EDII10 [2012.1]   Recuperação de Chave Secundária - Multilista
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

EDII10 [2012.1] Recuperação de Chave Secundária - Multilista

on

  • 662 views

 

Statistics

Views

Total Views
662
Views on SlideShare
652
Embed Views
10

Actions

Likes
0
Downloads
20
Comments
0

2 Embeds 10

http://estruturasdedadosdois.blogspot.com.br 9
http://www.estruturasdedadosdois.blogspot.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    EDII10 [2012.1]   Recuperação de Chave Secundária - Multilista EDII10 [2012.1] Recuperação de Chave Secundária - Multilista Presentation Transcript

    • Recuperação deChave Secundária & Multilista Estrutura de Dados IIUnida 10 de UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 1
    • Flores?O verbo educar é originário do latim e querdizer extrair de dentro. Logo, a educaçãonão se constitui em mero estabelecimento deinformações, mas sim de se trabalhar aspotencialidades do ser, a fim de quefloresçam. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 2
    • O segredo é não correr atrás dasborboletas... É cuidar do jardimpara que elas venham até você. . Mário Quintana UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 3
    • Para você, o que é uma chave secundária?UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 4
    • E o que é recuperação? De chavesecundária?UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 5
    • Considerando, por exemplo, um sistema de cadastro dos bens patrimoniais da UFS, onde são mantidos: Endereço Descrição Condições Lotação Aquisição 001 Monitor Uso DComp 03/2005 002 Estabilizador Extravio CPD 04/2006 003 Monitor Uso DComp 02/1999 004 Monitor Extravio CPD 04/2000 005 Impressora Uso CPD 01/2005 006 Projetor Uso DAA 02/2007 007 Projetor Uso DComp 11/2006 008 Projeto Extravio DComp 02/2005 009 Scanner Extravio DAA 03/2001 ... Éumapossv consula qua os bens l a no DComp? í el t : is ot dos Como efet rest consula ua a t? Épossv ot ro pr í el imiza ocessa o dest consulamodifica afor de ma eros da ment a t ndo ma nt dos? 6
    • Recuperação de Chave Secundária As estruturas de dados tipo arquivo não são usadas estritamente para disponibilizar consultas a partir de chaves primárias – que identificam unicamente os registros. Código Descrição Condições Lotação AquisiçãoC adastro dos bens patrimoniais da 001 Monitor Uso DComp 03/2005 002 Estabilizador Extravio CPD 04/2006 003 Monitor Uso DComp 02/1999 004 Monitor Extravio CPD 04/2000 005 Impressora Uso CPD 01/2005 006 Projetor Uso DAA 02/2007 007 Projetor Uso DComp 11/2006 008 Projeto Extravio DComp 02/2005 009 Scanner Extravio DAA 03/2001UFS. ... UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 7
    • Recuperação de Chave SecundáriaSão possíveis consultas de interesse do gerente do sistema de cadastro de bens patrimoniais da UFS: 1. relação de bens lotados no CPD 2. relação de bens extraviados 3. relação de bens adquiridos antes de 01/2000 4. relação de bens em uso no DAA Endereço Descrição Condições Lotação Aquisição 001 Monitor Uso DComp 03/2005 002 Estabilizador Extravio CPD 04/2006 003 Monitor Uso DComp 02/1999 004 Monitor Extravio CPD 04/2000 005 Impressora Uso CPD 01/2005 006 Projetor Uso DAA 02/2007 007 Projetor Uso DComp 11/2006 008 Projeto Extravio DComp 02/2005 009 Scanner Extravio DAA 03/2001 ... UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 8
    • Recuperação de Chave SecundáriaSão possíveis consultas de interesse do gerente do sistema de cadastro de bens patrimoniais da UFS: 1. relação de bens lotados no CPD 2. relação de bens extraviados 3. relação de bens adquiridos antes de 01/2000 4. relação de bens em uso no DAA Endereço Descrição Condições Lotação Aquisição 001 Monitor Uso DComp 03/2005 002 Estabilizador Extravio CPD 04/2006 003 Monitor Uso DComp 02/1999 Que outa consula podem rs ts 004 Monitor Extravio CPD 04/2000 serúeis a ger es e t os ent 005 Impressora Uso CPD 01/2005 usuáios do sist em r ema 006 Projetor Uso DAA 02/2007 a áise? nl 007 Projetor Uso DComp 11/2006 008 Projeto Extravio DComp 02/2005 009 Scanner Extravio DAA 03/2001 ... UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 9
    • Recuperação de Chave Secundária Endereço Descrição Condições Lotação Aquisição 001 Monitor Uso DComp 03/2005 002 Estabilizador Extravio CPD 04/2006 003 Monitor Uso DComp 02/1999 004 Monitor Extravio CPD 04/2000 005 Impressora Uso CPD 01/2005 006 Projetor Uso DAA 02/2007 007 Projetor Uso DComp 11/2006 008 Projeto Extravio DComp 02/2005 009 Scanner Extravio DAA 03/2001 ... C adastro dos bens patrimoniais da UFS.Consultas cujas respostas envolvem mais de um registro são formuladas a partir de possíveis chaves secundárias. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 10
