Warusa kagen
(悪悪悪悪 ささささ かげんかげんかげんかげん)
Conceito e aplicação desta mentalidade que se bem consolidada nos trás grandes
benef...
Na ausência destas normas e visuais, pode ser muito difícil perceber as muitas
coisas pequenas que contribuem para o "quão...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Warusa kagen

392 views
262 views

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
392
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
13
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Warusa kagen

  1. 1. Warusa kagen (悪悪悪悪 ささささ かげんかげんかげんかげん) Conceito e aplicação desta mentalidade que se bem consolidada nos trás grandes benefícios. Há um termo japonês que eu gosto, mas não é, infelizmente, usado tão frequentemente quanto outros na comunidade Lean, e pode ser indicativo de uma falta de foco nesta área-chave da consciência. É Warusa Kagen (悪 さ かげん) significa "condição de maldade" ou "como as coisas estão ruins" sempre em comparação a condição atual. Isso é muitas vezes expressa em pequenas anormalidades que estão ao redor do processo, mas despercebido pelo operador ou por uma pessoa, porque para eles esta anormalidade ainda não se transformou em problemas maiores. Há um ditado muito antigo que retrata melhor este termo: "Pela falta de um prego uma ferradura foi perdida, pela falta de uma ferradura que o cavalo foi perdido, pela falta de um cavalo a batalha estava perdida, pelo fracasso da batalha o reino foi perdido, e tudo por falta de um prego de ferradura". Logo, não podemos deixar despercebido nenhum detalhe por mais simples ou insignificante que seja, tudo deve ser observado e eliminado por completo qualquer risco de desperdício ou perda produtiva. Warusa Kagen é uma noção importante não somente quanto a compreensão da condição atual e de como ruim ela é hoje, este conceito deve estar enraizado nas pessoas, nos operadores pois muitas perdas passam despercebidas e os problemas são anteriores à atividade kaizen, ou seja um detalhe aparentemente muito simples foi ignorado, não podemos interpretar Warusa kagen como uma ferramenta ou metodologia mas sim como uma mentalidade de gestão fundamental ao nosso dia a dia. Mesmo quando as coisas parecem estar correndo muito bem, precisamos de um olhar crítico para Warusa Kagen. Realizar diariamente, semanalmente e mensalmente cheques de diversos padrões e procedimentos é um comportamento que ajuda a reforçar esta mentalidade. A consciência de Warusa Kagen reforça a noção de kaizen que "agora as coisas estão piores que nunca" e que não importa o quanto de melhoria que você tenha feito, a condição de maldade é grave. Acho que o conceito de Warusa Kagen exige uma revolução de consciência, emprestando uma frase de Taiichi Ohno. Ele requer um grande senso de um processo ideal ou condição ideal, e como distante a esta condição a condição atual realmente esta. Parte desta revolução de consciência já estamos observando com nossas empresas que estão aprendendo a ser muito exigentes e exigentes sobre a limpeza, organização, controles visuais, sorrisos, a adesão às normas de segurança e método de trabalho.
  2. 2. Na ausência destas normas e visuais, pode ser muito difícil perceber as muitas coisas pequenas que contribuem para o "quão ruim as coisas são" assim que os problemas são vistos como grandes problemas, as contramedidas se tornam grandes e mais robustas, e assim mais e mais apreciadas pelos operadores. Parte do valor do 5S quando usado como um instrumento de gestão eficaz visual é um sinal de alerta precoce de Warusa Kagen. Na maioria dos locais de trabalho, é muito fácil de selecionar um processo ao acaso e encontrar 30 pequenos problemas em 30 minutos que requerem atenção. Parte do objetivo do 5S deve ser um exercício para escolher em um grupo as pessoas mais conscientes e capazes de ver e entender a mentalidade do Warusa Kagen e expandir a todos ao seu redor. Sem a consciência de Warusa Kagen, há o perigo de que nos acostumamos com os aumentos sempre tão pequenos em maldade da condição atual e nos relaxarmos quando as coisas têm melhorado a um ponto, e deixar as coisas deslizarem, ou olhar para "peixes maiores para fritar" porque somos recompensados por peixe frito, ao invés de problemas evitados. Não sei se é verdade, mas dizem que se você colocar um sapo vivo em uma panela de água e aquecer a água lentamente, ele não vai saltar para fora e você pode cozinhá-lo. A condição de maldade é como a água, não seja você o sapo. Quando estamos realmente engajados com Lean Manufactuirng, devemos sempre ter este pensamento de Warusa Kagen, podemos pratica-lo inclusive dentro de nossa casa quando a percebemos bagunçada e uma bagunça que pode até gerar um acidente doméstico, pensando assim, imaginem aplicar esta mentalidade no desempenho de nossas atividades diárias no trabalho? Sempre se pode melhorar o que já é bom. Créditos do texto a: http://stream.sdabocconi.it/blog/teo/?p=1044 Por: Jose Donizetti Moraes - 01/06/2013

×