locais mais sagrados e simbólicos de Inglaterra. Os reis foram todos coroados nesta abadia e a maioria dos monarcas ingleses, desde Henrique III até Jorge II, está também aqui enterrada. É o lugar onde toda a nação recorda os seus ídolos políticos e artísticos. Embora tenha uma mistura de estilos arquitectónicos, é considerada o melhor exemplo do gótico inglês. A igreja original foi mandada construir pelo rei Eduardo, no séc. XI. Contrariamente a São Paulo, a abadia nunca foi catedral; é o que se chama “paróquia real”, sendo administrada directamente pela Coroa. Na extremidade este da abadia está o trono da Coroação no qual se diz que foram coroados praticamente todos os reis desde o séc. XIII. Também tem a capela da Royal Air Force, uma placa que marca o lugar onde esteve enterrado Oliver Cromwell, a Capela Santo Eduardo, o canto dos poetas, onde estão sepultados ou são recordados muitos escritores ingleses e o corredor dos estadistas, onde são recordados políticos. Ser recordado neste lugar é a maior honra que a rainha pode conceder. A norte está o Lanternim, o coração da abadia, onde se realizam as coroações.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×