    • Chave SecundáriaChaves Secundárias são chaves cujos valores identificam mais de um registro, diferente das chaves primárias, a partir das quais obtém-se um único registro. Por exemplo, em resposta à primeira consulta (relação de bens lotados no CPD) são selecionados 3 bens: 002, 004 e 005; desta forma podemos afirmar que LOTAÇÃO é uma possível chave secundária. Endereço Descrição Condições Lotação Aquisição 001 Monitor Uso DComp 03/2005 C adastro dos bens patrimoniais da 002 Estabilizador Extravio CPD 04/2006 003 Monitor Uso DComp 02/1999 004 Monitor Extravio CPD 04/2000 005 Impressora Uso CPD 01/2005 006 Projetor Uso DAA 02/2007 007 Projetor Uso DComp 11/2006 008 Projeto Extravio DComp 02/2005 UFS. 009 Scanner Extravio DAA 03/2001 ... UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 11
    • Chave Secundária Diz-se que LOTAÇÃO é uma possível chave secundária porque um campo somente adquire esta denominação quando a aplicação computacional disponibiliza consultas a partir destas. Antes da implementação, tais campos são chaves candidatas à secundária. Endereço Descrição Condições Lotação Aquisição 001 Monitor Uso DComp 03/2005 002 Estabilizador Extravio CPD 04/2006C adastro dos bens patrimoniais da 003 Monitor Uso DComp 02/1999 004 Monitor Extravio CPD 04/2000 005 Impressora Uso CPD 01/2005 006 Projetor Uso DAA 02/2007 007 Projetor Uso DComp 11/2006 008 Projeto Extravio DComp 02/2005UFS. 009 Scanner Extravio DAA 03/2001 ... UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 12
    • Chave SecundáriaEm consultas elaboradas a partir de chaves secundárias, os registros são recuperados pela especificação de valores de uma ou mais chaves; que, ao contrário dos valores de chaves primárias, não identificam apenas um único registro.Considerando o exemplo dado, temos: Código Descrição Condições Lotação Aquisição Chave Chaves Secundárias Candidatas Primária UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 13
    • Recuperação de Chave Secundária UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 14
    • Recuperação de Chave SecundáriaUm arquivo em que são feitas recuperações a partir de chaves secundárias deve ser organizado de forma a minimizar o esforço de pesquisa. Com este propósito surgem: arquivos multilista – onde se mantém um link para cada chave secundária C, através dos quais, registros que apresentam mesmo valor de C são encadeados. arquivos invertidos – mantém arquivos adicionais que indexam os registros que apresentam mesmo valor de chave secundária. árvores de assinaturas – os dados em arquivo são mantidos em codificação binária a qual serve de índice para localização dos registros a partir de chaves secundárias. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 15
    • Proporsit ç o probl , e ba de da cor ua ã ema se dos respondente,cuj s consula impl a ts iquem na recuper ç o de cha es aã vsecundáia r s. C uidando do jardim!!! UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel
    • Recuperação de Chave SecundáriaComo dito, os arquivos cujas recuperações serão efetuadas por meio de chaves secundárias, devem ser organizados de forma a minimizar o custo para realização destas.Uma forma de minimizar os citados custos é reduzir o número de registros a serem pesquisados durante o processo de recuperação de dados a partir de chaves secundárias. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 17
    • Como dito, uma forma de minimizar osMultilista citados custos é reduzir o número de registros a serem pesquisados durante o processo de recuperação de dados a partir de chaves secundárias.ara tanto, uma possível solução é adicionar aos arquivos, links paracada chave eleita secundária e usar tais ponteiros para encadear osregistros que apresentam o mesmo valor de chave secundária.)          C adastro dos bens patrimoniais da UFS.
    • MultilistaTais arquivos, que apresentam links para cada chave secundária e usam ponteiros para encadear os registros que apresentam o mesmo valor de chave secundária são denominados arquivos multilista. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 19
    • Considerando, por exemplo, um sistema de cadastro dos benspatrimoniais da UFS, onde são mantidos: Endereço Descrição Condições Lotação Aquisição 001 Monitor Uso DComp 03/2005 002 Estabilizador Extravio CPD 04/2006 003 Monitor Uso DComp 02/1999 004 Monitor Extravio CPD 04/2000 005 Impressora Uso CPD 01/2005 006 Projetor Uso DAA 02/2007 007 Projetor Uso DComp 11/2006 008 Projeto Extravio DComp 02/2005 009 Scanner Extravio DAA 03/2001 ... C adastro dos bens patrimoniais da UFS. Qua ca el como cha es secundáia is mpos eger v r s? UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 20
