Your SlideShare is downloading. ×
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Cidade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Cidade

315

Published on

Material didático usado no Moodle, para professoras de arte. …

Material didático usado no Moodle, para professoras de arte.
LELA - UDESC.
Laboratório de Educação, Liguagem e Arte
2013.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
315
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Coordenadora: Maria Cristina da Rosa Fonseca da Silva Responsáveis pelos Conteúdos: Adriane C. Kirst, Cristiane H. Simó, Milka L. Plaza, Rodrigo Born, Maria Cristina da Rosa F. da Silva Revisão Gramatical: Miriam de C. C. M. Mattos Projeto Gráfico e Diagramação: Luiza C. Magajewski COMO A CIDADE FOI RETRATADA DO PONTO DE VISTA DE ALGUNS ARTISTAS? Universidade Federal do Rio GrandeFURG
  • 2. A cidade é um lugar de aglomeração, de junção de pessoas, vivendo próximas umas das outras, é um lugar que cresce e se movimenta, vai adquirindo casas, prédios, ruas, praças, carros, pessoas. Pen- sando nisso, vamos conhecer determinados modos de ver a cidade por meio do ponto de vista de alguns artistas. Pode ser uma cidade do século XVIII e XIX, nas quais muitas das facilidades que temos hoje não existiam, como eletricidade, telefone, computador só para citar algumas. A cidade também pode ser pensada como um lugar político, onde sociedades convivem sobre regras e acontecimentos diários. Como lugar estético onde o artista deixa sua marca. Campo de batalha de ima- gens, comportamentos, estilos de vida, culturas e religiões. Nas cidades há de tudo.
  • 3. 1- Canaletto Veneza: Campo São Vida e Santa Maria da Cidade, 1728 Pintura 2- Victor Meirelles Vista Parcial da cidade de Desterro, Atual Florianópolis, 1849 Pintura 3- Oscar Niemeyer Congresso Nacional, Brasília, 1960 Arquitetura 4- Christo e Jeanne-Claude Reichstag empacotado, 1971-95 (Parlamento alemão) Instalação 5- Banksy Garota e Soldado, 2008 Grafitti
  • 4. 1- Canaletto Veneza: Campo São Vida e Santa Maria da Cidade, 1728 Pintura Uma das possíveis leituras para esta pintura, é que ela representa, em muitos detalhes, um retrato de um lugar de Veneza. É como uma fotografia tirada do ponto de vista de alguém que se posiciona um tanto quanto distante, tentando captar os detalhes presentes naquele momento. Uma Veneza, pintada de modo realista, o que temos em cena são algumas mulheres trabalhando, outras se divertindo com crianças, ou ainda, olhando na janela. Barcos apare- cem um pouco mais ao fundo e do outro lado da margem do canal há uma igreja. Destacamos igual- mente, que no centro, abaixo, podemos observar blocos brancos de algo que não é possível identificar, bem como, alguns grandes casarios, de estilo colo- nial, de três andares, tudo muito simples, em uma cena do cotidiano. A luz é projetada como um raio de sol que chega, realçando as cores da pintura. Como era Veneza do século XVIII? Quais eram as tecnologias disponíveis na época, como eram feitas a comunicação, as viagens, os trabalhos, enfim a vida cotidiana? Compare com a sua cidade, por exemplo, quanto tempo de existência tem Veneza em relação a sua cidade? 2- Victor Meirelles Vista Parcial da cidade de Desterro, Atual Florianópolis, 1849 Pintura Victor Meirelles pintou “Vista do desterro”, atual Florianópolis, aos 15 anos de idade quando voltava de uma viagem de estudos do Rio de Janeiro. Cabe ressaltar que a paisagem vai ser um dos principais temas de sua produção. Nesta pintura, podemos observar como era o porto, que ficava localizado na região central de Flori- anópolis, local atualmente aterrado. As cores da tela destacam os casarios brancos de estilo colonial, as árvores verdes e grandes, o chão batido das ruas com pessoas andando, bem ao fundo o porto com os barcos e o mar. Pense o que mudou na cidade desde que a pintura foi elaborada em 1849. Quais as diferenças se compararmos com os dias de hoje? Pense na tecnologia, nos costumes, no governo, na geografia, entre outros. 