• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Texto linha do_tempo-pdf produção
 

Texto linha do_tempo-pdf produção

on

  • 2,735 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,735
Views on SlideShare
1,753
Embed Views
982

Actions

Likes
0
Downloads
2
Comments
0

8 Embeds 982

http://satoprado-autores.blogspot.com.br 587
http://satoprado-autores.blogspot.com 360
http://selhamacelsoprado-autor.blogspot.com.br 18
http://selhamacelsoprado-autor.blogspot.com 8
http://webcache.googleusercontent.com 3
http://satoprado-autores.blogspot.it 3
http://satoprado-autores.blogspot.pt 2
http://satoprado-autores.blogspot.com.ar 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Texto linha do_tempo-pdf produção Texto linha do_tempo-pdf produção Presentation Transcript

    • Linha do tempo Em Santa Cruz do Rio Pardo No Brasil1851- Dizimação de índios Kaingangs ou “Coroados” que habitavam a região do Pardo santa-cruzense 1851 -1870Provável início do povoamento de Santa Cruz do Rio Pardo, na confluência do rio Pardo com o ribeirão São O Brasil é governado pelo Imperador D. Pedro IIDomingos, numa região chamada “Chafariz”. (1822-1889 )Ereção da Capela de São Pedro por José Theodoro de Souza Inauguração do telégrafo no Brasil Guerra do Prata (Brasil, Argentina e Uruguai)1856 – A Capela de São Pedro subordina-se à Paróquia de São Domingos.Os primeiros registros paroquiais de nascimento, casamento e óbitos retroagem a Capela de São Pedro,quando do início da fixação humana dita civilizada, para as regiões do Pardo e do Turvo. Guerra do Paraguai (1864 – 1870 ) Expansão das Ferrovias Criação da Estrada de Ferro Sorocabana1870 – Início da organização da Vila de Santa Cruz do Rio Pardo por Joaquim Manuel de Andrade, FranciscoSoares e outros. O jornal “A República” do Rio de Janeiro publica o Manifesto RepublicanoO povoado de Santa Cruz do Rio Pardo contava com, aproximadamente, 3.000 colonizadores e 200 escravos. 1872 - 18821872 – Santa Cruz do Rio Pardo é elevada à categoria de Freguesia pela Câmara Episcopal de São Paulo. São Paulo com mais de 30.000 habitantes passou a contar com sua 1ª linha de bondes puxados por tração animal.1873 – Abertura de livro na Paróquia de Santa Cruz do Rio Pardo para o registro dos nascimentos dos filhos Criado na Convenção de Itu, o Partido Republicano Paulista (PRP), considerado o primeiro partidode escravos nascidos a partir da promulgação da Lei do Ventre Livre. republicano do país.– Padre João Domingos Figueira assume a Paróquia de Santa Cruz do Rio Pardo como primeiro vigário Inaugurada no Brasil a segunda linha telegráfica submarina, que ligava as Américas a Europa.1876 – Santa Cruz do Rio Pardo é elevada à categoria de Município e de Vila, pertencendo ainda à Comarca de É instalado o primeiro aparelho telefônico no Palácio de São Cristóvão, no Rio de Janeiro.Botucatu e, posteriormente, à Comarca de Lençóis Paulista. Inauguração da Primeira Bolsa de Valores do Brasil (Rio de Janeiro)1877 – Criação da Comarca de Lençóis Paulista à qual pertenceu Santa Cruz do Rio Pardo. Criação do termo Período de expansão da agricultura: café, cana de açúcar, algodão, fumo, cacau, borracha.de Santa Cruz do Rio Pardo, reunido ao de Lençóis pelo ato de 27 de setembro.1878 – Assume a paróquia de São Sebastião o Padre Antonio Próspero Faria .1882 – Escritura de compra e venda de um escravo feita, em Santa Cruz do Rio Pardo, por Marcelino Alves de A Sociedade Brasileira contra a Escravidão e a Associação Central Emancipacionista, fundadas no Rio deLara ao comprador Bernardino José de Andrade, em 19 de setembro, pelo preço de 1:600$000. Janeiro, passaram a coordenar a propaganda contra a escravidão através da imprensa, de reuniões e conferências.1883 – Designado como vigário da Paróquia de Santa Cruz do Rio Pardo o Padre Bartholomeu Comenale 1883 - 1892 Destacam-se nas campanhas anti-escravidão, os jornalistas negros Luiz Gama e José do Patrocínio, o poeta
    • Castro Alves, o engenheiro negro André Rebouças e o parlamentar Joaquim Nabuco.1884 – É criada a Comarca de Santa Cruz do Rio Pardo pela Lei nº 7 de 13 de fevereiro. Ocorre a primeirademarcação dos limites da Vila de Santa Cruz do Rio Pardo.Início das obras de construção da Igreja Matriz.Início da construção do antigo Fórum (Largo do Jardim – atual Praça Dep. Leônidas Camarinha)1887 – A Câmara de Santa Cruz do Rio Pardo pede ao Governo a urgente classificação da Comarca (Criada em1884, a Comarca ainda não contava com juízes)1888- As ruas de Santa Cruz eram conhecidas por números ou por nomes dos moradores mais antigos ou Abolição da Escravidão com assinatura da Lei Áurea, pela Princesa Isabel.influentes. Após 1890, passaram a homenagear personagens da República .1889 – Em sessão da Câmara da Vila de Santa Cruz do Rio Pardo, o Coronel Emigdio Piedade comunica aos Proclamação da República, no dia 15 de novembro.vereadores sobre a Proclamação da República no Brasil. Era o dia 21 de novembro.O advento da República tem grande repercussão na vida política da cidade. Denominação de ruas e praças 1º presidente Marechal Deodoro da Fonseca ( 1889-1891)com nomes de destaque da República (Praça da República, Rua Benjamin Constant, Rua Eusébio de Queirós,Rua Silva Jardim, Rua Cons.Antonio Prado, Rua Conselheiro Dantas e outras).Início da Igreja Presbiteriana em Santa Cruz do Rio Pardo É criada a Bandeira do Brasil. Separação da Igreja e Estado. Instituição do Casamento Civil. Instituição da moeda brasileira –Réis1890 – Criação do termo de Santa Cruz do Rio Pardo, decreto nº 114, de 3 de janeiro.; Eleito governador de São Paulo – Prudente de MoraesSegunda demarcação da vila de Santa Cruz do Rio Pardo.Instalação na cidade da primeira loja maçônica denominada “União Paulista”. Eleições para a formação da Assembléia Constituinte. Chegada do navio Duca Di Galliera no porto do Rio de Janeiro, trazendo imigrantes italianos.1891- Foram incorporados a Santa Cruz do Rio Pardo os municípios: Campos Novos, pela lei nº 25 de 10 de 1ª Constituição do Brasil.março; São Pedro do Turvo, pelo dec. nº 181, de 29 de maio; Espírito Santo do Turvo, pela lei nº 111, de 1º deoutubro; Somente os homens maiores de 21 anos podiam votar. A Constituição previa a mudança da capital federal para o Planalto Central. Renuncia do Presidente Deodoro da Fonseca, Assume a presidência do Brasil o Marechal Floriano Peixoto (1891-1894 )1892 – É nomeado o Primeiro Juiz de Direito da Comarca de Santa Cruz do Rio Pardo, Dr. Augusto José daCosta. 1895 - 19081895- Designação do Monsenhor João Soares do Amaral como vigário da Paróquia de Santa Cruz do RioPardo. Circula em Santa Cruz do Rio Pardo o jornal: o “O Paranapanema”, considerado o primeiro jornal. 15 de novembro posse do primeiro Presidente civil: Prudente José de Morais e Barros. ( 1894-1898 )
    • 1896 – Criação, “por engano”, da Cidade de Santa Cruz do Rio Pardo pela Câmara Municipal da Vila, em 7 demarço. Prudente de Moraes inaugura a fase dos governos civis e a sucessão de presidentes eleitos pelo PartidoPadre Paschoal Maria Giffoni sucede Mons. João Soares do Amaral, a partir de 19 de janeiro, na paróquia de Republicano Paulista ( PRP )Santa Cruz do Rio Pardo. Realiza-se no Rio de Janeiro a primeira sessão pública de cinema1898- Algumas providências para construção de uma ponte sobre o rio Pardo. Manoel Ferraz de Campos Salles toma posse como Presidente do Brasil (1898-1902) Governador de São Paulo - Fernando Prestes de Albuquerque1900 – A população de Santa Cruz do Rio Pardo era estimada em 4.964 habitantes.Ocupa o cargo de vigário da paróquia de Santa Cruz do Rio Pardo, o Padre João Antonio da Costa.O governo de São Paulo autoriza a desapropriar, por utilidade pública , a ponte sobre o Rio Pardo, no lugardenominado “Serraria Pereira”.1901- Coronel João Baptista Botelho assume a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo. Santos Dumont recebe o Prêmio Deutsch, quando em um vôo contornou o Torre Eiffel, com seu dirigível Nº 6.1902- Sai a lume, no dia 11 de março, o jornal “Correio do Sertão”. Neste ano, o jornal menciona o trabalho decatequese dos índios “coroados” desenvolvido pelo Frei Bernardino de Lavalle na região de Campos Novos Francisco de Paula Rodrigues Alves assume a Presidência da República ( 1902-1906 )do Paranapanema, distrito de Santa Cruz do Rio Pardo; Oswaldo Cruz é nomeado ministro da Saúde.O “Correio do Sertão” inicia uma seção, em italiano, dedicada à colônia italiana radicada em Santa Cruz do RioPardo: a “Sezione Italiana”. Decreto da obrigatoriedade da vacina contra a varíola.Suicida-se o Coronel João Batista Botelho, o primeiro “prefeito” da Vila de Santa Cruz do Rio Pardo. Governador de São Paulo- Bernardino José de Campos JúniorAbertura e conclusão das obras de alicerçamento da igreja Matriz de São Sebastião.Ocorre a primeira Semana Santa em Santa Cruz do Rio Pardo, sob a coordenação do Padre Francisco Botti .Início das obras de construção da Igreja Presbiteriana.A ponte sobre o rio Pardo é totalmente refeita.Assumem a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo, em diferentes momentos:Dr. Francisco de Paula Abreu SodréDr. Estevan Ribeiro Assis Rezende1903- Criação do Clube Recreativo Santacruzense.Greve de fazendeiros da região de Santa Cruz do Rio Pardo (suspensão de remessa de café ao mercado) em O Tratado de Petrópolis incorpora o Acre ao Brasilrazão das altas tarifas das ferrovias e falta de providências reclamadas em congresso de 31 de janeiro daqueleano. Más condições de transporte e preço motivaram a greve dos fazendeiros.O jornal “Correio do Sertão” denuncia as más condições da paróquia de Santa Cruz do Rio Pardo: "reinando a
    • maior desordem e confusão no Livro do Tombo e na Fábrica, estando esta com um grande deficit e com aescrituração toda por fazer-se",1904 – O jornal “Correio do Sertão” deixa de circular em Santa Cruz do Rio Pardo para ser publicado emAvaré-SP. Governador de São Paulo – Jorge Tibiriçá Piratininga.Dr. Francisco Eugênio Martins Ribeiro assume a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo. Revolta no Rio de Janeiro: oposição à obrigatoriedade da vacina contra a varíola. Queda nos preços internacionais do café.1905 - Henrique Hardt assume a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo.1906 – Criação da cidade pela Lei Estadual 1. 