Assentamento de placas cerâmicas

2,859 views
2,609 views

Published on

Apresentação resumida de processo de assentamento de revestimento cerâmico

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,859
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
135
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Assentamento de placas cerâmicas

  1. 1. ASSENTAMENTO DE PLACAS CERÂMICAS
  2. 2. O MÉTODO DE ASSENTAMENTO SEGUE AS SEGUINTES ETAPAS: 1. ESCOLHA DOS MATERIAIS, EQUIPAMENTOS E FERRAMENTAS; 2. DEFINIÇÃO DO NÚMERO E ESPESSURA DAS JUNTAS ESTRUTURAIS E DE MOVIMENTAÇÃO; 3. PREPARO DA BASE : PAREDE => CHAPISCO – EMBOÇO PISO => CONTRAPISO 4. APLICAÇÃO DO REVESTIMENTO CERÂMICO E EXECUÇÃO DAS JUNTAS.
  3. 3. COMPONENTES DA BASE
  4. 4. COMPONENTES DA BASE
  5. 5. ETAPAS DE EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO CERÂMICO
  6. 6. ETAPAS PRELIMINARES 2 – APLICAÇÃO DO CHAPISCO ARGAMASSA TRADICIONAL INDUSTRIALIZADA COM COM OBJETIVO TRAÇO DE DE 1:3 AUMENTART OU A RUGOSIDADE SUPERFICIAL E REGULAR A ABSORÇÃO DA ÁGUA, AS PAREDES DEVEM SER CHAPISCADAS.
  7. 7. ETAPAS PRELIMINARES 3 – APLICAÇÃO DO EMBOÇO • O EMBOÇO É UMA CAMADA DE REGULARIZAÇÃO QUE VISA NIVELAR A SUPERFÍCIE DA PAREDE E CORRIGIR DEFEITOS E IRREGULARIDADES DA MESMA; • SOMENTE DEPOIS DE TRANSCORRIDOS NO MÍNIMO 7 DIAS DA APLICAÇÃO DO CHAPISCO É QUE PODERÃO SER INICIADOS OS TRABALHOS DE EXECUÇÃO DA CAMADA DE EMBOÇO;
  8. 8. ETAPAS PRELIMINARES 3 – APLICAÇÃO DO EMBOÇO • A EXECUÇÃO DO EMBOÇO DEVE SEGUIR O ESTABELECIDO NA NBR 7200 (REVESTIMENTO DE PAREDES E TETOS DE ARGAMASSAS INORGÂNICAS - PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO); • A CAMADA DE EMBOÇO DEVERÁ SER REFORÇADA COM TELA DE ARAME GALVANIZADO NOS ENCONTROS ENTRE ESTRUTURAS DE CONCRETO ARMADO E ALVENARIA NOS TRÊS ÚLTIMOS PAVIMENTOS E NO PRIMEIRO PAVIMENTO SOBRE PILOTIS;
  9. 9. ETAPAS PRELIMINARES 3 – APLICAÇÃO DO EMBOÇO • TRAÇOS USUAIS: • - INTERNO= 1 : 2 : 10 (CIMENTO : CAL : AREIA) • - EXTERNO PINTURA= PARA ASSENTAMENTO DE CERÂMICAS E 1 : 2 : 8 (CIMENTO : CAL : AREIA) • - EXTERNO PARA ASSENTAMENTO DE PEDRAS: 1 : 1 : 6 (CIMENTO : CAL : AREIA).
  10. 10. ETAPAS PRELIMINARES 3 – APLICAÇÃO DO EMBOÇO • TEMPO DE UTILIZAÇÃO: AS ARGAMASSAS VIRADAS EM OBRA OU INDUSTRIALIZADAS NÃO DEVEM SER UTILIZADAS APÓS O INÍCIO DE PEGA DO CIMENTO (1,5 HORA A 2 HORAS).
  11. 11. ETAPAS PRELIMINARES 3 – APLICAÇÃO DO EMBOÇO • ESPESSURA DO EMBOÇO: A ESPESSURA DO EMBOÇO SERÁ DEFINIDA A PARTIR DA IDENTIFICAÇÃO DOS PONTOS CRÍTICOS DA BASE QUANTO AO PRUMO. A ESPESSURA IDEAL VARIA ENTRE 15 mm E 25 mm.
