• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Alterações climaticas
 

Alterações climaticas

on

  • 1,198 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,198
Views on SlideShare
1,196
Embed Views
2

Actions

Likes
1
Downloads
47
Comments
0

1 Embed 2

http://www17.jimdo.com 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Alterações climaticas Alterações climaticas Presentation Transcript

    • HELP ME!! Elaborado por: Lucilia Luzio Nº 10 Rita Fazendeiro Nº 12
      • O ambiente no nosso planeta depende de um sistema constituído por quatro componentes:
      • a litosfera;
      • a atmosfera;
      • a hidrosfera;
      • e a biosfera.
      Litosfera Hidrosfera Atmosfera Biosfera
    • O Homem ao fazer parte deste sistema interage com a Natureza. Ao principio fê-lo de forma harmoniosa, mas com o decorrer dos tempos e na tentativa de satisfazer as necessidades de uma população mundial crescente e mais exigente o Homem passou a explorar e a utilizar os recursos naturais de forma pouco cuidada, para além de ter conduzido a redução e desaparecimento de alguns recursos naturais deu origem a alterações muito significativas no ambiente global.
    • América do Norte: Uso pesado de pesticidas; A invasão de plantas e espécies animais não-nativas; E a qualidade dos Grandes Lagos. América Latina e Caraíbas: Sobrexploração da pesca; Derramamento de substâncias tóxicas; E desastres naturais. África: A degradação da terra, áreas costeiras e habitat; A desflorestação; A escassez de água; Erosão das áreas costeiras; E desastres naturais. Ásia Ocidental: O controlo da água; A produção de alimentos; E a segurança. Ásia e Pacifico: Degradação de florestas e da terra; Perda de habitat; A escassez de água; Emissões de gases; Mudanças climáticas; Desastres naturais; E má administração do lixo. Regiões Polares: As regiões árcticas e antárcticas sofrem principalmente de problemas gerados em outros lugares, como a poluição e a mudança climática. Europa: A degradação do solo e de florestas; A qualidade e quantidade de água; A erosão costeira; E as emissões de gases prejudiciais.
    •  
    • Nas ultimas décadas as questões ambientais tornam-se uma preocupação mundial. A grande maioria das nações do mundo reconheceu a existência de um numero significativo de problemas ambientais resultantes da acção humana.
      • O relatório do Programa das Nações Unidas para o meio Ambiente Conhecido como GEO-3, aponta como principais problemas ambientais:
      • A concentração de gás carbónico (CO2) na atmosfera;
      • A crescente escassez de agua potável;
      • A degradação dos solos ;
      • A desflorestação continua ;
      • A poluição de rios, lagos, zonas costeiras e baias .
    • Aquecimento Global
      • Um dos problemas causados pela poluição atmosférica é o aquecimento climático da Terra. Esta subida anormal da temperatura resulta do aumento do efeito de estufa. Para alem dos efeitos provocados pelo homem, há igualmente causas de ordem natural que concorrem para agravar o efeito da estufa como, por exemplo, os grandes incêndios ou as erupções vulcânicas.
    • Causas do Aquecimento Global
      • O sistema climático terrestre muda em resposta a variações em factores externos incluindo variações na sua órbita em torno do Sol, erupções vulcânicas, e concentrações atmosféricas de gases do efeito estufa. As causas detalhadas do aquecimento recente continuam sendo uma área activa de pesquisa, mas o consenso científico identifica os níveis aumentados de gases estufa devido à actividade humana como a principal causa do aquecimento observado desde o início da era industrial.
    • Consequências do Aquecimento Global
      • Aumento do nível dos oceanos.
      • Crescimento e surgimento de desertos.
      • Aumento de furacões, tufões e ciclones.
      • Ondas de calor.
    • Algumas Soluções possíveis
      • Diminuir o uso de combustíveis fósseis e aumentar o uso de biocombustíveis, e etanol.
      • Ampliar a geração de energia através de fontes limpas e renováveis.
      • Não praticar desmatamento e queimadas em florestas.
      • Uso de técnicas limpas e avançadas na agricultura para evitar a emissão de carbono.