3- Oscar Niemeyer Congresso Nacional, Brasília, 1960 Arquitetura No ano de 1957 foi aberto concurso público para o plano piloto da capital do Brasil. O projeto vencedor teve Lúcio Costa na direção do plano da cidade, e Niemeyer foi responsável pelos projetos dos edifícios. A concepção e construção de Brasília foi um desa- fio, pois, a cidade foi erguida no período de um mandato político, ou seja, em apriximadamente 4 anos. O arquiteto planejou uma série de edifícios e teve poucos meses para construí-los. Foram projetados por Niemeyer, a residência do Presidente - o Palácio da Alvorada; o edifício do Congresso Nacional - a Câmara dos Deputados e Senado Federal; a catedral de Brasília; os prédios dos ministérios; a sede do governo - o Palácio do Planalto, além de prédios residenciais e comerciais. Como era o contexto político do Brasil na época em que Brasília foi construída? 4- Christo e Jeanne-Claude Reichstag empacotado, 1971-95 (Edifício do Parlamento alemão) Instalação Toda a negociação para empacotar o prédio do parla- mento alemão, durou de 1971 a 1995. Com grande parte dos trabalhos de Christo e Jeanne-Claude é assim. Quando finalmente as obras são concebidas causam grande impacto, pela sua monumentalidade, nos lugares onde são instaladas. Tratam-se de grandes produções que envolvem várias pessoas na execução. Tantos anos de conversas, autorizações e papéis para fazer o trabalho no Reichstag e o tempo de duração da obra foi de apenas duas semanas. Depois o que ficou como registro foram, os planejamentos, os desenhos, as maquetes, as fotos, os vídeos, as miniaturas, os livros e outros. Por que o casal escolheu este prédio na Alemanha? Que acontecimentos históricos aconteceram em Berlim, a cidade em que ele se situa? Que significações pode ter o ato de empacotar algo? 5- Banksy Garota e soldado, 2008 Grafitti Este grafitti foi feito em um muro de uma cidade próxima a Jerusalém, lugar fortemente cercado por conflitos religiosos e políticos. Ele nos mostra uma garotinha de vestido cor de rosa e tranças no cabelo revistando um soldado fortemente armado, com colete a prova de balas. Ao lado a figura de uma metralhadora, posicionada como se estivesse encostada no muro. As obras deste artista são assim, geralmente tem um forte apelo político e social. Seus desenhos estão divulgados pelo mundo por meio da internet, onde tem grande circulação, contudo, também estão em muitas galerias de arte. Há na sua cidade algum artista que trabalhe com o grafitti? Procure outros trabalhos de Banksy e compare com situações que podem acontecer no cotidiano do aluno, ou não, por quê?
  • 5. 1- Canaletto Veneza: Campo São Vida e Santa Maria da Cidade, 1728 Pintura Canaletto, ou Giovani Antonio Canal, nasceu em 1697 e faleceu em 1768 na Itália. É considerado um dos grandes pintores de paisagens urbanas do século XVIII, desenvolveu sua técnica desenhando e pintando ruas e canais de Veneza. ambém retratou lugares de Londres na Inglaterra e Roma na Itália, motivo pelo qual ficou relativamente famoso em seu tempo. Investigue se há ou já houve na sua cidade algum pintor de paisagens. Mostre se possível as pinturas ao alunos e compare a arquitetura, os hábitos, entre outros aspectos.
  • 6. 2- Victor Meirelles Vista Parcial da cidade de Desterro, Atual Florianópolis, 1849 Pintura Em 1832 nasceu em Nossa Senhora do Desterro, Victor Meirelles, que já aos 14 anos chamou a atenção pelo domínio e talento demonstrados por seu traço e cores, aptidões valorizadas na época. Logo conseguiu expor na Academia Imperial de Belas Artes no ano de 1846 e foi estudar na escola, bancado por um grupo de mecenas. Pintou a “Primeira Missa no Brasil” entre 1856 e 1860, enquanto estava na Europa, tendo feito muitos esboços para chegar ao resultado final. Seu estilo é considerado Romântico, porém com influências do Barroco e do Neoclassicismo. Foi um pintor histórico, que retratou combates, batalhas, retratos, cidades e outros. O acervo de sua obra é composto por esboços em papel e pintura.
  • 7. 3- Oscar Niemeyer Congresso Nacional, Brasília, 1960 Arquitetura Niemeyer nasceu no Rio de Janeiro em 1907. É um arquiteto brasileiro reconhecido no mundo todo por sua obra. Considerado um Modernista por seu estilo, de linhas longas e grandes espaços vazios, que se integram ao local. Podemos ver estas características no edifício do Congresso Nacional do Brasil, nele é possível ver na parte da frente um espelho d'água e um gramado amplo, já na parte posterior fica a Praça dos Três Poderes, que abriga também a Câmara dos Deputados e o Senado. Entre as duas semiesferas há dois blocos de escritórios.