  12. 12. ETAPAS PRELIMINARES 3 – APLICAÇÃO DO EMBOÇO • O TEMPO INDICADO PARA A CURA DO REBOCO DEVE SER DE 14 DIAS PARA A APLICAÇÃO ASSENTAMENTO DE CERÂMICAS. DE ARGAMASSAS DE
  13. 13. ETAPAS PRELIMINARES 3 – APLICAÇÃO DO EMBOÇO
  14. 14. ETAPAS PRELIMINARES VERIFICAÇÃO E PREPARO DO SUBSTRATO •NESTA ETAPA, ESTÃO AS ATIVIDADES DE LIMPEZA SUPERFICIAL E VERIFICACÃO DA QUALIDADE DO SUBSTRATO, GERALMENTE O EMBOÇO DE REGULARIZACAO, DEVE TER SUAS CARACTERISTICAS AVALIADAS E CORRIGIDAS, QUANDO NÃO ATENDEREM AS ESPECIFICAÇÕES.
  15. 15. ETAPAS PRELIMINARES VERIFICAÇÃO DO EMBOÇO OU DO CONTRAPISO: •DEVE ESTAR LIVRE DE QUALQUER SUBSTÂNCIA CONTAMINANTE COMO: GRAXA, GORDURA, EFLORECÊNCIA OU MOFO. •VERIFICAR ESTRUTURA, AS CONDIÇÕES SE EXISTIREM DA BASE PARTES QUANTO SOLTAS A OU SUA DE QUALIDADE RUIM, AS MESMAS DEVEM SER REMOVIDAS E REFEITAS PARA RECEBEREM O REVESTIMENTO; •DEVEM TER UMA TEXTURA MEDIANA PARA PODER RECEBER O REVESTIMENTO.
  16. 16. ETAPAS PRELIMINARES VERIFICAÇÃO DO EMBOÇO OU DO CONTRAPISO: •DEVE TER DESVIOS MAXIMOS DE 3 (TRES) MILIMETROS, PARA CONCAVIDADES OU CONVEXIDADES, MEDIDOS COM REGUA DE 2 (DOIS) METROS DE COMPRIMENTO EM TODAS AS DIREÇÕES; •ESTANDO TODAS ESTAS VERIFICAÇÕES OK, PODE SER INICIADO OS TRABALHOS DE LIMPEZA.
  17. 17. ETAPAS PRELIMINARES • 1 - LIMPEZA: • REMOÇÃO DE PÓ, SUJEIRA E MATERIAIS SOLTOS; • REMOÇÃO DE PARTÍCULAS ADERIDAS COM ESPÁTULA OU TALHADEIRA; • REMOÇÃO DE DESMOLDANTES, GRAXA E GORDURA; • REMOÇÃO DE EFLORESCÊNCIAS; • REMOÇÃO DE BOLOR E FUNGOS;
  18. 18. ETAPAS PRELIMINARES • 1 - LIMPEZA: • REMOÇÃO DE ELEMENTOS METÁLICOS (PREGOS, FIOS, ETC.); • REMOÇÃO DE PELÍCULA DE TINTA; • PODEM TAMBÉM SER USADOS REMOVEDORES QUÍMICOS, DESDE QUE SEJAM POSTERIORMENTE RETIRADOS ATRAVÉS DE ENXÁGÜE COM ÁGUA PURA EM ABUNDÂNCIA.
