Contact outubro 2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Contact outubro 2011

on

  • 621 views

 

Statistics

Views

Total Views
621
Views on SlideShare
621
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Contact outubro 2011 Contact outubro 2011 Document Transcript

  • Palavra do Provincial Missao e Ecologia..................................................................................02 Notícias Assembleia provincial........................................................................06 Curso de Teologia Moral....................................................................08 Secretariado Interprovincial de Esp. Redentorista................10 Reflexões Redes sociais de comunicaçao........................................................14 A igreja e as estatísticas.....................................................................15 Vargas Llosa: “o ocidente precisa do catolicismo”...................18 Vocacional Convivencia vocacional......................................................................20 Partilha vocacional...............................................................................22 Visita ao noviciado...............................................................................23 Datas e Eventos Aniversariantes.....................................................................................24 Festas Liturgicas...................................................................................24 Consagraçao a N.S. Aparecida.........................................................24“ Cantarei eternamente as bondades doSenhor, minha boca publicara comfidelidade de geraçao a geraçao”. Sl 88,2 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • MISSÃO E ECOLOGIA A misericórdia de Deus é para todo ser vivo A Igreja no Brasil, animada pelas Pontifícias Obras Missionarias (POM), esta trabalhando, em comunhao com a Campanha da Fraternidade deste ano, o tema da “Missao e Ecologia”, com o lema: “A misericordia de Deus e para todo ser vivo” (Eclo 18, 12b). As comunidades no Brasil estarao refletindo a Missao a partir desta tematica neste mes de outubro.2 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • Para a Congregaçao Redentorista, que ‘se caracteriza mais pelo dinamismomissionario, isto e, pela evangelizaçao propriamente dita e pelo serviço aos homens eaos grupos mais abandonados e pobres, em relaçao a Igreja e as condiçoes humanas,do que por certas formas de atividade” (Const. 14), tem uma missao muitoimportante no processo de Evangelizaçao. O ‘dinamismo Redentorista’ se manifestanas diversas areas da evangelizaçao, que deve ser permeado pela pregaçao que ‘amisericordia de Deus e para todo ser vivo’. Nesta comunhao com a caminhada da Igreja no Brasil, os Redentoristas,vivenciando a Const. 18, buscam integrar as Diretrizes da Açao Evangelizadora(DGAE), despertando as comunidades para viverem as cinco urgencias pastorais. Que os Santos Redentoristas nos abençoem para que preguemos o Evangelhode modo sempre novo anunciando a misericordia de Deus para todo ser vivo! Fraternalmente, Pe. Joaquim Parron, C.Ss.R. Provincial Informativo oficial da Província de Campo Grande 3
  • “ Fortes na fe, alegres na esperança fervorosos na caridade, inflamados no zelo, h genuínos discípulos de Santo Afonso, seguindo contentes a Cristo Salvador, part de linguagem, pela abnegaçao de si mesmos, pela disponibilidade constante para4 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • humildes e sempre dados a oraçao, os Redento ristas, como homens apostolicos eticipam de seu ministerio e continuam -no com evangelica simplicidade de vida ea as coisas mais difíceis, a fim de levar aos homens a copiosa redençao.” Const. 20 Informativo oficial da Província de Campo Grande 5
