Bronquiolite<br />
INTRODUÇÃO<br /><ul><li>Bronquioliteé uma infecção aguda do sistema respiratório. Causada por vírus, ela afeta predominant...
  A maioria das crianças acometidas está na faixa etária inferior a 6 meses e o risco de contrair a doença é maior em bebê...
  Pesquisas revelam que cerca de 10% das crianças desenvolverão bronquiolite no primeiro ano de vida e, destas, aproximada...
 Também são responsáveis pela doença os vírus parainfluenza 1 e 3, adenovírus, rinovírus e Mycoplasmapneumoniae.</li></li>...
Somente o médico deverá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios.</li></li></ul><li...
 Em alguns casos, há necessidade de internação. Para aqueles mais graves, estão indicados suporte ventilatório (entubação)...
Alguns medicamentos, no entanto, são utilizados como medida preventiva em bebês prematuros portadores de displasia broncop...
Bronquiolite
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Bronquiolite

3,566

Published on

Published in: Health & Medicine
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
3,566
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Bronquiolite

  1. 1. Bronquiolite<br />
  2. 2. INTRODUÇÃO<br /><ul><li>Bronquioliteé uma infecção aguda do sistema respiratório. Causada por vírus, ela afeta predominantemente os bronquíolos (menores ramificações dos brônquios).
  3. 3. A maioria das crianças acometidas está na faixa etária inferior a 6 meses e o risco de contrair a doença é maior em bebês prematuros, que não possuem o aparelho respiratório totalmente desenvolvido.
  4. 4. Pesquisas revelam que cerca de 10% das crianças desenvolverão bronquiolite no primeiro ano de vida e, destas, aproximadamente 10% necessitarão de hospitalização. </li></li></ul><li>CAUSA<br /><ul><li> O vírus sincicial respiratório (VSR) é o agente mais comum (cerca de 80% dos casos de bronquiolite).
  5. 5. Também são responsáveis pela doença os vírus parainfluenza 1 e 3, adenovírus, rinovírus e Mycoplasmapneumoniae.</li></li></ul><li>SINTOMAS<br /><ul><li> Os sintomas são semelhantes aos de um resfriado comum: </li></ul> Nariz entupido; <br /> Febre baixa;<br /> Coriza;<br /> Tosse. <br /><ul><li> No entanto, dependendo da evolução do quadro, a intensidade da inflamação pode causar graus variados de falta de ar e desconforto respiratório. Na maioria das crianças, a doença tem duração média de sete dias.</li></li></ul><li>DIAGNÓSTICO<br /><ul><li>O diagnóstico da bronquiolite é dado pelo médico após exame clínico e radiografia de tórax. Esse exame mostra sinais de inflamação dos brônquios e bronquíolos e aprisionamento de ar nos pulmões. </li></li></ul><li>TRATAMENTO<br /><ul><li> Procurar um médico com regularidade e, principalmente, aos primeiros sinais da doença é fundamental para que ele possa indicar o melhor tratamento para cada caso.
  6. 6. Somente o médico deverá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios.</li></li></ul><li>TRATAMENTO<br /><ul><li> Nos casos leves, o tratamento pode ser realizado em casa com orientação médica. Ele consiste em hidratação oral, desobstrução nasal com soluções à base de soro fisiológico, administração de antitérmicos e fisioterapia respiratória, se houver secreção pulmonar.
  7. 7. Em alguns casos, há necessidade de internação. Para aqueles mais graves, estão indicados suporte ventilatório (entubação), broncodilatadores e outros medicamentos que variam de acordo com a intensidade da inflamação. </li></li></ul><li>PREVENÇÃO<br /><ul><li> Por se tratar de uma infecção viral para qual, até o momento, não foi desenvolvida uma vacina eficaz e segura contra seu principal agente (VSR), não existe um método eficaz de prevenção.
  8. 8. Alguns medicamentos, no entanto, são utilizados como medida preventiva em bebês prematuros portadores de displasia broncopulmonar e crianças portadoras de doenças cardíacas congênitas graves, que, quando infectadas, podem sofrer complicações graves.</li></li></ul><li>Consulte sempre o seu médico.<br />Fontes: <br />http://www.spsp.org.br/spsp_2008/materias.asp?Id_Pagina=245&sub_secao=104<br />http://drauziovarella.com.br/infancia/bronquiolite/<br />  <br />Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ)<br />Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)<br />

×