  19. 19. PRÉ-REQUESITOS PARA O INICIO DO TRABALHOS • PARA APLICAÇÃO DO REVESTIMENTO CERÂMICO, A CAMADA DE EMBOÇO DEVERÁ TER IDADE MÍNIMA DE 21 DIAS; • ALINHADA EM TODAS AS DIREÇÕES (TODA A SUPERFÍCIE DEVE PERTENCER AO MESMO PLANO) • O DESVIO MÁXIMO DE PLANEZA DEVE SER DE 3mm EM RELAÇÃO A UMA RÉGUA DE 2 METROS DE COMPRIMENTO;
  20. 20. PRÉ-REQUESITOS PARA O INICIO DO TRABALHOS • AS CANALIZAÇÕES DE ÁGUA E ESGOTO DEVERÃO ESTAR EXECUTADAS E TESTADAS; • OS PONTOS ELÉTRICOS DEFINIDOS E ADEQUADAMENTE EMBUTIDOS NA PAREDE; • EVENTUAIS IMPERMEABILIZAÇÕES DEVERÃO ESTAR CONCLUIDAS E TESTADAS; • OS MARCOS E CONTRAMARCOS DEVERÃO ESTAR FINALIZADOS; DAS ABERTURAS
  21. 21. PRÉ-REQUESITOS PARA O INICIO DO TRABALHOS PREREQUISITOS DA BASE PARA APLICAÇÃO DA ARGAMASSA: • LIMPA SEM FISSURAS OU RACHADURAS; • COESA (NÃO DEVE SE ESFARELAR); • BEM ADERIDA À BASE (NÃO DEVE APRESENTAR SOM CAVO QUANDO PERCUTIDA);
  22. 22. PRÉ-REQUESITOS PARA O INICIO DO TRABALHOS
  23. 23. APLICAÇÃO DA ARGAMASSA COLANTE • VERIFICAR O ESQUADRO E AS DIMENSÕES DA BASE A SER REVESTIDA PARA DEFINIÇÃO DA LARGURA DAS JUNTAS ENTRE AS PEÇAS, BUSCANDO REDUZIR O NÚMERO DE RECORTES E O MELHOR POSICIONAMENTO DESTES; • LOCAR, SOBRE A SUPERFÍCIE A SER REVESTIDA, AS JUNTAS HORIZONTAIS E VERTICAIS ENTRE AS PEÇAS CERÂMICAS.
  24. 24. APLICAÇÃO DA ARGAMASSA COLANTE • MARCAR OS ALINHAMENTOS DAS PRIMEIRAS FIADAS, NOS DOIS SENTIDOS, COM LINHAS DE NÁILON, SERVINDO ENTÃO DE REFERÊNCIA PARA AS DEMAIS FIADAS, OU ENTÃO A PARTIR DA FIXAÇÃO DE UMA RÉGUA DE ALUMÍNIO JUNTO À BASE; • ARRANJAR AS PEÇAS DE FORMA QUE SEJAM FEITOS CORTES IGUAIS NOS SUPERFÍCIE A SER REVESTIDA; LADOS OPOSTOS À
  25. 25. APLICAÇÃO DA ARGAMASSA COLANTE • LOCAR OS ALINHAMENTOS DAS PRIMEIRAS FIADAS, NOS DOIS SENTIDOS, COM LINHAS DE NÁILON, SERVINDO ENTÃO DE REFERÊNCIA PARA AS DEMAIS FIADAS; OU ENTÃO A PARTIR DA FIXAÇÃO DE UMA RÉGUA DE ALUMÍNIO JUNTO À BASE; • PARA O CASO DE ASSENTAMENTO DE PAISAGENS OU MOSAICOS, DESENHAR COM GIZ AS FIGURAS A SEREM FORMADAS;
  26. 26. APLICAÇÃO DA ARGAMASSA COLANTE • PREPARANDO A ARGAMASSA COLANTE PREPARAR A ARGAMASSA MANUALMENTE OU EM MISTURADOR MECÂNICO LIMPO, ADICIONANDO-SE A ÁGUA, NA QUANTIDADE RECOMENDADA NA EMBALAGEM DO PRODUTO, ATÉ QUE SEJA VERIFICADA HOMOGENEIDADE DA MISTURA. A QUANTIDADE A SER PREPARADA DEVE SER SUFICIENTE PARA UM PERÍODO DE TRABALHO DE NO MÁXIMO 2 A 3 HORAS;
  27. 27. APLICAÇÃO DA ARGAMASSA COLANTE • PREPARANDO A ARGAMASSA COLANTE APÓS A MISTURA, A ARGAMASSA DEVE FICAR EM REPOUSO PELO PERÍODO DE TEMPO INDICADO NA EMBALAGEM, PARA QUE OCORRAM AS REAÇÕES DOS ADITIVOS, SENDO A SEGUIR REAMASSADA. DURANTE A APLICAÇÃO DO REVESTIMENTO, NUNCA SE DEVE ADICIONAR ÁGUA À ARGAMASSA JÁ PREPARADA.
