Protocolo de kyoto

442
-1

Published on

Published in: Technology, News & Politics
2 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • @marialuizaferreiradelima Este trabalho foi feito por muitos grupos, por esta razão, fiquei só encarregado de divulgar pelo blog do colégio.
    Caso tu queiras salvar, acima da apresentação existe um botão para salvar, se não achar pode me avisar ;-)
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Olha vocês escrevem muito bem, poderiam enviar este slide para meu e-mail? Meu e-mail é este:malu.lulu_ferreira@hotmail.com
    Obrigada pela ajuda
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
442
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
2
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Protocolo de kyoto

  1. 1. Protocolo de Kyoto<br />Nomes:wesley, victor e gabriel<br />Turma: 104<br />
  2. 2. O que é o protocolo de Kyoto?<br />O Protocolo de Kyoto é um instrumento internacional, ratificado em 15 de março de 1998, que visa reduzir as emissões de gases poluentes. Estes, são responsáveis pelo efeito estufa e o aquecimento global. O Protocolo de Kyoto entrou oficialmente em vigor no dia 16 de fevereiro de 2005, após ter sido discutido e negociado em 1997, na cidade de Kyoto (Japão).<br />
  3. 3. Objetivos e informações<br />No documento, há um cronograma em que os países são obrigados a reduzir, em 5,2%, a emissão de gases poluentes, entre os anos de 2008 e 2012 (primeira fase do acordo). Os gases citados no acordo são: dióxido de carbono, gás metano, óxido nitroso, hidrocarbonetos fluorados, hidrocarbonetos perfluorados e hexafluoreto de enxofre. Estes últimos três são eliminados principalmente por indústrias.<br />
  4. 4. A emissão destes poluentes deve ocorrer em vários setores econômicos e ambientais. Os países devem colaborar entre si para atingirem as metas. O protocolo sugere ações comuns como, por exemplo:- aumento no uso de fontes de energias limpas (biocombustíveis, energia eólica, biomassa e solar);<br />
  5. 5. - proteção de florestas e outras áreas verdes;<br />
  6. 6. - diminuição das emissões de metano, presentes em sistemas de depósito de lixo orgânico. <br />
  7. 7. -utilização de transporte coletivo<br />
  8. 8. - definição de regras para a emissão dos créditos de carbono (certificados emitidos quando há a redução da emissão de gases poluentes).<br />Créditos de carbono<br />O crédito de carbono é uma espécie de certificado que é emitido quando há diminuição de emissão de gases que provocam o efeito estufa e o aquecimento global em nosso planeta. Um crédito de carbono equivale a uma tonelada de CO2 (dióxido de carbono) que deixou de ser produzido. Aos outros gases reduzidos são emitidos créditos, utilizando-se uma tabela de carbono equivalente. Empresas que conseguem diminuir a emissão de gases poluentes obtém estes créditos, podendo vendê-los nos mercados financeiros nacionais e internacionais. Estes créditos de carbono são considerados commodities (mercadorias negociadas com preços estabelecidos pelo mercado internacional).<br />Estes créditos geralmente são comprados por empresas que não conseguem reduzir a emissão dos gases poluentes, permitindo-lhes manter ou aumentar a emissão.<br />
  9. 9. Expectativas <br />Os especialistas em clima e meio ambiente esperam que o sucesso do Protocolo de Kyoto possa diminuir a temperatura global entre 1,5 e 5,8º C até o final do século XXI. Desta forma, o ser humano poderá evitar as catástrofes climáticas de alta intensidade que estão previstas para o futuro. <br />
  10. 10. Bibliografia <br />http://www.suapesquisa.com/o_que_e/credito_carbono.htm<br />http://www.suapesquisa.com/geografia/protocolo_kyoto.htm<br />Imagens google<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×