Apresentação síndrome nefrótica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Apresentação síndrome nefrótica

on

  • 3,465 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,465
Views on SlideShare
3,465
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
20
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Apresentação síndrome nefrótica Apresentação síndrome nefrótica Presentation Transcript

  • Síndrome Nefrótica
  • INTRODUÇÃO• A síndrome nefrótica não é uma doença, mas um conjunto desinais, sintomas e achados laboratoriais que se manifestam empacientes com perda maciça de proteínas pela urina(proteinúria), indicando uma deficiência na filtração glomerular.• A síndrome nefrótica é a forma de apresentação de váriasdoenças renais que se manifestam por edema generalizado eproteinúria.
  • • As doenças que podem causar lesão na filtração glomerular têmorigens inflamatória, infecciosa, degenerativa, obstrutiva, congênita ouneoplásica. Entre as principais causas da síndrome nefrótica estão:Hepatite B;DiabetesMellitus;Esquistossomose; Toxoplasmose;TromboseVenosa Renal;Drogas;Malária;CAUSASe algumasneoplasias.AIDS;
  • SINTOMAS• Os sintomas aparecem inicialmente de forma lenta e o edema vaise instalando progressivamente, iniciando pelas pernas epálpebras e posteriormente acometendo o corpo todo. Tambémsão comuns:Aumento de peso (mesmo com apetite diminuído),Cansaço,Fraqueza,Elevação da pressão arterial,Diminuição da quantidade e presença de espuma naurina, indicando perda de proteínas.
  • DIAGNÓSTICO• Uma avaliação clínica com exame físico e história do pacienteé fundamental. A confirmação da proteinúria é feita pelo examede urina. Muitas vezes é necessária uma biópsia renal paraesclarecer tipo, intensidade e causa da lesão glomerular.
  • TRATAMENTO• Procurar um médico aos primeiros sinais da doença é fundamentalpara a indicação do melhor tratamento para cada caso;• Somente o especialista poderá orientar o paciente em relação aosprocedimentos adequados e ao uso de remédios;
  • TRATAMENTO• Todos os tratamentos, quaisquer que sejam as causas, visamdiminuir ou eliminar a perda anormal das proteínas pela urina. Comesta medida, a albumina sanguínea volta ao normal e o edemadesaparece.• O tratamento específico depende da causa da síndrome nefrótica epodem ser usados antiinflamatórios, antibióticos, imunossupressorese, eventualmente, cirurgia para correção de obstrução venosa ouneoplasia.
  • PREVENÇÃO• Não existe, até o momento, uma forma direta de prevenção dasíndrome nefrótica.• As glomerulonefrites causadas por doenças contagiosas, comoAIDS e hepatite, podem ser evitadas com as medidas deprevenção de contágio destas patologias.• Para os casos de etiologia bacteriana, é fundamental que odiagnóstico e o tratamento da infecção sejam feitos o maisprecocemente possível.
  • Consulte sempre o seu médico.Fontes:Manual Merck. Biblioteca OnlineMayo Clinic http://www mayoclinioc.comhttp://www. abcdasaude com.brEditora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ)Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)