038, de 19 de dezembro. A Lei nº 57, de 15 de agosto autoriza opresidente da Edilidade. Dr. Francisco de Abreu Sodré, a fazer um contrato para a construção do ramal daEstrada de Ferro Sorocabana, de Bernardino de Campos a Santa Cruz do Rio Pardo, (24 quilômetros). Afonso Augusto Moreira Pena assume a Presidência da República (1906-1909 )Entronização de um crucifixo no Salão de Júri do velho Fórum de Santa Cruz do Rio Pardo, no dia 24 dedezembro (evento festivo, com procissão e participação de duas bandas de música).Em 8 de junho nasce Acácio Gonçalves, uma das maiores expressões das artes plásticas de Santa Cruz doRio Pardo.1908–Inauguração festiva da Estação da Sorocabana de Santa Cruz do Rio Pardo – 06 de agosto. Chegada ao porto de Santos do navio KASATU MARU, trazendo 165 famílias japonesas que vieram trabalharAssumem a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo, em diferentes momentos: nas fazendas de café do oeste paulista. Dr. Francisco Carr RibeiroCapitão Ubirajara PintoCapitão Afonso Celso BatistaDr. Olímpio Rodrigues Pimentel1909 - Estabelecimento do Código Municipal (Lei nº143, de 03 de novembro) que estabelece a demarcação da 1909 - 1919cidade. Morte do Presidente Afonso Pena . Assume o Vice, Nilo Peçanha– Administração do prefeito Olympio Pimentel.Instalação da primeira rede telefônica na cidade. - Expulsão de líderes operários com base na lei (de 1907) que permite a expulsão de estrangeiros agitadoresInstalação da Companhia Luz e Força “Santa Cruz”, por escritura pública.1910 - Início da construção da igreja de São José. Em 1910 o Brasil, se torna o maior exportador de borracha. Marechal Hermes da Fonseca é eleito e assume o governo da República. (1910 – 1914)Dr. Olympio Pimentel tenta contornar a grave situação financeira da cidade com um empréstimo de mil contos,autorizado pelas leis 152 e 160, de 17 de outubro.1911 – Desmembramento do distrito de Salto Grande. Inauguração do Teatro Municipal de São Paulo, obra do arquiteto Ramos de Azevedo.Assumem a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo, em diferentes momentos:Capitão Afonso Celso BatistaCapitão Manoel Pereira Tavares1912 – Doação do ramal da Sorocabana ao Estado, em conformidade com a escritura de 29 de julho, lavradano cartório de 1º ofício de Santa Cruz do Rio Pardo. Governador de São Paulo – Francisco de Paula Rodrigues Alves.Godofredo Fernandes Negrão assume a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo. Inauguração da Ferrovia Madeira-Mamoré.1913 - Primeiras providências para instalação da Santa Casa de Misericórdia. Em cinco de julho, na residênciado Sr. Arlindo Ornellas Figueira, a diretoria se reúne ocasião em que o presidente comunica a seus pares que,
    • havendo dinheiro em caixa, proveniente de donativos feitos pelos associados "... deveria dar-se inicio aconstrução do predio onde deve funcionar a Misericordia...”1914 - Nasce em 12 de janeiro o santa-cruzense, Orlando Villas-Boas. Início da Primeira Guerra Mundial. O Brasil participa, mandando ajuda humanitária e patrulhando o oceano.Agnello Vilas Boas assume a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo. Início do processo de industrialização: O Brasil é obrigado a fabricar o que não pode importar. Início do êxodo rural. Venceslau Brás é eleito presidente do Brasil ( 1914-1918)
    • 1915- Inauguração do 1º Grupo Escolar de Santa Cruz doRio Pardo.Desmembramento do distrito de Ipaussu.Nasce o jornal santa-cruzense “O Contemporâneo”.Capitão Manoel Antonio de Oliveira assume a Prefeitura deSanta Cruz do Rio Pardo.Cel. Antonio Evangelista da Silva assume a Prefeitura deSanta Cruz do Rio Pardo.1916 – Eleição para a Diretoria da Santa Casa deMisericórdia para a gestão de janeiro a dezembro de 1917. Promulgação do Código Civil Brasileiro. Governador de São Paulo – Altino Arantes Marques.1917 – O vereador Pedro Camarinha apresenta na CâmaraMunicipal moção de aplauso aos governos da União e doEstado pelo rompimento das relações diplomáticas doBrasil com a Alemanha - Início da I Guerra Mundial. O Brasil entra na Primeira Guerra Mundial (1914- 1918)Fase final das obras da igreja Matriz de São Sebastião.O prefeito de Santa Cruz do Rio Pardo é AntonioEvangelista da Silva (Tonico Lista) .Inauguração da luz elétrica em Chavantes,.Dr. Pedro Camarinha assume a Prefeitura de Santa Cruz doRio Pardo.Cel. Antonio Evangelista da Silva reassume a Prefeitura deSanta Cruz do Rio Pardo.1918 – Santa Cruz do Rio Pardo é assolada pela gripeespanhola e por uma forte geada. A gripe espanhola mata milhares de pessoas em todo país.Visita do filólogo e pastor presbiteriano, Eduardo CarlosPereira. É criado, em Botucatu, o Partido Municipalista, para se opor ao Partido Republicano.Instalação da Caixa Econômica. Delfim Moreira assume interinamente a presidência doReconhecimento do Partido Republicano em Santa Cruz do Brasil ( 1918-1919 ) em razão da morte de Rodrigues AlvesRio Pardo. Rodrigues Alves obtivera 1087 votos na cidade. ( que não toma posse por ter falecido antes ).1919- Providências para o término do prédio da Santa Casade Misericórdia (empreiteiro José Nardi). Epitácio Pessoa assume a Presidência da República . ( 1919-1922 )
    • O jornal "O Contemporâneo" insiste na necessidade demacadamizar as ruas da cidade, usando uma pedreira Inauguração da primeira montadora automobilística dopertencente ao município. país, a Ford Motor.Corre sério boato sobre o movimento que tenta a divisão daComarca de Santa Cruz do Rio Pardo, em benefício deOurinhos ou de Salto Grande.Os funcionários da Sorocabana decretam greve.1920 – Valdomiro Silveira, antigo promotor em Santa Cruz 1920 - 1929do Rio Pardo, publica “Os Caboclos”, uma das obras Início do movimento “tenentista”.pioneiras do regionalismo literário brasileiro, com créditopara suas experiências em Santa Cruz do Rio Pardo. É criada a primeira Universidade do Rio de Janeiro.O Bispo de Botucatu visita as dependências da Santa Casade Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo.A população de Santa Cruz é de 32.456 hab.1921- O prefeito de Santa Cruz do Rio Pardo, CoronelAntonio Evangelista da Silva (Tonico