Your SlideShare is downloading. ×
Apresentação SupriQual junho 2014
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Apresentação SupriQual junho 2014

63
views

Published on

A SupriQual Serviços está ficando de cara nova. Vejam a nossa nova apresentação. …

A SupriQual Serviços está ficando de cara nova. Vejam a nossa nova apresentação.

Published in: Services

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
63
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. São Paulo, Junho 2014
  • 2. Vocações Gestão de Negócios Gestão em Compras e Suprimentos Supply Chain Management Gestão de Ativos
  • 3. o início de tudo Questionário Grade de Evolução Entrevistas Avaliações gaps Plano de Ação Monitoramento da Execução Metodologia Benchmarking Metodologia
  • 4. Gestão dos Negócios Entendimento e objetivos do Negócio Planejamento Estratégico Desafio da Execução • Elaborar Plano Estratégico para médio e longo prazo. • Construir plano de negócios para os segmentos de mercado • Analisar os processos chave e a estrutura organizacional para suportá-los. • Elaborar planos de ações estratégico, tático e operacional. • Avaliar a exequibilidade dos Planos de ações da empresa pela utilização da Metodologia AJ2. • Obter economias na execução dos planos (recursos materiais e humanos adequados, tempo, retrabalhos). • Criar um ambiente realizador e a percepção de estar numa equipe vencedora • Contextualizar a visão do negócio da empresa e seu desdobramento nos processos, objetivos e metas de curto, médio e longo prazo • Plano de comunicação para a organização • Analisar portfolio de produtos e seu impacto nos clientes. Gestão de Resultados • Aplicar metodologia para análise do DRE (demonstrativo dos resultados do exercício) para identificar pontos de correção e melhoria • Identificar pontos agregação de valor no negócio • Estabelecer metas coerentes com a estratégia da empresa • Ter um plano de reuniões para ações estratégicas, táticas e operacionais. • Estratégia construída com o foco do cliente • Planejamento de médio e longo prazo para reduzir o impacto e incidência de emergências • Como diferenciar sua empresa no mercado
  • 5. Supply Chain Management (SCM) Gestão da Demanda Gestão Logística • Integrar as atividades logísticas “in bound” e “out bound” aplicadas ao longo da cadeia de suprimento • Otimizar recursos e processos para gerar maior valor percebido e mais lucratividade. • Reforçar o papel da Logística na busca da melhor solução entre clientes x fornecedores atuando no desenho dos produtos e serviços • Verificar se os sistemas de informação estão adequados às necessidades do Supply Chain • Construir um plano de ações para eliminar ou mitigar os gaps • Fornecer subsídios para melhorias nos sistemas existentes • Compreender os mercados atendidos e ou impactados pela empresa para melhor a tomada de decisões. • Dimensionar e monitorar os fatores de risco do negócio. • Construir e gerir o processo S&OP (Sales & Operations Planning) agregando as necessidades dos clientes e fornecedores com as diversas áreas da empresa. Análise de processo do SCM e Fluxo de materiais • Definir os processos operacionais e fluxo de informações, analisando os gaps e definindo as ações a executar. • Criar condições para envolver as várias áreas da empresa para obtenção do sincronismo da cadeia. • Analisar os trade-off (p.ex., estoques, capital de giro, SLA) incluindo os riscos estratégicos e operacionais. • Função integradora para o estabelecimento e execução da estratégia da organização entre as várias de áreas internas, dos clientes e dos fornecedores otimizando o fluxo de materiais e informações de toda a cadeia de suprimentos • Sincronia sinérgica da aplicação do supply chain management para obtenção dos benefícios da estratégia • Área de inteligência que provoca grandes impactos no resultado financeiro da empresa (caixa, capital de giro, lucratividade) Diagnóstico dos Sistemas de tratamento de informações