  • ASSEMBLEIA PROVINCIAL 2011 Partilha, formação e integração A assembleia provincial 2011 foi marcada pelo espírito de partilha, pelas assessorias formativas e tambem pela integraçao entre os confrades. Alem do mais, esta assembleia contou com a participaçao do Governo Geral da CSsR, Michael Brehl, Enrique Lopez e Jeffrey Rolle. Ja na primeira manha, da terça-feira, Antonio Mello e Celso Cruz animaram os confrades com um bonito texto sobre a partilha de sentimentos. Os confrades tiveram tempo para que em pequenos grupos pudessem expressar as suas realidades humanas. Ja no período da tarde Enrique Lopez e Jeffrey Rolle apresentaram a situaçao da Congregaçao em nível mundial, presente em 78 países, e tambem as boas perspectivas em varias regioes. Ambos desafiaram os confrades na vivencia do espírito da reestruturaçao e tambem na encarnaçao do tema do sexenio (Anunciar o Evangelho de modo sempre novo...). Um dos aspectos que foi ressaltado e a necessidade de conversao contínua, no espírito apostolico e discipular. O nosso Superior Geral, Michael Brehl, com sua presença carismatica e animadora, desafiou a Província a crescer no espírito da solidariedade internamente e tambem com as outras unidades que passam por dificuldades. O sonho de Santo Afonso acontece nas atitudes profeticas e missionarias dos confrades no mundo, destacou Michael Brehl. A missa deste dia foi presidida pelo Padre Geral e teve o Vigario Geral como pregador. O segundo dia foi iniciado com uma bonita oraçao motivada pelo confrade Donizete Araujo. A manha deste dia da assembleia foi reservada para apresentaçao dos relatorios. Primeiramente o Governo Provincial, atraves do Conselho Ordinario e Economato, apresentou os seus relatorios. Parron e Henrique Lima apresentaram os avanços na vida apostolica provincial e tambem os desafios. Percebe-se um crescimento na vivencia da Vida Redentorista Missionaria e isto se manifesta no dinamismo pastoral nas paroquias, santuarios e missoes. Helio Nunes descreveu aos confrades os avanços na area administrativa e destacou que hoje existe uma maior corresponsabilidade nesta area pelos confrades. Na sequencia Celso Cruz, coordenador do Secretariado de Formaçao, apresentou as boas perspectivas vocacionais e o atual quadro formativo nas casas de formaçao. Mesmo percebendo um aumento nos possíveis candidatos para 2012, faz-se necessario que todas as comunidades estejam empenhadas na promoçao vocacional. O período da tarde foi dedicado ao estudo das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora 2011-2015. O assessor deste estudo foi Dom Eduardo Pinheiro, bispo auxiliar de Campo Grande e coordenador da Comissao Episcopal para os Jovens no Brasil. Alem de uma leitura historica sobre os planos de pastoral da Igreja no Brasil, Dom Eduardo ressaltou as cinco urgencias na açao evangelizadora deste documento: 1. Igreja em estado permanente de missao, 2. Igreja: casa da iniciaçao a vida crista, 3. Igreja: lugar de animaçao bíblica da vida e da pastoral, 4. Igreja: comunidade de6 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • comunidades, 5. Igreja a serviço da vida plena para todos. E importante que ascongregaçoes insiram em seus planos estas diretrizes, enfatizou Dom Eduardo. Asatividades deste dia foram coroadas com uma maravilhosa celebraçao eucarística noSantuario N. Sra. do Perpetuo Socorro. O terceiro dia da assenbleia foi iniciado com uma motivadora oraçao,conduzida pelos confrades do Rocio. Na manha deste dia os confrades AgenorMartins e Gelson Mikuszka apresentaram desafiantes elementos para vida apostolicana Província. Num primeiro momento Agenor refletiu sobre a conversao pastoral esuas varias faces que devem se manifestar na vida dos confrades e comunidades. Nasequencia Gelson projetou as Diretrezes da Açao Evangelizadora na perspectiva dasConstituiçoes CSsR. Ele fez uma analise do ‘discurso’ destes dois documentos emostrou a importancia de ambos para vida dos redentoristas no Brasil. Ja o período da tarde foi dedicado a trabalhar um estudo sobre administraçao,conduzido pelo auditor Clovis de Cristo. Helio Nunes, Economo Provincial, enfatizouque e necessario participaçao dos confrades no processo administrativo nas nossascomunidades, aumentando a corresponsabilidade de todos. Ainda no final deste diao Movimento Serra trabalhou o empenho vocacional conduzido por este grupo deleigos catolicos. O dia foi encerrado com a celebraçao dos jubilares, missa presididapelo padre Roque Sutil. Pe. Joaquim Parron CSsR e Pe. Celso Cruz CSsR Informativo oficial da Província de Campo Grande 7
