Aprendizagem e ensino as teorias pedagógicas da educação

  • 43,365 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Ótima idéia de aprendizagem
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • conteudo esta bem explicito,nao vejo dificuldades em compreender.
    contnuem assim ta fixe!!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
  • Achei interessante aforma como foi exposto o conteúdo: Simples e objetivo.
    Parabéns!
    Are you sure you want to
    Your message goes here
No Downloads

Views

Total Views
43,365
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
703
Comments
3
Likes
8

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Informática Educativa I :: Tarefa da Semana 5 Título: Aprendizagem e ensino: as teorias pedagógicas da educação Aluno: Kelly Cristina Santos Alexandre de Lima Pólo: Campo Grande Parte 1 Diretrizes básicas para a preparação de eventos instrucionais Abordagem O que é aprendizagem? Diretrizes para a preparação de eventos instrucionais Comportamentalista A aprendizagem é observável - Conhecimento deve ser particionado através da mudança de em módulos de ensino; comportamento do aluno em decorrência de estímulos e - Skinner propunha a utilização de reforços positivos; máquinas de ensinar; A aprendizagem é uma - Apresentação da matéria ou conteúdo ligação entre um estímulo e em seqüências curtas; uma resposta; - Erros devem ser corrigidos A aprendizagem é um imediatamente. processo de reflexos condicionados. Neo- A aprendizagem é uma - Hierarquizar o conhecimento numa Comportamentalista mudança comportamental rede de tópicos com diferentes persistente; caminhos possíveis para se atingir o objetivo desejado; A aprendizagem ocorre dentro do cérebro de cada - Criação de situações onde a indivíduo; aprendizagem possa ocorrer; - O professor é o responsável pela instrução e, como tal, precisa motivar o aluno. Construtivista A aprendizagem é vista como Na visão de Piaget: uma construção contínua, considerando as modificações - O ensino deve ativar o mecanismo de dos atributos da estrutura aprender do aluno através dos cognitiva face a novas conhecimentos espontâneos deste; informações; - A avaliação do desempenho deve ser A aprendizagem é a baseada na observação do progresso construção de esquemas da criança. mentais progressivamente mais sofisticados; Na visão de Ausubel: A aprendizagem é precedida - Os conteúdos devem estar relacionados com a estrutura de 1
  • 2. pelo desenvolvimento. conhecimento do aprendiz; - Idéias mais gerais devem ser apresentadas antes e progressivamente. Na visão de Bruner: - O aluno deve participar ativamente no processo; - Os conteúdos a serem trabalhados dependem das descobertas/interações dos alunos. Pós-construtivista A aprendizagem é um - Trabalho colaborativo; processo coletivo; - Uso de recursos tecnológicos auxiliam A aprendizagem interage no processo; com o desenvolvimento produzindo abertura na Zona - Valorização das trocas entre os de Desenvolvimento Proximal alunos. na qual as interações sociais são centrais; A aprendizagem se dá através da linguagem, que permite a construção de formas mais complexas e sofisticadas de conceber a realidade. Referências COSTA, Rosa M. Teorias Pedagógicas Fundamentos dos processos de ensino-aprendizagem – Material de Estudo, 2008. OLIVEIRA, Eloiza de. Aprendizagem. Material de Estudo da disciplina Aprendizagem do curso de Pedagogia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, 2005. Site: www.penta.ufrgs.br/~jairo/1compor1.htm Parte 2 Introdução Aprender faz parte da vida de todos os seres humanos; há aqueles que aprendem bem rápido e outros que precisam de um tempo a mais, os que gostam de aprender sozinho e os que preferem o aprendizado coletivo. Diversas teorias tentam explicar este complexo sistema que é o aprendizado e suas 2
  • 3. relações com o desenvolvimento, como o comportamentalismo, o neo-comportamentalismo, o construtivismo e o sócio-interacionismo. Estas duas últimas, que costumam ser apresentadas como equivalentes, trazem importantes contribuições para a educação. Segundo Costa (2008), Os diferentes usos do computador na educação pressupõem a adoção de uma ou de uma integração de linhas pedagógicas que forneçam os fundamentos das atividades a serem realizadas. Desta forma, as teorias dos processos de aprendizagem ajudam a repensar a educação e as maneiras como o ensino é oferecido. Desenvolvimento O Construtivismo entende que o conhecimento é um processo construído pelo indivíduo de dentro para fora, durante toda a vida. Nesta perspectiva, o ser humano elabora os conhecimentos, transformando-os continuamente através da relação com as pessoas e com os objetos. Para Piaget, um dos principais nomes do construtivismo, na aquisição de novos conhecimentos, o ser humano adota dois procedimentos: a assimilação e a acomodação, que buscam restabelecer um equilíbrio na organização dos conhecimentos. Enquanto para o construtivismo, a aprendizagem ocorria de forma individual, para Vygotsky, todo o processo de aprendizagem estava diretamente relacionado à interação do indivíduo com o meio externo (meio este que levava em conta não apenas os objetos, mas os demais sujeitos). Segundo Coll et al (1998, p. 49), para Vygotsky a inteligência humana é constituída através de ferramentas culturais, tais como a linguagem, que são o legado das gerações passadas e, portanto, só pode ser compreendida a partir de uma perspectiva sócio- histórica da cognição. Um ponto central da teoria de Vygotsky é o conceito de Zona de Desenvolvimento Proximal, segundo a qual a aprendizagem acontece no intervalo entre o conhecimento real e o conhecimento potencial. Em vez de dar a matéria, numa aula meramente expositiva, o educador em uma postura construtivista organiza o trabalho didático-pedagógico de modo que o aluno seja ativo na sua própria aprendizagem, enquanto ele fica na posição de mediador ou facilitador desse processo. No âmbito do processo de aprendizagem, o conceito de interação com o qual trabalha o sócio - interacionismo significa, especificamente, afetação mútua (Villardi, 2001), uma dinâmica onde a ação ou o discurso do outro causam modificações na forma de pensar e agir, interferindo no modo como a elaboração e a apropriação do conhecimento se consolidarão. Conclusões Desta forma, a aprendizagem deve ser compreendida como um processo dinâmico (participação integral do indivíduo em todos os seus aspectos), contínuo (presente do início ao fim da vida humana), global (todos os aspectos que constituem a personalidade são ativados), 3
  • 4. pessoal (intransferível) e gradativo (processos gradativamente complexos). As diversas teorias pedagógicas auxiliam a compreender como ocorre o processo ensino- aprendizagem, possibilitando que o professor possa adotar em sua prática novas formas de enxergá-las. Não se pretende apontar esta ou aquela teoria como a mais correta e, sim, compreender a todas para que se possa escolher a que melhor se permite em cada realidade. Como diria Wallon, “não é adequado postular verdades absolutas, mas, sim, revitalizar direções e possibilidades”. Referências COLL, C, PALACIOS, J, MARCHESI, A. Desenvolvimento Psicológico e educação. v. 2. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996. COSTA, Rosa M. Teorias Pedagógicas Fundamentos dos processos de ensino- aprendizagem – Material de Estudo, 2008. VILLARDI, R. Desarollo de habilidades de lectura: los beneficios de la tecnologia. In: Anais da III Jornadas Multemedia educativo: Nuevas aprendizages virtuales. V.único, p. 458 – 476. Barcelona: Res Telemática Multemedio, 2001. 4