  • 8. 4- Christo e Jeanne-Claude Reichstag empacotado, 1971-95 (Edifício do Parlamento alemão) Instalação Christo nasceu na Bulgária em 1935 e atualmente vive nos Estados Unidos. Jeanne-Claude, sua esposa e com- panheira de trabalho, nasceu na França em 1935 e faleceu em Nova York em 2009. O casal sempre trabalhou com projetos de grande escala, montados ao redor do mundo. Geralmente até o acontecimento da obra, levam anos de negociação, como ocorreu em “Reichstag empacotado” que iniciou em 1971 e foi concluído em 1995. Ao embrulhar prédios e pontes com tecidos sob superfície de alumínio, o casal cria um outro olhar para algo que já existe. Procuram lugares com grande passagem de pessoas, assim seus trabalhos são vistos por muitos especta- dores e de graça.
  • 9. 5- Banksy Garota e soldado, 2008 Grafitti Dizem que nasceu em Bristol, porém o fato concreto é que não existem fotos de Robert Banks ou Banksy, pseudônimo que adotou desde o início de suas interferências urbanas, além de nunca ter aparecido em pú- blico. Seus grafittis começaram a surgir pelas ruas nos anos 80 e seus trabalhos têm uma temática política, são uma crítica a determinadas ideias sobre autoridade, poder e liberdade. Este artista deixa sua obra pelas ruas em vários lugares do mundo, a maior parte de seus trabalhos é feita com a técnica do estêncil. Também já produziu documentários.
  • 10. CAMINHOS POSSÍVEIS Objetivos - Conhecer diferentes formas de pensar a cidade por meio da abordagem da arte. - Experênciar outros lugares através das imagens e refletir sobre a sua própria cidade em relação as que estão contidas neste material. - Elaborar um projeto sobre a cidade em que mora. - Elaborar, registrar e pesquisar imagens nos programas de computador. Estratégias - Por meio das imagens pensar com os alunos nos significados de cada trabalho. Quais as diferenças entre as cidades? Como a época em que foram realizados os trabalhos, pode influenciar na poética e técnica usadas nas obras? - Perceba nos temas as mensagens, ou seja o conteúdo político de Banksy, a concepção da construção de Bra- sília, as condições humanas do século XVIII, ou ainda as modificações da capital do estado de Santa Catarina, Flori- anópolis. Como tudo isso pode se conectar com a cidade dos seus alunos? - Pode ser proposto um projeto sobre a cidade em que os alunos vivem, primeiramente fazer uma pesquisa histórica, procurar os prédios mais antigos e importantes, quais as características, entender o que mudou ao longo da existência da cidade. A turma pode se dividir e os trabalhos podem ser produzidos com diferentes técnicas como a pintura, a instalação, o vídeo, a fotografia, o grafitti. Depois fazer uma exposição apresentando os trabalhos plásti- cos e as pesquisas.
  • 11. Temas relacionados Meio Ambiente, Paisagem e Meios de Transporte. Temas articuladores - Desenvolvimento das cidades em diferentes países - História. - Localizações das cidades apresentadas – Geografia. - Cultura e costumes – nas pesquisas históricas sobre as cidades, a urbanização, a coloniza ção, a formação cultural, do local da obra e do local do aluno. - Elaborar, registrar e pesquisar imagens nos programas de computador. Para refletir Pesquise se na sua cidade existem artistas que retratam as paisagens locais, convide ele para falar com a turma sobre a sua produção e a cidade.
  • 12. REFERÊNCIAS 1- Canaletto Catálogo. 30,000 years fo art. London: Phaidon, 2007. Disponível em: <http://www.canalettogallery.org/> Acesso em: jan, 2012. 2- Victor Meirelles SOUSA, Alcídio M., VOGEL, Daisi e MALLMANN, Regis. Museus Victor Meirelles – 50 anos; catálogo de obras. Florianópolis: Tempo Ed., 2002. Disponível em: <http://www.museuvictormeirelles.org.br/> Acesso em: jan, 2012. 3- Oscar Niemeyer BATISTA, Joseli V., DOLHNIKOFF, Luis e FARIA Francisco. Oscar Niemeyer: o espetáculo arquitetural. Curitiba: Museu Oscar Niemeyer, 2007. Disponível em: <http://www.niemeyer.org.br/> Acesso em: jan, 2012 4- Christo and Jeanne-Claude GRAHAM-DIXON, Andrew. Art, the definitive guide. London: Ed. DK, 2008. Disponível em: <http://www.christojeanneclaude.net/> Acesso em: jan, 2012. 5- Banksy Disponível em: <http://news.bbc.co.uk/2/hi/uk_news/magazine/5346822.stm>. Acesso em: jan, 2012. ABDALLA, Yasmin. Lenda urbana: obras e histórias de Banksy. In: Revista ELLE. Editora Abril, Janeiro, 2012.

×