  28. 28. APLICAÇÃO DA ARGAMASSA COLANTE • A PEÇA CERÂMICA DEVE PASSAR POR LIMPEZA COM A BROCHA NO SEU TARDOZ ELIMINANDO PÓ BRANCO DE PROTEÇÃO; • IMPORTANTE RESSALTAR QUE A PEÇA NÃO PODE SER MOLHADA PARA APLICAÇÃO; •A ARGAMASSA DEVE SER ESPALHADA COM O LADO LISO DA DESEMPENADEIRA, COMPRIMINDO-A CONTRA A PAREDE NUM ÂNGULO FORMANDO UMA CAMADA UNIFORME; DE 45º,
  29. 29. APLICAÇÃO DA ARGAMASSA COLANTE •A SEGUIR, UTILIZAR O LADO DENTEADO DA DESEMPENADEIRA ARGAMASSA, PARA SOBRE FORMAR A CAMADA CORDÕES DE QUE FACILITARÃO O NIVELAMENTO E A FIXAÇÃO DAS PEÇAS CERÂMICAS. • DURANTE A COLOCAÇÃO DAS PEÇAS OS CORDÕES DE COLA DEVEM SER TOTALMENTE ESMAGADOS, FORMANDO UMA CAMADA UNIFORME, E CONTATO PLENO DA ARGAMASSA COM O VERSO DA PEÇA.
  30. 30. APLICAÇÃO DA ARGAMASSA COLANTE • DEVEM SEMPRE SER RESPEITADOS OS TEMPOS EM ABERTO DE CADA PRODUTO, LEVANDO-SE EM CONTA QUE EM DIAS SECOS, QUENTES E COM MUITO VENTO, ESTES TEMPOS SÃO DIMINUÍDOS. O FINAL DO TEMPO EM ABERTO DA ARGAMASSA É INDICADO PELA FORMAÇÃO DE UMA PELÍCULA ESBRANQUIÇADA SOBRE OS CORDÕES DE COLA. A PARTIR DESTE MOMENTO AS CONDIÇÕES DE ASSENTAMENTO FICAM PREJUDICADAS, PODENDO FAVORECER O DESCOLAMENTO PRECOCE DA PEÇA
  31. 31. APLICAÇÃO DA ARGAMASSA COLANTE .
  32. 32. APLICAÇÃO DA ARGAMASSA COLANTE PERIODICAMENTE DURANTE O ASSENTAMENTO, DEVE-SE ARRANCAR PEÇAS ALEATORIAMENTE (1% DAS PEÇAS), VERIFICANDO SE ESTÃO COM O VERSO TOTALMENTE PREENCHIDO COM ARGAMASSA. ESTE PROCEDIMENTO É DENOMINADO DE TESTE DE ARRANCAMENTO E SE DESTINA A AVALIAR A QUALIDADE DO ASSENTAMENTO, E FAZER AJUSTES CASO SEJA NECESSÁRIO. .
  33. 33. APLICAÇÃO DA ARGAMASSA COLANTE .
  34. 34. COLOCAÇÃO DAS PEÇAS CERÂMICAS • A COLOCAÇÃO DAS PLACAS CERÂMICAS DEVE SER FEITA DEBAIXO PARA CIMA, UMA FIADA DE CADA VEZ. AS PLACAS CERÂMICAS DEVEM SER COLOCADAS, LIGEIRAMENTE FORA DE POSIÇÃO, SOBRE OS CORDÕES DE COLA. O POSICIONAMENTO DA PEÇA É ENTÃO AJUSTADO ATRAVÉS DE UM LIGEIRO MOVIMENTO DE ROTAÇÃO.
  35. 35. COLOCAÇÃO DAS PEÇAS CERÂMICAS • PARA A RETIRADA DO EXCESSO DE ARGAMASSA, DEVEM SER DADAS LEVES BATIDAS COM UM MARTELO DE BORRACHA SOBRE A FACE DA CERÂMICA, OU MESMO BATIDAS COM CABOS DE MADEIRA DE MARTELOS COMUNS E COLHER DE PEDREIRO. A ARGAMASSA QUE ESCORRER DEVE SER LIMPA ANTES DO SEU ENDURECIMENTO, EVITANDO QUE ESTA PREJUDIQUE A JUNTA DE ASSENTAMENTO (REJUNTE).
  36. 36. COLOCAÇÃO DAS PEÇAS CERÂMICAS ASSENTAMENTO
  37. 37. EXECUÇÃO DAS JUNTAS •O PREENCHIMENTO DAS JUNTAS DE ASSENTAMENTO PODE SER INICIADO NO MÍNIMO 3 DIAS APÓS CONCLUÍDO O ASSENTAMENTO DAS PEÇAS. • SE ALGUMA DELAS APRESENTAR SOM CAVO (BARULHO OCO), ESTA DEVE SER REMOVIDA E IMEDIATAMENTE ASSENTADA.