  • CURSO DE TEOLOGIA MORAL Redentoristas ensinam na perspectiva de Sto. Afonso Tres anos atras foi lançado o curso de pos-graduaçao em Teologia Moral, no Centro Comunitario Santo Afonso, pelos confrades de Curitiba, com apoio do Governo Provincial. O curso foi lançado como um sonho, mas tambem com certas incertezas, tendo como objetivo preparar profissionais na area da etica teologica. A inspiraçao era a teologia moral ensinada por Santo Afonso. Para isto, foi conseguido junto ao MEC, atraves de uma faculdade, o credenciamento do curso, para que o aluno no final possa receber o certificado de especialista em Etica e Educaçao. Dois cursos foram realizados com muito exito, onde mais de sessenta profissionais estudaram a etica teologica e muitos utilizam este conhecimento em suas areas ou na area pastoral. Neste segundo semestre de 2011, a terceira ediçao deste curso teve início com a matrícula de 40 alunos, sendo a maioria vindo da area do direito civil, mas tambem profissionais vindos das areas: biomedicas e humanas. E notavel perceber o crescimento entre os advogados o interesse pela teologia moral, destacou Parron. CONCEPÇÃO DO CURSO Tendo a etica crista como ponto de partida, numa perspectiva dialogica com as diversas esferas do conhecimento, o curso de especializaçao em Etica8 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • Teologica e Educaçao, tem como objetivo a produçao do conhecimento que decontornos para uma educaçao e uma pastoral crítica, criativa e emancipadora.Profissionais das mais diversas areas do saber poderao dialogar de maneirasignificativa com a etica crista, tendo em vista a produçao ecumenica da etica. Este curso de especializaçao ajudara conduzir uma reflexao teorica e praticada etica, favorecendo o debate por uma sociedade que anseia por justiça esolidariedade. Os profissionais que se engajam neste curso podem dialogar com asmais diferentes compreensoes da etica teologica, e saber identificar os aspectoseticos no exercício profissional, bem como saber ter postura etica cidada naeducaçao e na sociedade contemporanea.OBJETIVOS GERAIS DO CURSO Este curso de pos privilegia a formaçao na teologia moral, na perspectivaafonsiana, destacando a misericordia de Deus e o despertar da consciencia dospobres. Diante disto, o estudo da etica teologica, neste curso, possibilita: Despertar, a partir da etica crista, elementos sociais que motivem a pessoa a buscar a justiça e a solidariedade. Preparar profissionais, das mais diversas areas do conhecimento, que traduzam os seus conhecimentos tambem em postura etica. Elaborar na educaçao e na pastoral elementos eticos que façam frente a enxurrada de pratica corruptas que muitas vezes invadem as mais diversas esferas sociais.OS PROFESSORES Os professores deste curso sao os proprios Redentoristas, de preferencialmente os que residem em Curitiba (para facilitar a locomoçao); mas tambem lecionam o leigo Edilson Costa e o diocesano Padre Rafael. Os Redentoristas que estarao trabalhando na terceira ediçao: Primo Hipolito, Lourenço Kearns, Rodrigo Augusto, Gelson Mikuszka e Joaquim Parron. Informativo oficial da Província de Campo Grande 9
  • SECRETARIADO INTERPROVINCIAL DE ESPIRITUALIDADE REDENTORISTA Manaus, AM, 20 e 21 de setembro de 2011. Presentes: Pe. Geraldo Ponciano CSsR, Pe. Afonso Tremba CSsR, Ir. Marcos Vinícius CSsR e Pe. Joaquim Parron CSsR – (justificaram ausencia: Pe. Carrara CSsR e Pe. Luis Rodrigues CSsR). O Secretariado Interprovincial de Espiritualidade Redentorista (SIER) tem se reunido regularmente nestes dois ultimos anos. Alem das varias assessorias, foram muito bem avaliados os encontros interprovinciais realizados nos anos de 2010 e 2011. Nos encontros de 2010, onde se estudou a reestruturaçao e o tema do sexenio, tendo uma participaçao muito boa da maioria das unidades. Tambem nos encontros de fevereiro e março de 2011, sobre santuarios CSsR, tendo um numero expressivo de confrades da maioria das unidades. E importante que os (vice) Provinciais ja divulguem as datas destes encontros de Espiritualidade Redentorista para 2012: 1º) Dias 6 a 10 de fevereiro; 2º) Dias 5 a 9 de março. Local: Aparecida-SP. Publicações Apos