Polio inativada

5,254 views
4,915 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,254
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
77
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Polio inativada

  1. 1. Vacina InativadaPoliomielite VIP
  2. 2. Vacina Inativada Poliomielite Recomenda para os países da região das Américas: Continuar utilizando a VOP até a completa certificação mundial de erradicação da doença; Os que utilizam somente a VIP em seus esquemas regulares de vacinação devem utilizá-laapenas se cumprirem plenamente os requisitos mínimos recomendados pela OMS e Opas; Os países que estão considerando o uso da VIP antes que seja alcançada a erradicaçãomundial da poliomielite devem utilizar esquemas sequenciais que incluam a VOP e ourealizar campanhas com VOP; Os países que não alcançarem coberturas vacinais iguais ou superiores a 95% em todos osmunicípios devem fazer campanhas anuais de vacinação com VOP para a população-alvo decrianças menores de cinco anos de idade, independentemente do estado vacinal; Os países devem manter os padrões de certificação para a vigilância das paralisiasflácidas agudas – PFA (em conformidade com as metas estabelecidas pela OPAS/OMS para osindicadores de qualidade da vigilância).
  3. 3. Vacina Inativada Poliomielite “Vacina Salk", - VIP é constituída por cepas inativadas (mortas) dos três tipos (1, 2 e 3) de poliovírus VACINA COMPOSIÇÃO - Poliovírus inativados do tipo I.....40 unidades de antígeno UD* - Poliovírus inativados do tipo II....8 unidades de antígeno UD* -Poliovírus inativados do tipo III...32 unidades de antígeno UD*Vacina Inativada da Excipientes: 2-fenoxietanol, formaldeído, meio Hanks 199, ácido clorídrico oupoliomielite hidróxido de sódio (para ajuste de pH).Solução injetável *UD – Unidade de Antígeno-D de acordo com a OMS ou quantidade antigênicade 0,5 mL equivalente determinada por método imunoquímico adequado. A vacina também pode conter traços indetectáveis de neomicina, estreptomicina e polimixina B, que são utilizados durante a sua produção. Os três tipos de poliovírus são cultivados em células VERO.
  4. 4. Vacina Oral Atenuada - VOP •Contém os 3 sorotipos• Cultivada em células Vero• Contém neomicina e estreptomicina• Altamente eficaz em induzir imunidade: 50% imune após 1 dose 95% imune após 3 dosesPontos positivos1- sem injeções2- gera imunidade no sangue e no intestino3- gera dispersão do vírus vacinal na natureza vírus vacinal liberado nas fezes por até 6 semanas4- gera imunidade de longa duração (provavelmente vida toda)
  5. 5. Vacina Inativada PoliomieliteEsquema vacinal Idade Vacina2 meses (idade mínima – 6 semanas) Vacina inativada poliomielite – VIP4 meses (intervalo mínimo – 30 dias) * VIP6 meses Vacina oral poliomielite (atenuada) – VOP15 meses VOP Nos primeiros 6 meses de idade, o intervalo mínimo de 30 dias só é recomendado se o indivíduo estiver sob risco iminente de exposição à circulação viral (exemplos: viajantes a regiões endêmicas ou em surtos). A preferência para a administração da VIP aos 2 e 4 meses de idade tem a finalidade de evitar o risco, que é raríssimo, de paralisia associada à vacina, e as da VOP, manter a imunidade populacional (de rebanho) contra o risco potencial de introdução de poliovírus selvagem através de viajantes oriundos de localidades que ainda apresentam casos autóctones da poliomielite.
  6. 6. Vacina Inativada PoliomieliteA VIP só deve ser administrada em criança a partir dos 2 meses de idadeque estiverem iniciando esquema vacinal; Se a criança tiver recebido como 1ª dose, na rotina de vacinação, a VOP, oesquema será completado com VOP; Se a criança tiver recebido a 1ª dose e/ou 2ª dose de VIP, deverá seguiresquema sequencial; Se a criança receber VIP aos 2 meses e por algum motivo receber VOPaos 4 meses, o esquema será completado com VOP;
  7. 7. Vacina Inativada PoliomieliteSituações de adiamento para aplicação• as mesmas para as demais vacinas virais do calendário de vacinaçãoUso simultâneo com outras vacinasA vacina poliomielite 1, 2 e 3 (inativada) pode ser administrada simultaneamente com qualquer outra vacina recomendada pelo Programa Nacional de Imunizações. Em caso deadministração concomitante, devem ser utilizadas diferentes agulhas sersítios Vacinas injetáveis diferentes sempre devem e de administração. administradas em locais de injeção diferentes • Se mais de uma injeção for dada em um mesmo membro, devem ser administradas pelo menos a 2,5 centímetros de distância (American Academy of Pediatrics, 2003). • O local em que cada injeção for administrada deve ser observado nos registros do indivíduo, possibilitando a diferenciação de qualquer reação local.
