Chaku-ChakuÉ o termo japonês para “carregar carga”. É um método de produção em que asmáquinas e os processos necessários p...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Chaku chaku

371

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
371
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Chaku chaku

  1. 1. Chaku-ChakuÉ o termo japonês para “carregar carga”. É um método de produção em que asmáquinas e os processos necessários para fabricação de um produto, sejamcolocados te tal forma a aperfeiçoar o carregamento de cada componente oumaterial entre as estações de trabalho de forma a criar um fluxo mais eficiente.Normalmente, cada estação de trabalho executa uma fase diferente no processo(Perfuração, Limpeza, Montagem, etc...) e deve possibilitar a entrada e saída demateriais passando o produto pré-processado de uma forma muito fácil para apróxima operação.Este conceito muitas vezes não é bem compreendido pelas empresas, que por faltade pleno domínio do Lean Manufactoring acreditam que ter uma célula em “U” já é osuficiente para atender ao conceito Lean, e não se preocupam com obalanceamento da linha, com o Takt Time do cliente, com a forma como a mesmaserá abastecida de materiais e componentes, com o tamanho da área ocupada eprincipalmente com a utilização adequada da mão de obra frente ao Takt Time.Entender o conceito Chaku Chaku, é basicamente saber que em uma linha oucélula, a mesma deve possuir material ou componente suficiente para atender a umadeterminada demanda, para isso precisam de um grande estudo de consumohorário, por turno ou por dia que possibilite a área de Logística a criar uma rota deabastecimento, onde um operador através de carrinho, trolle ou trem que seja, saibao que, quanto e a que momento o material deve estar em cada posto de trabalho, oLay Out mesmo sendo em “U”, deve possibilitar que o abastecimento dos postos detrabalho seja efetuados sem a necessidade de parada ou interrupção da produção,nem mesmo o deslocamento de um operador para entrada ou saída de algumacaixa.Outra grande vantagem pouco compreendida deste conceito, é a possibilidade de setrabalhar com uma necessidade de mão de obra oscilando conforme a demanda, ouseja, a célula ou linha deve possibilitar que tiremos ou coloquemos operadores sematrapalhar o fluxo, para isso o conceito do One Piece Flow é fundamental, e obalanceamento de tempo entre as operações bem alinhados, em resumo, em umacélula “U” deve existir uma planilha detalhada com o tempo de cada operação e aquantidade de peças capaz de ser produzida de acordo com o número da mão obrautilizada, e assim o GEMBA-CHO poderá administrar de forma mais eficaz suaequipe. Os operadores quando em quantidade inferior ao total de operações devemtrabalhar em mais que um posto de trabalho.Créditos do texto a:http://chohmann.free.fr/lean/chaku_us.htmPor: Jose Donizetti Moraes - 01/06/2013

×