    • Aplicação de Multilista Adotando os campos – descrição, condições, lotação e aquisição como chaves secundárias – temos: Código Descrição Link Condições Link Lotação Link Aquisição LinkA D C L 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10C adastro dos bens patrimoniais da 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12UFS. ... UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 21
    • O primeiro registro de bem lotado no DComp encontra-se no código/endereço 001 cujo link lotação aponta para o endereço 003 onde se encontra o segundo bem lotado no DComp e assim por diante. Código Descrição Link Condições Link Lotação Link Aquisição LinkA D C L 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8C adastro dos bens patrimoniais da 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 ...UFS. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 22
    • Código Descrição LinkD Condições LinkC Lotação LinkL Aquisição LinkA 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 005 Impressora Uso CPD 01/2005C adastro dos bens patrimoniais da 26 6 11 8 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 ...UFS. Não havendo nenhum outro bem com mesmo valor de chave secundária, o link correspondente é setado com -1. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 23
    • Código Descrição Link Condições Link Lotação Link Aquisição LinkA D C L 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10C adastro dos bens patrimoniais da 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12UFS. ... O link referente a AQUISIÇÃO encadeia os registros em conformidade com o ano; mas poderia agrupá-los por mês/ano, ou triênio, por exemplo; dependendo da necessidade do usuário. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 24
    • Código Descrição Link Condições Link Lotação Link Aquisição LinkA D C L 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10C adastro dos bens patrimoniais da 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12UFS. ... Como efet rumaconsula ua t? Como sa poronde começ rabusca ber a ? UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 25
    • Aplicação de MultilistaPara saber a partir de onde iniciar a varredura dosregistros é usado um índice para cada chave secundária,contendo:2. o valor da chave V3. o endereço do primeiro registro que apresenta V4. opcionalmente a quantidade de registro nestas condições Código Descrição L inkD Condições L inkC Lotação L inkL Aquisição LinkA 001EXEMPLO: Para a chave Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7CONDIÇÕES é construído o Estabilizador 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 -1índice: 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8Uso 01 1520 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor Uso DComp 11/2006Manutenção 23 452 8 10 8 22 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56Extravio 02 165 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 ...Estoque 15 785 C adastro dos bens patrimoniais da UFS. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 26
    • Código Descrição LinkD Condições L inkC Lotação LinkL Aquisição LinkA 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 -1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 Uso 01 1520 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 ... Manutenção 23 452 C adastro dos bens patrimoniais da Extravio 02 165 UFS. Estoque 15 785 Como efet raconsula porexempl dos bens em uso? ua t, o, UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 27
    • Código Descrição L in Condições Link Lotação Link Aquisição Link kD C L A 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 Uso 01 1520 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 ... Manutenção 23 452 C adastro dos bens patrimoniais da Extravio 02 165 UFS. Estoque 15 785 Ha endo dist ç o ente ender ç e cha e pr áia qua v in ã r e o v im r , l dest usa nacomposiç o dos índices? es r ã UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 28
    • Código Descrição L in Condições Link Lotação Link Aquisição Link kD C L A 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 Uso 01 1520 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 ... Manutenção 23 452 C adastro dos bens patrimoniais da Extravio 02 165 UFS. Estoque 15 785 Soment o índice do ca CONDIÇ E dev serel bor do na e mpo Õ S e a a a ica ã de mulil a paar uç o dest sit ç o pl ç o t ist r esol ã a ua ã pr ema obl ? UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 29