algumas dificuldades nas publicaçoes, o SIER optou em fazer os materiais com a Editora Scala (Goias). Ja temos prontos dois volumes: O Léxico Redentorista e João Neumann. -Léxico familiar Redentorista – no dia do nascimento de Sto. Afonso, 27 de setembro, os Redentoristas publicam para as (vice) Províncias do Brasil o Léxico Familiar Redentorista. Valor R$8,00, com 30% de desconto para Redentorista. Os (vice) Provinciais ja podem encomendar atraves de e-mail: escreva para Ir. Marcos Vinicius irviniciuscssr@gmail.com -São João Neumann: vida, escritos e espiritualidade. Celebrando os 200 anos do nascimento deste santo. Valor R$25,00 com 30% de desconto para Redentorista. A disposiçao para o início de outubro de 2011. Os (vice) Provinciais ja podem encomendar atraves de e-mail: escreva para Ir. Marcos Vinicius irviniciuscssr@gmail.com -Pedro Donders – sera re-enviado para editora Scala (de Goias). Pe. Geraldo P. Vincius CSsR ficou encarregado de encaminhar este texto para Scala. -Missal Redentorista: - tambem sera enviado para editora Scala (Goias). Possivelmente sera publicado na festa de N. Sra. do Perpetuo Socorro – em 27 de junho de 2012.10 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • 250 anos de ordenação episcopal de Sto. AfonsoEm 2012 celebra-se 250 anos de ordenaçao episcopal de Sto. Afonso. Alguns bispos doBrasil sugeriram uma celebraçao especial em Aparecida. A proposta sera encaminhadaa URB. majelladelgado@hotmail.comEspiritualidade Redentorista e Paróquia MissionáriaEste encontro e aberto para todos os Redentoristas do Brasil. A proposta e que todosos confrades Redentoristas que atuam em paroquias estejam presente em um dos doisencontros formativos.-Duas ediçoes: 1º) Dias 6 a 10 de fevereiro; 2º) Dias 5 a 9 de março de 2012.-Local: Seminario Sto. Afonso – Aparecida- SP.-Valor da diaria R$30,00(proposta de ratear as despesas de assessoria + gastos com as unidades da URB: milreais por Província e quinhentos reais por vice-Província. Esta proposta seraapresentada na reuniao da URB em novembro).1º. Dia (terça-feira) – A vida apostolica – paroquia – de Sao Joao Neumann (Noite -filme: Homens de Deus).2º. Dia (quarta-feira) - A paroquia a partir do Vaticano II e as Diretrizes da AçaoEvangelizadora 2011-2015. – (confraternizaçao pela noite).3º. Dia (quinta-feira) – Pela manha: Administraçao. Período da tarde: formaçao praticasobre espaço sagrado.A oraçao da manha, de cada dia, sera de responsabilidade do SIER.A missa do dia: 1º. Encontro: 1º. Dia: Província de S. Paulo, 2º. Dia: Província de C.Grande, 3º. Dia: Província de Goias, 4º. Dia: Missa de envio pelo SIER.2º. Encontro: 1º. Dia : Vice-Província da Bahia, 2º. Dia: Província do Rio, 3º. Dia:Província de Porto Alegre, 4º. Dia: Missa de envio pelo SIER.Sugestão para 2013Considerando que o tema da Campanha da Fraternidade de 2013 sera a juventude eainda teremos a JMJ no Rio de Janeiro (tambem juventude e uma das redes dainterconferencias), o SIER sugere que o tema para ser trabalhado nos encontros deespiritualidade de 2013 seja a ‘juventude’. Pe. Joaquim Parron, C.Ss.R, Prov. Campo Grande Informativo oficial da Província de Campo Grande 11
  • 12 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • Informativo oficial da Província de Campo Grande 13
  • REDES SOCIAIS DE COMUNICAÇÃO: Um terreno vasto para o anúncio do Evangelho na missão virtual “Anunciar o Evangelho de modo sempre novo: Renovada Esperança, Renovados Coraçoes, Renovadas Estruturas” (Sao Clemente Maria Hoffbauer). Sao com essas fecundas palavras desse grande santo Redentorista e da historia da Igreja que inicio este artigo. O Mes Missionario, em outubro, e ocasiao singular para refletir sobre as diversas de formas missionarias de anunciar o Evangelho de modo sempre novo. Uma delas, sem sombras de duvidas, sao as redes sociais de comunicaçao. A este respeito reporto-me a mensagem do Papa Bento XVI por ocasiao do 45º Dia Mundial das Comunicaçoes Sociais 2011, em 05 de junho, quando assentado sobre o tema Verdade, Anúncio e Autenticidade de Vida, na Era Digital, afirmou: "No mundo digital, transmitir informaçoes significa com frequencia sempre maior inseri -las numa rede