ASP.NET - Rastreamento e Depuração

6,067 views
5,985 views

Published on

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
6,067
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

ASP.NET - Rastreamento e Depuração

  1. 1. Modos de DesenvolvimentoCompilação Execução DepuraçãoOBS: Cada modo possui um objetivo 2
  2. 2. Depuração de Código Considerações: 1 Técnica que facilita o entendimento da aplicação (Fluxo, Camadas) 2 Técnica que permite Verificar Erros e Simular Massa de Dados 3 Visualizar as linhas que estão sendo executadasOBS: Popularmente conhecida como DEBUG, DEBUGAR, DEBUGANDO 3
  3. 3. Breakpoints (Pontos de Interrupção) Considerações: 1 Bolinhas Vermelhas no código .NET 2 Podem ser visualizados pela janela Breakpoints 3 Podem ser exportados para XML 4 Podem receber Descrições para identificação 5 São salvos em um arquivo OCULTO (.SUO) 4
  4. 4. Demonstração 1 Inserindo Breakpoints em uma página 2 Conhecendo a janela de Breakpoints 3 Rotulando/Exportando Breakpoints 4 Habilitando/Desabilitando todos os Breakpoints 5 Visualizando o arquivo SUO 6 Deletando todos os Breakpoints 5
  5. 5. Trace (Rastreamento) Considerações: 1 Visualizar as informações das requisições no Modo de Execução 2 Acompanhar o ciclo de vida das páginas (Eventos) 3 Inserir informações de rastreamento (Manualmente) 4 Existem 2 Tipos de Rastreamento (Página, Aplicação) 6
  6. 6. Demonstração 1 Habilitando o rastreamento individual na página (Diretiva e Propriedades) 2 Habilitando o rastreamento para todas as páginas 3 Habilitando o rastreamento na aplicação 4 Habilitando/Desabilitando o rastreamento via código 5 Escrevendo mensagens de rastreamento 7

×