    • MultilistaPara cada chave secundária é elaborado um índicecorrespondente e todos os índices são mantidos numa áreadenominada diretório.Assim os arquivos multilistas são compostos por:1. diretório contendo um ou mais índices2. área de registro de dados UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 30
    • MultilistaEm outras palavras, nas multilistas:b) mantém-se valores idênticos de chavessecundárias encadeados por linksc) mantém-se arquivos auxiliares indicando ascabeças das listas encadeadas UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 31
    • Construir os Código Descrição Lin kD Condições Link C Lotação Link L Aquisição Link Aíndices referentes 001 002 Monitor 3 15 Uso Extravio 3 4 DComp CPD 3 4 03/2005 04/2006 5 7às outras chaves Estabilizador 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1secundárias 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 005 Impressora Uso CPD 01/2005componentes do 26 6 11 8 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15sistema de 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22cadastro de bens 008 Projetor -1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12patrimoniais em ...estudo: C adastro dos bens patrimoniais da UFS. C uidando do jardim!!! UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel
    • Monitor 03 520 Aplicação de Impressora 05 250 Descrição Estabilizador 02 650 Multilista Projetor Scanner HD 07 09 223 85 800 42 Código Descrição L in Condições Link Lotação Link Aquisição L ink kD C L AC adastro dos bens patrimoniais da 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 Uso 01 1520 C ondições 002 Estabilizador Extravio CPD 04/2006 15 4 4 7 Manutenção 23 452 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 Extravio 02 165 UFS. 005 Estoque 785 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 15 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 DComp 03 8 L otação 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 CPD 04 888 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 ... DAA 09 88 até 2000 03 123 A quisição Construídos os índices referentes às chaves até 2004 09 256 secundárias componentes do sistema de até 2008 45 124 cadastro de bens patrimoniais em estudo. até 2012 98 001
    • Código Descrição L in kD Condições Link C Lotação Link L Aquisição L ink A Monitor 03 520C adastro dos bens patrimoniais da 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 Impressora 05 250 Descrição 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 Estabilizador 02 650 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 Projetor 07 223 UFS. 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 Scanner 09 85 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 HD 42 800 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 Uso 01 1520 C ondições ... Manutenção 23 452 Extravio 02 165 Foi dito que para cada chave secundária é Estoque 15 785 elaborado um índice correspondente e todos os DComp 03 8 L otação índices são mantidos numa área denominada CPD 04 888 diretório. DAA 09 88 Assim os arquivos multilistas são compostos por: até 2000 03 123 A quisição 1. diretório contendo um ou mais índices  até 2004 09 256 2. área de registro de dados  até 2008 até 2012 45 98 124 001
    • Código Descrição L in kD Condições Link C Lotação Link L Aquisição L ink A Monitor 03 520C adastro dos bens patrimoniais da 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 Impressora 05 250 Descrição 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 Estabilizador 02 650 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 Projetor 07 223 UFS. 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 Scanner 09 85 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 HD 42 800 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 Uso 01 1520 C ondições ... Manutenção 23 452 Extravio 02 165 Como ama ros r r de da r zena egist os dos? Estoque 15 785 DComp 03 8 L otação Como ama ros índices?Independent se r zena e CPD 04 888 ã est o ociosos ou em uso? DAA 09 88 até 2000 03 123 A quisição até 2004 09 256 até 2008 45 124 até 2012 98 001