  38. 38. EXECUÇÃO DAS JUNTAS • UTILIZAR SOMENTE ARGAMASSAS DE REJUNTE INDUSTRIALIZADAS, OU DOSADAS NA OBRA DESDE QUE SEJAM QUÍMICOS ADITIVADAS QUE COM GARANTAM PRODUTOS ELASTICIDADE E IMPERMEABILIDADE ÀS MESMAS. • APÓS SECAGEM INICIAL DA ARGAMASSA, REMOVER O EXCESSO COM PANO, ESPONJA OU ESTOPA ÚMIDOS.
  39. 39. EXECUÇÃO DAS JUNTAS • APÓS TRANSCORRIDO MAIS ALGUM TEMPO, QUE GARANTA PRINCÍPIO DE ENDURECIMENTO DA ARGAMASSA, FRISAR AS JUNTAS, OBTENDO ASSIM ACABAMENTO LISO E REGULAR. • MOLHAR PERIODICAMENTE O REVESTIMENTO PRONTO COM ÁGUA, NOS TRÊS PRIMEIROS DIAS APÓS O REJUNTAMENTO.
  40. 40. EXECUÇÃO DAS JUNTAS • Dimensão mínima das Juntas (NBR 8214) Argamassa de Rejuntamento ou Rejunte
  41. 41. Execução Rejunte de cor similar ao revestimento Efeito uniforme Rejunte claro e revestimento escuro Evidencia a cor e a textura do revestimento Rejunte cinza Cor neutra que fica melhor em pisos. Rejunte escuro e revestimento claro Enfatiza o layout da parede
  42. 42. EXECUÇÃO DAS JUNTAS • A LARGURA DAS JUNTAS DE ASSENTAMENTO PODE SER GARANTIDA COM O USO DE ESPAÇADORES PLÁSTICOS. • EM PAREDES EXPOSTAS A AÇÃO DA UMIDADE, COMO POR EXEMPLO BOX DE BANHEIRO, DEVE SER USADO REJUNTE IMPERMEÁVEL, PARA EVITAR QUE A ÁGUA PENETRE PARA O INTERIOR DA DURABILIDADE EFLORESCÊNCIA. PAREDE, DO AUMENTANDO, REVESTIMENTO E COM ISTO, EVITANDO A A
  43. 43. LIMPEZA ARGAMASSA DE REJUNTAMENTO
  44. 44. LIMPEZA ESTA É A OPERAÇÃO FINAL E TEM A FINALIDADE DE ELIMINAR RESÍDUOS DE ARGAMASSAS OU OUTROS MATERIAIS USADOS NO PROCESSO DE ASSENTAMENTO. A LIMPEZA DE REVESTIMENTOS COM ÁCIDO É CONTRA-INDICADA, POIS PODE PREJUDICAR TANTO A SUPERFÍCIE DA PEÇA CERÂMICA COMO O REJUNTE. ENTRETANTO, QUANDO FOR NECESSÁRIA A LIMPEZA COM ÁCIDO, DEVE-SE
  45. 45. LIMPEZA • APÓS A LIMPEZA, QUE DEVE SER FEITA COM ÁGUA EM ABUNDÂNCIA, UTILIZA-SE UMA SOLUÇÃO NEUTRALIZANTE DE AMÔNIA (UMA PARTE DE AMÔNIA PARA CINCO PARTES DE ÁGUA) E SE ENXÁGUA COM ÁGUA EM ABUNDÂNCIA. FINALMENTE, ENXUGA-SE COM UM PANO, PARA REMOVER A ÁGUA PRESENTE NAS JUNTAS.
  46. 46. CURA APÓS A LIMPEZA, AS OPERAÇÕES PARA O REVESTIMENTO DA PAREDE ESTÃO COMPLETAS, MUITO EMBORA A PAREDE AINDA NÃO ESTEJA ADEQUADA PARA USO. É NECESSÁRIO ESPERAR APROXIMADAMENTE 15 DIAS PARA QUÍMICAS, QUE QUE AS REAÇÕES OCORREM ARGAMASSAS, POSSAM ACONTECER. FÍSICAS COM E AS
  47. 47. ASPECTO FINAL

×