Your SlideShare is downloading. ×
áFrica
áFrica
áFrica
áFrica
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

áFrica

583

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
583
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. ÁfricaTípica paisagem africana.A África é um continente que abriga 50 países independentes e sua população total é deaproximadamente 970 milhões de habitantes distribuídos em uma área de 30 milhões dequilômetros quadrados. Possui uma imensa riqueza natural e é um dos lugares com maiorbiodiversidade do mundo.O litoral do continente não apresenta penínsulas. Em relação à sua posição geográfica, ocontinente está situado quase que totalmente no Oriente. O território se encontra nos doishemisférios, portanto é cortado pela linha do Equador, Trópico de Câncer e Trópico deCapricórnio.Relevo e hidrografiaO relevo africano é formado por estruturas geológicas muito antigas, ainda do período Pré-cambriano. Praticamente toda extensão do território africano é composta por planaltos eesses são bastante planos, em razão do constante processo de erosão desenvolvido ao longode milhares de anos.As áreas de relevo mais elevadas, ou conjunto de montanhas, encontram-se nas partes
  • 2. periféricas do território, dessas se destacam a Cadeia do Atlas, Cadeia do Cabo, Maciço daÁfrica Centro-Oriental, Maciço da África Centro-Ocidental.No interior do território africano existem diversos rios, cataratas e lagos, os lagos maisimportantes e conhecidos são: Vitória, Tanganica, Niassa, Turkana e Alberto. Todos os lagoscitados têm sua origem nas depressões do Maciço da África Centro-Oriental.Rio Nilo, Egito.A maioria dos rios africanos percorre áreas planálticas, assim, as águas ganham velocidadeproveniente dos aclives do terreno, por causa dessas características, a implantação dehidrovias fica praticamente impossível, por outro lado favorece a construção de usinashidrelétricas. Dos vários rios existentes, os principais são: Rio Nilo (6.695 km de extensão), RioNiger (4.184 km), Rio Zambeze (2.750 km) e Rio Congo-Zaire (4.600 km).Clima e vegetaçãoEm virtude da localização geográfica do continente, existe uma diversidade de climas, dessemodo é possível encontrar tropical ou intertropical, mediterrâneo e semiárido entre outrasvariações climáticas. No entanto, o que predomina é o clima intertropical, dessa forma, astemperaturas na região são quase sempre elevadas (superiores a 20ºC). Essa característicaclimática é determinada pelo relevo presente na costa e as montanhas impedem a entrada demassas de ar no centro do continente.As disparidades climáticas existentes na África são responsáveis pelos índices pluviométricosque variam de acordo com as regiões. Nas áreas intertropicais onde concentram-se as grandesflorestas ocorre uma grande incidência de precipitação, já em outros lugares praticamente nãose desenvolve chuva como nos desertos, por exemplo.A partir do contexto climático, podemos constatar os seguintes tipos de clima no continenteafricano:Clima equatorial: apresenta-se na parte central do continente, com temperaturas que variam
  • 3. entre 25ºC e 30ºC e índices pluviométricos que atingem até 3.000 mm ao ano. Em razão dasaltas taxas de umidade relativa do ar e da abundância de chuvas, praticamente não existeestiagem, o que proporciona a proliferação de florestas equatoriais.Clima Tropical: essa característica climática predomina ao redor das áreas equatoriais, astemperaturas médias presentes oscilam entre 22ºC e 25ºC com índices pluviométricos queatingem até 1.400 mm ao ano. Nas regiões onde esse clima predomina existem duas estaçõesbem definidas, sendo uma seca e uma chuvosa, a cobertura vegetal encontrada nesses locais éa savana.Clima desértico: predomina em um terço de todo território africano, no qual se encontram osdesertos do Saara, ao norte, e Namíbia e Calaari, a sudoeste.Clima subtropical: como o território africano está situado também no hemisfério norte, ocontinente sofre influência do clima temperado e apresenta temperaturas mais amenas. Essacaracterística climática predomina no extremo norte e sul, nessas áreas as temperaturasvariam entre 15ºC e 20ºC. No extremo norte, até mesmo os aspectos da vegetação sãodiferentes do restante do continente, assim, há formação de plantas com característicasmediterrâneas.Eduardo de FreitasGraduado em GeografiaEquipe Brasil EscolaAspectos da população africanaGrande parte da população africana vive em precárias condições.A África é, sem dúvida, o continente que apresenta os piores indicadores sociais do mundo. Ocontinente africano abriga, atualmente, cerca de 930 milhões de habitantes. Desse total,grande parte se concentra na Nigéria, Egito, Etiópia, República Democrática do Congo e Áfricado Sul, que são países mais populosos.As regiões que apresentam maiores densidades demográficas são aquelas que possuem solosférteis, como o vale fluvial e o delta dos rios Nilo e Níger, além da costa litorânea, lugar comboa incidência de chuvas.
  • 4. As regiões da África que apresentam baixa densidade demográfica compreendem as áreasdesérticas, como o deserto do Saara (África Islâmica), deserto da Namíbia e do Calaari e nasflorestas do Congo (África Subsaariana).Atualmente, o continente tem passado por um intenso processo de urbanização, mesmoassim, são restritos os centros urbanos de grande porte, as maiores cidades são Cairo (Egito),com cerca de 7 milhões de habitantes; Alexandria (Egito), com 4 milhões; Lagos (Nigéria), com7 milhões; Casablanca (Marrocos), com 3,7 milhões; Kinshasa (República Democrática doCongo), com 9 milhões; Argel (Argélia), com 2,5 milhões; e Cidade do Cabo (África do Sul), com3,4 milhões.Imagem real de degradação humana.Os países africanos possuem as piores taxas de mortalidade (13,5%), além de apresentarelevada taxa de natalidade (35,2%) e o maior crescimento vegetativo do mundo (2,17%),mostrando que a qualidade de vida da população é decadente. A fome e a AIDS são problemasque atingem a África quase que na totalidade.Segundo dados da Organização das Nações Unidas, cerca de 150 milhões de africanos nãoingerem a quantidade mínima de calorias diárias, e mais 23 milhões correm o risco de morrerde fome.Todos os problemas sociais identificados na África (miséria, fome, desemprego, guerras,dentre muitas outras) podem ser agravados, tendo em vista que se o crescimento vegetativocontinuar no mesmo passo (cerca de 1,9% ao ano), em 2015 a população africana será de 1bilhão de habitantes. Fato que irá desencadear um aumento pela procura de alimentos,aumentando a fome.Por Eduardo de FreitasGraduado em Geografia

×