Lista) sofre forteoposição do Partido Municipal – denúncias levam-no ao Os restos mortais de D. Pedro II e os de sua esposa foramtribunal. Tonico Lista é preso, mas safa-se da prisão com a trasladados para Petrópolis.ajuda dos seus advogados, Altino Arantes, Júlio Prestes eRaphael Corrêa Sampaio. É fundado o Partido Comunista Brasileiro.Dr. Julio Lucantti assume a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Revolta do Forte de Copacabana.Pardo.1922- Cel. Antonio Evangelista da Silva assume a Prefeiturade Santa Cruz do Rio Pardo. Confronto com tiros e mortes O Brasil comemora o Primeiro Centenário daem frente à Câmara Municipal entre correligionários de Independência.Tonico Lista e os do Partido Municipal liderados por Dr.Ataliba Vianna. Arthur Bernardes assume a presidência do Brasil . (1922- 1926 )Assassinato do Coronel Antonio Evangelista da Silva(Tonico Lista) . Semana de Arte Moderna em São PauloDr. Julio Lucantti assume a Prefeitura de Santa Cruz do Rio No Rio de Janeiro é inaugurado o Museu HistóricoPardo. Nacional.1923- Violento furacão arrasa parte de Chavantes, distritode Santa Cruz do Rio Pardo. É fundada a primeira emissora brasileira, a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro.Desmembramento do distrito de Bernardino de Campos.Relatório sobre a situação da cidade demonstra que SantaCruz é uma cidade de 4.000 pessoas, em 800 casas,
    • vivendo sob uma sofrível condição sanitária.Assumem a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo, emdiferentes momentos:Dr. Ozório BuenoDr. Julio Lucantti1924 – Visita do Embaixador italiano, Pietro Badoglio aSanta Cruz do Rio Pardo, para a consolidação da colôniaitaliana local. Revolta tenentista em São Paulo.Visita dos Deputados Ataliba Leonel e Ralpho Pacheco. Coluna Prestes/Miguel Costa (até 1926).Assumem a Prefeitura, em diferentes momentos:Francisco Martins da CostaDr. Pedro César Sampaio1925 – Dr. Pedro Camarinha publica no jornal “A Cidade”fulminante artigo contra o lamentável estado das ruas dacidade. A General Motors instala-se no Brasil e começa a montagem de seu modelo Chevrolet.Francisco Martins da Costa assume a Prefeitura de SantaCruz do Rio Pardo O prefeito Capitão Francisco Martins da Em São Paulo começa a circular o Jornal “Folha da ManhãCosta determina a realização de obras na Rua Conselheiro “ e o vespertino “Folha da Tarde”.Dantas (principal artéria comercial da cidade). Em 31 de dezembro é realizada a primeira Corrida de SãoDr. Pedro Camarinha assume a Prefeitura de Santa Cruz do Silvestre.Rio Pardo.1926 –Nasce Frei José Maria Lorenzetti, em 05 de dezembro. Washington Luiz assume a Presidência da República ( 1926-1930)1927 – A Sorocabana registra alta cifra de importação e exportação. Embarcação de 78.302 sacas decafé.1928 – Criação da Escola Normal Livre, idealizada porLeônidas do Amaral Vieira (Lei Municipal nº 429, de 25 deagosto).Major Leônidas do Amaral Vieira assume a Prefeitura deSanta Cruz do Rio Pardo.1929 - Queda da Bolsa de Nova York, provocandorepercussões sérias na economia santa-cruzense, atingindo -Quebra da bolsa de valores de Nova York.a lavoura e os negócios. - Formação da Aliança Liberal.Inauguração do antigo Clube dos Vinte, (idealizado peloDeputado Leônidas do Amaral Vieira) – funcionou onde eraa Rádio Difusora Santa Cruz, na Rua Conselheiro AntonioPrado.
    • Avelino Taveiros assume a Prefeitura de Santa Cruz do RioPardo.1930-Assumem a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo, em 1930 -1940diferentes momentos: A crise econômica se junta à crise política com oUrias Augusto Ribeiro rompimento da política do “café com leite.”Dr. Abelardo Pinheiro Guimarães Eleição de Júlio Prestes, que não assume por causa da Revolução. Revolução de 30: deposição de Washington Luiz. Getúlio Vargas assume o poder (1930-1945).1931 – Publicação de “Nas Serras e nas Furnas” de Queima de café para manutenção de preço.Valdomiro Silveira, promotor em Santa Cruz do Rio Pardono início do século XX. Inaugurada a estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro.1932- Participação de voluntários santa-cruzenses no A Revolução de 1932 exige uma nova constituição para o“front” da Revolução Constitucionalista. Brasil. A luta dura três meses e termina com a derrota dos paulistas. Governador de São Paulo- Pedro Manuel de Toledo1934 – Dr. Abelardo Pinheiro Guimarães endereça ao É promulgada Nova Constituição do Brasil.governo do Estado um ofício denunciando a “situaçãodeplorável” em que se encontra o município de Santa Cruz A Assembléia Legislativa elege o próprio Getúlio Vargasdo Rio Pardo (Neste ano a cidade não conta ainda com os para governar por mais quatro anos.serviços regulares de esgoto e de águas residuais) . Nasce o Integralismo de Plínio Salgado, em oposição aoA empresa “Mauá” é contratada para a realização de um Comunismo do PCB de Luiz Carlos Prestes.plano de remodelação da cidade. Fundação da Universidade de São Paulo.A população de Santa Cruz do Rio Pardo é deaproximadamente 32.000 habitantes. Criação da Aliança Nacional Libertadora (ANL).1935- Tertuliano Vieira da Silva assume a Prefeitura deSanta Cruz do Rio Pardo. - Aprovação da Lei de Segurança Nacional. - Insurreição comunista (Natal e Recife). - Prisão dos militares revoltosos.1936 – Início da construção do novo prédio da Santa Casade Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo. Governador de São Paulo – Armando de Salles Oliveira.Chegada das freiras da Companhia de Maria para a Inauguração da Radio Nacional .instalação Colégio “Ave Maria” (junho). Decretado estado de sítio no país.Chegada dos Padres Dominicanos a Santa Cruz do Rio