  8. 8. Vacina Inativada PoliomieliteVia de aplicação e doseA via de administração preferencial da VIP é a IM,entretanto, a via subcutânea também pode ser usada, mas emsituações especiais (casos de discrasias sanguíneas).O local de aplicação preferencial para injeção intramuscular embebês é o músculo vasto-lateral da coxa ou região ventroglútea epara crianças maiores o músculo deltóide.Conservação▪ Temperaturas entre +2 e +8ºC;▪ A vacina não pode ser congelada.▪ A vacina pode ser utilizada até 6 horas após aberta.
  9. 9. Vacina Inativada PoliomieliteEstudos de Eficácia Estudos mostraram que um mês após a vacinação primária (3 doses), osníveis de soroproteção foram de100% para os poliovírus vacinais tipos 1 e 3 ede 99% a 100% para o tipo 2. A resposta à vacina poliomielite 1, 2 e 3 (inativada) pode ser reduzida se apessoa estiver fazendo o uso de algum tratamento imunossupressor ou se opaciente tiver alguma imunodeficiência. Nestes casos, recomenda-se oadiamento da vacinação até o final do tratamento ou da doença. Em pacientes com imunodeficiências crônicas, como porexemplo, em pacientes com HIV, a vacinação é recomendada mesmo que aresposta a essa vacina seja limitada.
  10. 10. Vacina Inativada PoliomieliteContra indicações Qualquer indivíduo portador de alergia grave (anafilaxia) a qualquer componente da vacina (estreptomicina, neomicina, e polimixina B) Qualquer pessoa que já apresentou quadro de reação alérgica grave a uma vacinação anterior com VIPFalsas contra indicações Pessoas com quadro clínico de doenças respiratórias superiores leve a moderada, com ou sem febre baixa, Reação local a uma dose prévia da vacina, Terapia antimicrobiana atual Fase de convalescença de doença aguda. Amamentação - não interfere com o sucesso da imunização com a VIP. Criança com diarréia.
  11. 11. Vacina Inativada Poliomielite Precauções Potencial risco de apneia: monitoramento da respiração de 24 a 72horas devem ser considerados após a administração da vacina paraimunização primária de bebês prematuros (nascidos com menos de 28semanas) e principalmente para aqueles com histórico de imaturidaderespiratória. Administração com cuidado em pacientes com trombocitopenia, ouproblemas de coagulação, uma vez que pode haver sangramento nessespacientes.
  12. 12. Vacina Inativada PoliomieliteEventos adversosÉ uma vacina bem tolerada, licenciada em mais de 60 países Eventos adversos locais mais relatados √ Eritema: pode ocorrer em 0,5% a 1,5% dos menores vacinados; √ Enduração: ocorre em 3% a 11% dos vacinados; √ Hiperestesia ou sensibilidade local aumentada ao toque manual: de 14% a 29% dos vacinados. Eventos sistêmicos: febre moderada Eventos alérgicos: anafilaxia (rara)
  13. 13. Vacina Inativada Poliomielite Registro de doses administradas Esquema Sequencial Situação VIP/VOP ObservaçãoCriança com 1ª ou 1ª e 2ª Manter o esquema com a vacina Criança não farádoses com VOP VOP e digitar na caixa específica da uso da vacina dose correspondente da vacina VOP VIP.Criança com esquema especial Mantido o esquema com a vacina VIP Criança não fará uso dacontra poliomielite e digitar na caixa específica da dose vacina VOP na D3 einiciado com a vacina VIP nos correspondente da vacina VIP Reforço, nem naCRIE campanha de vacinaçãoCriança que no momento da Criança iniciará esquema seqüencial Doses da vacina VOPvacinação está com 2 meses de VIP/VOP (D1 VIP) e será agendada as administradas entreidade e tem uma dose da VOP demais doses do esquema (D2 VIP, D3 0 e <2 meses de idaderecebida entre 0 a <2 meses de e REF VOP). As doses deverão ser não serão consideradasidade registradas na caixa específica do para o esquema de esquema seqüencial VIP/VOP. rotina.Criança <1 ano iniciando o Criança fará uso do esquemaesquema vacinal de rotina sequencial VIP/VOP (D1 e D2 comcontra poliomielite a VIP e D3 e REF com a VOP)
  14. 14. Vacina Inativada Poliomielite No caso de vacinação de crianças ≥5 anos de idade o registro deverá ocorrer nas grades e campos específicos das vacinas Poliomielite Oral (VOP) e Poliomielite Inativada (VIP). EX: Crianças SEM esquema para poliomielite: ▪ < de 5 anos de idade vacinar a 1ª e 2ª dose com VIP, 3ª e reforço com VOP: registrar no SI-API esquema sequencial VIP-VOP as doses correspondentes. ▪ > de 5 anos de idade vacinar a 1ª e 2ª dose com VIP, 3ª e reforço com VOP: registrar no SI-API, imunos especiais, vacina Inativada da poliomielite a 1ª e 2ª doses, e na vacina oral da poliomielite a 3ª dose e o reforço. O esquema VIP-VOP esta disponível no SI-API para o registro de doses somente até 4 anos de idade O esquema sequencial VIP-VOP pode ser oferecido para crianças < de 7 anos. Crianças > de 7 anos SEM dose anterior de vacina da POLIO receberá 3 doses de VIP (Intervalo mínimo da 1ª para 2ª dose – 1 mês; intervalo mínimo da 2ª para 3ª dose – 6 meses)¹.¹ Pediatrics, Recommended Childhood and Adolescent Immunization Schedules .United states 2012. Committee on Infectious Diseases. February 6, 2012

×