Your SlideShare is downloading. ×
0
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
A Aula Essencial  :: DIDÁTICA
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

A Aula Essencial :: DIDÁTICA

432

Published on

Aula Essencial, estudo para professores em geral.

Aula Essencial, estudo para professores em geral.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
432
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
23
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Uma análise, uma proposta Professor Doutor Fernando José de Almeida PUC/SP e TV Cultura Águas de Lindóia, 1º de abril de 2013
  • 2. A aula como alma
  • 3.  CAUSA da desmotivação  CAUSA da evasão  CAUSA dos desvios ideológicos  É do Século XVIII Limpando a imagem de vilã
  • 4. O que é PARA A DIREITA PARA A ESQUERDA Não é • Arquitetura • Cadeiras • Metodologia • Bancária Todos chamam: “a sala de aula”
  • 5. CAVERNA (para a família) • Em torno da fogueira ACADEMIA (para poucos) • Peripatético • Eleitos, discípulos GRUPO DE PODER (para o grupo) • No palácio • Aula, corte • Para ouvir viagens, música, política, cultura DEMOCRÁTICA (para todos) • Organização de disciplinas e sequências didáticas • Ao fim um diploma: reconhecimento social
  • 6. Vem do Século XVIII ...se se mantém... ...expandiu-se muito... PORTANTO...
  • 7.  Momento do AUTOR  Momento do OUTRO  Latim: auctor / alter
  • 8. CONTEXTUALIZAÇÃO: Mobiliza / problematiza EXPLICAÇÃO: Analisa / justifica INVESTIGAÇÃO: Encaminha / organiza • mostra respostas CONCLUSÃO: sintetiza / utopiza
  • 9. EQUÍVOCOS (bem intencionados) • AULA GÔNDOLA  Quanto mais, melhor  Oferta indiscriminada  Conteúdos para consumo consequência da aula toda aula tem em si uma hiperaula
  • 10. Concentração, expansão, unificação, vivência Cognição CONHECIMENTO Assimilação e individualização
  • 11.  Falar com quem gosta  Falar de modo singelo, simples: • Iniciar com os objetivos na lousa • Finalizar com o que aprendeu: • Metacognição • Memória • Percurso Cognitivo • Auto-avaliação Aprender COMO aprender
  • 12. AULA ESSENCIAL + ATIVAÇÃO DAS ZONAS DE SENSIBILIZAÇÃO: AULA EXPANDIDA  Após a clareza das questões trazidas (7/10 minutos) • Desenvolvem-se questões enriquecedoras, amplificadoras, contextualizadas
  • 13.  A tentação é perder-se nos detalhes / nas metodologias / na avaliação...  O que eu vou ensinar hoje? – é a primeira pergunta • Currículo • Plano • Caderno do Professor  Decisões, opções, aperfeiçoamento, engajamento, oportunidade
  • 14. AULA ESSENCIAL (5 a 7 minutos) AULA EXPANDIDA: Zonas de Sensibilização Z S Z S Z S Z S Z S Z S Z S Z S Z S • O espanto, a curiosidade, o humor, o absurdo • As histórias, as soluções • As pesquisas, a lógica, as conclusões, as regras, o ainda não • Os desafios para a classe, a dimensão social, a ética, as utopias...
  • 15.  Novas curiosidades  Atividades em grupos  Interdisciplinaridade  Pesquisas orientadas  Intervenção social  Divulgação de produtos  Aprofundamento  Redes sociais de pesquisa  Apoio de múltiplas mídias  Utopias  Levantamento com alunos de novos temas  Ética e estética  Políticas / solidariedade...  ...
  • 16. Qual o mais precioso instrumento do nosso TRABALHO?  10 minutos de nossa inteira responsabilidade • Não é da sociedade • Não é do governo • Não é do coletivo • Não é do currículo • Não é das tecnologias É meu! Sou autor, sou autoridade. É por ela que luto por TODO o resto!

×