    • Pardo (setembro).Assumem a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo, emdiferentes momentos:Ricardo CampbellJosé CarlomagnoJaime Castanho de Almeida1937- Frei Miguel Lanzani toma posse como vigário daParóquia de São Sebastião, em substituição ao Padre Início do Estado Novo.Montezuma.Chegada de Frei Henrique Sbrogio. Nova Constituição.Publicação de “Mixuangos”, de Valdomiro Silveira,promotor em Santa Cruz do Rio Pardo, no início do séculoXXPadre Giffoni falece em Santa Cruz do Rio Pardo.1938- Assume a Prefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo ,Leônidas Camarinha . Estados e Municípios são governados por interventores.Abertura da Escola Apostólica Dominicana. Criação do DIP, para censurar os meios de comunicação.Benedito Carlos da Silva, Irineu Escobar e Arnaldo Viçoto É inaugurado o primeiro poço de petróleo do Brasil.realizam as primeiras instruções de solagem no Aeroclubede Santa Cruz do Rio Pardo.Início do serviço de abastecimento de água na cidade.1939 - Descoberta de uma garrafa contendo dados Início da 2ª Guerra Mundialhistóricos sobre Santa Cruz do Rio Pardo. Notícia deprimeira página do jornal "A CIDADE", em 05 de março. Instituição do Salário Mínimo no Brasil.A Escola Normal Oficial é criada pelo Decreto Consolidação da Justiça do Trabalhonº 10.336, de 21 de junho.Instalação do novo quadro territorial do Município de SantaCruz do Rio Pardo..1940 - Com a presença do Senhor Bispo de Botucatu, oprefeito municipal, Leônidas Camarinha, dá início aocalçamento da cidade. Início da construção da Companhia Siderúrgica Nacional.A sociedade de Santa Cruz do Rio Pardo realiza bailescarnavalescos em benefício da Santa Casa de Misericórdia.Chega a Santa Cruz do Rio Pardo Frei Marcos Righi.O Município de Santa Cruz do Rio Pardo destaca-se como o1º município exportador e produtor de alfafa e o 2º na
    • produção de algodão beneficiado.Santa Cruz possui 44.578 hab. de acordo com o censodemográfico.A cidade tem sua fisionomia modificada com a implantaçãode redes de esgoto, iluminação pública , além dearborização.1942- Primeiro serviço de pavimentação de asfalto. 1942 - 1951 Getúlio Vargas, por meio do decreto-lei 4.791, institui oInauguração do Colégio Dominicano. Cruzeiro como unidade monetária brasileira.Inauguração do serviço de água O Brasil declara guerra aos países do “Eixo”.1943- Fundação do Centro Estudantil “Dario de Moura”. O presidente Getulio Vargas anuncia no dia 1º de maio, a criação da CLT ( Consolidação das Leis Trabalhistas ).1944- A pavimentação das ruas, iniciada comparalelepípedo, é substituída pelo asfalto. O serviço éexecutado pela VEGA & CIA, de SãoPaulo. Participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na A Rua Conselheiro Dantas e a Avenida Tiradentes são as Segunda Guerra Mundialprimeiras vias públicas a receber o asfalto, com a remoçãodos antigos paralelepípedos.Santa Cruz do Rio Pardo passa a ser conhecida no cenáriopaulista como a “Jóia da Sorocabana”1945 – Grande regozijo em Santa Cruz do Rio Pardo pelo fim Final da II Guerra Mundial.da II Guerra Mundial. Assume a presidência do Brasil José Linhares .Publicação de “Leréias”, de Valdomiro Silveira, promotor (1945-1946 )em Santa Cruz do Rio Pardo, no início do século XX.1946 – Inauguração do Cine São Pedro . Eurico Gaspar Dutra assume a presidência do país. ((1946- 1951)Primeiros testes da Radio Difusora Santa Cruz. Inauguração da Companhia Siderúrgica de Volta Redonda.Assumem a Prefeitura Municipal, em diferentes momentos:Prof. Joaquim Silvério Gomes dos Reis Mário Pacheco . Criado pelo governo o SESI ( Serviço Social da Industria) e o SESC ( Serviço Social do Comércio )Leônidas Camarinha elege-se deputado estadual( 1946-1964 )1947- Mário Botelho do Amaral é prefeito de Santa Cruz do Promulgada a nova Constituição brasileira, substituindo aRio Pardo. autoritária “ Carta de 1937”imposta por Getulio Vargas para substituir o regime do Estado Novo.Assumem a Prefeitura em diferentes momentos: João
    • Ferreira Vasconcelos,Francisco Gonzaga de Proibição do Partido Comunista Brasileiro (PCB) .Oliveira,Philadelpho Aranha Júnior, João Palma Vilas Boase José Osiris Piedade . - Proibição da CGT ( Central Geral dos Trabalhadores ). -Inauguração do Museu de Arte Moderna de São Paulo na sede dos “Diários Associados” no centro de São Paulo. Nomeação de Oswaldo Aranha para delegado do Brasil na Organização das Nações Unidas ( ONU ). Realização na cidade de Petrópolis, da Conferência Interamericana da Manutenção da Paz e Segurança do Continente, com a presença do presidente norte- americano, Harry Truman.1948- Criação da Maternidade “Dona Maria PerpétuaPiedade Gonçalves” . Cassação do mandato dos parlamentares eleitos pelo Partido Comunista Brasileiro.Fundação do Centro Espírita “Jesus e Maria”, em 18 deabril. Início da construção da rodovia Rio -São Paulo, conhecida como Via Dutra.Leônidas Camarinha abandona o PSD e filia-se no PSP.Lúcio Casanova Neto assume a Prefeitura de Santa Cruz doRio Pardo.1949 – A Estação de Francisco Sodré passa a se chamarSodrélia.Inauguração da Rádio Difusora Santa Cruz.1950 – Instalação de “O Lar da Criança”.Santa Cruz do Rio Pardo contava com 32.158 hab.1951- Cyro de Mello Camarinha é eleito prefeito de Santa Getúlio Vargas volta ao poder. ( 1951-1955 )Cruz do Rio Pardo. Governador de São Paulo – Lucas Nogueira Garcez.1953 – Cyro de Melo Camarinha assume a Prefeitura de 1953 - 1963Santa Cruz do Rio Pardo. Criação da empresa estatal PETROBRÁS.Escola Normal “Leônidas do Amaral Vieira" passa a São Paulo torna-se sede da montadora de automóveisdenominar-se Instituto de Educação "Leônidas do Amaral Volkswagen.Vieira".Violento incêndio num estabelecimento comercial da
