África do sul

1,825 views
1,671 views

Published on

Trabalho De Geografia...
Danilo,Adrielly,Etielle,Amanda,Gerliane e Camila

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,825
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

África do sul

  1. 1. África do Sul<br />População<br />Taxa de Mortalidade<br />Taxa de Natalidade<br />Taxa de Crescimento<br />MortalidadeInfantil<br />Economia<br />Taxa de Alfabetização<br />PIB ( ProdutoInternoBruto)<br />PIB ( ProdutoInternoBruto) per capita<br />Taxa de Desemprego<br />Estradas<br />Ferrovias<br />Canais<br />
  2. 2. População<br />No ano de 2000 a população era de aproximadamente 43 milhões de habitantes, aumentandogradativamenteem 2005 paraaproximadamente 45 milhões e em 2009 suapopulação<br />Aumentoupara 49,05 milhões de habitantes.<br />
  3. 3. Taxa de Mortalidade<br />O registro de mortesem 2000 foi de 14,96% , o maisbaixoatéentão . Sendoqueem 2007 o registrosubiupara 22,45%, se estabilizandosónosanos de 2008 e 2009 com 17%.<br />
  4. 4. Taxa de Natalidade<br />No ano de 2000 foiregistradomaiortaxa de natalidade, com 24,56%. Jáem 2007 foiregistrado a menortaxa de natalidade, com 17,94 % ; voltando a subirem 2008 paraaproximadamente 20% , se estabilizandoem 2009.<br />
  5. 5. Taxa de Crescimento<br />No ano de 2000 a África do Sulteveum crescimento de 0,5% aoano , tendoumaquedaem 2002 e 2003 chegando a quase zero . Aumentando de 2004 com 0,2% a 2008 com 0,8% , tendoumaquedabruscaem 2009.<br />
  6. 6. MortalidadeInfantil<br />Permaneceuestávelaté 2005 variando de 58% a 62% . Iniciando a queda no ano de 2005 atéterumaquedabruscaem 2007 a 2008 , baixando de 59% a 45%.<br />
  7. 7. Taxa de Alfabetização<br />O número de alfabetizadosnosanos de 2000 e 2001 foi de 82% . Aumentandopara 85% no ano de 2002, em 2003 aumentoupara 86,5% . Se mantendoestávelaté 2009. <br />
  8. 8. Economia<br />A África do Sul é rica em recursos naturais. Sua economia é bem desenvolvida, sendo que seu mercado de ações, o JSE Limited, está entre os 20 maiores do mundo. Seu PIB - Produto Interno Bruto - também é notável. Ele lhe dá a posição de vigésimo no mundo.<br />A nação possui a quarta maior renda per capita do continente africano. Só perde para as Ilhas Seychelles, Botswana e algumas regiões sob domínio europeu, quando consideradas em conjunto. <br />A moeda oficial é o rande, que possui bom valor no mercado internacional. É a moeda de um país emergente mais movimentada pelos mercados financeiros globais. Atualmente, faz parte de um seleto clube, o ContinuousLinkedSettlement, que executa transações internacionais de forma imediata e sem necessidade de se preocupar com os riscos da diferença de fuso horário.<br />
  9. 9. PIB – ProdutoInternoBruto<br />O PIB de 2000 é de 300 bilhões de reais , aumentandogradativamenteem 2007 para 600 bilhões de reais , com umaquedanosanos de 2008 e 2009.<br />
  10. 10. PIB – Renda Per capita<br />Desde o ano de 2000 a renda per capita daÁfrica do Sulaumentou de 6,8 bilhões de US$ á 13,3 bilhões de US$ , tendoumaquedabruscaem 2008 , ficando com 9,7 bilhões de US$.<br />
  11. 11. Taxa de Desemprego<br />Nosanos de 2000 e 2001 manteve-se estável com 30% , aumentandonosanos de 2002 e 2003 com 37% . Tendoumaquedarepentinaaté o ano de 2005 , se estabilizandoem 2006 e caindo de 26,6% á 22,9% até 2009.<br />
  12. 12. Estradas<br />A rede total de estradas na África do Sul tem aproximadamente 754.000 quilómetros, 9.600 km dos quais são estradas nacionais. A viagem de Musina, na fronteira a norte, até à Cidade do Cabo, no sul, são 2.000 km de jornada ao longo de estradas perfeitas.<br />Cerca de 2.400 km das estradas do país são auto-estradas com portagem.<br />O Ministério dos Transportes é responsável pela política geral do sector, porém a construção de estradas e a sua manutenção é da responsabilidade da Agência Nacional de Estradas Sul Africana (SouthAfricanNationalRoadsAgency – SANRA), bem como as nove províncias e os governos locais.<br />
  13. 13. Ferrovias<br />A Gautrain, uma rede de comboio rápida de 80 km, ligará Joanesburgo, Pretória e o Aeroporto Internacional OR Tambo, facilitando e aliviando a congestão da auto-estrada Joburg-Pretória, proprocionando a quem viaja diariamente uma alternativa segura e viável em vez de viagem de carro.<br />A África do Sul dispõe de uma extensa rede de caminhos de ferro – a 10ª mais longa do mundo – ligando com as redes da região subsaariana.<br />A estatal TransnetFreightRail (TFR) é a maior via férrea e o maior transportador de cargas pesadas da África austral, com cerca de 22.000 km de via férrea, dos quais cerca de 1.500 km são vias de transporte. A infra-estrutura da empresa, que liga os portos com o resto da África do Sul, representa aproximadamente 80% do total do continente africano.<br />
  14. 14. Canais<br />As linhas de navegação principais passam ao longo da costa africana nos oceanos Atlântico e Indico. Aproximadamente 96% das exportações do país são transportadas por barco e os sete portos comerciais são a via de comunicação comercial entre a África do Sul e os seus parceiros na África austral, como também os centros para tráfego de e para a Europa, Ásia, Américas e as costas oriental e ocidental de África.<br />A TransnetNationalPortsAuthority (autoridade portuária nacional), empresa do estado, controla todos os portos do país: Richards Bay e Durban, na província de KwaZulu-Natal, EastLondon e Port Elizabeth, no Cabo Oriental, e MoselBay, Cidade do Cabo e Saldanha, no Cabo Ocidental.<br />Durban é o porto com mais tráfego em toda a África e que tem maior capacidade para receber contentores na África austral, ao passo que Richard’sBay é o maior terminal de carvão a granel do mundo. Juntos, os portos da África do Sul representam um movimento de 183 milhões de toneladas de carga em 2007 e estão a ser feitas melhorias para aumentar ainda mais a capacidade de movimentação.<br />

×