Sector de atividade do pib de portugal

3,384 views
3,018 views

Published on

0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,384
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
32
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Sector de atividade do pib de portugal

  1. 1. PIB e setores de atividadeO valor do PIB varia de ano para ano, mas em 2011 o valor do PIBportuguês aponta para os 170.000 milhões de euros. Em 2010 atingiuos 167.5 mil milhões de euros.Note-se que o PIB não reflecte toda a actividade económica. De forafica a chamada economia paralela (trocas comerciais não declaradasao Fisco) que se presume atinja em Portugal os 15%. São estimativasoficiais, mas o mais provável é não serem muito rigorosas.Devido á elevada carga fiscal em Portugal, há quem presuma que aeconomia paralela atinja os 25%.O sector representa 61,4% do emprego e 74,1% do valoracrescentado bruto (VAB), enquanto o sector agrícola ó absorve10,9% do emprego e contribui apenas com 2,3% para o VAB. Aindústria, construção, energia e água representam 27,7% doemprego e 23,6% do VAB.
  2. 2. Principais sectoresNa distribuição por sectores, o Comércio e a IndústriaTransformadoras são as principais actividades económicas alvo do
  3. 3. investimento directo estrangeiro tendo contribuído com 63,7% para ocrescimento global do IDE bruto.Com menor representatividade surgem as Actividades financeiras ede seguros e de informação e comunicação, com 18,2% e 5,6%,respectivamente.PIB de Portugal comparado com outros países
  4. 4. Setores de atividade económica- O primário: que compreende as atividades ligadas à natureza, como sejama agricultura, a silvicultura, as pescas, a pecuária, a caça ou as indústriasextrativas;- O secundário: no qual são englobadas as atividades industriaistransformadoras, a construção, a produção de energia;- O terciário (ou dos serviços): que engloba o comércio, o turismo, ostransportes e as atividades financeiras. Necessidades resultantes das novas tecnologias Sony bravia Televisão LCD HD Asus PC Computador portátil ASUS
  5. 5. Sistema de som Pioneer Amplificador/Alta-fidelidade Pioneer Fatores de produçãoEm economia, fatores de produção são os elementos básicosutilizados na produção de bens e serviços.Quais os fatores de produção?Terra – indica não só as terras cultiváveis e urbanas, mastambém os recursos naturais.Trabalho – refere-se às faculdades físicas e intelectuais dosseres humanos que intervêm no processo produtivo.Capital – compreende as edificações, as fábricas, a maquinaria eos equipamentos. Classifique os seguintes bens quanto à sua duração Um Automóvel: Bem Duradouro
  6. 6. Uma Sanduíche: Bem Não DuradouroUma Laranja: Bem Não DuradouroUm Casaco: Bem Duradouro
  7. 7. Uns Sapatos: Bem Duradouro Um Ovo Estrelado: Bem Não duradouroClassifique no respetivo setor de atividade as seguintes atividade:
  8. 8. Enfermagem: Terciária Advogados: Terciária Produção de tecidos: secundaria Criação de porcos: Primária Produção de batatas e outros legumes: Primária Turismo: Terciária Venda de fruto: Terciária Montagem de automóvel: secundaria Pastelaria/café: Terciária Classificação dos bens económicosQuanto à função que desempenham
  9. 9. Bens de produção (usados nas empresas) Ex: Farinha numa padaria. Bens de consumo (usadas pelas famílias) Ex: Sabonete para o banho.Automóvel usada pela empresa de táxis: Bem de produção
  10. 10. Automóvel usado pela professora: Bem de consumoLaranjas usadas pela “Compal” para fazer néctar: Bem de produçãoLaranjas usadas pela vossa família: Bem de consumo Classificação dos bens
  11. 11. Quanto à duração Bens duradouros (Têm muitas utilizações sem desgaste) ex: Uma cadeira Bens não duradouros(Têm uma só utilização) Ex: um copo de leite
  12. 12. Classificação de necessidades Necessidades Primárias : (o que é indispensável) são as necessidades que énecessário satisfazer com prioridade, que asseguram a sobrevivência do ser humano.(alimentação, saúde, vestuário e habitação). Necessidades Secundárias: (o que énecessário) são aquelas que não ameaçam de imediato avida das pessoas, relacionam-se com a qualidade de vida, são necessárias mas não sãoindispensáveis. (transporte e cultura – ler um livro, ouvir um CD, ir ao cinema). Necessidades Terciárias: (o que é supérfluo) a sua satisfação pode serconsiderada dispensável, estão associadas à ideia de luxo.
  13. 13. Classificação de necessidades PrimáriasQuanto à importância Secundárias Terciárias EconómicaQuanto ao custo Não Económica ColetivasQuanto á vida em coletividade Individuais Classificação de necessidadesQuanto à vida em coletividade:ColetivasSão aquelas que atingem toda a comunidade e resultam da vida social (ex:necessidade de transporte, segurança, justiça, comunicação, etc.).
  14. 14. IndividuaisSão aquelas que dizem respeito à própria pessoa, independentemente deviver em coletividade (ex: alimentação). Classificação de BensBilhete para um concerto: Bem Económico