    • O efeito de estufa
      • Alguns dos gases que produzem o efeito de estufa, como o dióxido de carbono, o vapor de agua e o metano, tem uma origem natural na atmosfera e graças á temperatura superficial do planeta permitiu o desenvolvimento dos seres vivos.
      As radiações solares que giram á superfície da terra são reflectidas sobre a forma de radiação infra-vermelha. Esta é absorvida por esses gases devolvida de novo a superfície do nosso planeta, produzindo-se um aumento da temperatura superficial. Já se verificou que a temperatura superficial da terra esta a aumentar a um ritmo cada vez maior.
    • Clima mais imprevisível Com o aquecimento global, os fenómenos climáticos extremos, como secas e inundações, são cada vez mais frequentes e imprevisíveis. Outras áreas do Globo foram massacradas por inundações pouco habituais, com destaque para as ocorridas Suíça, Itália, Reino Unido, vários países asiáticos, Moçambique, Madagáscar, Guatemala e Nicarágua. Ate em zonas semidesérticas, como na Austrália, o clima ficou “louco”. As secas afectaram também vastas regiões de todos os continentes, com especial destaque para o Irão, para 36% do território do EUA e para os países do Corno de África. A modificação climática produzirá ainda um aumento dos valores da precipitação e, sobretudo uma maior variabilidade na sua distribuição gerando cheias numas áreas e secas noutras.
    • Até Hoje No Futuro Temperatura A temperatura media a superfície aumentou cerca de 0,6 graus Celsius durante o século XX. A década de 1990 foi a mais quente desde 1861 e o ano de 1998 foi o mais quente de todos, no hemisfério norte, o aumento da temperatura no século XX foi, provavelmente, o maior de todos os séculos em mil anos. T emperatura A temperatura media a superfície pode aumentar entre 1.4 e 5.8 graus celsius entre 1990 e 2100. Estas previsões são mais pessimistas que as de 1995, que apontavam para um aumento entre 1 e 3.5 graus. O ritmo do aquecimento vai ser mais rápido que o que ocorreu durante o século XX e é muito provável que não tenha precedentes nos últimos 10 mil anos. Neve e gelo Desde os anos 69, o manto de neve diminuiu dez por cento em certas zonas e, nas latitudes medias e altas do Hemisfério norte, os rios e lagos permanecem gelados por menos tempo, isto é, por ano, houve provavelmente uma diminuição de duas semanas. Os glaciares nas zonas fora dos pólos recuaram e a espessura do Árctico deve ter diminuído certa de 40%. Neve e Gelo A neve e gelo no Hemisfério Norte deve diminuir. Os glaciares devem continuar a recuar. Na Antárctica pode ocorrer um aumento da espessura do gelo devido ao aumento da precipitação, na Gronelândia acontecerá o contrario devido ao escoamento da agua cujo o efeito ultrapassará o da precipitação. Precipitação A precipitação aumentou entre 0,5 e 1 por cento por década no ultimo século nas latitudes medias e altas do Hemisfério Norte e entre 0,2 e 0,3 por década dos trópicos. No final do século XX, nas latitudes medias e altas do Hemisfério Norte, houve um aumento de 2 a 4 por cento da frequência de grandes chuvadas. Precipitação A precipitação deve aumentar no século XXI. Na segunda metade, as latitudes medias e altas devem ficar mais chuvosas enquanto nas latitudes mais baixas deveram ocorrer variações. A intensidade e duração das monções devem variar. Nível do mar Durante o século XX, o nível médio do mar aumentou entre 0,1 e 0.2 metros. Nível do Mar O nível do mar deve subir entre nove e 88 centímetros entre 1990 e 2100 devido a expansão térmica dos oceanos e ao degelo dos glaciares e das calotas polares .
    • Portugal deverá registar , em resultado das emissões de gases de estufa, para a qual nós também contribuímos, um aumento da temperatura média do ar em todas as épocas do ano, mas com maior relevância durante o Verão e o Outono e em particular nas regiões do interior. Deverá também ocorrer um aumento da qualidade de precipitação nas regiões do norte e uma diminuição nas regiões . sul. Em consequência do aquecimento climático verificar-se-á uma subida do nível do mar e certas regiões costeiras de Portugal serão seriamente afectadas como, por exemplo, a Ria Formosa e a Ria de Aveiro.
    •