Your SlideShare is downloading. ×
0
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Imperialismo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Imperialismo

9,484

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
9,484
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
221
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.
    • Definição: domínio de vastas áreas do planeta por parte de nações industrializadas (ING, FRA, HOL, BEL, ALE, ITA, JAP, EUA, RUS).
    • Onde? África e Ásia (Neocolonialismo) e América (Imperialismo).
    • Causas e justificativas:
      • Busca de matéria-prima. Segunda Revolução Industrial.
      • Rejeição das fronteiras nacionais vistas como empecilhos para a expansão econômica.
      • Conquista de mercados-consumidores.
      • Investimento do dinheiro excedente.
  • 2.
    • “ Missão civilizadora” (principal justificativa).
      • “ Darwinismo social” (SPENCER)
    -Seleção natural das espécies. Na luta da vida, só sobrevivem os mais capazes -Fardo do homem branco: Superiores teriam a missão de levar a civilização, tecnologia e cultura para as áreas conquistadas.
  • 3.
    • Diferenças:
    COLONIALISMO NEOCOLONIALISMO Séc XV - XVIII Séc XIX América África e Ásia Mercantilismo estatal Monopólios capitalistas apoiados pelo Estado. Monopólio comercial Exportação de capitais Expansão da fé cristã “ Missão civilizadora” Capitalismo comercial Capitalismo financeiro ou monopolista
  • 4.
    • A ÁFRICA E O NEOCOLONIALISMO:
  • 5.
    • A ÁSIA E O NEOCOLONIALISMO:
  • 6.
    • PRINCIPAIS IMPÉRIOS COLONIAIS DO SÉCULO XIX:
    COLÔNIAS INGLESAS COLÔNIAS FRANCESAS
  • 7.
    • 1830-1880: Conquista da África e Ásia:
      • Violento e traumático: Divisão do território sem se preocupar com divisões étnicas e linguísticas da população local.
      • França e Inglaterra se lançam primeiro seguidas posteriormente por Alemanha, Itália, EUA e Japão.
    • Conferência de Berlim:
      • Intenção de definir a repartição das áreas entre as potências. O documento assinado pelos países determinava que qualquer posse de território deveria ser comunicada às outras potências.
  • 8.
    • B) Guerra dos Cipaios (1857 – 1859):
      • ING* X IND
      • Causa: concorrência inglesa destrói produção local de tecidos.
      • Índia torna-se oficialmente uma colônia britânica. Tomada do controle político.
  • 9.
    • C) Guerra do Ópio (1841 – 1842):
      • ING* X CHI
      • Causas:
        • CHI tenta proibir o consumo de ópio no país.
        • Um carregamento inglês de 20 mil caixas de ópio é jogado ao mar pelas autoridades chinesas.
  • 10.
      • Conseqüências:
        • TRATADO DE NANQUIM
          • Abertura de 5 portos ao livre comércio.
          • Eliminação do sistema fiscalizador.
          • Hong Kong é entregue à ING por 155 anos.
  • 11.
    • D) Revolta dos Tientsin (1851 – 1864):
      • Nacionalistas chineses X potências estrangeiras (ING + FRA + EUA + RUS)*
      • Conseqüência: ampliação da dominação estrangeira sobre a China com a abertura de mais portos ao livre comércio.
  • 12.
    • E) Guerra dos Boxers (1900):
      • Nacionalistas chineses X potências estrangeiras (ING + FRA + EUA + RUS + ALE + JAP)*
      • Conseqüência: reconhecimento das concessões feitas anteriormente aos países estrangeiros.
  • 13.
    • A Revolução Meiji (JAP):
      • Processo que deu início a industrialização japonesa .
      • Até o século XIX – afastado dos europeus.
      • Poder nas mãos de aristocracia rural (daimios), amparados por guerreiros profissionais (samurais).
      • Comando do país – xogunato (família Tokugawa).
      • Imperador – poder meramente simbólico.
      • 1854: americanos forçam abertura do mercado japonês.
      • Nacionalistas iniciam oposição ao governo do xogunato e unem-se ao imperador Mutsu Ito.
      • Centralização política (imperador) impulsiona industrialização.
  • 14.
      • Investimentos estatais em setores estratégicos.
      • Incentivos aos projetos industriais.
      • Bolsas estudantis na Europa (formação e capacitação).
      • Sistema Nacional de Educação: Mais de 90% de crianças estudando.
      • Emissão monetária.
      • Venda de empresas estratégicas estatais (zaibatsu) ao setor privado para controlar a inflação.
      • Imperialismo sobre a China (Manchúria).
  • 15.
    • O imperialismo norte-americano:
      • Alvos básicos: América Central e Ásia.
      • Corolário Roosevelt (Theodore Roosevelt).
      • Doutrina Monroe: A América para os americanos.
      • Intervenções militares na América Latina.
  • 16.
    • A POLÍTICA DO BIG STICK:
    • A América não é dos americanos?
    • Claro que é! Mas vocês são sul-americanos...
  • 17.
    • Conseqüências do Neocolonialismo:
      • Desestruturação de sistemas produtivos locais.
      • Fome endêmica, miséria crônica.
      • Submissão econômica das regiões dominadas.
      • Agravamento de conflitos regionais.
      • Disputas imperialistas.
      • I Guerra Mundial
  • 18. “ Dobro e aposto o sudoeste daquela minha colônia africana ali.”
  • 19.  

×