social, onde o conhecimento e partilhado no ambito de intercambios pessoais”. As redes de comunicaçao social permitem que as pessoas se encontrem para alem dos confins do espaço e das proprias culturas, inaugurando deste modo todo um novo mundo de potenciais amizades. Esta e uma grande oportunidade, mas exige tambem uma maior atençao e uma tomada de consciencia quanto aos possíveis riscos. Afinal, “quem e o meu ‘proximo’ neste novo mundo? Existe o perigo de estar menos presente a quantos encontramos na nossa vida diaria?” – afirma Bento XVI. Nas palavras do papa existe o risco de estarmos mais distraídos, porque a nossa atençao e fragmentada e absorvida por um mundo “diferente” daquele onde vivemos. Por outro lado, porem, tambem o mundo digital pode ser um terreno vasto para o anuncio do Evangelho na missao virtual. Comunicar o Evangelho atraves de novas midias significa nao so inserir conteudos declaradamente religiosos nas plataformas dos diversos meios, mas tambem uma missao que o Senhor nos confia a avançar em aguas mais profundas e lançar as redes da fe para pescar novos homens e mulheres (Lc 5). Nesse sentido basta-nos fazer uma breve pesquisa nos sites e redes sociais cristaos que nos permitem alargar nossos horizontes. Nao sem razao que a mais engajada audiencia do Facebook, Orkut, Twiter, Skape, Myspace e MSN no mundo,14 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • ultrapassando, em muito, os esforços de marketing das celebridades e das equipesesportivas, e outras ferramentas de mídias sociais mudaram a forma como pessoas secomunicam, trabalham, encontram e se amam com a mensagem do Evangelho virtual,como tambem transformaram a maneira como as pessoas praticam a fe crista,discutindo-a e conhecendo-a, o que aumentou significativamente nos ultimos anos. Mençao seja dada a essas novas formas de comunicaçao social do Evangelhoque nos oferecem suas reflexoes e estudos para analises e propostas adequadas aoscomunicadores. Dessa maneira, “resta-nos integrar a geraçao digital, com a plenaconvicçao de que somos chamados a aceitar o desafio de fazer dessas novas formas deexpressao o areopago digital, onde Cristo mostra seu rosto e nos convoca para aconversa” – destaca dom Orani, arcebispo do Rio de Janeiro. Portanto, o nosso desafio etrabalhar em nossa Paroquia Nossa Senhora do Bom Sucesso, com suas redes decomunidades, pastorais e movimentos, propagando a missao virtual de anunciar oEvangelho de modo sempre novo, visando ser uma realidade incontornavel em nossoentorno e no mundo. Padre Francisco Santos Lima - Missionário Redentorista A IGREJA E AS ESTATÍSTICAS Dom Gil Antônio Moreira, arcebispo Metropolitano de Juiz de Fora - MG Dias atras, quando fomos informados pelo Papa Bento XVI que a proxima Jornada Mundial da Juventude sera realizada no Brasil, em 2013, a mídia, com base em pesquisa de 2009, divulgou notícia a respeito do aumento numerico de outros seguimentos religiosos nao catolicos, inclusive dos que optam por nao ter nenhuma religiao ou que preferem o ateísmo. As jornadas mundiais da juventude tem demonstrado a ansiedade das novas geraçoes nabusca de Jesus Cristo, reunindo milhoes de rapazes e moças do mundo inteiro,formando, por uma semana, imensa comunidade juvenil sem limites geograficos,reunida ao redor do chefe visível da Igreja, pronta para ouvir a sua palavra e motivadaa celebrar os Misterios da fe, com entusiasmo e ao mesmo tempo com sensível espíritode concentraçao, silencio sagrado, como ficou evidente em Madri.As estatísticas brasileiras a respeito da mobilizaçao religiosa sao colocadas aoscatolicos como um desafio, provocando pergunta inevitavel: quais tem sido as razoespara este efeito? Informativo oficial da Província de Campo Grande 15