    • Avenida Tiradentes e na Fábrica de Banha na RuaConselheiro Dantas, esquina com a Praça São Benedito.1954 – Inauguração do novo Fórum da Comarca de SantaCruz do Rio Pardo, obra do Governador do Estado, Lucas Suicida-se o Presidente Getulio Vargas.Nogueira Garcez.1955 – Início da construção do Santuário Nossa Senhora deFátima. Inauguração da Hidrelétrica de Paulo Afonso peloProf. Carlos Frederico dos Santos Silva, da Cadeira de Presidente Café Filho, no rio São Francisco.Geografia do antigo Instituto de Educação "Leônidas doAmaral Vieira", publica sua monografia: "Santa Cruz do Rio Governador de São Paulo- Jânio da Silva Quadros.Pardo: possibilidades de industrialização".Juscelino Kubtschek visita Santa Cruz em campanhapresidencial.1956 – Em 1º de janeiro, novamente Lúcio Casanova Neto éeleito prefeito de Santa Cruz do Rio Pardo. Assume a Presidência do Brasil Juscelino Kubitschek deIdealização do novo Clube dos XX pelo deputado Leônidas Oliveira ( 1956-1961 )Camarinha..1958 - Inauguração do Clube dos Vinte na Praça daRepública .Dissidência: Lúcio Casanova Neto e Onofre Rosa de Oliveirarompem politicamente com Leônidas Camarinha.1959 – Fundação do jornal “A Folha”. Criação da Superintendência de Desenvolvimento doInauguração do Icaiçara Clube. Nordeste (SUDENE ) para integrar a região ao mercado nacional.1960 - Autorização do Governador Carvalho Pinto para aconstrução da Rodovia Ipaussu /Bauru. Inauguração de Brasília, por Juscelino Kubitschek de Oliveira.Primeira administração do prefeito Onofre Rosa de Oliveira.Lúcio Casanova Neto elege-se deputado estadual.
    • 1961- O Decreto Estadual nº 39.228, de 17 de outubro, Jânio da Silva Quadros é eleito Presidente doextingue o ramal da Sorocabana de Santa Cruz do Rio Brasil.(janeiro a agosto de 1961 )Pardo. (Governo Carvalho Pinto) Criação do Parque Indígena do Xingu pelos irmãos VillasÉ criada no Clube dos XX, a “Noite da Consagração Bôas.Pública”. Renúncia de Jânio Quadros (25 de agosto) A Constituição é modificada. Cria-se o Parlamentarismo. João Belchior Marques Goulart assume a presidência do país . ( 1961-1964 )1962 – Instituição do brasão de Santa Cruz do Rio Pardopelo prefeito Onofre Rosa de Oliveira. Ademar de Barros elege-se como Governador de São Paulo.1963- Fundação do Rotary Clube de Santa Cruz do RioPardo.Última missa realizada na velha matriz de São Sebastião.Início da demolição do templo católico .Paulo Gilberto Machado Ramos assume, interinamente, aPrefeitura de Santa Cruz do Rio Pardo.1964- 1964 - 1974Carlos Queiroz assume a prefeitura de Santa Cruz do Rio Março: Revolução Militar e deposição de João Goulart daPardo. Presidência da República.Instituição da bandeira de Santa Cruz do Rio Pardo peloprefeito Carlos Queiroz. O Comando Supremo da Revolução indica o Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco para o cargo dePrimeiro Fórum Rotário de Santa Cruz do Rio Pardo . Presidente da República. ((1964- 1967 )1966 - Criação da Paróquia de São Benedito. Dissolução dos partidos políticos.Entrega da fonte central da então Praça da República, comsons e cores. Instituição do bipartidarismo, com o funcionamento de dois novos partidos: o Movimento DemocráticoOcorre a divisão da Paróquia de São Sebastião. Brasileiro ( MDB ) e a Aliança Renovadora Nacional ( ARENA ).1967 - Primeira missa na nova matriz de São Sebastião. O Marechal Artur da Costa e Silva assume a Presidência da República. (1967-1969)
    • Nova Constituição para o país, confirmando e institucionalizando o regime militar e suas formas de atuação. A guerrilha urbana começa a se organizar.1968 – O governo decreta o Ato Institucional nº 5 (AI5)Inauguração do prédio da nova Prefeitura Municipal , ondefuncionou o antigo Soarema Clube. O médico brasileiro, Euclydes Zerbini faz o primeiro transplante de coração na América do Sul. Com o agravamento da saúde do Marechal Costa e Silva, uma junta militar, formada pelos ministros do Exército, Marinha e Aeronáutica, assume a Presidência da República.1969Em 3 de agosto falece o pintor santa-cruzense, AcácioGonçalves.Início das comemorações do Centenário de Santa Cruz doRio Pardo com a presença do Governador Abreu Sodré. O General Emílio Garrastazu Médici assume a PresidênciaOnofre Rosa de Oliveira assume a Prefeitura de Santa Cruz da República ( 1969-1974 )do Rio Pardo.1970- Comemorações do “Centenário” de Santa Cruz do RioPardo.Criação do TACS (Teatro Amador do CentenárioSantacruzense.Criação do Hino do 1º Centenário de Santa Cruz (música deMário Nelli, Giovanni Lanfranchi e Joser e letra de Frei JoãoAlves Basílio).A população de Santa Cruz do Rio Pardo é de 34.412 hab. ,segundo censo do IBGE1971 – Iniciam-se as aulas na Faculdade de Filosofia “CarlosQueiroz”1972 – Iniciam-se as aulas na Faculdade de Filosofia daInstituição Toledo de Ensino.1973- Joaquim Severino Martins assume a Prefeitura deSanta Cruz do Rio Pardo.1974 – Em campanha política, o futuro Senador Orestes O General Ernesto Geisel assume a Presidência do Brasil. (Quércia, visita Santa Cruz do Rio Pardo. 1974-1979 ) Geisel anuncia a abertura política lenta, gradual e segura.