    • Código Descrição L in kD Condições Link C Lotação Link L Aquisição L ink A Monitor 03 520C adastro dos bens patrimoniais da 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 Impressora 05 250 Descrição 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 Estabilizador 02 650 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 Projetor 07 223 UFS. 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 Scanner 09 85 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 HD 42 800 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 Uso 01 1520 C ondições ... Manutenção 23 452 Extravio 02 165 Estoque 15 785 DComp 03 8 L otação CPD 04 888 DAA 09 88 até 2000 03 123 Épr ha erum índice dos índices? A quisição eciso v até 2004 09 256 até 2008 45 124 até 2012 98 001
    • Código Descrição L in kD Condições Link C Lotação Link L Aquisição L ink A Monitor 03 520C adastro dos bens patrimoniais da 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 Impressora 05 250 Descrição 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 Estabilizador 02 650 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 - 1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 Projetor 07 223 UFS. 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 Scanner 09 85 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 HD 42 800 008 Projetor - 1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 Uso 01 1520 C ondições ... Manutenção 23 452 Extravio 02 165 Estoque 15 785 DComp 03 8 L otação CPD 04 888 Háv nt gens e/ desv nt gens em ma er aa ou a a nt DAA 09 88 ca índice or do? da dena até 2000 03 123 A quisição até 2004 09 256 até 2008 45 124 até 2012 98 001
    • Aplicação de Multilista: Outro Exemplo Fonte: Slides Prof. Tarcísio Rocha, UFS, ED2, 2012 UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 38
    • Aé daconsula que out a oper ç es sã lm t, r s aõ o necessáia paama enç o de da r s r nut ã dos ma idos em mulist s? nt t a UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel
    • Operações sobre Multilistas1. Inserção2. Remoção3. Consulta4. Alteração UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 40
    • Como r l raoper ç o de eaiza aãinser ã em aquiv mulil a ç o r os t ist s? UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 41
    • Inclusão em MultilistaSão passos gerais da operação de inserção em arquivo multilista:3.Ler novo registro e efetuar inserção deste conforme estratégia determinada pelaorganização de arquivo adotada para manter a chave primária, no endereço E.2. Para cada chave secundária C, a partir do valor V desta no novo registro: 2.1. Localizar o índice correspondente à chave secundária. 2.2. Se o valor V localizado no índice. 2.2.1. Identificar o endereço do último registro R com mesmo valor V de chave. 2.2.2. “Setar” o link de R referente à chave C para E. 2.2.3. Incrementar a quantidade de registros mantida no índice. 2.3. Se o valor V não localizado no índice, acrescentar nova entrada no índice: com valor V, endereço E e quantidade 1. 2.4. Ajusta o respectivo link do novo registro para -1. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 42
    • Inclusão em Multilista1. Ler novo registro e efetuar inserção deste conforme estratégia determinada pela organização de arquivo adotada para manter a chave primária, no endereço E.2. Para cada chave secundária C, a partir do valor V desta no novo registro: 2.1. Localizar o índice correspondente à chave secundária. 2.2. Se o valor V localizado no índice. 2.2.1. Identificar o endereço do último registro R com mesmo valor V de chave. 2.2.2. “Setar” o link de R referente à chave C para E. 2.2.3. Incrementar a quantidade de registros mantida no índice. 2.3. Se o valor V não localizado no índice, acrescentar nova entrada no índice: com valor V, endereço E e quantidade 1. 2.4. Ajusta o respectivo link do novo registro para -1. Como efet ro pa 2.2.1?V reral a M nt o út ua sso ar ist ? a er limo ender ç no índice?Ou inser naca ç dal a eo ir be a ist ? UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 43
    • Como r l raoper ç o de eaiza aãconsulaem aquiv mulil a t r os t ist s? UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 44
    • Consulta em MultilistaSão passos gerais da operação de consulta em arquivo multilista:2.Ler valor V de chave secundária C a pesquisar.3.Consultar o índice relativo à C e obter o endereço E do primeiroregistro com valor V em C.4.Acessar o arquivo de dados, diretamente em E. a) Ler o registro R mantido em E e atualizar E para o endereço mantido no link de R referente à chave C b) Exibir os dados de R. c) Se E igual a -1 encerrar pesquisa, senão, retornar ao passo 3. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 45