  • Num primeiro momento, os dados colhidos em pesquisa nao deixam de causar preocupaçao, uma vez que despertam a interrogaçao sobre as possíveis lacunas nos metodos evangelizadores. Porem, analise mais madura e serena provoca tranquilidade. Levando-se em consideraçao que o metodo das pesquisas de 2009 foi questionavel, o que gerou, na ocasiao, abalizado artigo de protesto do Cardeal Dom Odilo Sherer, e curioso observar como as pesquisas nao revelam o crescimento das comunidades catolicas que tem provocado a criaçao de novas paroquias por todo o Brasil, novas comunidades e o crescimento inexplicavel de movimentos eclesiais catolicos que cada vez mais arrebanham pessoas desanimadas ou desiludias nao soreligiosamente, mas tambem com a situaçao existencial, para nao falar das queperderam a fe nas correntes políticas no país.Influenciada pela mentalidade mercantilista de concorrencia, muito propria dosregimes capitalistas, causando impressao que somente o criterio da maioria e que vale,ou pela mentalidade totalitarista que imprime a crença na força do poder e adesastrosa crença que os fins justificam os meios, gerando violencia para imporregimes políticos, as estatísticas pecam contra a verdade enquanto revelam apenasparte da situaçao. O prejuízo fica ainda maior, se por tras das pesquisas houvesseinteresses ideologicos contrarios a religiao ou a grupos que incomodem.A Igreja catolica, ja afirmou o Papa Bento XVI em Aparecida, cresce nao porproselitismo, mas por atraçao. Ela, com sua experiencia de dois mil anos de historia, jaaprendeu a nao se assustar com as estatísticas e nem com as interpretaçoes ingenuas.Ela tambem ja aprendeu areconhecer erros daspessoas humanas que fazemparte de sua comunidade esabe fazer exame deconsciencia; sabe inclusivepedir perdao pelas falhashumanas, coisa que nao setem visto em outros gruposreligiosos ou nao,certamente conscientes queerrar nao e característica deum so grupo, mas do serhumano como tal. Ha os que16 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • afoitamente e ingenuamente caem na tentaçao de prognosticar o fim da Igrejacatolica, como se fenomenos sociologicos fossem a ultima palavra em tudo. A historianao da saltos. Ela ensina aos que sao mais aptos a realizar analises maduras.Aos catolicos tranquilizo, recordando que esta situaçao estatística nao e a pior pelaqual ja passamos. Dou um exemplo: no fim do seculo XVIII, Napoleao Bonaparteprognosticou o fim da Igreja, quando prendeu injustamente o Papa Pio VI, levando-ocomo se fosse um criminoso para a França, jogando-o literalmente numa masmorra egritando como vitorioso: Pio VI e ultimo.Conseguiram os anticlericais franceses da revoluçao que muitos que professavam a fecatolica e inclusive alguns eclesiasticos abjurassem a fe crista o que provocouprofunda dor a Igreja. Mas a historia andou por outros caminhos. Sendo eleito o PapaPio VII em lugar de Pio VI que morreu na masmorra de Napoleao, foi o novo Papatambem aprisionado pelo imperialista frances de forma humilhante e desumana.Contudo, em 1814, quando Napoleao perde a credibilidade e a força política, sendoextraditado da Franca, o Papa e liberto e volta para Roma, aclamado em todas ascidades e povoados por onde passava em viagem, glorioso, mas sem se prevalecer desentimentos de revolta ou de argumentos políticos. A Igreja nao se envolve compaixoes políticas ou por espírito de disputa, mas age para divulgar a unica verdadeque vale a pena ser assumida de corpo e alma: Jesus Cristo e sua missao salvadora.Eis o que sempre ensinou a Igreja. Eis o que os jovens tem recebido nas JornadasMundiais da Juventude. (fonte: www.cnbb.org.br) Informativo oficial da Província de Campo Grande 17
  • DEPOIS DA JMJ, VARGAS LLOSA ADMITE QUE O OCIDENTE PRECISA DO CATOLICISMO Em sua habitual coluna no jornal espanhol El Pais, o ganhador do premio Nobel de Literatura, Mario Vargas Llosa, assinalou este domingo que o exito da recente Jornada Mundial da Juventude em Madrid fez evidente que ocidente necessita do catolicismo para subsistir. Em seu artigo chamado "A festa e a cruzada", Vargas Llosa, que se declara agnostico e e umconstante caluniador dos ensinos da Igreja, elogia o espetaculo de Madrid"invadido por centenas de milhares de jovens procedentes dos cinco continentespara assistir a Jornada Mundial da Juventude que presidiu Bento XVI".No texto recolhido tambem em sua ediçao de hoje pelo jornal vaticanoLOsservatore Romano, Vargas Llosa, nascido no Peru mas de nacionalidadeespanhola, afirma que a JMJ foi "uma gigantesca festa de moças e rapazesadolescentes, estudantes, jovens profissionais vindos de todos os