    • .1977- Surgimento do jornal “Debate”. 1977 – 1987Aniceto Gonçalves assume a Prefeitura de Santa Cruz doRio Pardo1978- Joaquim Severino Martins candidata-se a uma vaga naAssembléia Legislativa do Estado de São Paulo, apoiado Geisel acaba com o Ato Institucional nº 5, restaura opelo ex-deputado Lucio Casanova Neto. habeas-corpus e abre caminho para a volta da democracia.1979- A SABESP assume os serviços de Água e Esgoto. O General João Baptista Figueiredo assume a Presidência da República ( 1979-1985 ). O Congresso aprova a reforma partidária, extinguindo a Arena e o MDB. Surgem novos partidos: PDS, PMDB, PT, PP, PDT, PTB.1983- Onofre Rosa de Oliveira assume a Prefeitura Municipalpara a sua terceira gestão.A Municipalidade de Santa Cruz do Rio Pardo amplia seusdomínios com a reversão do patrimônio de 18 alqueires eprédios da FEPASA , antiga Estrada de Ferro Sorocabana.1984- Em 21 de dezembro o Governador André FrancoMontoro assina a Lei nº 4.494, autorizando a Prefeitura de Início da campanha das “Diretas Já”,Santa Cruz do Rio Pardo a receber em doação os benspertencentes à FEPASA no Município. Inauguração da Usina Nuclear de Angra dos Reis.1985 - A revista “VISÃO”, em sua edição de 13 de maio,destaca, numa ampla reportagem, os planos habitacionais Tancredo Neves é eleito Presidente do Brasil, por votode Santa Cruz do Rio Pardo e da Usina SOBAR de Espírito indireto do Colégio Eleitoral.Santo do Turvo. Morre Tancredo Neves, Presidente eleito.Santa Cruz comemora o 115º Aniversário. José Sarney, Vice-Presidente eleito, assume a Presidência da República. ( 1985- 1990 )1986- A primeira “Corrida de Bóias” acontece no dia 19 dejaneiro.Primeira assembléia dos proprietários e produtores rurais,visando a criação do Sindicato Rural.1987- Inauguração do Palácio da Cultura “Umberto MagnaniNetto.” A Usina de Reciclagem de Lixo entra em funcionamentoexperimental.1988 - Término da pavimentação asfáltica entre Santa Cruz 1988-1998
    • do Rio Pardo e São Pedro do Turvo. Comemoração do centenário da abolição da escravidão no Brasil. Promulgação da nova Constituição Brasileira. Nova unidade monetária- Cruzado Novo1989 – Clóvis Guimarães Teixeira Coelho é eleito prefeito deSanta Cruz do Rio Pardo .(1ª gestão)1990-Onofre Rosa de Oliveira candidata-se a uma vaga de Fernando Collor de Mello assume a Presidência dadeputado na Assembléia Legislativa do Estado de São República ( 1990-1992 ) , sendo o primeiro presidentePaulo, eleito pelo voto popular depois de 25 anos de exceção. Criação do MERCOSUL1991 - A revista “Dirigente Municipal” coloca Santa Cruz doRio Pardo como um dos municípios mais desenvolvidos dopaís..A cidade festeja o 43º aniversário do Centro Espírita “Jesuse Maria”.Inauguram-se as novas instalações da SABESP.Santa Cruz do Rio Pardo é beneficiada com a instalação deum Juizado de Pequenas Causas. Impeachment e renúncia de Collor, assumindo o vice- presidente.1992 – Manoel Carlos Manezinho Pereira é eleito prefeito deSanta Cruz do Rio Pardo. Posse de Itamar Franco como novo presidente do país ( 1992-1994 ) em função do impeachment e renúncia de Collor Morre o senador Ulisses Guimarães.1993- Manoel Carlos Manezinho Pereira assume a Prefeiturade Santa Cruz do Rio Pardo.1994 – O prefeito Manoel Carlos Manezinho Pereira assina Implantação e estabilização econômica com o Plano Real.escritura da área do Distrito Industrial de Santa Cruz do RioPardo.1995 – Fernando Henrique Cardoso é eleito e assume a Presidência do Brasil (1995- 1998 )
    • 1996 – Inserção de Santa Cruz do Rio Pardo na modernidadede comunicação com a inauguração oficial da telefonia Início da ampla política de privatização de empresascelular. estatais. Com a continuidade do Plano Real a inflação manteve-se baixa, na casa de um dígito percentual anual, e assim continuou pelos anos seguintes.1997- Clóvis Guimarães T. Coelho é eleito prefeito de SantaCruz do Rio Pardo (2ª gestão) Avanço significativo foi alcançado na área da saúde com a criação dos remédios genéricos. Implantação de um sólido programa de reforma agrária. Apesar das críticas da oposição, o governo implanta uma série de políticas sociais como o “bolsa-escola”, o vale- gás e a “bolsa-alimentação”.1999- A Prefeitura Municipal restaura o antigo prédio da 1999 -2010Erisoja Fernando Henrique Cardoso é reeleito Presidente da República (1999-2002 )A Delegacia de Ensino “Gentil Marques Válio” encerra suasatividades em Santa Cruz do Rio Pardo.2000- Com base na lei de preservação histórica, o casarãodo professor Exedil Magnani, nas esquinas da Rua Catarina O Brasil comemora 500 anos de “descobrimento”.Etsuco Umezu e Coronel Emídio Piedade, é tombado, emmaio, pela Prefeitura Municipal. Entra em vigor a Lei de Responsabilidade Fiscal.Adilson Donizeti Mira é eleito prefeito de Santa Cruz do RioPardo ( 1ª gestão)A população de Santa Cruz do Rio Pardo é de 40.919habitantes.2001 –.Criação do Ingá Náutico Clube.A Proarte se empenha na reforma do Palácio da Cultura“Umberto Magnani Netto.”2002 -Em março, a Galeria de Artes “Acácio Gonçalves”, doPalácio da Cultura “Umberto Magnani Netto” recebe as A Bolsa de Valores tem a maior queda desde setembro deaquarelas do pintor alemão Kurt Printz. 2001- mês dos atentados nos EUA.É criada, na cidade, a Editora Viena. Morre em São Paulo, o indigenista Orlando Villas Bôas.O Rotary Clube quebra o tabu, ao admitir, entre seusquadros, duas mulheres representativas da sociedadesanta-cruzense: Vereadora Wanda Rios e a Profa. Ângela
