• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Proposta TCC - METODOLOGIA SCRUM APLICADA AOS PROCESSOS DE GERÊNCIA E DESENVOLVIMENTO DE REQUISITOS DO MODELO MPS.BR
 

Proposta TCC - METODOLOGIA SCRUM APLICADA AOS PROCESSOS DE GERÊNCIA E DESENVOLVIMENTO DE REQUISITOS DO MODELO MPS.BR

on

  • 11,972 views

Proposta de TCC - METODOLOGIA SCRUM APLICADA AOS

Proposta de TCC - METODOLOGIA SCRUM APLICADA AOS
PROCESSOS DE GERÊNCIA E DESENVOLVIMENTO
DE REQUISITOS DO MODELO MPS.BR
Sistemas de Informação, UNISC. 2010/1

Statistics

Views

Total Views
11,972
Views on SlideShare
11,972
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
308
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Proposta TCC - METODOLOGIA SCRUM APLICADA AOS PROCESSOS DE GERÊNCIA E DESENVOLVIMENTO DE REQUISITOS DO MODELO MPS.BR Proposta TCC - METODOLOGIA SCRUM APLICADA AOS PROCESSOS DE GERÊNCIA E DESENVOLVIMENTO DE REQUISITOS DO MODELO MPS.BR Document Transcript

    • DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA CURSO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROPOSTA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO METODOLOGIA SCRUM APLICADA AOS PROCESSOS DE GERÊNCIA E DESENVOLVIMENTO DE REQUISITOS DO MODELO MPS.BR por Juliano Silva de Oliveira Prof.ª Daniela Duarte da Silva Bagatini Orientadora Capão da Canoa, março de 2010.
    • UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL Juliano Silva de Oliveira PROPOSTA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Proposta de trabalho de conclusão apresentado ao curso de Sistemas de Informação da Universidade de Santa Cruz do Sul. Orientadora: Prof.ª Daniela Duarte da Silva Bagatini. Capão da Canoa, março de 2010.
    • SUMÁRIO RESUMO ......................................................................................................................... 4 MOTIVAÇÃO .................................................................................................................. 5 OBJETIVOS ..................................................................................................................... 7 METODOLOGIA............................................................................................................. 8 CRONOGRAMA ............................................................................................................. 9 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ........................................................................... 10
    • 4 RESUMO Cresce a cada dia o número de organizações que buscam por melhores resultados através do aprimoramento de seus processos produtivos e estrutura organizacional. As empresas de tecnologia da informação têm utilizado modelos de qualidade internacionalmente conhecidos, na busca pela melhoria da qualidade dos processos, produtos e serviços de software. Porém, a aplicação desses modelos é cara e complexa. Como alternativa surgiu o programa MPS.BR, visando à melhoria de processos e qualidade no desenvolvimento de software, com foco em pequenas e médias empresas brasileiras. Outra prática adotada na busca de melhores resultados é o emprego de metodologias ágeis de desenvolvimento, como o SCRUM, que permite entregas de maior valor de negócio, no menor tempo possível. Tais propostas, MPS.BR e SCRUM, podem ser utilizadas de forma complementar dentro das empresas. Elas tratam do que fazer e como fazer, quando o assunto é a busca por eficiência e eficácia dos processos. Assim, o presente trabalho procura mapear a agilidade SCRUM à maturidade do Processo de Gerência e Desenvolvimento de Requisitos do MPS.BR.
    • 5 MOTIVAÇÃO Sobrevivência. É o que cada empresa busca na sua rotina diária. Como sobreviver a competição cada vez mais acirrada e globalizada? A resposta passa por, entre outros temas, entregar e manter produtos com mais qualidade dentro dos prazos estabelecidos. De acordo com Santana (2009), as empresas estão investindo em qualidade, o que exige cada vez mais melhorias em seus processos e a adoção de metodologias para sistematizar o desenvolvimento de software. Uma iniciativa brasileira de aprimorar e disseminar o modelo de melhoria de processo de software, o Programa MPS.BR, tem sido um importante aliado para pequenas, médias e grandes organizações brasileiras atingirem um maior nível de capacidade e maturidade (Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro – SOFTEX, 2009). Pesquisas como a realizada pela SOFTEX (TRAVASSOS e KALINOWSKI, 2008), “Resultados de Desempenho de Organizações que Adotaram o MPS”, apontam diversos benefícios obtidos por empresas que investiram na excelência de seus processos. Outra prática, que tem sido adotada por um número significativo de organizações de todo o mundo, são as metodologias ágeis de desenvolvimento de software, em especial o SCRUM, que é que um framework para desenvolvimento baseado em iterações curtas, voltado para projetos que exigem uma entrega rápida de valor ao cliente (SCHAWBER, 2009). A adoção de um modelo ou metodologia, como as apresentadas, trás, antes dos benefícios, desafios para as empresas, principalmente pela mudança comportamental exigida de todos os colaboradores, que normalmente se faz necessária nestes contextos. Outra dificuldade para as empresas é saber, na prática, como implantar tais modelos e metodologias. Ainda há poucos trabalhos que abordam o uso do modelo MPS.BR juntamente com a metodologia SCRUM, isso faz com que essa prática permaneça cercada de dúvidas. É possível obter os níveis do MPS.BR utilizando SCRUM? Quais os benefícios do MPS.BR, do
    • 6 SCRUM e do uso conjunto desses? Pode o SCRUM auxiliar no atendimento dos propósitos e resultados esperados dos processos relacionados a Requisitos de Software? A proposta deste trabalho de conclusão é mostrar onde, de que forma e contribuindo para o sucesso da organização, o MPS.BR e o SCRUM podem caminhar juntos. Para isso, o trabalho terá foco nos processos relacionados a Requisitos de Software, visto que é essa uma das atividades fundamentais da Engenharia de Software, exigidas desde os níveis iniciais de qualquer projeto de software (WAZLAWICK, 2004). Proporcionar novas formas de realização e qualificação dos processos de software ajudará com que mais empresas dêem o primeiro passo em busca da melhoria de seus processos.
    • 7 OBJETIVOS A proposta para este trabalho é mapear práticas SCRUM aos Processos de Gerência e Desenvolvimento de Requisitos do MPS.BR. Desta forma busca-se: 1. Aplicar, demonstrar e desenvolver o conhecimento adquirido no curso de sistemas de informação; 2. Desenvolver capacidades e habilidades científicas e tecnológicas; 3. Estudar sobre a área de Qualidade de Software; 3.1. Compreender a relação entre processos, produtos e serviços de software; 3.2. Conhecer o modelo de Melhoria de Processo do Software Brasileiro – MPS.BR; 3.3. Conhecer os níveis e processos MPS.BR; 3.4. Analisar os propósitos e resultados esperados do processo de Gerência e Desenvolvimento de Requisitos; 4. Estudar sobre SCRUM; 4.1. Conceituar e entender a aplicação das metodologias ágeis; 5. Mostrar como ambos, MPS.BR e metodologias ágeis, podem ser praticados em conjunto; 5.1. Relacionar os resultados esperados dos processos utilizando práticas ágeis; 6. Identificar situações do conteúdo trabalhado com casos reais. São objetivos secundários: 1. Situar o atual cenário mundial e brasileiro de desenvolvimento de software; 2. Comentar sobre boas práticas de desenvolvimento; 3. Comentar sobre resistências e dificuldades encontradas no processo. Não fazem parte do escopo do trabalho proposto: 1. Outras metodologias ágeis além do SCRUM; 2. Outros modelos de MPS além do MPS.BR; 3. Detalhamento das normas ISO e modelo CMMI que compõe o MPS.BR; 4. Detalhamento de todos os processos do MPS.BR que não tenham foco em Requisitos de Software.
    • 8 METODOLOGIA Amparado pela obra de Salomon (2004), será produzido um trabalho monográfico, baseado nos seguintes métodos: • Pesquisas bibliográficas exploratórias, análise de trabalhos monográficos, teses e artigos de periódicos com valor ao problema apresentado; • Experiências em cursos focados em metodologias ágeis; • Entrevistas com utilizadores de MPS.BR e/ou SCRUM, feitas pessoalmente e/ou coletadas de pesquisa sobre os temas abordados; • Análise dos resultados esperados do Processo de Gerência e Desenvolvimento de Requisitos e • Mapeamento do processo proposto com as práticas SCRUM. O trabalho será desempenhado com foco em mapear, detalhar e discutir as demandas mais importantes na abordagem do uso de MPS.BR, do uso de SCRUM e do uso de ambos de maneira conjunta.
    • 9 CRONOGRAMA No Quadro 1 consta um resumo das atividades que estão sendo ou serão realizadas na produção do TCC: Atividades Fev Mar Abr Mai Jun Jul 1. Participação em curso sobre SCRUM 2. Realizar pesquisa bibliográfica 3. Realização de pesquisa junto à stakeholders dos temas 4. Analisar resultados esperados do processo escolhido 5. Mapear área de requisitos com SCRUM 6. Escrita do TCC 7. Preparação para Defesa do TCC 8. Defesa do TCC Quadro 1 – Atividades que estão sendo ou serão desempenhadas na confecção do trabalho proposto. Estas atividades planejadas poderão sofrer alterações no decorrer da produção do TCC.
    • 10 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ASSOCIAÇÃO PARA PROMOÇÃO DA EXCELÊNCIA DO SOFTWARE BRASILEIRO – SOFTEX. MPS.BR Guia Geral: 2009, maio de 2009. Disponível em www.softex.br. SALOMON, Délcio Vieira. Como Fazer Uma Monografia. São Paulo: Martins Fontes, 2004. SANTANA, Célio; GUSMÃO, Cristiane. Melhoria de Processo de Software no Desenvolvimento Ágil. Revista Engenharia de Software. Ano 2, 14ª ed. DevMedia, 2009. SCHWABER, Ken. Guia do Scrum, maio de 2009. Disponível em www.scrumalliance.org. TRAVASSOS, G.H., Kalinowski, M., “iMPS: Resultados de Desempenho de Organizações que Adotaram o MPS”. 1 ª ed. Campinas: Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro - SOFTEX, ISBN 978-85-99334-11-9, 2008. WAZLAWICK, Raul S. Análise e Projeto de Sistemas de Informação Orientado a Objetos. 1ª edição. São Paulo. Editora Campus, 2004.
    • 11 Assinaturas ______________________________ Juliano Silva de Oliveira Aluno ______________________________ Daniela Duarte da Silva Bagatini Prof.ª Orientadora