lados do mundoa cantar, dançar, rezar e proclamar suaadesao a Igreja Catolica e seu ‘vício aoPapa". "As pequenas manifestações de leigos, anarquistas, ateus e católicos insubmissos contra o Papa provocaram incidentes menores, embora alguns grotescos, como o grupo de energúmenos visto jogando camisinhas em umas meninas que... rezavam o terço com os olhos fechados".Segundo Vargas Llosa existem "duasleituras possíveis desteacontecimento": uma que ve na JMJ"um festival mais de superfície que deentranha religiosa"; e outra que ainterpreta como "a prova de que a18 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • Igreja de Cristo mantem sua pujança e sua vitalidade".Depois de mencionar as estatísticas que assinalam que apenas 51 por cento de jovensespanhois se confessam catolicos, mas so 12 por cento pratica sua religiao, VargasLlosa diz que "desde meu ponto de vista este paulatino declínio do numero de fieis daIgreja Catolica, em vez de ser um sintoma de sua inevitavel ruína e extinçao e, alias,fermento da vitalidade e energia que o que fica dela -dezenas de milhoes de pessoas-veio mostrando, sobre tudo sob os pontificados de Joao Paulo II e Bento XVI"."Em todo caso, prescindindo do contexto teologico, atendendo unicamente a suadimensao social e política, a verdade e que, embora perca fieis e encolha, o catolicismoesta hoje em dia mais unido, ativo e beligerante que nos anos em que parecia prestes arasgar-se e dividir-se pelas lutas ideologicas internas".Vargas Llosa se pergunta se isto e bom ou mau para o secularismo ocidental; eresponde que "enquanto o Estado seja laico e mantenha sua independencia frente atodas as igrejas", "e bom, porque uma sociedade democratica nao pode combatereficazmente os seus inimigos -começando pela corrupçao- se suas instituiçoes naoestiverem firmemente respaldadas por valores eticos, se uma rica vida espiritual naoflorescer em seu seio como um antídoto permanente as forças destrutivas". "Em nosso tempo", segue Vargas Llosa, a cultura "nao pode substituir a religiao nem podera faze-lo, salvo para pequenas minorias, marginais ao grande publico"; porque "por mais que tantos muito brilhantes intelectuais tentem nos convencer de que o ateísmo e a unica consequencia logica e racional do conhecimento e da experiencia acumuladas pela historia da civilizaçao, a ideia da extinçao definitiva seguira sendo intoleravel para o ser humano comum, que seguira encontrando na fe aquela esperança de uma sobrevivencia alem da morte a qual nunca pode renunciar"."Crentes e nao crentes devemos nos alegrarmos pelo ocorrido em Madrid nestes diasem que Deus parecia existir, o catolicismo ser a religiao unica e verdadeira, e todoscomo bons meninos partíamos de maos dadas ao Santo Padre para o reino dos ceus",conclui.Fonte: www.acidigital.com08/09/2011 | ACI Digital “Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coraçao; contarei todas as tuas maravilhas. Em ti me alegrarei e exultarei; cantarei louvores ao teu nome, o Altíssimo” Salmo 9,1-2 Informativo oficial da Província de Campo Grande 19
  • CONVIVÊNCIA Estimados confrades Membros do Secretariado Vocacional Redentorista Província de Campo GrandeAproximam-se os dias que elegemos como momentos de “Convivencia Vocacional”. E umtempo de interiorizaçao, reflexao, oraçao e silencio. Convidamos aos adolescentes ejovens, mas tambem a cada um de nos que, de uma maneira ou outra, procuramosrevelar Jesus Cristo, que nos chama, atraves de nosso testemunho, entusiasmo, sentidode pertença a todos aqueles que nos procuram ou que nos sao apresentados.Devemos, tambem nos, colocarmo-nos atentos a escuta da Palavra de Deus.Conhecermos nossas qualidades, atitudes. Descobrir a vontade de Deus em nossa vida eabrir-nos completamente a sua graça. Desta maneira, com certeza, atrairemos maisvocaçoes.20 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • A VOCACIONAL A “Convivencia Vocacional” e um convite para os adolescentes e jovens que terminaram, estao terminando ou iniciando o Ensino Medio, de acordo com nosso diretorio. E um convite para os mesmos que querem dar sentido a sua vida, que querem dar ouvido ao chamado de Deus, que sentem atraídos para a vida missionaria redentorista, que desejam se preparar com seriedade: refletir, buscar orientaçao, desenvolver suas capacidades para responder com generosidade, com valentia ao chamado de Deus. Oremos para que todos juntos vamos descobrindo e respondendo ao chamado de Deus. Pe. Antonio Carlos de Mello, CSsR Informativo oficial da Província de Campo Grande 21