    • Descrever os passos gerais para execuçãode operação envolvendo mais de umachave secundária em arquivo mantidopor multilista.•conjuntiva (e)•disjuntiva (ou) < < < Discut respost .> > > ir a C uidando do jardim!!! UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel
    • Em arquivos multilista há efetiva reduçãode custos na recuperação de dados apartir de chaves secundárias? Justifique: < < < Discut respost .> > > ir a C uidando do jardim!!! UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel
    • Como r l raoper ç o de eaiza aã excl ã em aquiv mulil a us o r os t ist ?UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 48
    • Exclusão em MultilistaSão passos gerais da operação de exclusão em arquivo multilista:• Ler código do registro R a excluir.• Localizar R no arquivo de dados em conformidade com a organização deste em relação à chave primária.• Para cada chave secundária C de R, a partir do valor V desta: • Localizar o índice correspondente à chave secundária e obter o endereço E do primeiro registro com valor V em C. • Acessar arquivo de dados diretamente a partir de E e percorrer a lista seguindo o link relativo a C registrando o endereço do item que aponta para o registro corrente (anterior). • Ajustar o link do registro anterior de forma que este aponte para onde R aponta. Se 1º elemento da lista, ajustar respectivo campo no índice. • Decrementar a quantidade de registros mantida no índice.4. Inserir o endereço ocupado por R na lista de endereços livres. Dependendo da política de manutenção da chave primária. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 49
    • Há inconvenientes em efetuar a exclusãofísica em arquivo multilista, com cópia dearquivo por exemplo? Justifique: < < < Discut respost .> > > ir a C uidando do jardim!!! UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel
    • Como r l raoper ç o de eaiza aã at a ã em aquiv mulil a ler ç o r os t ist ?UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 51
    • E r a ã ama eros da em aquiv “or l (sem m el ç o nt dos r o igina” l e efet rasol ç o tiv l hádesv nt gens em inks) ua u ã r ia, aa a ica mulil a pl r t ist s? Ocupa mais espaço de armazenamento – com osarquivos auxiliares e links. Requer ajuste do arquivo original de dados. Nas inserções e remoções há mais complexidade(de tempo e de programação) para ajuste dos links. UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 52
    • Seria possível manter os arquivos multilista sem manter os valoresdas chaves secundárias, de forma redundante: no arquivo dedados e nos índices? Justifique: Descrição link Condições link Lotação link Aquisição link Endereço D C L A 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 -1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 008 Projetor -1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 ... Uso 01 1520 Manutenção 23 452 CONDIÇÕES Extravio 02 165 Estoque 15 785 C uidando do jardim!!! UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 53
    • Seria possível manter os arquivos multilista sem manter os valoresdas chaves secundárias, de forma redundante: no arquivo dedados e nos índices? Justifique: Descrição link Condições link Lotação link Aquisição link Endereço D C L A 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 -1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 008 Projetor -1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 ... Uso 01 1520 Manutenção 23 452 CONDIÇÕES Extravio 02 165 Estoque 15 785 C uidando do jardim!!! UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 54
    • Seria possível manter os arquivos multilista sem manter os valores daschaves secundárias, de forma redundante: no arquivo de dados e nosíndices? Justifique: Descrição Endereço link D Condições link C Lotação link L Aquisição link A 001 Monitor 3 Uso 3 DComp 3 03/2005 5 002 Estabilizador 15 Extravio 4 CPD 4 04/2006 7 003 Monitor 4 Uso 5 DComp 7 02/1999 -1 004 Monitor 12 Extravio 8 CPD 5 04/2000 10 005 Impressora 26 Uso 6 CPD 11 01/2005 8 006 Projetor 7 Uso 7 DAA 9 02/2007 15 007 Projetor 8 Uso 10 DComp 8 11/2006 22 008 Projetor -1 Extravio 9 DComp 10 02/2005 56 009 Scanner 75 Extravio 11 DAA 19 03/2001 12 ... Uso 01 1520 Equa o aconsula nt ts Manutenção 23 452 env v ma de uma ol endo is CONDIÇÕES Extravio 02 165 cha e?Eapat de cha e v rir v Estoque 15 785 pr áia im r ? UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel 55
    • Complementar Estudos... File Organization and Processing Allan L Tharp Capítulo 6 Secondary Key Retrieval Multilis t File Organization56 UFS - DComp - Prof. Kenia Kodel
    • Próximo passo... Recuparação de Chave A os Inv t rquiv eridos UFS - DCOMP - Prof. Kenia 57 Kodel