  • 6. Gestão de Ativos • Estabelecer a estratégia de gestão de ativos aderente às estratégias dos negócios. • Desenhar a Organização de Gestão de Ativos, buscando adequa-la a necessidade de desempenho e custos. • Definir a classificação dos Ativos através de metodologia técnica (taxonomia) de forma a dar precisão na Gestão. • Estabelecer a criticidade dos ativos em relação ao processo produtivo. Estratégias de Gestão de Ativos Estruturas e Recursos de Manutenção Planos de Manutenção Montagem de infra estrutura para Sistema de Gestão de Ativos • Avaliar toda estrutura e recursos, comparando-as com as melhores práticas, alinhadas com as estratégias do negócio, identificando os gaps. • Analisar toda a demanda de materiais, avaliando necessidades e performances desejadas. • Estabelecer os indicadores de desempenho alinhados com a Estratégia de Gestão de Ativos. • A partir do módulo de falhas, elaborar os planos de manutenção preventiva (base tempo) e preditiva (base condição). • Analisar as Falhas através de metodologia específica, como fonte de redesenho dos Planos de Manutenção. • A Gestão de Ativos garante a disponibilidade contratada pelo Cliente. • O balanço correto entre disponibilidade e custos é obtido através de uma Gestão de Ativos focada na estratégia do Negócio.
  • 7. Gestão em Compras e Suprimentos • Construir a Estratégia de Compras aderente à estratégia do Negócio. • Comparar situação atual com melhores práticas, levantando gaps. • Desenhar o plano de implantação e monitoramento. • Elaborar estratégia para criar lista de fornecedores válidos (Vendor List) • Avaliar e Desenvolver Fornecedores • Definir processos de relacionamento • Gerar Projetos Conjuntos de Valor Agregado Análise dos Processos Projetos de Compras Revisão da Estrutura, Organização e Plano de Implantação Relacionamento Fornecedores • Entender as Necessidades e Expectativas do Cliente e avaliar o mercado Fornecedor. • Desenvolver estratégias de Negociação • Estabelecer a forma de SRM (Supplier Relationship Management) • Identificar, dentro da função compras, quais negociações cabem numa visão Reverse Marketing • Identificar e propor, se necessário, uma nova estrutura aderente às necessidades do negócio • Avaliar habilidades e competências necessárias • Construir com o cliente Plano de ação e conversão organizacional. • Função Compras integrada - chave para a geração de valor • Fornecedores propõem ações de melhoria percebidas como valor pelos nossos clientes • Painel de métricas consistente para gestão do negócio • Mitigar riscos jurídicos, civis e trabalhistas. • Apoiar estratégia de estabelecimento de taxas de sucesso, penalidades e bônus. • Dar suporte na elaboração do contrato sob ponto de vista negocial Análise de Contrato
  • 8. Referências
  • 9. Parcerias Axxion
  • 10. Sócios Diretores Albino Nadaes Campos Formado em Economia pela Pontifica Universidade Católica, gerente geral da área de Suprimentos e Administração de Materiais Estratégicos do Grupo Rhodia, durante 12 anos, onde atuou e coordenou dezenas de projetos envolvendo Negociação Nacional e internacional, Reverse Marketing, Comakership, ISO 9000, Atendimento Classe A, Famílias comerciais, etc. Desde 1990 é membro do Instituto de Marketing Industrial, sendo co-fundador do Instituto de Marketing Industrial, onde é articulista e palestrante. É fundador da ABRACE – Associação Brasileira para o Adolescente e a Criança Especial, onde é presidente do conselho gestor. Diretor da Supriqual Serviços. albino@supriqual.com.br Tel.:11-99252-4432
  • 11. José Arnaldo Silveira D’Aurea Formação em Engenharia Mecânica, com cursos de especialização no Brasil e na França, Curso de Mestrado em Qualidade e Produtividade, Gerente de Compras para América Latina na Rhodia onde trabalhou por mais de 25 anos. Diretor e Presidente de Associação de Avaliação de Fornecedores da Indústria de Bens de Capital-AFIBEC. Coordenador e participante como convidado do GESUP – Comissão Temática de Compras da Abiquim. Palestrante há mais de 10 anos na área de Qualidade, Compras, Suprimentos, Supply Chain e Negociação. Diretor da Supriqual Serviços – Consultoria e Assessoria. Conselheiro do Inbrasc – Instituto Brasileiro de Supply Chain. daurea@supriqual.com.br Tel.: 11-98555-9947 Sócios Diretores
  • 12. José Luiz Freitas Pereira Graduação em Engenharia Química - UFMG, Pós graduação em Administração de Empresas, Gestão de Empreendimentos e Marketing pela FGV-São Paulo. Cursos de Change Management, Reenginering, Gestão Estratégica. Experiência na gestão industrial, fusão de empresas, construção de fábricas, Desenvolvimento de negócios, Supply Chain, Logística e transportes. Gerente Executivo na Rhodia Química e Agroquímica, Diretor de Supply Chain Novartis, Diretor Corporativo Industrial – Milenia Agro ciências, Diretor Desenv. de Negócios, Diretor Comercial e Diretor de Operações – Golden Cargo. Atualmente, atua como Consultor em empresas para Planejamento Estratégico, Gestão de mudança, Gestão de Negócios e Supply Chain. joseluiz@supriqual.com.br Tel.: 11-99606-6942 Sócios Diretores

×