  • Eu sou Oliton Ferreira Gomes nasci em Telemaco Borba no dia 25 de setembro. Meudesejo de ser um Missionario começou quando eu tinha 9 anos de idade quando eu ia amissa com minha Mae e eu ficava olhando observando o Padre, chegava longo em casaqueria tambem fazer o que o Padre tinha acabado de fazer celebrar missa. Brincava aindacom alguns colegas de missa eu era o Padre e eles os fieis, foi assim que o desejo a vontadee o chamado via mais forte em meu coraçao. Quando disse para os meus pais que queriaser um padre minha família me deu logo o apoio, o desejo, a vontade parecia ser mais fortedo que eu, quando teve missao Redentorista na minha paroquia e via os Missionariossentia esse chamado foi ai que entao falei com uma Irma e ela pediu pra eu escrever umacarta foi assim que comecei a ser acompanhado pelo Promotor vocacional.Sempre encontrei pessoas que me apoiaram e me deram forças para continuar, minha família sempre me ajudou, foi ai que entao eu entrei para o seminario no ano de 2008 e eu ficava imaginando como seria minha vida longe da minha família, mas logo fui me acostumando porque passei a ter uma segunda família que estava sempre comigo ajudando a crescer. Hoje sou muito grato pelo o que Deus tem realizado em minha vida o por essa Congregaçao que depositou em mim a confiança, a minha família pelo apoio, A Nossa Senhora Mae do Perpetuo Socorro que caminha comigo me ajudando a responder todos os dias o meu sim. Que Santo Afonso nos envie muitas e santas vocaçoes. Óliton Ferreira Gomes22 Informativo oficial da Província de Campo Grande
  • Nos dias 23, 24 e 25 de Setembro , ospostulantes e junioristas visitaram o noviçoFernando , na cidade de Tietê. Foi uma grandealegria para os formandos se encontrarem,tivemos a oportunidade de celebrarmos o domda vida de dois de nossos irmãos a do NoviçoFernando no dia 24 e a do Postulante Oliton nodia 25.As três etapas de formação, (postulantado,noviciado e juniorato) tiveram momentos departilha e oração com os noviços e seu MestrePe. Ulysses. Como não poderia faltar tambémpraticaram esportes e visitaram os amigos napacata cidade de Tietê.Pe. Celso, formador dos postulantes, celebrouna comunidade de pastoral do noviço Fernando,onde foi entronizado o ícone da Mãe doPerpétuo Socorro, presente do noviço em açãode graças pelo dom da vida.Agradecemos a Deus, por esse bonito momentode fraternidade e amizade. Informativo oficial da Província de Campo Grande 23
  • ANIVERSARIANTES 07 Sergios Campos 21 Patrício 15 Donizete 23 Edilei 17 Odair Costa FESTAS LITURGICAS 05 Beato Franscisco Xavier Seelos, CSsR 12 Nossa Senhora Aparecida 16 Sao Geraldo Magela, CSsR versão antiga O Maria Santíssima, que em vossa Imagem milagrosa de Aparecida espalhais inume- ros benefícios sobre o Brasil, eu, embora indigno de pertencer ao numero dos vossos servos, mas desejando participar dos benefícios da vossa misericordia, prostrado a vossos pes, consagro-vos o entendimento, para que sempre pense no amor que me- receis. Consagro-vos a língua, para que sempre vos louve e propague a vossa devoçao. Con- sagro-vos o coraçao, para que, depois de Deus, vos ame sobre todas as coisas. Rece- bei-nos, o Rainha incomparavel, no ditoso numero dos vossos servos. Acolhei-nos debaixo da vossa proteçao. Socorrei-nos em nossas necessidades espirituais e temporais e, sobretudo, na hora da nossa morte. Abençoai-nos, o Mae Celestial, e com vossa poderosa intercessao fortalecei-nos em nossa fraqueza, a fim de que, servindo-vos fielmente nesta vida, possamos louvar-vos, amar-vos e render-vos graças no ceu, por toda eternidade. Assim seja. Pela intercessao de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, a bençao de Deus onipotente, Pai, Filho e Espírito Santo desça sobre vos e permaneça sempre. Amem.24 Informativo oficial da Província de Campo Grande