  15. 15. Água da chuva: Bem LivreLuz do sol: Bem livreÁgua da torneira: Bem económico
  16. 16. Classificação de bensQuanto à relação com outros bens Bens substituíveis (1 pode substituir o outro) EX: 1 copo de água/ 1 copo de sumo Bens complementares (1 precisa do outro) EX: ferro elétrico/ eletricidade
  17. 17. Eletricidade – Bem complementar com o Micro-ondasGasolina – Bem complementar com o AutomóvelMaça – Bem substituível com a LaranjaÁgua – Bem substituível com o Leite
  18. 18. Classificação das necessidadesIr ao cinema Quanto à importância é uma necessidade secundária. Quanto ao custo é económica. Quanto à vida em colectividade é uma coletiva porque se vivêssemos numa ilha deserta nunca tínhamos descoberto o cinema.Ida ao médico• Quanto à importância é uma necessidade Primária.• Quanto ao custo é Económica.• Quanto à vida em colectividade é uma Individual.
  19. 19. Ler um livro Quanto à importância é uma necessidade Secundária. Quanto ao custo é Económica. Quanto à vida em colectividade é uma IndividualTomar o pequeno-almoço• Quanto à importância é uma necessidade Primária.• Quanto ao custo é Económica.• Quanto à vida em colectividade é uma Individual
  20. 20. Possuir um televisor Quanto à importância é uma necessidade Secundária Quanto ao custo é Económica Quanto à vida em colectividade é uma Coletiva porque toda a gente gosta ver de ver como está o seu país e o resto a sua volta.Comer um chocolate Quanto à importância é uma necessidade Secundária Quanto ao custo é Económica Quanto à vida em colectividade é uma Individual
  21. 21. Usar umas calças da marca Lacoste Quanto à importância é uma necessidade Terciária Quanto ao custo é Económico Quanto à vida em colectividade é uma IndividualViajar até ao Brasil Quanto à importância é uma necessidade Terciária Quanto ao custo é Económica Quanto à vida em colectividade é uma coletiva
  22. 22. Ter uma habitação• Quanto à importância é uma necessidade Primária• Quanto ao custo é Económica• Quanto à vida em colectividade é uma IndividualTer um automóvel Quanto à importância é uma necessidade secundária Quanto ao custo é Económica Quanto à vida em colectividade é uma Individual
  23. 23. Apanhar Sol Quanto à importância é uma necessidade Primária Quanto ao custo é Não Económica Quanto à vida em colectividade é uma Individual Classificação das necessidadesQuanto ao custoEconómicas:Necessidades Económicas são aquelas cuja satisfação implicao dispêndio de moeda (por exemplo: Pagar a luz da casa)Não Económicas:Necessidades não económicas são aquelas cuja satisfação nãoimplica o dispêndio de moeda (por exemplo: a necessidade derespiração, pois nada pagamos pelo ar)
  24. 24. Circuito Económico Simplificado Dinheiro Famílias Trabalho Empresas Salários Bens/ ServiçosCaracterísticas das NecessidadesEm termos económicos, são geralmente atribuídas trêscategorias de características às necessidades, as quaisestão na base da concepção de diversos modelos de
  25. 25. análise teóricos relacionados com a teoria doconsumidor, nomeadamente:. Multiplicidade: existem inúmeros tipos de necessidades,as quais são virtualmente ilimitadas, o que significa que,por mais necessidades que um indivíduo tenha satisfeito,surgem sempre novas necessidades para satisfazer.. Substituibilidade: esta característica significa que amesma necessidade pode ser satisfeita por diferentesbens, isto é, por bens substitutos.. Saciabilidade: a saciabilidade significa que a intensidadecom que uma determinada necessidade é sentida diminuià medida que é satisfeita, acabando por desaparecer porcompleto; é daqui que surge a base teórica para a "lei dasutilidades marginais decrescentes". Bens
  26. 26. BEM: Em economia, um bem é tudo o que tem utilidade, podendo satisfazer uma necessidade.Tipicamente, um bem económico é algo tangível, em contraste com os serviços, que sãointangíveis. Como tal, pode ser comprado e vendido. Por exemplo, uma maçã é um bemtangível, enquanto um corte de cabelo é um serviço intangível.Bem Livre: Alguns bens são úteis, mas não são suficientemente escassos para serem consideradoscomo bens económicos, como por exemplo a atmosfera da Terra. São os chamados benslivres.Bem económico:Os bens económicos são aqueles relativamente escassos ou que precisam de trabalhohumano, como tal, tem valor económico. Podem ser classificados em bens públicos eprivados.Distinguir bens tangíveis de bens intangíveis:
  27. 27. Bens tangíveis são aqueles que podem ser tocados, que têm existência física, tais comoterrenos, edifícios, máquinas, instalações, etc.Bens intangíveis são aqueles representados por direitos, como as marcas, pela tradiçãono mercado, pelo conceito usufruído na esfera comercial e industrial corporificado pelosclientes fixos e permanentes e outros também não materializáveis diretamente porobjectos físicos.Bem tangível Bem intangível Atividade Económica Produção Distribuição Repartição Consumo de Salários rendimento s

×