• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Discurso de formatura
 

Discurso de formatura

on

  • 6,946 views

Discurso de Formatura

Discurso de Formatura

Statistics

Views

Total Views
6,946
Views on SlideShare
5,244
Embed Views
1,702

Actions

Likes
1
Downloads
12
Comments
0

5 Embeds 1,702

http://www.automotivoliberato.blogspot.com.br 1221
http://automotivoliberato.blogspot.com.br 450
http://automotivoliberato.blogspot.com 21
http://www.automotivoliberato.blogspot.com 9
http://www.automotivoliberato.blogspot.pt 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Discurso de formatura Discurso de formatura Presentation Transcript

    • Discurso de Formatura- Técnico Automotivo -Fundação Liberato2012/01
    • Em nome da Turma de Formandos do Curso Técnico Automotivo, gostaria de agradecer a presença das esposas, mães, pais, namoradas, parentes, amigos e colegas que, de uma forma ou de outra, contribuíram para que estemomento se tornasse realidade. Saibam que não foi fácil para nenhum de nós, abdicar das inúmeras horas de convívio familiar para poderestudar, por isso queremos dedicar essa vitória a vocês.
    • Agradecemos também aos nossos competentes mestres, representados na pessoa do ilustríssimo Coordenador do CursoAutomotivo, Professor Solimar Mário Miranda da Fonseca, por vossa dedicação, atenção e paciência ao longo da jornada que nos trouxeaqui esta noite. Há um velho ditado chinês que diz: "Os mestres podem abrir a porta, mas só você pode entrar". Sem sombra de dúvidas nosso corpo docente sempre manteve as portas abertas para nós.
    • É com grande satisfação e alegria quenos reunimos esta noite para realizar a tão esperada formatura. A poucos minutos de receber o diploma de técnico, é inevitável o flash back que roda em nossas mentes, assim como naqueles efeitos em preto e branco,tão comuns nos filmes holywoodianos.
    • Lembramo-nos do dia em que subimos este gigantesco morro para realizar o teste de seleção, da emoção deestar entre os selecionados, dos primeiros dias de aula ainda perdidos dentro dos corredores da Fundação Liberato ... meio ariscos, como costuma dizer o professor Ernesto. Nesta época, ainda calouros, não tínhamos a real dimensão do desafio que nosaguardava. Nossa luta era para nos adaptarmos a uma nova rotina de teorias, fórmulas, livros, trabalhos e provas, ainda atordoados com tanta novidade. Contudo, Albert Einstein disse uma vez: “A mente que se abre a uma nova ideia, jamais votará ao seu tamanho original”.
    • E sem ao menos percebermos, essa nova ideia já havia expandido nossas mentes e tomado conta dos nossos corações. Em meio às diversas atividades, fomos nosenturmando, estabelecendo amizades com os colegas e professores. As disciplinas começaram a ficar mais inteligíveis, ao mesmo tempo em que as práticas tornavam tudo menos abstrato e mais interessante. Descobrimos que a oficina é o nosso quartel general e que toda sexta-feira rola por lá um churrasco. Aospoucos o Automotivo começou a fazer parte de nossasvidas e de nossas famílias. Sim, porque sempre tem um parente que diz: “Ah! Tu estas fazendo cursoautomotivo, bem que tu podias dar um olhada no meu carro, ele está com um barulho estranho”.
    • Mas é bom que se esclareça que o TécnicoAutomotivo formado pela Fundação Liberato é muito mais que um mecânico de manutenção automotiva, ou um simples “substituidor” de peças com defeito ou “seguidor de cartilhas” prescritas pelosfabricantes. Como técnico, ele deve ser antes de tudo um pensador, alguém que usa muito mais o córtex cerebral do que a chave treze combinada, um profissional capaz de fazer a diferença e achar soluções baseadas em sólidos conhecimentos teóricos, compromissos éticos, respeito à legislação, atenção com a vida e com o meio ambiente.
    • No fundo, essa também é uma questão epistemológica, queem nossa percepção, foi mais bem resolvida pela Fundação Liberato e pelo curso, do que pelo mercado, que aindaenxerga a mão de obra especializada do Técnico Automotivo como a de um mecânico de manutenção. Talvez a cultura das empresas que atuam no setor ainda não seja capaz de distinguir os benefícios que pode obter, tanto de qualidadequanto financeiros, quando a equipe possui profissionais de tal gabarito em seus quadros. Mas acreditamos que é uma questão de tempo, pois com a pressão do mercado e o aumento da tecnologia embarcada, a necessidade de mão de obra especializada vai aumentar e será cada vez mais valorizada.
    • A metáfora que cabe aqui é a do médico e do paciente. Quando alguém fica doente, vai ao médico porque sabe que vai encontrar um profissional que saberá através dos sintomas, fazer exames complexos, identificar a doença e propor o tratamento mais adequado utilizando a melhor tecnologia disponível. Porque então, quando seu carro apresenta um defeito você levaria ele em um “charlatão”? O nosso trabalho,em termos pragmáticos, é muito semelhante ao do médico: nós recebemos o paciente, identificamos os sintomas, realizamos exames dispondo de tecnologias adequadas para cada caso, reunimos a equipe para pensarmos na melhor solução e só depois partimos para o procedimento que deve ser preciso, cirúrgico, e deve resolver o problema integralmente. A nossa vantagem é que a gente nunca perde o paciente!
    • Para concluir, gostaríamos de dizerque não foi fácil chegar até aqui, a dedicação, o esforço, o tempoempregado, as privações de coisasque as vezes queríamos fazer masque se contrapunham aos estudos, que tudo isso ... hoje ... valoriza ainda mais esta nossa conquista!
    • Que Deus abençoe a todos! Muito Obrigado. Marcelo Salcedo Gomes