    • Ferreira da Silva Damasceno .Inauguração do Salão de Festas do Centro do ProfessoradoPaulista.Santa Cruz do Rio Pardo conta com quase 1.500propriedades rurais, o que a consagra como um municípioeminentemente agrícola.Criação do Hino de Santa Cruz do Rio Pardo- letra e músicade Mário Nelli.2003 –Em setembro, os partidos políticos de oposição sereúnem, para discutir a sucessão municipal de 2004. Luiz Inácio Lula da Silva assume a Presidência do Brasil (É criada a Associação Infanto-Juvenil “Maria Vitória”, no dia 2003- 2006)19 de novembro, com a finalidade de implantar a UTI Infantilna cidade.Jubileu de Ouro do Educandário Nossa Senhora Aparecida.Falece o Padre Anacleto, ex-vigário da Paróquia de SãoBenedito.Tombamento do prédio do antigo e primeiro Grupo Escolarde Santa Cruz do Rio Pardo, que fora também a Delegaciade Ensino “Prof. Gentil Marques Válio”.Criação da Orquestra de Câmara Santa Cruz, coordenadapelo Prof. José Magalli F Junqueira.2004 – Cessão do prédio do Colégio Companhia de Maria àOrganização Aparecido Pimentel de Educação e A cidade de São Paulo comemora 450 anos.Cultura(OAPEC).Adilson Donizeti Mira é reeleito prefeito de Santa Cruz doRio Pardo ( 2ª gestão)Realização da Ecopardo, na “Semana Mundial da Água” .Lançamento do livro “Tonico Lista: o perfil de uma época”,de José Ricardo Rios..
    • 2005 – Inauguração da Escola SENAI de Santa Cruz do RioPardo.A Esportiva Santacruzense enfrenta o time da cidade deOsvaldo Cruz, no Estádio “Leônidas Camarinha”, ocorre aprimeira transmissão, ao vivo, de um jogo de futebol daEsportiva, em rede nacional, pela Rede Vida de Televisão.A Esportiva Santacruzense passa para a série A-3,provocando grande regozijo entre os torcedores na cidade.2006 – É autorizado o funcionamento da Faculdade deDireito (OAPEC) em Santa Cruz do Rio Pardo . Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, é reeleito com 60,8%Prof. José Magalli F. Junqueira lança a segunda edição do dos votos contando com o apoio de mais governadoreslivro “Santa Cruz do Rio Pardo: Memórias”. que em 2002. (2006-2010)Falece Padre Esdras, ex-vigário da Paróquia de SãoBenedito. 28º eleição presidencial do país e 20ª por voto direto.As Irmãs Dominicanas comemoram 60 anos em Santa Cruzdo Rio Pardo.2007- Lançamento da Vice-Prefeita, Maura R. Macierinhacomo candidata à sucessão de Adilson Donizeti Mira. Realização dos Jogos Pan-Americanos no Rio de Janeiro.Santa Cruz do Rio Pardo festeja seus 137 anos.2008- Obras no Fórum de Santa Cruz do Rio Pardo No Brasil se expande a Internet banda larga, a TV digital eencontram ossadas pertencentes ao antigo cemitério da a popularização de desktops e laptops.Vila e posterior Cidade.A oposição lança os nomes dos médicos Otacílio ParrasAssis e Clóvis G. T. Coelho como candidatos a Prefeito eVice.
    • Maura Romualdo Macierinha é eleita a primeira prefeita deSanta Cruz do Rio Pardo com 45% dos votos. Falece Dona Mara, primeira vereadora eleita. Umberto Magnani Netto, ator santa-cruzense comemora seus 40 anos de carreira.2009- Entra, em caráter experimental, o processo detratamento de esgotos em Santa Cruz do Rio Pardo. Demarcação da reserva indígena Raposa/Serra do Sol.Icaiçara Clube completa 50 anos de existência.Liberação de projeto para a construção de novo prédio daCâmara Municipal.O Governo José Serra extingue o Posto Fiscal de SantaCruz do Rio Pardo.Sentença judicial promete regularizar os terrenos daChácara “Peixe”.Igreja Presbiteriana Independente comemora 120 anos emSanta Cruz do Rio Pardo.Sérgio Fleury Moraes, Diretor e proprietário do jornal“Debate” recebe o prêmio “Liberdade de Imprensa”, emBrasília.2010 Fim do censo demográfico de 2010, apontando aInício do processo de reforma da antiga Estação da população brasileira em 190.732.694 habitantes.Sorocabana. A nova classe C se torna a principal consumidora deProjeto de construção de uma nova Rodoviária na cidade. eletrônicos e eletrodomésticos durante o governo Lula. Nova descoberta do pré-sal na Bacia de Santos promete dobrar reservas de petróleo no Brasil. Dilma Vana Roussef é eleita a primeira mulher presidente do Brasil2011- Com grande regozijo na cidade, em 04 de maio, a Dilma Vana Roussef assume a presidência do BrasilEsportiva Santacruzense vence jogo e se classifica para aSérie A-2, a partir de 2012. 50 an0s da criação do Parque Indígena do Xingu O Senador Aécio Neves ( PSDB ) faz longo e abrangente discurso no Senado, conclamando as oposições.